História Salva-me da Escuridão - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Andromeda Tonks, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cho Chang, Draco Malfoy, Fred Weasley, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Nymphadora Tonks, Pansy Parkinson, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Theodore Nott
Tags Drinny, Lucissa, Romione, Theblacksisters
Visualizações 38
Palavras 685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ótimo, agora que estou de férias vou poder postar com mais frequencia, esse era o meu pensamento antes do meu computador estragar e eu não consigo postar pelo celular, não da certo
então peço desculpas pela demora
mas ta aí um novo cap para vcs, estava sem criatividade para o título então não reparem, apesar de achar que a palavra "sofrimento" resume esse capitulo
Queria agradecer aos comentarios que recebi no ultimo cap, foram muitos motivadores
mas enfim, boa leitura

Capítulo 36 - Sofrimento


P.O.V Draco Malfoy

Seco as lágrimas antes que elas escorram pelo meu rosto enquanto olho na direção em que Gina e meu pai foram

- Draco, não deveria ter feito isso – minha mãe fala

Me viro para ela incrédulo

- Até parece que você nunca fez nada parecido pelo meu pai – digo – Como quando ele foi preso e você foi pedir misericórdia ao Lord e acabou sendo torturada. Aliás, contou isso a ele?

- Não, e você também não vai falar entendeu? – ela diz, depois olha para os lados antes de continuar – Ele pode até disfarçar diante ao Lord das Trevas e os outros Comensais, mas eu e você sabemos que ele carrega muita culpa por tudo o que aconteceu, não precisa de mais essa

- Esta bem, eu não falo nada – digo

- Eu só estou preocupada com você meu filho, o que será que o Lord vai fazer?

- Não sei, mas não me arrependo, faria tudo de novo para salvar Gina – falo

Coloco a mão no bolso e de dentro tiro um pingente de coração, Gina me deu ele no natal. Disse que enquanto eu estivesse com ele, ela estaria perto de mim, mesmo distante.

De repente sinto minha mãe me abraçar, sabia que ela não agüentava mais de saudade, fora o medo que estava sentindo

- Vai ficar tudo bem mãe – falo devolvendo o abraço

 

P.O.V Gina Weasley

Desaparatamos perto ta oficina do meu pai, mais ou menos no lugar em que os outros Comensais da Morte me levaram. Eu ainda chorava, estava com muito medo por Draco

- Esta entregue – Lucius Malfoy fala frio, soltando meu braço – Já pode parar de chorar

- Como o senhor pode ser tão insensível?

- Só estou fazendo o meu trabalho

- O senhor me faria um favor? Pode mandar um recado meu para Draco?

- Você já não falou o suficiente para o meu filho?

- Por favor

- Ta, fala, mas seja rápida

- Diga a ele que, aconteça o que acontecer, para sempre juntos

- O que? – ele pergunta confuso

- Só diga isso, ele vai entender – digo, me lembrando de quando estávamos voltando de Hogwarts para o natal

O Senhor Malfoy aparata novamente e eu me dirijo em direção a Toca, paro na porta tentando me controlar, então a abro. Ao primeiro momento não vejo ninguém, mas então escuto a voz de minha mãe

- Arthur? É você?

- Gina!

Hermione veio descendo as escadas correndo e me abraça. Não consigo me controlar e começo a chorar compulsivamente

- Gina você voltou – Rony disse vindo do andar de cima com Cho e Harry logo atrás

- Ah graças a Merlin! – minha mãe vem da cozinha

- O que aconteceu? Por que você esta chorando desse jeito? – Hermione pergunta afagando meus cabelos

- Onde esta Draco? – Harry pergunta

- Ele... ele me salvou – digo – Voltou para aquele lugar horrível que era a casa dele, para me libertar

- Pobre garoto – minha mãe fala

- E o que o Lord das Trevas vai fazer? – Cho pergunta

- Eu não sei – falo

- Vem Gina senta – Rony me leva até o sofá

- Vou preparar um chá para você se acalmar meu amor – minha mãe me da um beijo na testa e vai para a cozinha

- Onde estão os outros? – pergunto

- Papai foi ao ministério, Tonks e Remo estão na Ordem com Gui e Carlinhos tentando achar você e Draco, tia Andromeda foi para casa com o marido para tentar organizar as coisas, mas disse que qualquer coisa era para avisar – los  e Fred e Jorge foram ao Beco Diagonal ver como a loja esta e comprar umas coisas que a mamãe pediu – Rony explica

- Estão todos muito preocupados com vocês – Cho diz

- Draco foi muito corajoso – Hermione fala

- Como eu vou ficar sem ele? Sem seu sorriso, sem seu abraço, seus carinhos, como? – digo chorando novamente

- Não vai – Harry diz

- O que esta dizendo? – Hermione pergunta

- Nem você nem a gente vai ficar sem ele – Harry se levanta – Nós vamos tirar Draco daquela Mansão



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...