História Sakura e gaara- sempre gostei de você - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Kiba Inuzuka, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaara, Gaasaku, Naruto, Romance, Sakura
Exibições 95
Palavras 915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Brincadeiras


Me levanto as 06:00 AM NA casa do Gaara, me viro pra ele, parecia um bebê dormindo, que fofo. Me levanto bem devagar pra não o acordar. Coloco minha langeri preta que estava usando e meu vestido.

Vou no banheiro que tinha no quarto dele, lavar o rosto. Faço um coque e vou o acordar.

-gaara! Acorda, Gaara, acorda!-digo baixinho perto do ouvido dele.

O mesmo começa a se mexer um pouco, apertando os olhos, como se estivesse fazendo birra.

-te-Temari deixa eu dormi ma-ais um pouquinho, hoje é domingo!-disse ainda com os olhos fechados.

-GAARA! ACORDA!, NÃO É A TEMARI É A SUA NAMORADA QUERENDO QUE TU SE LEVANTE PORQUE JÁ É HORA DE ACORDAR!- digo ja sem paciência.

-AH! É você saky! -disse ele ainda com os olhos fechados, estava sorrindo malicioso, ele me chamou pelo apelido.- ja que é você, deita aqui comigo.-disse fazendo birra pra não levantar 

-JÁ CHEGA!- ele estava usando uma camiseta preta e uma bermuda azul. Então resolvi tirar ele dá cama a força. Já que ele estava usando uma camiseta branca e uma bermuda preta. Tiro o cobertor dele e o puxo pelo braço, o mesmo cai no chão, 

-Ai! Saky! Pq vc fez isso?-disse se sentando no chão e esfregando os olhos, sonolento.

-ah, me desculpe Gaara, mais você não queria se levantar.-digo dando um beijo na bochecha do Gaara o mesmo fica corado de vergonha.

-ahh!-bocejando -você não  sabe beija Sakura?!. Disse ele me agarrando me dando um beijo, demorado, me pondo emcima de seu colo.

-hmm! Me-me solta Gaa-ra!-digo retirando seus braços da minha cintura, separando nossos lábios. O mesmo começou a depositar vários beijos na minha bochecha e pescoço, fazia cócegas, então eu ria. E ele tava se divertindo. Me levanto de seu colo, e ele vai até o banheiro toma banho.

Aproveito se estava ali e arrumo a cama dele.

Vou até avaranda , fico admirando aquela linda vista. A casa do Gaara parecia casa de rico, está casa foi erdada do pai dele, que era presidente de Suna.

-a empregada venho mais cedo hoje?!-disse ele olhando pra cama surpreso. Ele estava usando uma calça jeans e uma camiseta azul. Estava secando seus cabelos.

-não foi a empregada, foi eu.-digo me virando pra ele- ele estava atrás de mim e eu nem percebi sua presença

-não precisava!-disse me beijando. -vem! Vamo toma café.-ele disse sorrindo me dando a mão, ele parecia um anjo, tão lindo e amável.

Não sei oque eu estaria fazendo agora,  se eu não estivesse com ele, claro, estaria no quarto, chorando, sofrendo e me iludindo, por uma pessoa que me destruía, me ignorava e pisava em mim, uma pessoa ignorante, arogante, não sei, como pode me apaixonar por ele, será? Isso só foi um amor adolescente, nada de mais, era uma criança, não sabia oque era amor,  Mais uma vez à vida sorri pra mim, mandando um anjo pra me animar, pra me fazer feliz, pra me amar e, cuidar. Agora estou aqui postando corrida com o meu amado, concerteza, ele estava vencendo e claro. Estavamos rindo, brincando que nem umas crianças, daí me vem na cabeça, as quelas palavras, de triseza do Gaara, um menino de vida sofrida, consegue sorrir desse jeito que o Gaara sorri. Um menino que só queria atenção do pai, que nunca lhe dava, um menino que só queria amigos pra brincar, mais nunca tinha ninguém, antes de seu pai, se tornar presidente, eles eram pobres, seu pai todo o dia chegando tarde em casa, cheio de contas pra pagar, outras até atrasadas, Gaara me dizia, que todos os dias em sua vida, mesmo sofrida, sempre sorria e, tinha esperança de um dia, tudo isso ia acabar, ele sofria bullhying todos os dias, contava pro seu pai, mais era tão cara de pau que não fazia a respeito. Gaara aprendeu a se virar sozinho e, quando o pai dele estava morrendo, ia passar tudo oque ele tinha pra  de seus filhos, mais nenhum deles levavam as coisas a sério, então ele não teve escolha de passar tudo pro Gaara, que mesmo tendo 12 anos naquela época, era  menino sério, inteligente, e maturo. Agora ele é dono dessa mansão e, daqui uns anos ele irá se mudar pra sua cidade Natal Suna. Pra se tornar o novo presidente, não sei oqe vai ser de mim sem ele, mais não quero pensar no futuro e nem me lembrar do meu passado. -ahh!- Gaara me agarra na cintura e da um beijo em mim. É, ele me encontrou. 

-oque aconteceu com você? Estava pensativa?.-disse ele me abraçando por trás.

-nada não! Só umas lembranças.-digo segurando sua mão que estava em volta da minha cintura.

Depois de muitas brincadeiras, tomamos café, olhamos outros filmes, mais não conseguia me concentrar com Gaara me mordendo, lembendo e beijando meu pescoço, bochecha. Fazia cócegas então eu ficava rindo sempre quando nele fazia isso.

Quando olho a hora está 09AM,dei  pulo no colo no Gaara e, me levanto rapidamente, ele se asusta com minha atitude.

-me...Me desculpe Gaara, mais eu tenho..tenho que voltar pra casa rapidamente.-digo indo pras escadas.

Gaara bem atrás de mim.

-oque..oque ouve?-disse segurando meu braço.

-nada de urgente é que...que eu tenho que ir pro meu curso.. estou atrasada.-digo subindo as escadas.

Vou até o quarto do Gaara e pego minha bolsa e me olho no espelho, Gaara entra no quarto e eu nem percebo, vou em direção a porta, mais Gaara corre e a fecha.

-Sakura. Por favor fica comigo.-disse ele triste.

-mais..-fui interrompida quando Gaara me beija. -hmm!!.

-ta...Gaara.eu...eu fico mais me solta!-ele me abraça, digo abafado por causa do beijo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...