História Saint Seiya DxD - O Dragão dos Sete Céus - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias High School DxD, Saint Seiya
Personagens 666 (Trihexa), Akeno Himejima, Albion, Baraqiel, Cao Cao, Ddraig, Gabriel, Grayfia Lucifuge, Irina Shidou, Issei Hyoudou, Kuroka, Michael, Ophis, Personagens Originais, Rias Gremory, Rizevim Livan Lucifer, Rossweisse, Seiya de Pégaso, Serafall Leviathan, Shemhazai, Sirzechs Lucifer, Vali Lucifer
Tags Anjos, Anjos Caídos, Diabos, Seiya
Visualizações 141
Palavras 3.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Saint Seiya e Highschool dxd não me pertencem. Desculpem os erros de português. Espero que aproveitem. Conteúdo sexual adulto.

Capítulo 7 - Capítulo 07


Capítulo 07

Três Dias Depois - Academia Kuoh

Seiya estava no alto do prédio da academia Kuoh. Ele estava observando os arredores e refletindo a sua atual situação, ou melhor, a situação que Bahamut tinha causado na sua vida. Mas no momento ele precisava ter uma conversa com alguém importante.

Seiya: Ele chegou… - Sussurrou com uma nova presença no local - Olá, Issei-San... - Completou olhando para trás.

Issei: Seiya-San… - Sussurrou andando lentamente na direção do Joker - O que você quer conversar comigo? - Questionou com leve curiosidade na voz.

Seiya: Hum… Eu tenho algumas perguntas… - Respondeu com o Sekiryuutei ficando ao seu lado - Você agora possui parte do poder de Albion, não é? - Indagou relembrando da breve conversa com Azazel sobre essa habilidade do Dragão Imperador Vermelho.

Issei: Hum... Azazel encontrou uma esfera na cratera que você atingiu Vali e eu consegui absorver esse poder graças às habilidades do Ddraig - Revelou refletindo do momento e do esforço que teve que fazer pra conseguir

Seiya: A sua engrenagem sagrada possui uma capacidade incrível, Issei-San e pode lhe tornar alguém muito poderoso no final... - Falou fechando e abrindo os olhos levemente - O seu sonho é se tornar o rei harém, não é? - Indagou surpreendendo o Sekiryuutei.

Issei: Sim, mas não está sendo muito fácil… - Confessou com leve irritação na voz. Ele estava irritado pela conversa que teve com Rias, mas ela tinha sido sincera e conversado com ele abertamente sobre os seus sentimentos, que era somente de amizade por ele.

Seiya: Eu posso ajudá-lo com isso, caso você queria - Falou sorrindo levemente, observando a reação estupefata do jovem ao seu lado.

Issei: O que você disse, Seiya-San? - Indagou piscando os olhos levemente.

Seiya: Eu posso ajudá-lo, Issei, nesse seu sonho peculiar - Pronunciou sorrindo levemente. Ele possuía alguns planos interessantes para o Dragão Imperador Vermelho.

Issei: Como você pretende fazer isso? - Perguntou com curiosidade na voz.

Seiya: Eu tenho alguns planos interessantes e também um conselho útil - Respondeu encarando seriamente o Sekiryuutei - Você não pode ser tão pervertido! Essa escola está repleta de possíveis conquistas para o seu harém, mas você tem uma fama pervertido completo e isso é mal... - Completou com os olhos brilhando intensamente.

Bahamut: 'Eu acho que você foi duro demais com ele, Seiya’ - Falou telepaticamente para o seu hospedeiro.

Seiya: Você precisa conquistá-las como um cavalheiro em público e nos momentos íntimos seja o “pervertido” que elas literalmente nunca esqueçam - Falou sorrindo levemente.

Issei: Er… Digamos que você talvez tenha razão… - Falou refletindo das suas situações constrangedoras na academia Kuoh. Mas de repente a conversa entre os dois foi interrompida.

Seiya Kido! Issei Hyoudou! - Exclamou uma voz feminina autoritária - O que vocês estão fazendo aqui em cima? - Indagou uma jovem por volta dos dezessete anos, pele branca,  longos cabelos pretos retos que se estendem até os joelhos, com franjas separadas e olhos castanhos-claros de óculos.

Esse não é local para os estudantes - Disse outra jovem de óculos, pele clara, cabelo preto com um corte curto e olhos violetas. Elas estavam usando uniformes femininos da academia Kuoh, que realçam a beleza de ambas.

