História Samantha Grim ea Escola Só Para Garotas. - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Yuri
Exibições 21
Palavras 673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 29 - Capítulo 29


 Fraqueza era causada pelos remédios fortes que ainda estavam dentro do meu corpo e que demorariam tempo para passar os efeitos, ou seja, não posso fazer muita força.

 Acho Monique estava certo, precisva descansar fora da escola mais minha teimosia e tão grande vim para cá sabendo disso. Para piorar as coisas, era época onde fazia um calor danado, que foi dada regatas na tentativa sobreviver esse forno logo de manhã.

 Mesmo deitada sentia suor escorrendo nas costas, apenas tirei blusa de cima ficando de sutiã, por que não dava para ficar nem ventilador estava dando conta.

Mikasa: Nossa… Que calor, preferia ficar no Japão.

Samantha: Aumenta mais força do ventilador.

Mikasa: Hnph… Acho está no máximo, que merda devia colocar ar condicionado.

Samantha: Nesse andar ainda não tem… Ainda.

Mikasa: Isso quase injusto. Então se está bem?

Samantha: Vou ficar, teve muita coisa?

Mikasa: Não muita, aqui copia ai vou para meu clube vejo você mais tarde.

Samantha: Tá… Espera.

Mikasa: Que foi?

Samantha: Sabe alguma coisa da Luciana?

Mikasa: Ah, sim filha do diretor. Pelo que fiquei sabendo ela está numa casa verão e que eu sei.

Samantha: Casa verão…? Tá bem, obrigada.

 Casa de verão…

 Ela tinha mencionado essa casa uma vez acho que ela encontrou uma válvula escape e deve estar lá até agora. Tentei ligar mais só caia na caixa postal todo momento esse bem jeito dela.

 Levantei da cama fui tomar outro banho, depois abri guarda roupa no meio algumas roupas eu encontrei o tal vestido longo havia ganhado no natal. Estava amarrotada e fazia tempo não usava, foi ele que eu usei.

 Tomei remédio deixei quarto, caminhei até refeitório onde tava com pouca gente, lá estava Lina como sempre ajustando mutuado de livros sobre mesa, e eu fui falar com ela quando uma garota aparece por trás dela e a segura pela cintura.

 Era namorada dela que na qual era minha antiga parceira de quarto, duas se beijaram e eu não queria atrapalhar quando gritou meu nome.

Lina: Samantha…!

Samantha: Lina tu… - ela me abraço antes de finalizar.

Lina: Meu deus ainda bem que está viva… Pensei que tinha morrido…

Samantha: Vira essa boca prá lá.

Lina: Deve conhecer Lucy, ela já foi a sua parceira?

Lucy: Já sim, mais por pouco tempo. Que bom está tudo bem com você.

Samantha: Valeu, desde quando estão juntas?

Lina: Depois do acidente, gente passou se conhecer melhor e somo namoradas.

Lucy: Ela encanta meu coração, te amo Lina.

Lina: Eu também te amo…

Samantha: Vim ajudar mais acho que já tem alguém para isso, até!

Lina: Não… Espera.

 Desde incidente, muita coisa mudou nessa escola.

 Não é de agora por onde passava via alguns casais formados.

 Outras se formando.

 Isso mexia comigo.

 Se não podemos seguir em frente, única maneira era dar um tempo.

 Vim pensando nisso desde hospital, quando dispensei Luciana.

 Quando passava pelos corredores que dava para os clubes tinha cartaz de uma bela viagem para Saint John, ilhas virgens americanas no caribe. Séria ótima viajar pouco libertar cabeça, não pensei duas vezes logo fui falar com as garotas que planejavam a tal viagem que era Betty e Kate.

Betty: Samantha? Que faz aqui? Tá tudo bem?

Samantha: Qual é dessa viagem?

Kate: Não me diga que quer ir?

Samantha: Sim, eu quero.

Betty: Legal, ainda bem por que só tínhamos mais uma vaga aberta.

Kate: Realmente você precisa dessa viagem esvaziar pouco a cabeça ver coisas novas vai dar um “Up” sua vida. Tenho certeza.

Samantha: Quando vai ser?

Betty: Vai ser nesse sábado, quando vai ter recesso das aulas.

Kate: Aqui pegue essa pulseira, guarde bem. Vai usa-la no dia, vamos sair sábado de tarde, então arrume bem suas malas. Essa viagem vai ser top!

 Realmente precisava disso.

 Esvaziar pouco minha mente, tirar toda essa amargura dentro do meu coração.

 Quando guardava pulseira dentro do sutiã (sendo que estava de saia) sem querer eu esbarrei na Luciana, estava toda descontraída e assim iria falar tampo minha boca.

Samantha:…?!

Luciana: Venha comigo, precisamos conversar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...