História Saint Seiya - Um rumo do destino - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Freya, Hilda de Polaris, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Cobra
Tags Andreas, Asgard, Atena, Freya, Hilda, Loki, Saori, Seiya, Seiya X Hilda, Shaina
Exibições 46
Palavras 2.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saint Seiya não me pertence. Desculpem os erros de português. Conteúdo sexual adulto.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Capítulo 14

Palácio Valhala - Asgard

Passaram-se alguns dias após o cavaleiro de sagitário ter finalmente acordado. Na biblioteca do palácio Seiya estava sentado lendo um livro e refletindo que o reino nórdico continuava sendo influenciado por Yggdrasil e a prosperidade estava chegando em todos de Asgard.

Seiya(Loki): Tudo ocorrendo normalmente, mas elas estão realmente me provocando Hahaha - Riu levemente lembrando Atena, Freya e Shaina estavam tentando se aproximando dele com intenções nada puras, mas ele estava mantendo o papel de marido fiel. - 'Não sei por quanto tempo vou aguentar sem querer me divertir, entretanto Hilda é ótima em todos os sentidos’ - Pensou refletindo as ações da sacerdotisa quando estavam tendo relações.

Olá Seiya - Disse uma voz tirando o deus nórdico dos seus pensamentos.

Seiya(Loki): Freya… - Sussurrou olhando para a loira que estava trajando um vestido justo vermelho acima dos joelhos. - 'Isso é muita tentação Hahaha’ - Pensou olhando para a loira.

Freya: Gostou do novo vestido? - Indagou girando o corpo na frente dele.

Seiya(Loki): Sim, mas você sabe que eu sou o marido da sua irmã não? - Questionou sorrindo levemente.

Freya: Casado não impede nada hihihi - Riu maliciosamente.

Seiya(Loki): Tem razão, entretanto a sua irmã me satisfaz muito bem… Não preciso procurar prazeres com outras mulheres - Falou com a loira mudando a expressão.

Freya: Uma pena que ela ama o marido e não você Loki - Provocou sorrindo para o homem que manteve uma expressão ilegível.

Seiya(Loki): O que você disse? - Indagou seriamente para a princesa de Asgard que sorriu.

Freya: Acha que não íamos notar? Hilda notou a diferença na primeira vez que tiveram relações íntimas - Respondeu com um sorriso malicioso surgindo no rosto do deus nórdico.

Seiya(Loki): Hahahaha… Interessante e agora? - Perguntou colocando o livro na mão sobre a mesa.

Freya: Agora? A Hilda está tentando trazer o marido de volta e está cumprindo as funções de esposa para você não desconfiar - Respondeu normalmente com um brilho enigmático no olhar. - 'Ele admitiu mais fácil do que eu esperava’ - Pensou refletindo que o plano seduzi-lo para confirmar as suspeitas delas, mas ele estava resistindo muito bem e mantinha-se da mesma maneira quando tinha relações com a esposa. Somente restando a opção de arriscar mentindo para ele e agora ela tinha a confirmação que necessitava.

Seiya(Loki): A sua irmã cumpre muito bem o papel de esposa Hahaha - Riu maliciosamente olhando para a loira com os olhos brilhando intensamente.

Freya: Sim, mas ela quer o marido e não você perto dela - Provocou tocando o peito dele.

Seiya(Loki): E você quer sexo mesmo que eu não seja mais o cavaleiro de sagitário - Falou com um sorriso malicioso.

Freya: Não é o mesmo corpo? - Perguntou próxima dos lábios dele.

Seiya(Loki): Sim… Você realmente merece o nome de Freya Hahaha - Riu maliciosamente circulando os braços na cintura da loira.

Freya: A deusa do amor que consegue tudo que quer e rainha das valquírias - Disse com o deus nórdico tocando o rosto dela.

Seiya(Loki): Freya sempre foi muito agradável Hahaha - Riu maliciosamente tomando os lábios da loira com desejo.

Freya: ‘O sabor dos lábios dele é bom!’ - Pensou correspondendo. Os dois iniciaram um beijo com desejo dentro da biblioteca do castelo por vários instantes e finalmente se separaram para recuperar o fôlego.

Seiya(Loki): Freya - Falou retirando o vestido que ela usava lhe deixando totalmente despida, começando a acariciar o seu corpo com ela tocando a sua masculinidade por cima do manto que usava.

Freya: Fazer amor em uma biblioteca Hihihi - Riu com ele acariciando os seus seios sentindo a maciez deles e os bicos duros enquanto tinha colocando ela deitada na mesa da biblioteca.

