História Saint Seiya - Amor e Luxúria - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Ártemis, Deméter, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Julian Solo, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Virgem
Tags Afrodite, Ares, Atena, Hera, Saori, Seiya, Zeus
Exibições 79
Palavras 1.960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saint Seiya não me pertence. Desculpem os erros de português.

Capítulo 21 - Capítulo 21


Capítulo 21

Templo de Afrodite - Olimpo

Na entrada do templo as ninfas servas da deusa da deusa do amor estavam todas reunidas.

Sejam bem vindos de volta - Falaram ao mesmo tempo as servas com Seiya e Afrodite aparecendo na entrada do templo.

Seiya: Uma recepção Hahaha - Riu de leve olhando as belas ninfas.

Afrodite: Vocês todas estão ótimas minhas meninas e o mês foi tão proveitoso como o meu? - Indagou maliciosamente com as ninfas rindo baixinho. - 'Atena fez um ótimo trabalho Hihihi’ - Pensou rindo de leve.

Seiya: Afrodite… - Sussurrou notando o sorriso da esposa que tinha aprontando algo.

Afrodite: Não precisa ficar com essa cara meu amor! Conversa de mulheres pura e simples - Pronunciou normalmente com o marido sorrindo.

Seiya: Hum… Está bem… - Deu de ombros não querendo saber o que a esposa estava aprontando. - 'A noite você me conta querendo ou não hihihi’ - Finalizou telepaticamente para a esposa que gemeu de leve com uma expressão de vários sentimentos ao mesmo tempo.

Luna: Afrodite-Sama está tudo bem? - Indagou vendo o estado da deusa do amor.

Afrodite: Luna… Não é nada - Respondeu olhando para o marido que sorria normalmente. - 'Ainda bem que Atena vai me ajudar a lidar com ele hoje à noite’ - Pensou aliviada porque ele tinha criado um deus do sexo, um sonho para qualquer mulher e sua perdição ao mesmo tempo.

Templo de Héstia - Olimpo

No salão do templo a deusa do fogo e a deusa da primavera conversavam animadamente após sentirem o cosmo de Seiya no olimpo.

Héstia: Finalmente podemos começar com plano Hihihi - Riu maliciosamente não se controlando.

Perséfone: Sim e se sair como o planejado teremos ele em nossa cama rapidamente - Falou beijando os lábios da amante.

Héstia: O melhor que nunca desconfiaram de nós se descobrirem e sim dele que não controlou o desejo por uma deusa virgem - Disse rindo com os olhos brilhando.

Perséfone: E de uma viúva solitária - Completou rindo igual a deusa do fogo.

Héstia: A pergunta é ele aguenta com nós duas ao mesmo tempo? - Indagou maliciosamente.

Perséfone: Não Hihihi - Respondeu confiante porque ela controlava o deus dos mortos na cama e ele era um dos deuses mais poderosos no olimpo.

Héstia: Ele será uma ótima diversão para nós duas - Falou beijando nos lábios a deusa da primavera.

Templo de Hera - Olimpo

Nos jardins do templo a deusa do casamento estava tomando o seu café da manhã com um leve sorriso.

Hera: O cosmo dela está muito animado - Sussurrou sentindo a deusa do amor se aproximar do seu templo.

Hera! - Exclamou a deusa do amor correndo na direção da rainha dos deuses.

Hera: Afrodite bem vinda de volta e a lua de mel foi proveitosa? - Indagou com o olhar da deusa do amor brilhar como estrelas.

Afrodite: SIM! FOI O PARAÍSO! - Gritou não controlando o próprio cosmo.

Hera: Hihihihi entendi - Riu vendo a reação da recém-chegada.

Afrodite: Uma combinação de amor e luxúria impecável - Falou sorrindo com o cosmo continuando a se expandir.

Hera: Afrodite controle o seu… Essa não! - Exclamou percebendo o olhar dela, mas não foi rápida o suficiente para desviar da deusa do amor e o seu abraço de urso. -'As moiras devem estar com raiva de mim!’ - Pensou sentindo o seu corpo ser esmagado pela deusa do amor.

Afrodite: 'Atena vai adorar as novidades Hihihi’ - Riu maliciosamente abraçando a deusa do casamento como se fosse o seu ursinho preferido.

