História Same Mistake - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Álvaro Morata, Cristiano Ronaldo, James Rodríguez, Karim Benzema, Luka Modric, Marcelo Vieira, Sergio Ramos
Personagens Cristiano Ronaldo
Visualizações 385
Palavras 2.077
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quebra de tempo pessoas...na verdade teremos algumas e vamos ter um mês em específico que terá um pouco mais de foca e mais uma nova quebra de tempo e outro mês em foco..bom, eu vou sinalizando. 😘😘
Boa Leitura!

Capítulo 29 - Capítulo 29


Fanfic / Fanfiction Same Mistake - Capítulo 29 - Capítulo 29

9 de janeiro de 2017:

Zurique, Suíça:

Pov. Joana Pereira:

Ansiedade era a palavra que me definia. Eu estava ansiosa para fazer a minha primeira aparição em um evento oficial com Cristiano. Essa aparição num evento da FIFA, era como se Cristiano dissesse ao mundo: sim, ela é oficialmente minha namorada. O evento iria cravar, de vez, para o mundo que o meu namoro era sério.

Para a grande noite, eu usaria um vestido assinado por Carolina Herrera. O modelo na parte superior era simples e fechado, já na parte da saia longa trazia uma fenda que ia até pouco mais do meio da minha coxa. Fazendo par com o vestido, escolhi sapatos e bolsa da Chanel.

-Estarei acompanhado pela dama de vermelho. - Cristiano comenta ao me ver pronta.

Quando ele voltou da coletiva, eu estava me maquiando, ele foi direto se trocar, então só agora ele está vendo o resultado da minha produção.

-Jorge disse que nós temos que impactar. - falo rindo.

-E nós vamos. - ele fala e me oferece o braço.

Entrelaço meu braço no dele e saímos do quarto.

No corredor encontramos as "queridas" irmãs e mãe dele também saindo do quarto e trazendo Júnior. Elas não quiseram deixar eu aprontar Júnior de jeito nenhum e fizeram um jogo com o menino para ele escolher elas.

-Está lindo, mano. - Kátia fala.

Elas até que não estavam vestidas para um show de horrores. Kátia tinha escolhido um vestido preto com decote e com saia mullet, Elma e Dolores um conjunto de terninho, sendo respectivamente, bege e vermelho. Não gostei muito do da Elma, tinha uma textura que era meio estranha.

-Joana é que está linda. -Júnior fala.

Dou risada.

-Obrigada, meu bem, você é quem está lindo de terno e gravata. - elogio ele.

-Foi você quem escolheu. - ele fala e ri.

-Só elogia a Joana, não é? - Cristiano fala com o filho.

-As meninas sempre merecem elogios, você mesmo fala. - o pequeno rebate.

Bato de leve na barriga de Cristiano e dou risada.

-Seu piolhento abusado. - ele fala rindo.

Minhas cunhadas e minha sogra não fizeram qualquer elogio ou comentário sobre mim. Elas estavam me ignorando por completo.

-Agora vamos, para não nos atrasarmos. - Cristiano fala.

Seguimos para o elevador e já no saguão do hotel ainda encontramos o casal Ramos.

Eu já estava de certa forma inserida com algumas WAGs. Pilar havia feito um bom perfil sobre mim para as outras, coisa que facilitou bastante para que elas me dessem "confiança".

-Vocês não já deveriam ter ido? - Cristiano pergunta ao companheiro.

Sergio ri, enquanto Pilar revira os olhos.

-Neuer foi no nosso lugar. - o capitão explica.

-A noiva dele entrou no carro, mesmo já tendo sido avisada pela organização que era nossa vez. - Pilar fala nada contente.

Eu e Cristiano rimos.

-Por que que ela fez isso? a festa não vai começar sem que todos estejam lá. - comento.

-Pois é, também não entendi. Ela já estava tentando furar a fila desde a vez do Marcelo, mas a Clarice e o Enzo foram mais rápidos. - a espanhola de olhos azuis me explica.

-É cada uma. - Cristiano fala e balança a cabeça negativamente.

-Com licença, senhora Ramos, o carro de vocês chegou. - um cerimonialista nos interrompe.

-Obrigado. - Sergio fala.

-Até a festa. - Pilar fala e sorri.

-Até breve. - Sergio fala e pisca para o companheiro.

-Até. - eu e Cristiano falamos e sorrimos para o casal.

Eles se retiram com o cerimonialista e nós ficamos a sós.

-Conquistou a Pilar, em? - ele comenta.

-Menos é mais... ficar na minha refletiu bem com ela.

Ser WAG virou um negócio, inclusive eu sem bem disso, então eu acredito que aquelas que estão por amor, tentam se blindar.

