História Samantha Grim ea Escola Só Para Garotas. - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Yuri
Exibições 8
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 34 - Capítulo 34 - Ilhas Saint John... Parte 4


 Depois da sobremesa, voltamos para pensão.

 Foi nesse momento que estávamos entrando que as três voltavam, e Mikasa tinha só ferimento na bochecha esquerda, já Kasumi tinha certos arranhões perto do pescoço além do pequeno corte no lábio.

Betty: Você vai para casa Kasumi, fique longe da gente.

Kasumi: Isso não vai ficar assim…

Mikasa: Demoro, vem pra cima.

Kate: Chega… Não veiemos aqui para isso, amanha já e sábado só tenho mais uma semana para curtir… Estou cheia desses acontecimentos de merda… Vou dormir e não quero ouvir um grito se quer!…

Betty: Kate espe… Merda.

Lina: Vá embora Kasumi, resolva isso amanha.

Samantha: Vamos entrar, está ficando tarde.

Mikasa: Aqui toma… - ela tirou um tipo de colar do pescoço que ela disse que e algo especial em direção dela – Espero faça bom aproveito disso, você vai entender.

 Parecia chateada, fico bom tempo parada enfrente pensão quando foi embora logo em seguida. Tranquei porta fui para cozinha, e Mikasa tava comendo seu jantar mais decidiu ficar sozinha e eu respeitei, subi para os quartos e todas estavam sentadas nas camas analisando tudo que aconteceu nessa semana.

Samantha: Parece ser sério, que era aquele colar?

Betty: Não sei… Sabe? Gente não veio aqui para isso, previa diversão mais tudo está seguindo rumo diferente.

Lina: Nós separar, e a melhor opção agora não acham?

Kate: Não… Não é. Temos um objetivo aqui, vamos fazê-los amanhã.

Samantha: Tem razão pensei nisso também enquanto tava sozinha. Mais acho que se vamos fazer isso, que seja. Nosso tempo aqui está acabando, só temos mais próxima semana.

Betty: Essa parte da ilha não tem muita coisa, mais na outra parte de Saint John tem muito mais agito. Meu irmão trabalha lá amanhã alugaremos um carro vamos até ok?

Lina: Se tiver diversão, estou nessa.

Kate: Estou dentro.

Samantha: Não olhem para mim, claro que estou dentro.

Betty: Ótimo, esse vai ser nosso plano… Agora vamos dormir estou cansada já que amanhã será cheio.

 Esse dia foi bem agitado que até eu capotei.

 Mais… Tive outro pesadelo.

 Da outra vez eu tinha pirado, fui salva por Luciana.

 Só que esse era diferente…

 Nesse, via Luciana. Parecia estar feliz quando gritava seu nome outra garota aparecia na minha frente me empurrava. Não conseguia evitar queda, ela olhou bem pra mim encarava quando essa alguém beija Luciana. Tentava ergue-me novamente mais cada movimento fazia pareciam se distanciar de mim. Quando grito pelo seu nome eu que desperto, acabo caindo da cama assustando as outras garotas.

Lina: Samantha?!… Que houve?! Se não parava de gritar nome da Luciana…

Kate: Ela tá queimando de febre… Vamos rápido, levaremos até seu pai.

Betty: Sim vamos…

 Kate que era mais fortinha conseguiu me carregar no colo, fomo até ala medica ilha pertencia pai da Betty. Tava quase fechando quando ela gritou pelo pai, a gente entra colocaram numa marca elas se afastaram da cama.

Pai: Que houve com ela?

Betty: Está queimando de febre…

Pai: Deixe-me ver… Minha nossa, está muito alta. Que foi houve?

Lina: Ela foi dormir bem e do nada acordo, gritando…

Pai: Não tenho muito recursos, vou ter que leva-la para hospital. Rápido ligue para Foster, o manda trazer helicóptero e uma emergência.

 Não me lembro de muita coisa, a minha cabeça tava confusa demais para pensar, eu não sei por que estava desse jeito.

Betty: Pai ele chegou.

Foster: Tão tarde da noite…

Pai: Rápido, pare de falar. Passou limite, está mais de 49° graus de febre.

Foster: Merda… Saiam da frente.

Lina: Eu vou com ela, e trago noticias.

 Pai dela me carrega até helicóptero, que levantou voou rapidamente seguimos para hospital ficava muito longe da ilha. Sentia meu corpo pesado, ao mesmo tempo eu não conseguia respirar direito, tentava ficar sentada mais acabei tombando para lado da Lina deitando cabeça sobre suas pernas.

Lina: Quase lá…

Samantha: L-luciana?…

Lina: Não, eu sou Lina.

Samantha: L-lina…?

Lina: Tá quente demais, que houve?

Pai: Que eu quero saber, apenas no hospital saberemos.

Foster: Chegamos.

Pai: Avise Anne, preparar tudo e uma emergência.

Foster: Pode deixar… Anne? Anne? Na escuta?

Anne: Que houve agora?

Foster: Temo uma emergência, uma garota chamada…?

Lina: Samantha, Samantha Grim.

Foster: Samantha Grim está com 49°graus de febre, seu estado critico.

Anne: Você disse Grim?

Foster: Sim, foi isso que escuto. Por quê?

Anne: Traga-a agora, deixarei tudo pronto.

Foster: Ok… Pronto, ela está arrumando tudo.

Pai: Então pouse isso logo.

 Pude sentir helicóptero pousar, ainda tava sendo carregada quando abri os olhos e depois disso cai no sono… Para eles isso era muito perigoso, tinha levado tapa para acordar, dei conta já estava na cama sendo analisada por eles…

 Eles fizeram muitos exames, além de um grande soro enviaram na minha veia mais só foi uma questão de tempo para apagar de vez. Esperar que não seja nada grave.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...