História Saint Academy - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Abel de Gêmeos, Afrodite de Peixes, Aiacos de Garuda, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Albafica de Peixes, Aldebaran de Touro, Asmita de Virgem, Aspros de Gêmeos, Atena (Sasha), Camus de Aquário, Defteros de Gêmeos, Dégel de Aquário, Dohko de Libra, El Cid de Capricórnio, Frey, Freya, Fudou de Virgem, Genbu de Libra, Hades, Hilda de Polaris, Hyoga de Cisne, Hypnos, Ichi de Hidra, Ikki de Fênix, Ionia de Capricórnio, Isaak de Kraken, Jabu de Unicórnio, Julian Solo, June de Camaleão, Kagaho de Benu, Kanon de Dragão Marinho, Kanon de Gêmeos, Kardia de Escorpião, Kiki de Appendix, Lyfia, Manigold de Câncer, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Minos de Grifon, Miro de Escorpião, Misty de Lagarto, Mu de Áries, Nachi de Lobo, Pandora, Poseidon, Radamanthys de Wyvern, Regulus de Leão, Saga de Gêmeos, Sage de Câncer, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Ofiúco, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shunrei, Shura de Capricórnio, Sísifos de Sagitário, Sorento de Sirene, Tenma de Pégaso, Thanatos
Tags Cdz, Lost Canvas, Saint Seiya, Yaoi
Exibições 73
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Parque de Diversões


Fanfic / Fanfiction Saint Academy - Capítulo 7 - Parque de Diversões

- Shun,venha aqui,anda logo - gritava seu irmão enquanto seus pais acenavam aos risos,Shun sorriu alegre e correu até a família - não se preocupe Shun,estamos aqui com você,para sempre.
- acredito nisso,irmão,obrigada por estarem ao meu lado - o garoto riu mas como um banho de água fria tivesse atingindo seu corpo,Shun acabou por ouvir tiros,muitos tiros,ao seu lados caiu sua mãe e seu pai,com três tiros perfeitos na testa,e na sua frente Ikki,que caiu sobre  seu colo com um tiro nas suas costas,o sangue manchava a camisa branca do irmão que o olhava procurando forças - i-irmão,p-por favor,sobreviva,fique comigo,por favor...
- i-isso,é tudo culpa sua,por sua causa eles morrerão,você arruinou nossas vidas,seu nascimento foi de um namoro proibido,você não deveria existir,não somos irmãos de verdade,nunca te amei,nunca,e você seu inútil,matou minha família,seu maldito pai fez aquele atentado,A CULPA E TODA SUA - Ikki gritou em fúria agarrando o pescoço do irmão que chorava de olhos arregalados,as pequenas lágrimas que desciam,demonstravam tamanha tristeza,sem saber se aquilo era real ou não...

                   ###

- NÃO,POR FAVOR - gritou se levantando de imediato,Shun olhou ao redor e se viu em seu quarto,apoiado do seu lado,com a cabeça deitada no colchão e o corpo pra fora dormia Ikki,se remexeu um pouco pelo grito do garoto,porém não acordou,o leonino tinha o sono pesado e Shun agradecia por isso,abraçou os joelhos e se permitiu chorar baixinho,a meses estava tendo esse mesmo sonho,as mesmas coisas aconteciam,a qualquer hora,seja num cochilo da tarde ou em uma noite de sono,ver o olhar de ódio do irmão era demais pra ele,ver o nojo e aquelas palavras sendo atacadas sobre si,doía,simplesmente por ser Ikki,doía muito.

"Você nasceu de um namoro proibido"

Saber se aquilo era verdade era um dos seus objetivos,não poderia perguntar a Ikki,com certeza ele iria inventar algo,sempre se esquivando da verdade,Shun nunca foi de questionar nada do irmão,jamais,Ikki era tão bom pra si,os dois nutriam um amor muito forte um pelo outro isso sem dúvida era verdade,não eram gêmeos nem nada mas aquela história de sentirem um ao outro acontece com eles,não sabem o nome,só sabem que é real,Ikki sente Shun assim como Shun sente Ikki,por isso os dois nunca se separaram,nunca e isso não aconteceria tão cedo,muitos que não os conheciam já os perguntaram se rolava incesto entre os dois,com certeza não,nunca havia passado de um simples amor fraternal,porem eles não tinham culpa de perguntar,os dois agiam como se fossem algo mais,Ikki ficava possesso em ver alguém arrastar asa para o irmão,se mordia de ciúmes, so faltava ficar louco,e Shun sempre o tratará com carinho exagerado,dando abraços e beijos,por isso todos pensavam que algo ali existia,mas nada disso era real,apenas uma fantasia.
Não poderia se esquecer de Alone e Kagaho,parentes distantes dos dois,Kagaho era apenas segurança de Alone que por sua vez era primo de Shun e Ikki,depois de um tempo Kagaho entrou para a família se mostrando noivo de Alone,ah aquele calor familiar,risos e gritos animados,Shun amava aquilo,mas ao lembrar de seu sonho,ficava triste ao pensar que não tinham o mesmo sangue paterno,deprimido se isolava e se machucava ainda mais,porém Shun jamais perdeu o sorriso,não poderia.
Se levantou da cama e foi até o banheiro devagar,abriu a torneira e lavou o rosto,amarrou seus cabelos e sorriu para seu reflexo.