HERA!?... AFRODITE LARGA A MINHA ESPOSA! - Gritou o deus do trovão aparecendo nos jardins, indo ao encontro da esposa para lhe salvar da deusa do amor.

Templo de Atena - Olimpo

Nos aposentos da deusa da sabedoria a mesma estava deitada na cama com roupão branco olhando para o teto.

Saori: Eu nunca me imaginei que cederia a uma luxúria assim e me tornar uma concubina de um homem casado… O homem que me tornou mulher e aquele que amo - Sussurrou sorrindo lembrando dos prazeres que tinha tido com várias mulheres no último mês.

Atena-Sama?… - Chamou uma voz batendo na porta do quarto.

Saori: Anna? Pode entrar - Disse com a ninfa adentrando o seu quarto.

Anna: Minha senhora… Afrodite-Sama deseja vê-la - Falou a ninfa sorrindo olhando para a deusa deitada na cama.

Saori: Mande-a vir aos meus aposentos e ninguém deve nos interromper - Ordenou com a ninfa se surpreendendo levemente com a ordem.

Anna: Como desejar - Falou se curvando levemente. - 'As duas são amantes?’ - Indagou-se mentalmente porque a mudança da deusa da guerra tinha lhe surpreendido demais.

Saori: O cosmo de Afrodite transmite muita felicidade - Sussurrou com a deusa do amor adentrando o seu quarto com um sorriso no rosto.

Afrodite: Você realmente se divertiu Atena, mas antes de me contar como foi Hihihi… - Riu se sentando na cama segurando as mãos da deusa da sabedoria - Eu preciso contar o que ocorreu neste mês - Completou manifestando a sua cosmo-energia no quarto e envolvendo todo o aposento.

Templo de Seiya - Olimpo

O templo construído acima das ruínas do templo do deus da guerra para o novo deus olimpiano, uma construção que equipara ao majestoso templo do deus do trovão.

Seiya: Esse templo é incrível Zeus - Disse olhando toda a decoração do local - Era realmente necessário? Não quero ser mal agradecido, mas o templo de Afrodite me serviria e não irei ficar totalmente no olimpo - Finalizou olhando para o rei dos deuses que lhe acompanhava.

Zeus: Seiya você é um novo olimpiano e merece um templo próprio! - Exclamou contente o deus do trovão. - 'Um templo digno de um rei e meu sucessor’ - Pensou olhando para o deus ao seu lado e aquele que ele iria preparar como seu sucessor.

Seiya: Bem… Muito obrigado - Falou um pouco envergonhado porque não esperava isso.

Zeus: Não há o que agradecer e estou devendo alguns favores para a sua esposa… Er... Quero dizer ela me ajudou com Hera Hahaha - Riu sem graça notando o olhar sobre ele.

Seiya: Ela lhe ajudou com Hera? - Questionou seriamente avaliando o deus do trovão.

Zeus: Sim… Em alguns assuntos e nosso casamento está muito bem encaminhado graças à ela Hahahaha - Riu lembrando como estava o relacionamento com a rainha dos deuses.

Seiya: Como ela ajudou exatamente? - Indagou com o deus do trovão ficando vermelho.

Zeus: Er… Bem… Ela… - Parou de falar notando o deus ao seu lado segurando o riso - VOCÊ SABE!? - Gritou o rei dos deuses ficando branco.

Seiya: Sim, ela não esconde nada de mim e nós também temos um quarto secreto huahuahuahua - Gargalhou alto vendo o deus mais poderoso do olimpo quase desmaiar.

Zeus: POR FAVOR ISSO NÃO PODE SE ESPALHAR - Gritou o deus ficando de joelhos para a surpresa do marido da deusa do amor.

Seiya: Espalhar? Não comento nada disso com ninguém! Não sou um pervertido! - Exclamou só que o deus do trovão levantou uma sobrancelha após ouvir - Er… Bem… Talvez só um pouco pervertido Hahaha - Riu amarelo.

Zeus: Er… Não leve a mal, o que vou lhe dizer - Começou a se levantar do chão - A sua esposa conhece todo o tipo de luxúria e pode transformar qualquer homem em um gatinho, mesmo que ela lhe ame tome cuidado Seiya - Pronunciou seriamente tocando no ombro dele.

Seiya: Er… Obrigado, eu vou me cuidar - Disse normalmente. - 'Ela realmente é perigosa, mas sou um ótimo aluno muito dedicado e ela uma ótima professora Hahaha' - Riu mentalmente lembrando o que ele e a esposa já tinham feito.

