História Saint Seiya: Desafio ao Tempo - A Guerra do Fogo! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Tags Cavaleiros Do Zodiaco, Saint Seiya
Visualizações 54
Palavras 2.062
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga
Avisos: Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


No capítulo anterior Neos de Câncer revela para Shiryu, Seiya e Ikki que Miro foi morto por um marechal das chamas poderoso. Ikki desconfia. Shiryu pede para Neos o levar ao local do ataque. Na sala de Boi, Yuri consegue envolver Yin de Boi em suas asas de fogo e os dois voam, abrindo caminho para os demais cavaleiros seguirem para a próxima sala da Fortaleza. Shiryu chega ao local com Neos e encontra a armadura de Escorpião e percebe que Miro realmente está morto. Kiki taz Saori e Seiji até a entrada da casa de Áries e Seiji chora a morte de seu mestre. O cosmo de Seiji entra em contraste com a armadura de Câncer de Neos, causando estranheza. Yin surra Yuri na volta dos dois a sala de Boi, e o cosmo de Ikki fala com Yin o dizendo que ele será derrotado por seu sobrinho, que está desmaiado. Saori ataca o o relógio de fogo com seu báculo para evitar o domínio de Chronos e Neos intercepta o golpe e transforma Saori em bebê, deixando todos confusos.

Capítulo 12 - CAPÍTULO 12: A Verdadeira face de Neos!


Fanfic / Fanfiction Saint Seiya: Desafio ao Tempo - A Guerra do Fogo! - Capítulo 12 - CAPÍTULO 12: A Verdadeira face de Neos!

Os cavaleiros ficam pasmos com a ação de Neos.

- Maldito, como você fez isso Neos? – Indaga Ikki.

- Neos? Neos foi apenas meu estado humano temporário! – A voz de Neos muda, ele retira a armadura de Câncer, e seu cosmo explode!

- Que cosmo imenso é esse? – Questiona Seiya!

Uma armadura verde aparece. Ela brilha como esmeraldas. A armadura veste Neos.

- Eu sou Chronos, o deus do tempo hahahahahaha, o deus do tempo cronológico!

- Sempre desconfiei de você maldito, sempre! – Grita Ikki.

- E você já me encheu, sempre me atrapalhando, tome isso cavaleiro maldito!

- Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Ikki é jogado no chão diversas vezes em segundos e desmaia.

- Ikkiiiiiiiii! Ele arrebentou Ikki em segundos! – Se assusta Seiya!

- Você vai pagar por isso, Neos... Quer dizer Chronos! – Se irrita Shiryu

- Cale a boca cavaleiro de Libra, seu antecessor fez bom proveito do meu misopethamenos, agora só vim cobrar a conta. Esse mundo me pertence, sempre me pertenceu, eu sempre dominei o tempo de todos, ele passa conforme minha vontade. Mas posso mudar isso a hora que eu quiser. Já que você é discípulo de Dohko que se tornou velho pelo misopethamenos, fique velho também! - Chronos ataca Shiryu.

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh meu corpo está fraco, o que? Estou todo enrugado! - Se desespera Shiryu.

- Shiryu se tornou um velho! – Grita Seiya! – Basta Chronos, tome a flecha de Sagitário!

A flecha de Sagitário para no ar. Chronos ataca Seiya, que vira um bebê assim como Saori!

- Maldito!- Kiki se desespera.

- E você Kiki de Áries, se lembra do mestre Ancião, o Dohko de Libra? Você era uma criança não? Agora volte a ser aquela criança!

Kiki volta a aparência de 8 anos! Shun e Hyoga percebem que algo está errado e chegam na entrada da casa de Áries.

- Então isso significa que... Neos é Chronos! – Se surpreende Shun.

- Veja Shun. Saori e Seiya viraram bebês, Shiryu um idoso, Ikki está desmaiado e Kiki está como a criança que conhecemos há mais de dez anos.