Seiya: Olá, Tsubaki-San e Sona-San - Falou cordialmente para as duas recém-chegadas na ordem que falaram - Eu chamei Issei-San para uma conversa privada e esse local era perfeito - Completou olhando para a presidente e vice-presidente do conselho estudantil. Ele tinha notando as duas observando-os há algum tempo conversando.

Sona: Uma conversa privada? - Perguntou com curiosidade na voz.

Issei: Sim, ele vai me ajudar a me tornar o rei harém! - Exclamou normalmente, fazendo as duas jovens fuzilarem os dois.

Seiya: 'Ele é algum idiota por acaso?’ - Indagou-se mentalmente, dando um tapa no próprio rosto. Enquanto isso, as duas jovens entreolharam-se por um momento.

Tsubaki: Issei-San, por favor, volte para a sua classe - Falou seriamente, fazendo o citado engolir em seco.

Issei: Sim, senhora! - Exclamou levemente, saindo rapidamente do telhado.

Sona: Seiya-San, eu não imaginava que você um pervertido! - Exclamou com os olhos brilhando intensamente.  

Tsubaki: Muito menos, eu! - Exclamou ajeitando os óculos. Elas começaram a andar na direção do Joker, que estava somente observando-as.

Seiya: 'O que elas estão pretendendo? Elas não estavam ouvindo a minha conversa com ele?’ - Indagou-se mentalmente.

Sona: Você vai nos acompanhar para o conselho estudantil, Seiya-San - Falou sorrindo levemente.

Tsubaki: Nós teremos uma conversa muito longa com você! - Exclamou cruzando os braços.

Seiya: Hum… Eu posso explicar a minha versão dos acontecimentos? - Indagou levantando uma sobrancelha.

Sona: Você pode explicar no conselho estudantil… - Respondeu categoricamente.

Tsubaki: Isso mesmo! - Exclamou trocando um olhar rápido a presidente do conselho estudantil.

Seiya: Está bem... - Falou fechando e abrindo os olhos levemente. - 'Vamos ver qual o planos delas’ - Completou em pensamento, acompanhando-as para o conselho estudantil.

Alguns Minutos Depois - Conselho Estudantil

Seiya estava na sala da presença do conselho estudantil explicando os detalhes da sua conversa com Issei no telhado da academia Kuoh.

Seiya: Essa foi toda a minha conversa com o Issei - Disse terminando de narrar os acontecimentos no telhado.

Sona: Entendo, então foi isso que aconteceu… - Falou olhando para a vice-presidente do conselho estudantil, que assentiu levemente - Nós temos uma pequena confissão para fazer, Seiya - Completou olhando nos olhos do Anjo.

Seiya: Hum… O que vocês querem dizer com “pequena confissão”? - Indagou levantando uma sobrancelha.

Tsubaki: Nós trouxemos você aqui para uma outra conversa e também nós ouvimos quase toda a conversa entre você e o Sekiryuutei no telhado... - Revelou sorrindo levemente.

Seiya: Entendo, então o que vocês duas querem conversar? - Questionou encarando-as seriamente.

Sona: Nós… - Foi interrompida pela abertura abrupta da porta por duas pessoas - O que vocês duas estão fazendo aqui!? - Exclamou olhando as duas recém-chegadas e rivais no assunto que iam conversar.

Rias: Eu acho que você sabe, Sona - Falou olhando a herdeira Sitri.

Akeno: Vocês duas agindo muito rápido - Disse olhando atentamente as duas líderes do conselho estudantil.

Tsubaki: Rias Gremory… Akeno Himejima… - Sussurrou com os olhos brilhando intensamente - Como ousam entrar assim no Conselho Estudantil!? - Exclamou apontando para as duas.

Bahamut: 'Eu acho melhor você intervir, parceiro’ - Pronunciou telepaticamente, notando a tensão no local.

Seiya: Eu preciso conversar com vocês quatro sobre algo importante, ou melhor, algo que Bahamut fez com vocês - Falou chamando a atenção das jovens, que entreolharam-se levemente - Vocês quatro estão conectadas comigo, como minhas companheiras e infelizmente não há reverter essa situação - Revelou surpreendendo as presentes.

Rias: Nós somos as suas companheiras? O que isso quer dizer? - Questionou com curiosidade clara na voz.

Seiya: Sim, simplificando, vocês estão conectadas sexualmente de uma maneira única comigo - Respondeu com as jovens entreolhando-se por alguns instantes.

Sona: Hum… Essa conexão é somente sexual? Você tem certeza disso? - Questionou encarando o Anjo reencarnado.

Seiya: Sim, eu tenho certeza… - Respondeu seriamente.

