História Salve-me - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Konoha, Naruto, Romance, Sasuhina
Visualizações 134
Palavras 1.338
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gentee gomen pela demora, mas tem que fazer um suspense básico kk
Desculpas não escrever tudo de uma vez, mas como é dias das crianças resolvi da um volta com meu filho e vim pra casa do meu pai, então se eu demorar é por causa disso...
Mas vamos aoo Cap com a edição da linda da Shopie-chan ♥ ♥

Capítulo 20 - Sangue. .


Fanfic / Fanfiction Salve-me - Capítulo 20 - Sangue. .

Toneri não havia percebido que Hinata havia se soltado, continuava segurando forte o braço do menino enquanto gritava para que ele não entrasse ali, Touka que tinha aprendido alguns golpes com Hinata e Hanabi apoiou seu peso no braço que o homem segurava e o chutou no rosto com força o fazendo recuar um pouco, o menino aproveitou e se soltou correndo até Hinata. 

– Princesa o que ele está fazendo com você?! – Ela o abraçou sem se importar se estava nua, ela iria responder e pedir para que ele saisse dali, mas Toneri foi mais rapido puxou a cabeça do menino pra trás e cravou uma kunai em suas costas na altura do coração. 

Hinata olhou tudo horrorizada, principalmente o sorriso sadico que Toneri ostentava ao jogar o corpo do menino para um canto. 

– Agora ninguém ira nos atrapalhar Hime – Ele caminhou até Hinata, queria sua furia, seu ódio, queria que ela libertasse o chackra mais forte dela, só não imaginaria que conseguiria muito mais do que isso. 

Hinata estava estatica e assustada, mas algo dentro dela gritava por sangue, gritava por justiça, a morena tinha medo de sucumbir aquela voz e se arrepender depois, estava com medo dela mesma. 

– Ande, mate-o! Ele te fez sofrer! MATE-O! – A voz gritava e Hinata se contorcia cada vez mais, gritando com as mãos na cabeça, ela travava uma intensa batalha dentro de sua mente, aquela voz queria toma-la, queria sangue, mas Hinata a segurava tentando se controlar, durante esses três meses ela treinava para controlar o chackra de Kaguya e conseguia, mas naquela situação era impossível se controlar, ela também queria justiça, também queria sangue e o teria! Mas seria pelas suas mãos. 

– QUEM MANDA NO MEU CORPO SOU EU! – Ela gritou com a voz no seu inconsciente e a voz se encolheu até virar um sussurrou. 

Hinata se levantou decidida, seus olhos já não tinham vida, um forte chackra azul com reflexos roxos estavam em volta de si, seu olhar opaco só transmitia ódio. Ela iria fazer Toneri pagar, pagar por cada tortura, cada insulto, a morte de Touka, ele pagaria por tudo! 

– Agora a diversão começa – Ele se levantou e Hinata sorriu sádica. 


Poucos minutos antes um tanto longe dali..... 


– Anda Teme, estamos quase chegando! – Naruto ia na frente do grupo e atrás iam Shino, Kiba com Akamaru, Ino, Shikamaru e por fim Sasuke. 

O moreno estava com um mal pressentimento, esses últimos meses foram uma tortura para ele, estava indo a várias missões da ANBU de alto risco, mal dormia, se alimentava mais por necessidade do que por vontade, as vezes saia com a turma, mas somente por que tinha prometido a Hinata. 

Durante esses meses Sakura estava insuportável, tentava chamar a atenção do moreno de todas as formas uma vez até invadiu a casa do moreno nua tentando se deitar com ele e foi expulsa de lá aos berros de Sasuke que se segurava para não joga-la na rua pelos cabelos. 

E agora lá estava ele, indo encontrar Hinata, estava ansioso, não sabia o que esperar, mas algo dentro dele dizia que não seria nada agradável. 

– Sentiram isso?- Perguntou Ino parando de correr. 

– Isso o que? – Perguntou Shikamaru um pouco confuso. 

– Esse chackra, um chackra muito forte – Ela estava com a mão no peito preocupada. Naruto entrou no modo seninn e estremeceu quando sentiu aquele chackra e aquela intenção assasina pairando no ar, aquilo não era bom. Sasuke vasculhou tudo com seu sharingan e rinegan e também gelou no mesmo lugar. 

– O chackra de Kaguya, e está muito forte – Todos gelaram – Vamos logo, Hinata deve estar furiosa com algo! 

Eles voltaram a correr, agora Sasuke ia ao lado de Naruto a frente dos outros, ele tinha prometido que a salvaria, se fosse preciso até dela mesma. 


