História Saindo da Normalidade- Imagine Kim Taehyung - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 108
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com mais um capítulo
Boa leitura!

Capítulo 3 - Primeiro contato visual


-Olá! Eu meu nome é Kim Taehyung. Eu vim de Daegu, que fica na Coreia do Sul.

Ele deu um sorrisinho quadrado meio estranho, mas parecia satisfeito com o que tinha falado.Ele tinha cometido um pequeno errinho e tinha um sotaque bastante forte, mas seu português estava até bom. No entanto os outros alunos sofreram um pouco segurando o riso, pelo que ele tinha falado. Nem foi um erro tão grande para terem feito isso.

Kim Taehyung pareceu perceber que tinha falado algo diferente do que tinha planejado e baixou um pouco a cabeça, sua timidez tinha voltado. A diretora pois a mão em seu ombro e ele sorriu levemente para ela.

Diretora: Como ele disse, seu nome é Kim Taehyung e ele foi transferido para nossa escola da Coreia de Sul pelo nosso programa de intercambio. E como ele não teve tempo de passear pela escola e se adaptar, ele vai ter a ajuda de um “tutor”. Essa pessoa vai ficar com ele pelo tempo que ele precisar para entender o funcionamento da escola, as regras e também vai guia-lo pela cidade e ajudá-lo com o português.

O garoto olhou para ela com uma cara surpresa, aparentemente não sabia desse detalhe.

Os meninos da sala devam risadinha e fazia comentários maldosos baixinho como: “O neném ali vai precisar de babá pra cuidar dele.” e “Quem vai ser o azarado?”

Enquanto meninas ridículas que aparentemente tinham molhado as calcinhas quando ele entrou, falavam : “Eu gostaria de ser tutora dele” , “Ele é muito gostoso” e “Eu queria levar ele para casa e dar um banho.”

O menino pareceu corar um pouco na frente da sala. Olhei para Alice na minha frente e ela parecia hipnotizada pelo aluno novo, já Pamy fazia uma cara de que tava nem ai, piscou lentamente e começou a ler seu caderno e responder atividades. Quando olhei para Lucas ele me olhava, parecia meio triste. E eu meio que sabia porquê. Era um fato conhecido para ele que eu sempre amei a Ásia e tive uma queda por garotos de lá. Eu dei um meio sorriso para ele que de estava tudo bem. Ele me retribuiu o sorriso, então eu olhei para frente e voltei a prestar atenção no que a diretora falava.

Diretora: ... Então para essa tarefa nos precisamos de alguém que conheça a cultura e a língua da Coreia. Logo...

Ela parou de falar por um segundo e me olhou, logo todos pararam suas conversas e se viraram para mim. Kim Taehyung levantou seu rosto e também me encarou. Seus olhos se fixaram em mim e me penetraram. Eu não conseguia tirar os olhos dele também.

Diretora: (S/N), acho que você é a mais indicada para o “trabalho”. Foi por você que o coloquei nessa turma. Sei que tem ótimas notas e estudou a língua e cultura coreana. Então você é perfeita. Além de que ele também pode te ajudar. Lhe dará experiência.

Xxx: UUUUUUUUH!!! Experiência??? Acho que alguém vai ser corno aqui.

Consegui me concentrar novamente e olhei para Lucas ele encarava o garoto na frente da sala com muita raiva. Ele nem sequer tinha culpa. Parecia estar descobrindo no mesmo momento que eu.

Diretora: Então (S/N), você aceita essa tarefa?

Parei um pouco para pensar e olhei novamente para o garoto em frente a sala. Ele parecia mais relaxado, mas ainda sentia que ele falava um “me salve” internamente. Mas também parecia ter entendido a situação toda e me deu sorrisinho de lado meio sem graça.

(S/N): Tá claro, vai ser prazer ajudar.

Diretora: Então venha aqui cumprimentar seu novo colega.

 Me levantei sem jeito e olhei de relance pra Pâmy. Ela me deu uma piscadela por entre as lentes de seus óculos que me acalmou. Chegando entre ao garoto fiz menção de me curvar, mas ele estendeu a mão. Demos uma risadinha um ao outro e quando estendi minha mão ele se curvou. Daí a sala toda, incluindo nos dois, caímos na risada.

(S/N): Isso vai ser complicado. – Eu disse entre risadas. –Mas bem (em coreano) Meu nome é (S/N), vamos trabalhar bem juntos. – Falei curvando levemente a cabeça e ele fez o mesmo.

Kim Taehyung: (em coreano) Espero que sejamos muito bons amigos.

Coordenador: Muito bem, Taehyung. Pode pegar suas coisas e se dirigir ao fundo da sala e ficar na mesa atrás da mesa da (S/N), é a única vaga. Qualquer duvida pode perguntar a ela. E (S/N) durante o intervalo mostre-o o refeitório e após as aulas mostre os outros lugares da escola. A casa em que ele está também é na mesma rua que a sua. Então vão juntos e assim ele já conhece o caminho. Eu cuidei de tudo. –ele falou satisfeito com sua eficácia.

(S/N) e Taehyung(em coreano): Serio? –dissemos em uníssono.

(S/N): Tá bom né. Fazer o que?!

Nos direcionamos ate o fundo da sala e nos sentamos. A diretora e o coordenador falaram algo com a professora e saíram.

Professora: Então vamos continuar a aula e seja bem vindo Taehyung.

Taehyung: Obrigado professora. –ele falou meio atrapalhado, mas dessa vez não errou. Seu sotaque era realmente muito fofo, do jeito que eu sempre imaginei um coreano falando português. Ele também era muito bonito. Pera. Foco (S/N). Foco.

Enquanto eu pensava isso sentir sua mão tocar meu ombro de repente. Seu toque era firme devido as suas mãos serem enormes, mas ao mesmo tempo era muito suave e delicado.

Taehyung: Obrigado. –Ele deu aquele mesmo sorrisinho quadrado e estranho d antes. Ele estava mais confiante de novo. Devolvi um sorriso lado meio sem graça e um leve aceno de cabeça e me voltei para frente. Então percebi que alguns alunos ainda nos olhavam, incluindo Lucas. Ele quando percebeu que eu o olhei, se voltou para frente e meus olhos se focaram em Pâmy ela me deu um pequeno sorriso e fez um movimento indicando que queria falar comigo depois e eu assenti. As outras meninas taradas da turma me olhavam fuzilando com os olhos, mas eu não podia fazer nada, então só ignorei.

Voltei a prestar atenção na aula, que continuava um tédio, então voltei a fazer o que estava fazendo antes de ser interrompida pela chega de Kim Taehyung, olhar as árvores. Mas eu não estava sozinha. Ele também olhava-as.

Taehyung: (em coreano)Que árvores bonitas, queria ir até elas. –Ele falou baixinho para se mesmo. Acho que ele tinha esquecido que eu entendia o que falava. Eu me virei um pouco mais para trás.

(S/N): (Em coreano): Eu te levo ali depois.- Ele me olhou surpreso, depois assentiu. Eu dei uma piscadela e voltei-me para frente.

Não consegui prestar atenção à aula de jeito nenhum agora.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Desculpem qualquer erro.
Por favor, comentem se quiserem com ajuda, com ideias ou criticas construtivas.
Amanhã posto mais um capitulo.
bjuuuu!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...