Tsubaki: Então, os nossos sentimentos são reais, certo? - Indagou olhando nos olhos do jovem, que assentiu levemente.

Seiya: Correto, mas essa ligação sexual… - Foi interrompido pela herdeira Gremory.

Rias: Eu não vejo muitos problemas com isso hihihi - Falou rindo maliciosamente, piscando para o jovem sentado - Mas há mais alguém conectada com você? - Questionou com os olhos brilhando intensamente.

Seiya: Bem… Ainda tem a Serafall, e estou num relacionamento com Gabrieli e Kuroka - Respondeu fechando e abrindo os olhos levemente.

Sona: A minha irmã!? Não pode ser! - Exclamou de sobressalto - Mas isso explica as mensagens estranhas que ela mandou - Completou recuperando a compostura. Ela tinha recebido mensagens estranhas da sua irmã mais velha nos últimos dias e não estava entendo nada.

Akeno: Eu acho que você tem um grande harém, Seiya-Kun - Disse sorrindo levemente - Nós quatro mais Serafall-Sama, Gabriel-Sama e Kuroka-Chan - Completou piscando para o Joker.

Rias: Você deveria ter sido reencarnado como um Diabo e não um Anjo, mas talvez seja por isso o nosso fascínio por você hihihi… - Falou rindo maliciosamente, mordendo o lábio inferior.

Sona: Eu tenho que concordar… - Falou sorrindo levemente, mas depois mudou a sua expressão totalmente - O que você sente por nós, Seiya-Kun? Essa era a pergunta que nós queríamos fazer para você, antes de ser sermos interrompidos - Completou surpreendendo o Anjo reencarnado.

Seiya: Hum... Eu sinto um sentimento especial que está crescendo por vocês, mas não é amor… - Confessou seriamente, com as jovens entreolhando-se levemente.

Sona: Entendo, mas você poderia nos amar? - Indagou com os olhos brilhando intensamente.

Seiya: Você está sendo diretas nas perguntas Sona-chan hihihi - Falou rindo levemente, fechando e abrindo os olhos - Eu poderia amá-las, sim, mas o nosso relacionamento teria muitas consequências - Completou seriamente.

Sona: Sim, as repercussões seriam grandes e você ainda se tornaria um Anjo Caído… - Disse quase num sussurro a última parte.

Seiya: Hum… As repercussões nós poderíamos lidar e eu também não posso me tornar um Anjo Caído - Revelou surpreendendo as presentes, que ficaram em silêncio por alguns instantes.

Akeno: Você não pode se tornar um Anjo Caído, Seiya-Kun? Isso é muito interessante… - Sussurrou mordendo o lábio levemente.

Seiya: Sim, Bahamut que me revelou, porque eu não sabia dessa peculiaridade... - Confessou fechando e abrindo os olhos levemente.

Rias: Hum…. Eu acho que falta a pergunta mais importante de todas hihihi - Falou rindo levemente - A sua casa tem muito espaço, Seiya-Kun? Por que você vai muitas mulheres morando com você - Completou com os olhos brilhando maliciosamente.

Nós temos que concordar - Falaram Akeno, Sona e Tsubaki ao mesmo tempo, compartilhando o mesmo olhar que a herdeira Gremory.

Seiya: Er… A casa está sofrendo algumas reformas e hoje deve estar tudo pronto hahaha - Falou rindo levemente.

Rias: Ótimo! Então, nós vamos com você depois das aulas para visitar a sua casa… - Falou com as demais assentindo positivo.

Seiya: Está bem e falando em aulas… - Foi interrompido pela herdeira Sitri.

Sona: Nós estamos perdendo uma aula muito importante! - Exclamou levemente, lembrando-se do pequeno detalhe - Vamos voltar para a sala, agora! - Completou seriamente.

Sim, senhora! - Exclamaram os demais presentes na sala do conselho estudantil, saindo em disparada do local.

Algumas Horas Depois - Residência de Seiya - Cidade de Kouh

Na frente da residência, Gabriel, Kuroka e Serafall estavam observando-a atentamente. Elas tinham feito uma pequena reforma no local, com a ajuda principal de Serafall Leviathan. Gabriel conversou pessoalmente com Serafall há três dias e explicou a situação peculiar envolvendo o hospedeiro de Bahamut.

Gabriel: Será que ele vai gostar da surpresa? - Indagou observando a reforma da residência, que possui agora oito andares e quatro grandes porões.

Serafall: Sim, nós precisávamos de espaço e a reforma ficou ótima - Pronunciou sorrindo amplamente.