- Hahahahahahaha, esse Santuário é meu, cavaleiros! – Chronos ataca os dois, os fazendo ficarem parados no ar!

Harbinger e Marin chegam. Porém logo se sentem paralisados, sem conseguirem andar.

- Marin não consigo me mexer!

- Eu também não, Harbinger, não pode ser!

- Me diga Chronos, o que aconteceu com meu mestre Miro, vamos, diga! – Questiona Seiji

- Hahahahahaha, jovem garoto, não tenho obrigação de te falar... O que?

- A armadura de Câncer volta a brilhar. Ela veste Seiji.

- Mas o que é isso? Você é o cavaleiro de Câncer? - Chronos não entende.

- Nem eu sabia, pensava que estava treinando para ser herdeiro de Escorpião. Mas meu signo é câncer... Mestre Miro... Será por você! “Revolução Escarlate! - Seiji ataca o deus do tempo.

Chronos evita o golpe com facilidade e ataca Seiji, mas é interceptado.

- Basta Chronos, agora nos diga, o que fez com Miro! – Aioria aparece!

- Hahahahahahhaha – Chronos ri de Aioria e Seiji.

 

FORTALEZA DO FOGO

 

Os cavaleiros chegam na terceira sala sentindo as marcas de boi ardendo em seus corpos.

- Então vocês são os cavaleiros de Atena? - Um homem alto, forte, muito branco com cabelo liso e preto intercepta os cavaleiros. Ele tinha olhos orientais e cara séria.

- Sim, você é o terceiro marechal das chamas do primeiro escalão? - Pergunta Ryuho.

- Sou Leung de Tigre. Você é o filho de Shiryu, não é?

- Sim, como sabe? - Estranha Ryuho.

- Shiryu era o discípulo de Dohko, que assim como eu tinha um tigre tatuado nas costas. Sempre admirei Dohko, ele chegou a treinar meu primo Ohko!

- Meu pai já falou sobre Ohko!

- Sim, só que Shiryu, seu pai, é um traidor. Atena é uma traidora. Usaram Dohko para terem o misopethamenos e depois da guerra enganaram Chronos para ter o controle do mundo. São gananciosos, por isso a humanidade está como está!

- Não fale bobagens marechal. O grande enganador aqui é Chronos, que está mancomunado com esse tal Zhu Rong! – Responde Ryuho

- Respeite o senhor Zhu Rong! - Ordena Leung.

- E você respeite Atena seu folgado! – Grita Kouga – “Meteoro de Pégasus"!

- “Furacão do tigre do sul!”.

- Aaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh

Um furacão ataca Kouga que desaparece!

- Minha luta será contra você, Ryuho de Dragão! - Diz o marechal.

- Tudo bem Leung, você vai se arrepender de ofender meu pai e Atena! - Responde Ryuho.

- Garotas, sumam daqui, minha luta é contra o filho do traidor. - Pede Leung.

- O que disse? – Questiona Tâmara.

- Vão embora. Sinto no cosmo de vocês que vocês não são más! Então sigam, logo vocês descobrirão a verdade!

- Claro que não somos más, você e todos os marechais com Zhu Rong que são os malignos que querem destruir o mundo! – Responde Akemi.

- Akemi, Tâmara, vejam, eu não sinto um cosmo maligno nesse marechal. - Comenta Yuna.

- Eu também não! – Responde Tâmara para Yuna.

- “Cólera do dragão”. - Ryuho volta a atacar Leung.

- “Furacão do tigre do sul!

- Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh- Ryuho é golpeado e cai machucado.

- Nós também estamos aqui e vamos lutar – Comenta Akemi.

- Já disse para irem embora! - Repete Leung.

- Não vamos! “Corrente de Andrômeda”

Leung evita o golpe de Akemi!

- Vamos Yuna! “Cápsula do trovão!

- “Tornado divino”

Leung evita os golpes e olha fixamente para as amazonas.