Seiya(Loki): Será algo interessante - Falou acariciando a feminilidade dela enquanto ela começou a gemer e acariciar os próprios seios, o mesmo acariciava o clitóris dela e usando o polegar enquanto começou a penetrar um dedo dentro dela após sentir ela úmida, estimulando os movimentos e aumentando o ritmo, inserindo mais um enquanto a mulher gemia.

Freya: Ahhh isso… Seiya! - Gritou sentindo ele usar os seus poderes de eletricidade dentro dela fazendo a mesma chegar ao ápice libertando uma grande quantidade.

Seiya(Loki): Vejo que minha senhora  está pronta e eu não estou mais aguentando - Falou retirando o membro completamente ereto o segurando na mão e penetrando a princesa de Asgard enquanto a mesma tinha acabado de chegar ao ápice - Freya Ahhh - Gemeu sentindo as paredes internas dela o apertando, segurando os seios da mesma enquanto começava a se mover e ela os seus quadris numa incrível velocidade gemendo alto por toda a biblioteca com o cosmo dos dois se mesclando.

Freya: Céus… Isso mais... Ahhhh Mais! - Pediu com os olhos brilhando com amor e luxúria sentindo prazeres que a muito tempo não tinha, mesmo que o sexo com Hyoga foi incrível, mas com Seiya isso era diferente e ele era o marido da irmã e isso lhe excitava de uma inexplicável a princesa de Asgard, que sentia uma grande onda se formando dentro dela querendo se libertar. O deus nórdico sentia as paredes internas de Freya se contrair e ela circular as pernas na sua cintura e ela chegando ao limite gemendo alto libertando uma poderosa onda.

Seiya(Loki): Isso minha loirinha… Vem estou no limite também - Falou não aguentando a pressão dentro dela e liberando a sua semente no ventre de Freya, ambos com as respirações aceleradas e se beijaram com ele ainda dentro dela.

Freya: Eu ainda quero outra coisa - Falou sussurrando no ouvido dele.

Seiya(Loki): Hahaha como desejar - Falou retirando o membro dele dentro dela fazendo ela gemer e a princesa de Asgard se posicionou dando a visão de intimidade com os seios pressionados contra a mesa da biblioteca.

Seiya(Loki): Você realmente é uma mulher insaciável - Falou acariciando a bunda dela que era uma visão maravilhosa e um local intocado que ele sorriu, mas não era o momento disso e ele deixaria ela decidir o momento disso mas, passou a mão levemente abrindo o seu ânus fazendo a princesa de Asgard arregalar os olhos com medo visível e tremer o corpo de excitação - Não se preocupe nessa mesa seria desconfortável para você ter essa experiência que tenho que admitir que foi uma surpresa quando vi as memórias dele com Hilda - Falou sorrindo.

Freya: A minha irmã é muito mais impertinente, do que eu pensava… Ahhh - Gemeu sentindo ele penetrar a sua intimidade pressionando o corpo dele contra o dela e os seios pressionados contra a mesa - Mais... Seiya Ahhh - Pediu sentindo uma poderosa luxúria se apoderando dela.

Seiya(Loki): Freya Ahhh - Falou movendo-se rápido forte como ela pediu sem se conter como a mesma lhe pediu e ela era algo que ele tinha que controlar para não perder o controle por alguma razão estranha, ela movendo os quadris nos movimentos dele.

Freya: AHHHHHH! - Gritou alto sentindo ele chegar ao seu ponto G com as mãos transmitindo um poderoso calor enquanto a pretendia para penetrar em movimentos fortes e sem pudor algum - Eu não aguento mais - Falou chegando novamente ao orgasmo e esse era mais prazeroso que os anteriores e com ele ainda lhe penetrando sem pausa causando outras ondas menores nela de imenso prazer.

Seiya(Loki): Céus você me deixa louco minha deus do amor Ahhh! - Falou despejando a sua semente dentro dela em vários jatos, que ele estava segurando usando os seus próprios poderes para impedir que chegasse ao clímax dentro dela.

Freya: Por Valhala Ahhh... - Sussurrou sorrindo totalmente dormente após ele despejar a semente dele dentro dela a inundando totalmente.

Seiya(Loki): Eu ainda tenho energias meu amor - Falou movendo-se dentro dela, fazendo ela sorrir porque ela sabia de sua resistência, fora os seus poderes que ele ainda não tinha usado e a sua cosmo-energia conseguiu lidar, com deusas fogosas na cama em Valhala e no passado com Freya e as orgias que ele participou no passado, mas as lembranças do cavaleiro de ouro era muito úteis.

Freya: Hihihi então tenho que lhe deixar sem energias - Falou com os olhos brilhando mordendo o lábio sentindo ele retirar o membro de dentro dela.