Kuroka: Ele trouxe visitas interessantes… - Pronunciou notando a aproximação do seu rei e quatro jovens acompanhando-o.

Gabriel: Olá, meu amor… - Falou sorrindo e encarando as jovens levemente - Sejam bem-vindas Rias, Akeno, Sona e Tsubaki - Completou com as quatro curvando-se levemente.

Seiya: Er… Vocês não exageraram um pouco? - Indagou observando a enorme construção. Ele não esperava que elas fizessem uma reforma desse tipo na sua casa e em tão pouco tempo.

Serafall: Não, mas melhor conversarmos dentro da casa, não é?… - Questionou com os olhos brilhando intensamente.

Seiya: Sim, vamos… - Falou adentrando a residência, sendo acompanhado das demais presentes no local - Er… Eu acho que vou precisar de um guia... - Completou piscando os olhos levemente, vislumbrando o interior da casa.

Serafall: Eu vou ser a guia… - Falou sorrindo levemente.

Seiya: Está bem, Serafall, nós precisamos de um local para conversar - Falou com a atual Leviathan assentindo. Ela guiou-os para um enorme salão no primeiro andar da residência.

Serafall: O que você acha, Seiya-Kun? Nós podemos conversar tranquilamente aqui - Falou sentando-se num gigantesco sofá.

Seiya: É muito bonito e um ótimo local para conversarmos - Falou sentando-se no sofá do lado esquerdo - Hum... Eu conversei na academia com a Rias, Akeno, Sona e Tsubaki sobre tudo o que está acontecendo... - Completou olhando para as quatro citadas, que assentiram levemente.

Gabriel: Ótimo! Então, somente precisamos decidir alguns detalhes ínfimos hihihi - Respondeu rindo levemente - Mas os detalhes ínfimos são os melhores - Completou com as demais assentindo.

Seiya: Gabrieli… - Sussurrou observando a Serafim iniciando uma conversa animada no salão.

Bahamut: 'Ela está agindo como a líder do harém hahaha’ - Falou telepaticamente.

Seiya: Ah, seu dragão pervertido… - Sussurrou sorrindo levemente, somente a conversa no salão. Ele não estava querendo intervir na interação e pelo que estava ouvindo, não havia necessidade alguma. Elas estavam interagindo como grandes amigas para a sua surpresa e ao mesmo tempo isso preocupava-o internamente. Ele não queria aproveitar-se da situação que estava acontecendo, mas não era fácil controlar os instintos de Bahamut.

Duas Horas Depois

Seiya estava no segundo andar da sua casa reformada, abrindo a porta do seu quarto. Ele tinha acabado de terminar o tour pela sua casa e participar do pequeno sorteio de divisão dos quartos, que foi feito de forma aleatória. No segundo ficaram Gabrieli, Kuroka e ele. Rias, Akeno e Serafall estavam com os quartos do terceiro andar. E no quarto andar Sona e Tsubaki.

Seiya: Eu preciso de um banho para relaxar… - Sussurrou tirando a roupa e entrando rapidamente no banheiro, ligando a água do chuveiro. Ele passou fins minutos e depois desligou a água, enrolando uma toalha em torno de sua cintura. De repente alguém bateu levemente na porta do banheiro e ele reconheceu a energia da pessoa.

Seiya: Hum… Kuroka? - Indagou, mas ninguém respondeu. A porta se abriu e fechou depois de apenas um breve segundo, como se alguém tivesse se abaixado.

Kuroka: Olá, meu amor, nya - Falou uma voz feminina suave.

Seiya: O que você está fazendo aqui? - Perguntou sorrindo levemente. Ele logo sentiu mãos quentes puxando sua toalha. A sua rainha observou a masculinidade com interesse.

Kuroka: Eu resolvi fazer uma surpresa, nya - Falou com os olhos brilhando intensamente -
E sempre quis fazer essa surpresa para você -  Completou com os olhos de cobertos de amor e luxúria, enquanto olhava para a masculinidade do seu rei.

Seiya: Kuroka… - Sussurrou sentindo ela passando um longo dedo ao longo de seu membro, rastreando as veias latejantes. Ela fez cócegas na glande e colocou as bolas em sua mão.

Kuroka: Você vai gostar da surpresa, nya... - Disse dando mais um passo para frente, de modo que ela estivesse alinhada com sua pele nua. Ela usava apenas um shortes curtos e uma blusa branca. A mesma puxou a camisa branca, revelando os seus seios voluptuosos.

