História Samantha Grim ea Escola Só Para Garotas. - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Yuri
Exibições 16
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 30 - Capítulo 30


 Esse era momento.

 Estava na hora de colocarmos tudo sobre mesa.

 Seguiremos ou daremos tempo na nossa relação.

 Assim…

 Não podíamos mais seguir.

 Gente foi até jardim como da outra vez, quando me contou verdade sobre pai dela.

 Sol tava meio de nuvens bem nubladas como se soubesse do que estava havendo.

 Tinha dois bancos, nos sentamos onde ficamos frente a frente.

Samantha: Tá…

Luciana: Estou bem… Não precisa se preocupar tanto comigo, pensei muito eu já tenho minha decisão.

Samantha: Decisão… Pode ser fácil para você não é? Você nunca pensou em mim?

Luciana: Claro que pensei! Todo momento, eu te amo sempre amei mais eu tenho as minhas duvidas sobre nossa relação… Se você realmente gosta desse tipo coisa…

Samantha: Do que está falando…? Acha que estou fazendo por que quero? Tudo e novo para mim, beijo, sexo, as brigas… Tudo. Pensei fosse morrer, não sabe quanto sofri nas mãos dela… Tantas besteiras veio minha cabeça quando foi para aquela tal prisão de merda. Rondava muita coisa, nunca pensei passaria por isso…

Luciana: Então por que não entende?!… Então difícil?! EU TE AMO isso já não e suficiente?! Porra! Olha pelo que passamos?! Essa foi prova do nosso amor verdade.

Samantha: Mais eu não penso desse jeito… NÃO FOI VOCÊ VIOLARAM! Sabe estar grávida e uma dativa para mulher… Veja agora? Coisa eu não possuo mais você penso nisso? Muita coisa está dentro de mim…

Luciana: Por que está falando isso?… Acha que eu não queria esse bebe? Deixei bem claro aquele dia… Estaríamos juntas nessa, nunca iria abandona-la. Nunca eu estive com muito medo durante esses tempo que estamos nas mãos de Rina, que ela fez você, até mesmo vontade de mata-la se fosse preciso… Nem que pague por isso.

Samantha: Para! Você não faria algo desse tipo…

Luciana: Por você… Faria tudo e muito mais. Não quero começar uma briga, não quero terminar, não quero ficar afastada de você… Só quero seguir nosso amor pra frente… Ficar sempre ao seu lado… Por que EU TE AMO pra sempre.

 Ela senta-se sobre meu colo me beijo, e fazia tempo que não sentia seus lábios tava pouco úmido por que ela estava chorando. Nossas mãos se entrelaçaram, tinha razão mais mesmo assim precisávamos ficar longe dessa escola.

Samantha: Nunca duvidei do nosso amor… Mais meu coração ainda está incerto eu preciso entender esse sentimento dentro de mim antes de avançarmos para algo bem maior.

Luciana: Desculpa… Quero muito fazê-la feliz, mais você merece pouco de espaço.

Samantha: Do que está falando?

Luciana: Viajem que vai fazer para Saint John, vai ser melhor para você. Ficarmos pouco separadas… Também tenho que por minha cabeça no lugar, espero entenda.

Samantha: Tem certeza?

Luciana: Sim, será melhor. Conversei com minha mãe, passarei tempo com ela por lá, voltarei no mês que vem. Espero que se divirta com as garotas.

Samantha: Sim, eu vou… Nunca duvidei do nosso amor, só fiquei com medo do que podia acontecer com gente. Aquela noite foi perfeita realmente pude sentir que realmente aquilo eu sinto por você verdadeiro.

Luciana: Shhh… Ok chega de falar, eu já entendi.

 Voltamos nos beijar novamente, tava feliz por estamos entendidas.

 Nuvens de chuva foram embora, parecia que céu tinha se acalmado.

(…)

 Sábado chega.

 Tinha feito minhas malas, não levaria muita coisa já ficaríamos duas semanas longe da escola. Voou tava marcada para sair tarde, mais por causa de uma tempestade que se aproxima sairíamos pouco cedo do que previsto. Mikasa também iria para essa tal viagem. Suas malas estavam perto cama dela, saiu do banheiro e fomos juntas até pra fora da escola onde tinha um carro nossa espera.

Betty: Ei, vamos por que demora?

Samantha: Desculpa, aqui…

Kate: Ótimo, estão usando as pulseiras, aqui passaportes.

Mikasa: Primeira classe? Nossa estamos podendo mesmo em.

Betty: Claro, entrem no carro e vamos.

 Luciana tinha partido pouco antes de mim.

 Podia ir tranquila para essa viagem.

 Espero que corra tudo bem, nada nos impeça de ser feliz.

 Chegamos ao aeroporto. Fizemos todo aquele procedimento até entramos no avião.

 Ele levantou voou e aos poucos… Deixava Espanha, rumo Saint John.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...