- Vão embora daqui, eu não bato em mulheres, eu não vou lutar com vocês. Sei que não são más, mas a frente vão entender a verdade!

- Escutou o que ele disse? – Diz Ryuho se levantando.

-Riyho! - Gritam as 3.

- Vão embora meninas, um de nós tem que chegar até Zhu Rong. - Comenta o cavaleiro de Dragão.

- Tudo bem Ryuho, cuide-se! – Yuna corre para a sala adiante junto com as outras amazonas.

- Agora sim cavaleiro de dragão, seu fim chegou! Veja o poder, a ferocidade do tigre chinês. “Grande tigre do sul”

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhh

Leung surra Ryuho com muito ódio.

 

Na sala de Boi, Yuri levanta com dificuldade.

- Hahahahaha, conseguiu se levantar para apanhar mais e morrer com mais dor ainda Yuri de Fênix? - Debocha o marechal.

- Você não sabe o que fala marechal de boi! – Yuri continua queimando seu cosmo, e joga a cinza de sua armadura no ar.

A armadura de Fênix se regenera e volta a vestir Yuri.

- Muito bem, agora você vai ver o que é dor! E saiba de uma coisa, seus golpes de ilusão não surtem efeito sobre mim hahahahahaha “ferrete de boi”.

Yuri pula em frente a Yin e o ferrete queima suas mãos. Yuri grita de dor. Yin volta a surrar Yuri.

- Hahahahahaha, imbecil! Agora suas mãos queimaram, não tem mais condições de lutar! Agora morra... O que? - Yin sente algo estranho.

O golpe de Yin sai das mãos de Yuri e se torna o ferrete de boi e ataca em cheio Yin.

- Aaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhh

Três marcas de boi são feitas no corpo de Yin que grita. Logo após o susto ele se levanta.

- Ótimo golpe cavaleiro de Atena. Ate pareceu verdade que também fui queimado, mas como disse seus golpes de ilusão não surtem efeito em mim! Prepare-se!

Yin se irrita que continua sentindo a queimadura em seu corpo. Yuri segue com os olhos fechados.

- Boa ilusão, mas isso é só uma ilusão, morra cavaleiro: “chicote de fogo”... Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhh que dor.

Yin cai e não se conforma de não conseguir atacar Yuri.

- Sua ilusão realmente é poderosa, mas vou me concentrar e desfazê-la!

- Imbecil isso não é uma ilusão! - Avisa Yuri.

- O que?

- Exatamente, no momento em que queimei minhas mãos consegui sugar seu golpe e devolver para você. Você realmente está queimado Yin.

- Maldito!

Os dois ficam em posição de ataque. Queimados não conseguem desferir seus golpes. Ambos ficam esgotados. Yuri pula e acerta um pontapé na cara de Yin. Com as mãos queimadas o cavaleiro acerta sucessivos chutes no marechal e percebe que esse é um ponto fraco dele.

- Agora aguente isso, Yin de Boi!

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhh

Yin cai depois da surra de pontapés. Yuri também cai sofrendo com as queimaduras. Jacó adentra a segunda sala.

- Yuri!

- Jacó! Quem bom que está vivo! Ainda tem poder Jacó? - Pergunta Yuri.

- Tenho sim Yuri, mas estou muito debilitado!

- Consegue congelar minhas mãos?

- O que? - Jacó estranha o pedido de Yuri.

- Vamos Jacó congele minhas mãos!

- Cale a boca cavaleiro maldito, eu vou matar os dois de uma só vez! “Ferrete de boi”

O golpe de Yin vai fraco em direção aos cavaleiros. Jacó congela as mãos de Yuri e também as marcas de boi, a dor de Yuri cessa e ele recupera a agilidade. Yuri repele facilmente o golpe de Yin e começa a surrar o marechal. As mãos de Yuri começam a derreter!