Seiya: Eu tenho certeza que sim, minha rainha impertinente... - Falou sorrindo maliciosamente. Ela se virou e se inclinou para tirar seus shorts e sua calcinha, mostrando seu traseiro redondo.

Kuroka: Agora… Deite-se, nya - Falou com ele ignorando os azulejos duros contra suas costas. Ela rastejou em cima dele em sentido inverso, sua feminilidade pendurada sobre o rosto dele, enquanto sua própria cabeça estava polegadas de sua virilidade ereta.

Seiya: Kuroka… - Sussurrou lançando sua língua na direção da feminilidade dela e um instante antes que ela selou seus lábios em torno de seu membro pulsante. Ela gemeu em torno de seu membro, sentido ele lambendo profundamente dentro dela.

Kuroka: ‘Ele sabe muito bem como usar a língua Ahhh’ - Gemeu mentalmente. Ele lambeu em torno de seus lábios de sua intimidade, provocando-a antes de mover de volta em suas profundezas. O Joker girou a língua e a jogou de um lado para outro.

Seiya: 'Ela está aprendendo muito rápido! Meu deus!?’ - Indagou-se​ sentindo que a rainha perdia qualquer pudor com ele e ficava mais ousada. Ela rodava a língua em torno de sua glande antes de tomá-lo em sua garganta. Ela trabalhou sua garganta quente em torno de seu membro, levando-o mais profundo e mais profundo dentro. Kuroka moveu cabeça para cima e para baixo seu membro e ele lambendo a sua feminilidade com perfeição. Ficou claro que ambos eram extremamente proficientes no sexo oral, como ela moveu rapidamente a haste dentro da sua garganta, enquanto ele facilmente encontrou todos os seus pontos de prazer e rapidamente a tinha na beira do ápice.

Kuroka: AHHHH SEIYA AHHHH… ISSO AHHHH - Gemeu esguichando no todo o rosto dele. Ele a lambeu vorazmente, saboreando o gosto. Enquanto a sua rainha chupava levemente às suas bolas.

Seiya: 'Eu adoro esse sabor puro’ - Pensou provocando com afinco o sabor da Nekomata.

Kuroka: Agora é a minha vez, nya… - Sussurrou empalando a virilidade em sua garganta mais uma vez, desta vez empurrando-o sobre a borda. Suas bolas se esticaram, disparando uma carga saudável em sua garganta. Ela engoliu cada gota, mantendo a masculinidade dele profundamente em sua garganta o tempo todo.

Seiya: Ahhh Kuroka Ahhh - Gemeu sentindo ela retirar órgão viril da boca dela.

Kuroka: Isso foi ótimo, nya… - Sussurrou lambendo os lábios sensualmente - Ah, essa não… - Completou sentindo uma aproximando-se. O casal ficou rapidamente em pé, mas foram pegos no flagra por uma certa Serafim furiosa.

Gabriel: Kuroka! - Exclamou manifestando as suas doze asas - Eu pedi para você chamá-lo para o jantar - Completou com os olhos brilhando intensamente.

Kuroka: Er… Eu esqueci do jantar, nya… - Disse  inocentemente - Mas você pode aproveitar também outro tipo de refeição - Completou apontando para a masculinidade ereta do sagitariano.

Seiya: Gabrieli… - Sussurrou sentindo o olhar fixo dela na sua haste.

Gabriel: Está bem, o jantar pode esperar… - Falou sorrindo maliciosamente. Ela começou a acariciar a masculinidade suavemente e logo ficando de joelhos.  

Kuroka: Eu vou ajudar, nya… - Sussurrou ajoelhando-se e começando um trabalho em dupla magnífico.

Seiya: Ahhh Meu Deus Ahhh - Gemeu aproveitando os movimentos das duas ao mesmo tempo. Eles continuaram no banheiro por mais alguns minutos divertindo-se e depois finalmente foram para a mesa de jantar, que tinha várias jovens esperando.

Serafall: Vocês três demoraram, Hein? O que vocês estavam fazendo? - Indagou piscando para os três recém-chegados, que entreolham-se levemente.

Seiya: Nós estávamos discutindo sobre o final de semana e a reunião de amanhã com as três facções... - Respondeu com os olhos brilhando intensamente.

Rias: Nós podemos deixar o assunto da reunião e discutir sobre o final de semana! - Exclamou com algumas ideias surgindo na sua mente.

Gabriel: Sim… - Falou com uma conversa animada sobre o final de semana iniciando-se na mesa de jantar.

Continua >


Notas Finais


Espero que tenham gostado do desenrolar e do conteúdo sexual adulto no final do capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...