História Saint Seiya - Um rumo do destino - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Freya, Hilda de Polaris, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Cobra
Tags Andreas, Asgard, Atena, Freya, Hilda, Loki, Saori, Seiya, Seiya X Hilda, Shaina
Exibições 37
Palavras 1.724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saint Seiya não me pertence. Desculpem os erros de português.

Capítulo 15 - Capítulo 15


Capítulo 15

6 meses depois - Roma - Itália

Numa luxuosa mansão localizada na capital italiana estava Seiya(Loki) e Atena nos jardins andando normalmente.

Atena: Esses meses estão sendo muito agradáveis - Falou sorrindo levemente a deusa sabedoria parando de andar e olhando a linda fonte no jardim.

Seiya(Loki): Sim, não me divirto tanto há milênios - Concordou olhando para a deusa que usava uma saia preta acima joelhos, blusa branca e um salto alto.

Atena: Eu estou aproveitando novos sabores Hihihi - Riu maliciosamente beijando os lábios do deus nórdico. - ‘Isso servirá de lição para ele não me desafiar’ - Completou em pensamento.

Seiya(Loki): 'Ele foi um tolo em deixar uma deusa como essa livre’ - Pensou retribuindo o beijo, refletindo que essa situação ele estava adorando ter amantes e uma bela esposa em casa.

Vocês dois sempre se divertindo sem nós hihihi - Riu levemente uma voz se aproximando dos dois.

Atena: Shaina, Freya - Disse a deusa olhando para as duas recém-chegadas.

Shaina: Eles são muito malvados em ficar com toda a diversão Hihihi - Falou rindo a amazona ficando frente à frente do casal.

Freya: Nós só saímos para um passeio e já ficam se beijando… Isso não vale - Pronunciou com um sorriso malicioso.

Seiya(Loki): Não precisam sentir ciúmes - Falou agarrando a princesa de Asgard e a beijando com volúpia.

Shaina: Eu queria ter sido a primeira - Sussurrou observando a cena na sua frente.

Atena: Você foi a primeira escolhida quando tivemos relações ontem hihihi - Riu maliciosamente olhando para a amazona.

Shaina: Ah ele faz por ordem e ontem somente foi o meu dia - Rebateu vendo finalmente o beijo na sua frente se encerrar.

Seiya(Loki): Minha amazona - Falou puxando a amazona para si e iniciando um beijo de desejo entre os dois. A cena era observada pela deusa da sabedoria e a princesa de Asgard que sorriam.

Freya: 'Atena nós precisamos conversar’ - Falou telepaticamente para a deusa da guerra ao lado.

Atena: 'Sim, mas vamos aproveitar mais um pouco’ - Disse continuando a observar a cena na sua frente.

Nas proximidades da residência

Numa casa próxima da luxuosa mansão um homem estava num qua revelando fotos dos quatros amantes.

Não posso que alguém assim está no comando de Asgard - Disse o homem por volta dos trinta anos com irritação - Hilda-Sama não merece uma traição assim - Completou o homem continuando a revelar as fotos.

Palácio Valhala - Asgard

No salão do trono a sacerdotisa de Odin estava acompanhada de Sigmund, Hilda estava com uma barriga de uns meses de gravidez.

Sigmund: Senhorita Hilda ocorreu alguma coisa? - Indagou o homem que foi convocado pela princesa de Asgard.

Hilda: Sim, eu preciso que vigie o meu marido - Respondeu surpreendendo o homem na sua frente - Há algo acontecendo Sigmund e tenho um mau pressentimento sobre isso - Completou acariciando a barriga..

Sigmund: O que está havendo? Por que a senhorita quer que eu vigie o Seiya-Sama? - Questionou com a sacerdotisa lhe encarando seriamente.

Hilda: Porque ele é Loki, ou melhor, desconfio que seja ele e não o meu marido - Respondeu com o homem arregalando os olhos. - 'Eu espero que eu esteja errada, mas se for verdade, eu dormi com outro homem por todos esses meses’ - Pensou refletindo as ações do marido nos últimos meses e principalmente as ações de Atena, Freya e Shaina começaram a levantar suspeitas.