- Não tenho muito tempo, aquela dor vai voltar. Vou usar toda a minha energia nesse golpe! “Ave Fênix”

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Yin é derrotado. Yuri cai com dor no chão. Jacó vai acudi-lo.

- Yuri se segure Yuri!

- Jacó meu corpo está muito queimado, eu não vou resistir muito tempo, siga em frente!

- Veja Yuri, suas marcas de queimadura estão desaparecendo! - Jacó mostra para Yuri.

Com a morte de Yin, Yuri se recupera das queimaduras. Na saída da terceira sala, as queimaduras das amazonas também desaparecem!

- Vejam meninas as marcas sumiram, a dor passou! – Comenta aliviada Akemi.

- O Yuri conseguiu, ótimo! – Se alegra Yuna.

 

Na sala de Tigre, Ryuho se levanta e percebe que suas marcas sumiram!

- Ótimo Yuri, agora é minha vez: “Dragão nascente”.

- “Furacão do tigre do sul!”.

- Aaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhh, mas por que, por que esse sujeito luta com tanto ódio de mim! – Ryuho cai sangrando no chão.

 

Na saída da segunda sala, Yuri agradece a ajuda a Jacó!

- Não agradeça a mim Yuri, graças a Ikki me dar aquele toque vi que todos somos capazes. Conseguimos vencer dois. Vamos seguir!

Os dois partem rumo à terceira sala.

 

SANTUÁRIO

 

Chronos olha para Aioria e Seiji e se diverte com a situação.

- Hahahahahaha, muito bem, vou contar o que ocorreu com Miro! – Debocha Chronos.

Chronos começa a contar:

 

Miro e “Neos” estão próximos a um rio no Santuário, local onde Icarus sempre frequentava.

- Por onde quer começar essas buscas, Miro?

- Quero dar uma olhada nesse rio Neos, Icarus sempre vinha aqui... Veja isso, as águas voltaram ao normal, não estão mais paralisadas.

- Mas como, o que aconteceu? - Estranha o então cavaleiro de Câncer.

- Atena está recuperando seu poder, com isso logo essa paralisação de tempo feita por Chronos não terá mais efeito e Atena retomará o comando do Santuário. Está começando por esse rio. - Explica Miro.

- Não vou permitir! – Neos, que na realidade é Chronos paralisa novamente o rio.

- O que você fez Neos? Esse poder de paralisar, não me diga que você é...

- Hahahahahahaha descobriu Miro de Escorpião, mas melhor assim do que Atena desfazer meus planos. - Neos muda a voz para sua voz real de Chronos.

- Cretino, você vai pagar! “Agulha escarlate”

- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhh

Neos cai e se levanta despertando seu cosmo de deus de Chronos.

- Mas esse cosmo é um cosmo de um deus realmente! - Se impressiona Miro.

Chronos ataca Miro violentamente. Miro fica preso no ar e Chronos o perfura, e o deixa jorrando sangue.

- Hahahahahahahaha, otário! - Ri Chronos

- Nããããoooooo. - Se desespera Miro.

Miro desfalece, Chronos por um instante faz o rio voltar ao normal e joga Miro dentro.

- Adeus Miro, continuarei como Neos para colocar meu plano em prática hahahahhahaha

 

Após contar o que aconteceu, Chronos desperta a ira de Aioria.

- Seu desgraçado, você vai se arrepender por matar meu amigo Miro! “Relâmpago de plasma”!

Chronos devolve o golpe em Aioria que é arremessado longe. O deus do tempo cronológico aproveita e ataca Seiji, o fazendo desmaiar.

- Basta Chronos! - Alguém o interrompe.

- Quem está aí? Hahahahahaha você? - Chronos visualiza o homem.

Dike de Capricórnio aparece com a expressão séria e vê todo o ocorrido com os demais cavaleiros. Chronos ri.

 


Notas Finais


Próximo capítulo de Saint Seiya: Desafio ao Tempo - A Guerra do Fogo!
"A Missão dos Cavaleiros de Ouro"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...