"Sou Shun Amamiya,preciso sorrir para agradar aos outros,tenho de fazer meu papel,tenho de ser forte e positivo,tenho de ser justo e perfeito,impecável."

O virginiano suspirou e coçou os olhos,bocejando,se assustou ao ver Ikki apoiado na porta o olhando com carinho,Shun abaixou os olhos e o outro se aproximou também se olhando no espelho,Shun estava calado e pensativo,se sentia inferior ao lado de Ikki,e o mesmo sabia disso.
- e ai,quer dar uma volta? - perguntou coçando a nuca,Shun olhou para o seu próprio reflexo e assentiu,Ikki abaixou a mão e assim como Shun tocaram de leve seus dedos um no outro,timidamente entrelaçando as mãos,e nos seus punhos havia uma pulseira,preta,na de Ikki um "S"  de Shun e na do mais novo um "I" de Ikki.

Os dois sentiam medo de pequenas coisas nas quais estavam envolvidos,se sentiam encurralados nos seus próprios sentimentos,não sabiam realmente oque fazer diante daquilo...

Era tudo tão confuso...

                 ###

O sábado finalmente chegou e Shun já tremia de medo,havia inventado algo plausível para Ikki que claro,nunca duvidaria  do irmão mais novo,aceitou a desculpa achando que Shun iria sair com Shiryu para fazer um trabalho,quando na verdade iria passar a metade da noite com um certo loiro de penetrantes olhos azuis,so de pensar que ficaria asós com Hyoga,sentia um calafrio percorrer sua espinha,se sentia culpado por estar mentindo para Ikki,porém o leonino nunca deixaria ele sair sozinho com Hyoga,com medo de que algo a mais vá acontecer.
"Que besteira",pensava Shun de bochechas coradas enquanto arrumava seu cabelo,"somos apenas amigos,nunca rolaria nada entre nós...nunca",nesses pensamentos o menino ficou cabisbaixo por isso,mas desceu as escadas tentando se manter firme,olhou ao redor e viu que Ikki estava no quarto,então seria mais fácil sair sem ter que dar mais explicações.
Shun ouviu alguém bater a porta,seu coração disparou no mesmo momento,andou devagar até a mesma a abrindo na mesma velocidade,se deparou com Hyoga,o loiro rapidamente olhou para Shun da cabeça aos pés sorrindo de canto.
- está bonito Shun,caprichou pra mim foi? - brincou fazendo o garoto corar violentamente.
- n-nada a v-ver,esta roupa aqui?pff,já me vesti melhor muitas outras vezes - Shun virou o rosto e cruzou os braços sorrindo.
- ahhh,então quer dizer que pra sair comigo você não se arruma? - perguntou o loiro de voz manhosa,Shun corou novamente e bateu a mão na testa,tudo oque dizia parecia sair errado ou era o loiro que não o entendida bem - estou brincando,vamos logo,a noite vai ser muito longa - disse o outro puxando a mão de Shun até a sua moto - vamos de moto ok?
- t-tudo bem...eu acho - murmurou a última frase,Hyoga subiu na moto e a ligou esperando Shun subir,o esverdeado logo o fez tentando se segurar em algum lugar daquela moto porém parecia que o destino estava brincando com ele,pois não havia nada na qual ele poderia se segurar - e-eeh...
- se segura em mim bebê,nunca andou de moto não? - disse o loiro aos risos,pegou as mãos de Shun e as passou pela sua cintura,o virginiano mais corado do que nunca apenas acompanhou os movimentos do loiro - se segura,não quero que se machuque no nosso primeiro encontro - Shun fez bico e Hyoga riu já saindo do lugar.
"Pera,opa,calma,não,devo ter escutado errado,primeiro ENCONTRO?como assim?deve ter sido minha imaginação certo?bom...mesmo se for,quero acreditar que é verdade".
Shun perdido naquele belo pensamento,sorriu e suspirou,Hyoga o olhou de canto de olho e sorriu calmo gostando da visão que tinha,um pequeno diamante ao seu lado,e iria fazer de tudo para não quebra-lo...

Droga, porque eu o amo tanto? - assim pensavam...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...