Templo de Atena - Olimpo

Nos aposentos da deusa da sabedoria a mesma estava com a respiração acelerada e com as bochechas rosadas com a deusa do amor sorrindo.

Afrodite: O que achou do nosso garanhão divino? Eu criei um deus do sexo Hihihi - Riu maliciosamente vendo o amor e luxúria brilhando como fogo ardente na deusa da guerra.

Saori: Sim… Um deus do sexo! - Exclamou não contendo o sorriso e o corpo queimando como as chamas do sol.

Afrodite: Você está bem animada Hihihi - Riu vendo a deusa da sabedoria tocando os próprios seios por cima do roupão - Eu vou ser boazinha e você vai primeiro hoje de noite - Finalizou com um olhar enigmático.

Saori: Obrigada! - Exclamou abraçando a deusa do amor -  Afrodite obrigada pelo que está fazendo - Completou sorrindo.

Afrodite: Nós duas o amamos - Sussurrou no ouvido dela. - 'Eu sou a deusa do amor e não podia deixar você sofrendo Atena’ - Pensou fechando os olhos.

Saori: 'Hoje a noite será especial’ - Pensou a deusa da guerra com a imagem do seu amor na sua mente.

Templo de Deméter - Olimpo

No salão do templo as deusas da agricultura e da lua estavam conversando sobre os acontecimentos que as envolveram com a deusa da sabedoria.

Deméter: Atena uma versão de alguém como Afrodite foi algo realmente interessante e o modo que ela nos comanda - Falou com um sorriso malicioso no rosto.

Ártemis: Sim, mas ela também ama o mesmo homem que roubou Afrodite-Sama - Resmungou a deusa da caça.

Deméter: Não haja assim… Se não fosse por ele você não estaria cumprindo uma de suas fantasias proibidas Hihihi - Riu maliciosamente provocando a deusa ao seu lado.

Ártemis: Eu não deveria ter te contado o desejava com a minha irmã… - Sussurrou lembrando que tinha confessado para a deusa da agricultura que sentia atração por Atena.

Deméter: Nós fomos amantes de Afrodite por muitos séculos e agora somos de Atena - Falou normalmente segurando o rosto da deusa - Nenhuma de nós tem segredos uma com a outra - Completou a beijando nos lábios levemente.

Ártemis: Eu… Você não se importa de Atena assumir o lugar de Afrodite? - Indagou um pouco envergonhada.

Deméter: Não, nós sabíamos que Afrodite estava mudando e quando o vi com o mortal na terra - Começou lembrando como reagiu ao descobrir o novo namorado de Afrodite - Ela está provando o amor verdadeiro, por esse motivo ela não continuaria conosco como amantes e Atena está provando a luxúria semelhante a de Afrodite para nosso deleite - Finalizou com os olhos brilhando maliciosamente.

Ártemis: Deméter nós parecemos… - Foi interrompida pela deusa da agricultura.

Deméter: Estamos somente saciando a nossa luxúria e nenhuma de nós quer um homem ao seu lado… - Disse lembrando do episódio na mitologia que Poseidon a violou e ela encontrou conforto nos braços da deusa do amor após o ocorrido.

Ártemis: Deméter... Eu sinto muito! - Exclamou notando o olhar da deusa da agricultura.

Deméter: Nós não devemos nos culpar por querermos alguém ao nosso lado e fazer o sangue correr como fogo ardente Hihihi - Riu a deusa tomando os lábios da deusa da deusa da caça.

Ártemis: 'Os lábios dela são tão doces e selvagens’ - Pensou sentindo um frio na barriga pela ação da amante.

Deméter: 'Eu estou me envolvendo com Ártemis demais, mas não consigo me controlar’ - Pensou refletindo que tinha começado a sentir outros sentimentos pela deusa da caça.

Ártemis: Deméter… Vamos para o seu quarto… - Sussurrou sentindo o coração acelerar. - 'O que é esse sentimento dentro de mim? Algo diferente está crescendo dentro no meu coração’ - Indagou-se mentalmente porque ela sentia que algo estava mudando sobre a sua relação com a deusa da agricultura e isso a estava assustando.

Deméter: Sim… Antes que eu perca o controle Hihihi - Riu puxando a deusa da caça pelas mãos até os aposentos.

Continua >

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...