Sigmund: A senhorita desconfia disso há quanto tempo? - Perguntou com a mulher apertando levemente o punho.

Hilda: Há uns seis meses tivemos uma suspeita, mas não se confirmou… Entretanto algumas coisas estão ocorrendo - Respondeu fechando e abrindo os olhos  

Sigmund: Caso isso seja real… Temos uma chance de selar Loki? - Indagou com a sacerdotisa assentindo.

Hilda: Sim, mas me preocupa outras coisas e por isso que preciso que somente o vigie - Respondeu com o homem assentindo.

Sigmund: Como desejar, mas há algo que eu preciso confessar, Lady Hilda - Disse enigmaticamente surpreendendo a representante de Odin.

Hilda: Sigmund… - Sussurrou preocupada pela mudança do homem.

Sigmund: Eu tenho vigiado os passos de Seiya-Sama há algum tempo e descobri alguns fatos importantes - Revelou seriamente - Ele está envolvido intimamente com Atena, Freya e Shaina - Completou olhando nos olhos da princesa de Asgard.

Hilda: Você… Como descobriu isso!? - Exclamou tentando controlar o sentimento de raiva dentro de si.

Sigmund: Eu sou o principal responsável pela guarda do palácio e por isso há algumas barreiras que somente eu tenho conhecimento - Respondeu com a sacerdotisa de Odin apertando o punho com força - Graças a isso descobri que Seiya estava saindo algumas vezes do palácio e ele estava se teleportando para certos locais na Europa - Completou refletindo a época que tinha descoberto.

Hilda: Então… Ele… - Foi interrompida pela irmão de Siegfried.

Sigmund: Ele parece outra pessoa pelas informações que tenho e está sempre na companhia de Atena, Freya ou Shaina -  Revelou com a princesa de Asgard com lágrimas nos olhos - Nunca acredito que Freya-Sama esteja participando disso - Completou desapontado pela atitude da princesa de Asgard.

Hilda: Você usou a rede de espionagem que temos na Europa? Para conseguir essas informações? - Questionou com o homem assentindo.

Sigmund: Sim, não temos uma tão vasta como o santuário, entretanto não foi fácil descobrir sem chamar atenção - Pronunciou lembrando dos relatórios que está recebendo secretamente no palácio.

Hilda: Ótimo! Continue a vigilância no meu marido, ou melhor, ao maldito do Loki! Eu vou arrumar um modo de trazer o meu verdadeiro marido de volta - Falou manifestando a sua cosmo-energia intensamente.

Roma - Itália

Na luxuosa mansão Atena, Freya e Shaina estavam indo na direção do escritório, enquanto na casa estava ocorrendo uma gigantesca festa e o deus nórdico cercado de algumas jovens italianas.

Shaina: Ele está adorando as surpresas Hihihi - Riu levemente olhando para de relance para a cena antes de entrar no escritório.

Freya: Sim, mas temos que conversar sobre o futuro - Falou seriamente a jovem dentro do escritório olhando para as duas mulheres.

Atena: Nós estamos nos divertindo com o Loki, entretanto está tudo chegando perto do final - Disse fechando e abrindo os olhos - O Seiya já teve castigo suficiente e a Hilda também dormindo com outro homem Hihihi - Completou rindo maliciosamente.

Shaina: Ele provavelmente irá nos odiar, mas no final seremos quem o libertaremos - Falou sorrindo levemente.

Freya: A minha irmã não ficará muito contente, entretanto a culpa é dela em não querer compartilhar Hihihi - Riu maliciosamente a loira olhando para as demais.

Shaina: A Hilda terá os seus problemas para resolver e ela precisará nos agradecer por trazer o Seiya de volta - Disse com as demais assentindo.

Atena: Sim, agora temos que aprisioná-lo o mais rápido possível e libertar o Seiya do domínio de Loki o mais rápido possível - Falou seriamente com os olhos brilhando intensamente. - 'Essa oportunidade me deu a chance de vingar de Seiya e Hilda de uma maneira única, mas não posso sentir aproveitar os prazeres da vingança’ - Pensou a deusa da sabedoria.