Seiya(Loki): Então é hora de usar isso aqui - Disse maliciosamente olhando para a bunda dela colocando um pouco de sêmen e usando o seu cosmo para a mulher relaxar.

Freya: Me faça totalmente sua Seiya - Sussurrou com ele lhe penetrando explorando a sua entrada intocada fazendo ela cravar as unhas na mesa.

Seiya(Loki): Céus Ahhhh - Gemeu sentindo o seu membro totalmente dentro dela, mas era mais apertado que ele imaginava.

Freya: Hyoga não me tocou assim - Pronunciou como se estivesse lido a mente dele o fazendo gemer.

Seiya(Loki): Freya eu vou me mover - Falou segurando os quadris dela se movendo suavemente aumentando o ritmo das penetrações com a loira se movendo para aumentar o alcance das estocadas.

Freya: Isso… Mais… Mais Seiya AHHHHH! -  Gemeu sentindo ele aumentar as penetrações não sendo rogado com ela, com os olhos dela numa nuvem de prazer incrível.

Seiya(Loki): Eu não aguento mais céus Ahhhh - Gemeu liberando a sua semente dentro da bunda da princesa de Asgard, que gemeu chegando ao ápice com o mesmo após alguns momentos retirando o membro de dentro dela. Enquanto os dois amantes estavam aproveitando passos foram ouvidos na biblioteca.

Freya isso não é justo Hihihi - Disse uma voz rindo levemente.

Seiya(Loki): Oras… Uma surpresa agradável - Falou o deus nórdico olhando para Atena e Shaina que vinham em sua direção.

Freya: Nada mais justo… Eu provar primeiro Ahhh - Gemeu com o homem tirando a masculinidade da sua bunda.

Atena: Está bem… Nós lhe perdoamos e está pronto para continuar o divertimento, Loki? - Indagou com o deus nórdico mudando a cor do cabelo e olhos.

Seiya(Loki): Sim… Mas me surpreende alguém como você agindo assim… Atena - Revelou olhando para a deusa da sabedoria, que trajava um vestido branco longo estilo grego antigo.

Atena: Ele merece uma punição por me desobedecer Hihihi… Você terá prazeres que somente dei para um humano Hihihi - Riu maliciosamente tocando o rosto do deus nórdico.

Seiya(Loki): Eu fico honrado - Disse sorrindo enigmaticamente. - 'Será a chance perfeita para manipular Atena e pelas memórias do cavaleiro de Pégaso, terei muita diversão com a filha de Zeus’ - Pensou com a deusa descendo a mão até chegar a sua masculinidade.

Shaina: Vamos fazer isso na biblioteca ou ir para outro lugar? - Questionou a amazona que usava um vestido longo azul.

Freya: Na mesa é uma sensação nova Hihihi - Riu levemente ficando em pé segurando do deus nórdico.

Atena: Eu já fiz algumas vezes e é divertido hihihi - Riu maliciosamente sentindo o membro do homem pulsando.

Seiya(Loki): Esse corpo possui bastante resistência para nos divertirmos Hahaha - Falou rindo maliciosamente para às três mulheres.

Atena: Sim, nós estamos contando com isso - Pronunciou beijando o deus nórdico nos lábios.

Seiya(Loki): 'Eu vou me divertir com elas e ainda terei a minha bela esposa de noite’ - Pensou manifestando a sua cosmo-energia e teleportando todos do local.  

Londres - Inglaterra

Em uma mansão luxuosa da capital inglesa, em um dos quartos, Loki apareceu com as três mulheres.

Atena: Onde estamos? - Indagou tocando o peito do deus nórdico.

Seiya(Loki): Uma mansão em Londres, poderemos nos divertir aqui - Respondeu com a deusa da sabedoria descendo a sua mão, até masculinidade ereta dele.

Atena: Vamos ver se saberá usar a resistência desse corpo hihihi - Riu maliciosamente acariciando o membro ereto.

Seiya(Loki): Você não sabe o quanto, Atena Ahhhh - Gemeu sentindo o toque suave da mão dela.

Shaina: Sem monopolizar, Atena - Falou a amazona se aproximando.

Freya: Vocês duas podem se divertir, mas logo eu quero mais um round Hihihi - Riu maliciosamente deitada na cama.

Atena: Vamos começar - Empurrou o deus nórdico se sentando na cama e ela junto com amazona de cobra se ajoelharam na frente dele.

Seiya(Loki): ‘Eu não acredito que ele recusou a chance de divertir com elas, mas eu vou aproveitar e muito Hahaha' - Pensou com as duas mulheres beijando a sua masculinidade.

Continua >


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Não vou fazer o Hentai do que vai acontecer aí Hahaha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...