História Sakura Haruno - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Hinasaku, Itakarin, Kankuino, Narusaku, Sailee, Sasusaku
Exibições 73
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Hoje o Sasuke Dorme Comigo.


   Desci pelo elevador, sai do prédio e caminhei até o bar. O pessoal já estava lá.

O bar é especial. Vinte e quatro horas aberto, todos os dias. Parece impossível, mas é verdade. É bar, café e restaurante. Toca música boa e o melhor: cerveja barata.

Não que eu precise pagar, mas a Karin e a Hinata, por exemplo, tem que pagar. Já que elas não moram comigo.

Entrei e sentei na nossa mesa habitual, perto do balcão. Hidan, juntou três mesas no nosso segundo ano, já que todos nós íamos sempre e ficou assim. Ele não deixa ninguém sentar naquela mesa.

Me sentei no meio de Sasuke e Naruto.

– Oi, meu gatinho – falei e dei um selinho em Sasuke.

Ele ficou corado, que bonitinho.

– Mau conheceu o menino e já tá assim – Naruto reclamou.

– Você não pode deixar essa mulher abusar assim de você, Sasuke – falou Karin, a defensora dos direitos iguais.

– Eu não estou abusando dele! – coloquei meu braco em volta do seu pescoço trazendo-o para mais perto de mim – Né, Sasuke? – sussurrei em seu ouvido.

– Sasuke, não caia em tentação. Ela só quer o seu corpo nú, – falou Karin – eu vou lhe proteger dos assédios dessa maníaca – ah, sei.

– O Sasuke não precisa que você o defenda sua vagabunda – eu disse me levantando.

– Você quer brigar vadia? – ela se levantou.

– Não – me sentei.

– Eu também não – se sentou também.

Ah, vai dizer que você nunca fez isso com a sua amiga, em um espaço publico? Please.

– O que vai ser hoje Haruno? – Hidan perguntou.

– Me trás qualquer coisa – respondi.

– Em tão – Ino falou – O que aconteceu com você e a Hina? – soltei Sasuke.

– Ela veio falar de relacionamento e eu falei que só queria transar – respondi simplesmente.

– Retiro o que eu disse – disse Sai – pisou na bola, em amiga.

– E falam que os homens que partem corações – Kiba falou.

– As mulheres são tão traiçoeiras... – Sasori comentou e bebeu sua cerveja.

Sai trocou olhares comigo e as meninas. Isso só pode significar uma coisa...

... Decepção amorosa.

ADORO.

– Fala pra mim, amiguinho. Quem é ela? – Sai falou tentando transparecer preocupação, só tentando mesmo.

– Eu estou aqui na UK à uma semana, conheci ela no meu primeiro dia e em dois já me apaixonei. Shion Hyuuga, engenharia ambiental... – Desabafou Sasori.

– Shion, a puta – Ino trincou os dentes.

– Pobre ovelhinha, caiu nas garras da segunda maior cretina da UK – Sai falou.

– Segunda? – Sasuke perguntou.

– Vou deixar você descobrir sozinho quem é a primeira, queridinho – Naruto falou fazendo pose de mulher.

INDIRETA!!!

– Gente, eu terminei com o Suijetsu – Karin falou.

– Quem é esse? – todos perguntaram juntos.

– Cabelo branco, olhos azuis. Meu namorado a dois meses? – Karin falou – Não?

– Não – respondemos juntos de novo.

– Ah, vocês não se importam comigo – reclamou Karin.

– Tá, tá. Me conta esse babado – Sai falou já sem paciência.

– Eu fui fazer uma surprezinha para ele e fui para o apartamento dele, com a minha lingerie nova. Que por acaso eu estou usando. Pensando que íamos ter uma maravilhosa noite de sexo salvagem, mas quando chego lá. Advinha.

– Você pegou ele transando com outra – tentou Itachi.

– Pior, ele estava cozinhando pra ela – respondeu Karin.

Todos – menos Sasuke, Itachi e Sasori – ficaram surpresos.

– E o que tem de mais nisso? – Sasuke e Sasori perguntaram.

– Significa que ele tem algo sério com ela – expliquei – Por isso que vamos para de transar quando você me chamar pra jantar – falei para Sasuke.

– Mas a Hina cozinhava pra você – Kiba falou.

– É diferente, a Hinata era minha ficante numero um – expliquei.

– Ah, agora faz sentido – Kiba ironizou.

– Quem disse que a gente vai transar? – perguntou Sasuke.

– Fica quieto, gatinho. A gente resolve isso hoje a noite, na minha cama – e ele se calou.

– Você tem sorte amigo, – Naruto falou – eu caí na friendzone a muito tempo.

– Friendzone, a amarga e fria... Friendzone – Ino falou.

– Hum, esse comentário, me parece comentário de quem acabou de entrar na friendzone, Ino – Sai, sempre pronto para expor as pessoas.

– Sarutobi-Sensei – suspirou Ino.

– Apaixonada pelo professor Ino, que azar – Karin falou sorrindo debochada.

– Melhor do que ter perdido o namorado pra uma vagabunda – Ino retrucou.

– Arrumo outro até em uma boate gay – se gabou Karin.

– Apostado – as duas levantaram.

– Pra onde vão? – Naruto perguntou.

– Boate gay – responderam juntas.

– Vou junto – Sai se ergueu seguindo as duas – Tchau, Amorzinho – se despediu de Itachi, que fez careta.

Esse tá fodido.

– Estão, preparados para o jogo de domingo? – perguntou Itachi – Gamba Osaka vai ganhar.

Gamba Osaka, o time do apartamento 702 – nosso apartamento – O melhor time de todos.

– Você ganhou pontinhos comigo Itachi – disse Naruto – a Gamba Osaka vai ganhar.

– Pena que o Kasagawa (atacante) foi suspenso, o time ficou com o tongo do Goya de atacante e o Tajiri de goleiro. Amo meu time, mas não to levando muita fé nesse jogo não – falei desanimada.

– Concordo – suspirou Sasuke.

– Mesmo assim vamo colocar a camisa do time e secar o outro time – falou Kiba – Andei sabendo que o Sanfrecce Hiroshima também não esta muito bom.

– HIDAN, TRÁS UMA RODADA – gritei.

– É verdade, a defesa esta com o Tsugaya e o Yuki. Acho que Osaka ganha – Sasori disse triste.

– Não me diga que você é do Sanfrecce Hiroshima – falou Naruto.

Sasori não respondeu.

– Nossa cara, que merda – falou Kiba.

– Pelo menos não é No Sabaku – falou Naruto.

– Qual é o problema de vocês com os No Sabaku? – perguntou Itachi.

– O problema não é os No Sabaku em si. O problema é Kankuro No Sabaku, irmão do Gaara, eterno rival do nosso time. Naruto explica depois – falei e Naruto suspirou.

– HIDAN, OUTRA RODADA – gritou Kiba.

Eu não tinha nem notado que a gente já estava bebendo.

Falamos sobre futebol, jogos, política, economia, trabalho, expectativas para o futuro e etc...

A cada assunto Kiba pedia mais uma rodada. Perdi a conta de quantas foram, eu já estava tonta, Naruto dormia na mesa, Kiba e Itachi falavam animados sobre sei lá o que, Sasori estava quieto e por fim...

Sasuke estava soltinho, do jeitinho que eu queria.

Acordei Naruto.

– Que horas são, Naruto? – perguntei.

– Três e pouco – falou com a voz rouca – Eu acho.

Me levantei e puxei Sasuke.

– Vem, gatinho. Hoje você dorme comigo – falei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...