Freya: Hoje a noite será perfeito para isso - Pronunciou a princesa de Asgard. Enquanto isso no lado de fora do escritório a festa continuava e o deus nórdico tinha adquirido um sorriso malicioso.

Seiya(Loki): Eu vou ter que usar o poder mais cedo do que o esperado dos anéis - Sussurrou tomando um gole de vinho.

'Isso eu não vou permitir!’ - Exclamou uma voz mentalmente na cabeça do deus nórdico.

Seiya(Loki): Você… Não pode ser! - Exclamou surpreendendo as pessoas ao seu redor.

Subconsciente de Seiya

Num templo semelhante a casa de sagitário duas pessoas se encaravam levemente com os seus cosmos brilhando intensamente.

Seiya: Há quanto tempo… Loki - Disse o cavaleiro de ouro com o deus nórdico usando a sua aparência ainda.

Loki: Essa paisagem mental… Como você conseguiu? - Indagou olhando para o homem trajando a armadura divina de sagitário.

Seiya: Eu simplesmente deixei você assumir o meu corpo, enquanto me recuperava das presas de Fenrir - Respondeu com um sorriso de leve - Não achou que foi fácil demais? - Indagou com o deus nórdico apertando o punho levemente.

Loki: Então… Me deixou tocar até a sua esposa sem se importar? Ela é muito viciante e carrega o nosso filho Hahaha - Riu maliciosamente provocando o cavaleiro de ouro.

Seiya: O filho que ela carrega é meu e não seu! - Exclamou apertando fortemente o punho - Não poderia permitir que você tomasse o meu corpo totalmente - Completou fechando e abrindo os olhos.

Loki: Um filho que eu criarei como meu e o transformarei na arma perfeita - Revelou andando na direção do cavaleiro - Vamos terminar logo com isso… Tenho que amantes para me divertir e uma esposa para me agradar Hahaha - Completou rindo maliciosamente.

Seiya: Você nunca sairá daqui - Sussurrou avançando contra o deus o deus nórdico.

Loki: Isso nós veremos - Disse bloqueando o punho do oponente - Eu agora vou despedaçar a sua alma seu miserável - completou com os brilhando perigosamente.

Seiya: Isso não será fácil - Disse desaparecendo numa incrível velocidade.

Loki: Onde você… - Parou de falar ao ser atingido por um poderoso golpe no rosto.

Seiya: Eu vou lhe mostrar o poder do assassino dos deuses! - Exclamou desferindo uma sequência de socos no adversário.

Loki: 'Maldito essa velocidade está totalmente diferente de antes’ - Pensou lembrando da primeira luta que teve com o cavaleiro. Os golpes do cavaleiro eram indefensáveis para o filho de Odin.

Seiya: Você vai pagar por tudo - Sussurrou concentrando cosmo-energia no punho direito e socando o peito do adversário o arremessando para longe, destruindo o peitoral da sua armadura para a surpresa do oponente.

Loki: Não pode ser… ARG! - Pronunciou cuspindo sangue pela boca. - 'O poder dele não pode ter aumentado tanto!’ - Completou mentalmente.

Seiya: Ainda não percebeu? - Questionou andando normalmente na direção do oponente.

Loki: O que você está insinuando? - Perguntou restaurando o peitoral da armadura.

Seiya: Não há somente nós dois aqui - Respondeu com a imagem de Odin aparecendo nos céus da paisagem mental.

Loki: Odin!? - Exclamou surpreso com a presença do rei dos deuses nórdico.

Continua >


Notas Finais


Espero que tenham gostado. A história está chegando na reta final. Segue algumas sugestões de fics minhas, que vão ser longas rsrs, para caso alguém não acompanhe ainda.

Amor e Luxúria (Harém SeiyaXAfroditeXSaori(Atena) e...) Outras mitologias serão inclusas na fic.

https://spiritfanfics.com/historia/saint-seiya--amor-e-luxuria-6489363

O deus do Sol (SeiyaxSaori)

https://spiritfanfics.com/historia/saint-seiya--o-deus-do-sol-7176071


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...