Enquanto isso na aldeia do Otsutsuki.... 


Toneri olhava Hinata com excitação, achando que aquele chackra era o de Hamura, só precisava de uma oportunidade para toma-lo, mas Hinata não estava disposta a da-lo essa oportunidade. A morena avancou contra Toneri com socos e chutes que ele desviava com maestria, ele fez um sinal com as mãos e varios dos capangas apareceram atacando, Hinata estava cega pelo ódio e destruia todos seus inimigos com velocidade, até que ela se cansou de usar taijutsu, tomou altitude, já com os olhos vermelhos do Mangekyo Sharingan, olhou para todos os seus alvos e gritou. 

– Amaterasu.. – Todos foram consumidos por chamas negras, mas não gritavam ou se contorciam de dor, apenas derreteram diante dos olhos da morena, mas o fogo continuou, ela estendeu os braços e soltou uma corrente de ar abrindo espaço para continuar a lutar no centro com Toneri que olhava tudo admirado. 

– Que belo show Hime – Ele batia palmas andando até Hinata. 

– O proximo protagonista é você 'querido' – Ela respondeu sarcastica sem tirar os olhos de Toneri, seu olho esquerdo sangrava um pouco, mas isso não a incomodava em nada só a excitava mais. 

Toneri avançou em Hinata que atacou tranquilamente sem demonstrar grande dificuldade, ela pegou uma kunai no chão e tentou acertar Toneri, mas quando olhou ele havia usado o corpo morto de Touka como escudo, Hinata estremeceu, viu o sangue de Touka sujar suas mãos e seu rosto, gritou feito louca transtornada, furiosa tanto consigo mesmo como com Toneri, que ria descontrolado a chamando de fraca, a humilhando de novo, ele chegou perto dela e lhe chutou para longe contra a parede, Hinata caiu no chão inespresiva, sem reação olhando somente o sangue em suas mãos, sabia que não havia sido ela que tinha matado Touka, mas aquele sangue a atormentava de mais, as lembranças de quando cantava para o menino ou treinava com ele, mesmo estando fraca a fez se odiar por não protege-lo e aquele ódio a preencheu de tal forma que quando levantou seu olhar para Toneri ele se assustou, os olhos da morena eram um perfeito Rinegan, mas o dela não era roxo, era um lilas meio puxado para o vermelho, ela tinha os três doujutsus supremos combinados em um só, e sua única duvida era que nome daria para ele. 

Toneri deu um passo pra tras e Hinata um a frente sorrindo. 

– Que foi? Esta com medo? Com medo de um fraca? – Ela galhou alto, mas sentiu alguns chackras se aproximando, levaria tempo para chegarem, mas a morena não queria correr o risco, ela respirou fundo colocou dois dedos na frente da boca. 

– Katon – Ela cuspiu fogo em volta da sala, queimando tudo sem deixar uma única saida para Toneri e nenhuma entrada para os de fora. 

Toneri se via encurralado sem jeito te fugir e o pânico o tomou. Hinata foi ate ele e um bastão preto saiu do centro de sua mão, ela estendeu a outra e Toneri foi erguido no ar, ela quebrou o bastão em dois e jogou cada um nas mãos de Toneri o prendendo na parede. Hinata comecou a flutuar ficando de frente a ele rindo, passando a mão no rosto assombrado dele. 

– Que foi? A gatinha comeu sua língua? – Ela riu alto da própria piada e Toneri tremeu. 

– O que você é? – Ele preguntou num fio de voz, Hinata chegou o rosto bem perto do ouvido dele e sussurrou. 

– Sou o monstro que você criou – E lhe deu um beijo, até ela estava surpresa pelo que estava fazendo, mas não iria voltar atrás sabia que não estava totalmente consciente do que fazia, mas a parte que estava ciente estava adorando cada gemido de Toneri, cada olhar apavorado lançando por ele. 

– Agora você ira ver como é sentir dor, ser torurado – Ela mordeu a orelha de Toneri com força o suficiente para fazer sangrar e ele gritou de dor – Mas te garanto que será bem pior – Ela deslizou os dedos pelo abdomem do homem que tremeu com o toque em sua pele – Pena que não teremos muito tempo – E de novo o sorriso sadico apareceu em seus lábios, constrastando com seu rosto angelical. 

E um tanto próximo dali um grito de dor foi ouvido pelo grupo que avançava.


Notas Finais


O proximo tmb tem sangueee como vocês queriam.kkkk
Até o próximo
Bjinhos da Tia Yas ♥ ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...