-É, mas ficar tão na sua está gerando dor de cabeça para o Jorge. - ele me lembra.

Eu quase que não estava fazendo os "publiposts" e as marcas estavam businando no ouvindo de Mendes.

-Primeiro seus fãs, depois as marcas. Sem fãs, sem marcas. - falo.

-De fato, mas tenta postar mais... eles já pagaram. - ele pede.

E eu já tinha gasto o dinheiro enviando ele para meu pai investir na melhoria de algumas coisas no campo de refugiados.

-Eu darei um jeito de encontrar o equilibrio. - falo.

Eu tinha que encontrar um jeito de postar os mimos das marcas sem ficar tão na cara que eu estava sendo paga para aquilo.

-Com licença, o carro de vocês chegou. - outro cerimonialista vem nos avisar.

-Obrigada. - falo.

-Júnior. - Cristiano chama o filho que havia se distraído com o celular da avó.

Nós três seguimos o cerimonialista, enquanto um outro acomodava minhas cunhadas e sogra em um outro carro.

Minha ansiedade foi aumentando a medida que íamos nos aproximando do local da festa. Não era uma ansiedade com medo, era uma ansiedade boa. Eu queria chegar ao tapete verde com Cristiano e ser bombardeada por flashes. De alguma forma eu já havia me acostumada e aprendido a gostar da fama.

-A hora chegou. - Cristiano fala quando o carro começa a diminuir a velocidade.

Conseguíamos ouvir a gritaria dos fãs que estavam por lá.

-A hora chegou. - repito o que ele disse com um sorriso no rosto.

Quando o carro para, ele abre a porta do carro e salta. Ele ajuda Júnior a sair e faz o mesmo comigo.

o público gritava por Cristiano enlouquecidamente, o que deixava a segurança mais atenta ainda.

De mãos dadas, nós fomos seguindo até o corredor de fãs. Onde Cristiano precisou parar para distribuir alguns autógrafos e eu e Júnior somente observavamos.

-Olha o Sergio ali. - Júnior fala e aponta.

Olho na direção indicada por ele e vejo o casal posando para fotos. Pilar se mostrava confiante em frente as câmeras e eu tomo aquilo como exemplo.

-Vamos. - Cristiano fala e pega minha mão novamente.

Com a nossa aproximação, o casal Ramos saiu do tapete verde e foi guiado por uma cerimonialista para dentro do local.

Nos posicionamos em frente aquela infinidade de câmeras e eu e Cristiano trocamos um olhar como se disséssemos "ok, é agora". Sorrimos, mas quem roubou a cena foi Júnior, que trocava de pose, sorria e fazia a alegria dos fotógrafos.

o nosso tempo no tapete acabou e nós entramos para a festa. Haviam diversos cerimonialistas ali dentro para guiar os convidados para os seus respectivos assentos. Antes de nos acomodar, deixamos Júnior com a avó e depois fomos nos sentar ao lado de Griezmann. O francês não fez uma cara boa ao nos ver, parecia decepcionado. Acho que ele já sabia que ia perder.

-A noiva do Neuer é esquisita. - Cristiano sussurra no meu ouvido.

Dou risada.

-Já reparou nela? - pergunto entre os dentes.

Haviam câmeras por todo o lado, não podia correr o risco de ser flagrada falando algo desse tipo.

-Eles estão na mesma fileira do Marcelo. - ele comenta.

-Ela poderia ter se arrumado melhor... e tirado os grampos do cabelo. - falo enquanto passava a mão no rosto para disfarçar.

-Verdade. - ele concorda.

Algumas pessoas presentes vieram tirar fotos com Cristiano, que atendia a todos de forma simpática. Principalmente a rainha Marta. Confesso que depois eu iria tirar uma foto com ela, ela era uma jogadora incrível.

a festa começou e estava um tédio. Alguém falava e entregava mais um prêmio e todo aquele blá blá blá. Quando finalmente chegamos ao prêmio de melhor do mundo, todo mundo ficou na expectativa.

Griezmann, que estava ao meu lado, ficou um tanto agitado. Ele não parava de agitar as pernas. Já Cristiano nem parecia ligar, ele sabia que iria ganhar.

-E o melhor do mundo é... - o presidente da FIFA faz suspense.

Todo mundo olhava com expectativa para ele.

-Cristiano Ronaldo. - ele finalmente fala.

Todo mundo bate palma, inclusive eu.

antes de ir receber o prêmio, Cristiano deixa um beijo em minha testa e ao se levantar se vira para os companheiros que estavam fileiras acima e sorri.

Cristiano caminha até o palco aplaudido por todos, enquanto o francês ao meu lado tinha um semblante de tristeza.

-Você também foi bem. - falo para ele.

ele força um sorriso.

-Obrigado.

a decepção estava estampada no rosto do francês, mas não havia o que fazer. Agora era hora de ouvir o discurso de Cristiano.

-Uau... boa noite a todos. - Cristiano fala inicialmente.

O silencio mais completo se faz presente.

-Eu esqueci tudo o que poderia falar. - ele fala.

Todo mundo ri.

-Bom, eu quero agradecer aos meus companheiros de clube e seleção, porque sem eles eu não estaria aqui. Também a todo o staff, treinadores, aos torcedores e meus fãs. Gostaria de agradecer a minha família por estar ao meu lado me apoiando e em especial a Joana... obrigado por tudo e por ter me feito encontrar um equilíbrio. - ele fala.

Sorri durante as palavras dele, provavelmente a câmera iria me filmar em algum momento.

-Gostaria que os jogadores do Barcelona estivessem aqui, a festa ficaria mais bonita com todos juntos, mas entendemos que eles terão um jogo importante.

Eu sabia que aquilo era para afrontar.

-Hoje eu não vou fazer o grito, apenas vou gesticular. - ele avisa.

Quando ele gesticula, eu e os companheiros de Madrid gritamos "SÍ".

Como aquele fora o ultimo prêmio da noite, começamos a ser guiados para área do coquetel. Cristiano foi felicitado pelos companheiros e muito disputado para selfies por outros convidados da festa.

-Não suporto esse brasileiro de merda. - Cristiano fala entre os dentes e fingindo tirar alguma sujeira do meu rosto.

Sabia que ele se referia a Daniel Alves. Me lembro bem quando o brasileiro chamou Cristiano de arrogante, repercutiu bastante na época, e pelo o que eu conhecia dele, sabia que ele guardaria essas palavras para sempre.

-A noiva dele está me olhando torto já a algum tempo. - comento de forma discreta.

-Inveja de você. Você é a namorada e musa do melhor jogador do mundo. - ele fala com um sorriso nos lábios.

Dou risada da modéstia.

-Musa? Gostei disso. - falo.

Ficamos um tanto perdidos naquele ambiente do coquetel, então nos juntamos aos companheiros de Madrid.

Conversa vai, conversa vem, o nome de Nina caí na roda.

-Quando eu vi ela se levantar, eu mandei logo Enzo correr para o carro. ela não ia furar fila. - Clarice fala.

Eu e Vanja damos risada.

-Eu não sei para que ela estava com pressa de chegar, porque quando eu e Sergio chegamos ela estava posando com o Neuer e com a maior cara de nada. - Pilar fala.

-É para mostrar o anel menina, você não viu não? - Clarice fala.

Como eu não tinha reparado na Nina, não vi anel nenhum, já tinha me dado por satisfeita ao ver o cabelo rabo de cavalo com grampos e o vestido simples.

-Eu reparei que ela estava com uma mão inquieta. - Vanja fala.

Ser WAG também é ser fofoqueira. Nunca imaginei.

-Não tem nada demais naquele anel. - Pilar fala com certo desdém.

-Eu nem reparei nela. - falo dando de ombros.

-Cheguem mais. - Clarice fala e gesticula com a mão.

Nos aproximamos e Clarice ri antes de falar.

-A Joana do Dani Alves não para de te olhar. - a brasileira fala e aponta para mim.

Dou risada.

-Também percebi. - Vanja e Pilar falam juntas.

-Não sei porquê, ela está muito bonita e bem vestida. - falo.

-Já o noivo... - Pilar debocha.

Rimos.

Realmente, Daniel estava com uma roupa nada a ver. Jaqueta de couro com tachinhas numa festa de gala?

-Não entendi os olhares dela para mim... não encontro motivo.

-Assim, eu era próxima da ex do Daniel e não fiz muita questão de me aproximar dessa Joana... pode ser que ela tenha ficado brava porque você já está no nosso meio, interagiu com o Enzo. - Clarice justifica.

Será que era por isso?

-Ou pode ser pela briga do Cristiano com o noivo dela. - Vanja dá outra possibilidade.

Verdade.

-Mesmo assim, é ridículo o que ela está fazendo. - Pilar opina.

-Concordo.

O coquetel decorreu de forma sem graça, mas o ápice da noite foi na hora das fotos. As três najas foram meras figurantes, posaram para poucas fotos com Cristiano, já que as pessoas estavam interessadas na namorada e no filho.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Queria tanto ver a Bru no tapete verde..ela arrasa nas roupas.
As najas ficaram de canto Hahahhahah😂😂😂😂
Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...