História Same Mistake - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Wynonna Earp
Personagens Champ Hardy, Doc Holliday, Marshal Xavier Dolls, Nicole Haught, Personagens Originais, Waverly Earp, Wynonna Earp, Xerife Neadley
Tags Doc Holliday, Nicole Haught, Waverly Earp, Wayhaught, Wynonna Earp, Xavier Dolls
Visualizações 371
Palavras 2.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Prometi voltar domingo mas consegui chegar antes heuehwuhe
Obg pelos comentários e pelo 10 favoritos em apenas um cap postado. Obg msm.
Aqui vai mais um...
Enjoy *-*

Capítulo 2 - Marry With You


Fanfic / Fanfiction Same Mistake - Capítulo 2 - Marry With You

Um ano depois.

P.O.V Wynonna

Ela estava linda, sentada na cadeira onde a maquiadora havia acabado de terminar sua maquiagem. Ela se encarava mo espelho, os olhos brilhando mais do que os detalhes do vestido.

-Você esta linda. -Falei chamando sua atenção. Eu a observava com os braços cruzados na porta, ela ainda não tinha me visto ali.

Ela olhou pra mim através do espelho e uma lagrima sorrateira deslizou em seu rosto. Eu sabia que ela estava segurando o choro. -Hey babygirl.-Me aproximei dela.

-Hoje é o dia mais feliz da minha vida.

-Eu sei.-Limpei seu rosto.-E você não tem ideia de como estou feliz por você,mas não chore tanto porque nao acho que Rosita tenha conseguido uma  maquiagem  a prova d'água aqui em Purgatory. -Ela riu.

-Sem duvidas não.-Rosita falou aparecendo na porta. -Você esta linda, Waverly.

-Obrigada. De verdade. Todos vocês. Obrigada por tudo. -Sorri pra ela.

-É pra isso ue serve a família. Agora vamos antes que a Haughtstuff enlouqueça no altar. Você mais do que ninguém sabe como aquela mulher é paranóica. Se você demorar dois minutos pra entrar, ela vai achar que você desistiu do casamento e fugiu.  -Riram.

-Ela realmente acharia isso. -Waverly disse sorrindo. -Eu a amo tanto.

-Sim. -Falei e ela se levantou comigo.-E agora você vai se casar, agora vamos.

-Sim. Nós vamos nos casar-Falou e lagrimas brotaram de seus olhos  novamente.

-Menina pare de chorar. Vai dar tudo certo. Agora vá

-Tudo pronto? -Doc perguntou quando chegamos na sala. Ele ia levar minha irmã no altar. -Céus, Waverly. Você está linda.

-Obrigada Doc. -Falou limpando as lágrimas.

Doc deu seu braço pra acompanha-la e ela logo o tomou.

-Dolls e Jeremy ja estão lá com Henry. Officer Haught ja esta no altar impaciente. -Doc disse enquanto íamos com Waverly pro carro.

-Eu te falei Babygirl.-Falei e rimos.

-Então vamos para o casamento. Estamos indo para o casamento. -Doc disse tomando o banco do motorista.

Todos nos olhamos no carro ver melhor de Doc e fomos em direção a igreja.

Eu e Rosita corremos para o altar assim que o carro foi estacionado, avisando ao padre que a noiva ja estava pronta para entrar.

-Senhoras e senhores... A noiva chegou.

Não foi difícil se emocionar quando a música cerimonial foi ouvida e minha irmãzinha entrou pela porta da frente da pequena igreja de Purgatory, acompanhada por um Doc sorridente e emocionado em seu fraque.

Olhei de relance para Haught e seu olhos brilhavam mais que seus cabelos ruivos e ela também chorava como um bebê.

Meu filho entrava na frente segurando as alianças, num pequeno terno, feito especialmente pra ele. Estava lindo como a mãe.

Quando ele alcançou Haught, lhe entregou as alianças e ela abaixou ora lhe deixar um beijo na testa acompanhado de um "Obrigado" sussurrado. Henry sorriu animado abraçando rapidamente suas pernas e vindo na minha direção fazendo o mesmo comigo. Afundei meus dedos nos cabelos bem penteados do meu filho.

Foi o tempo de ver Waverly e Doc chegando no altar. Ele beijou a mão de minha irmã e a entregou pra Nicole que lhe agradeceu emocionada. Doc sorriu pras duas e veio na minha direção também sendo abraçado por Henry que dividiu o abraço entre mim e ele.

-Estamos reunidos aqui hoje para celebrar a união de Waverly Earp e Nicole Haught, sabemos que o amor é um sentimento lindo e por isso estão aqui então vamos aos finalmente... -O padre disse abrindo um livro arrancando gargalhadas de todos nos na igreja. -Bem... Nao estes finalmente... Ainda. -Rimos ainda mais.-Nicole Haught, é de livre e espontânea vontade que você aceita  Waverly Earp como sua esposa para amar e respeitar na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doenças, na riqueza ou na pobreza ate que a morte vos separe?

-Sim. -Haught respondeu de frente pra minha irmã, segundando sua mão.

-Waverly Earp, é de livre e espontânea vontade que você aceita Nicole Haught como sua esposa pra amar e respeitar na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença, na riqueza ou na pobreza ate que a morte vos separe?

-Sim.

-Vamos aos votos. -O padre falou. -Waverly, os seus primeiro.

-Certo.-Minha irmã respondeu.-Nic...-Apertou um pouco mais as mãos de Nicole.- Eu não sei bem como começar mas eu so quero que você saiba que hoje é o dia mais feliz da minha vida... Nao porque estou me casando, esse sempre foi o meu sonho, mas porque eu estou me casando com você. Eu nunca pensei que fosse encontra alguém assim, achei que eu tinha que aceitar tudo o que eu estava vivendo e você apareceu pra me mostrar como eu estava errada. Você trouxe a melhor parte de mim, um lado que eu ainda nem tinha visto. Eu sempre fui tão covarde e resguardada mas depois de você tudo isso mudou e você não sabe como eu sou grata a você. Toda vez que eu olho pra você, cada beijo, cada toque eu percebo o quão sortuda eu sou por ter o ser humano mais incrível do mundo ao meu lado como minha namorada e agora se tornando minha esposa. Eu te amo, Nic. Eu te amo muito. -Minha irmã terminou seus votos limpando as lagrimas e um coro de "Awn" foi ouvido dos convidados e todos nos voltamos nossa atenção pra Nicole mas ela parecia extasiada olhando pra minha irmã.

-Nicole..?-O padre falou tentando tira-la do transe.

-Você é linda. -Foi tudo que Nicole falou ainda encarando minha irmã. -Céus, você é tão linda. Como pode existir alguém como você? E me conta como você faz porque eu não sei como em todos esses anos você fez com que eu me apaixonasse por você todos os dias. Você é a pessoa mais incrível, mais linda, mais inteligente, mas amiga, mais perfeita, mais adorável, mais teimosa... E é tantas coisas pra mim, minha melhor amiga, minha namorada, noiva, mãe, companheira de  Xbox, companheira de jogos de beisebol  e agora companheira de uma vida, porque você, Waverly Earp é o amor da minha vida e agora está se tornando a minha esposa. E eu estou tão  feliz mas minha ficha nao caiu ate agora então nao me culpe futuramente se eu tiver uma crise de choro na nossa noite de núpcias. -Todos presentes gargalharam ate o padre que quase engasgou tentando se conter.  -Eu te amo, meu amor..

-Eu também te amo, Nic.

-Eu te amo muito.-Repetiu e se beijaram arrancando aplausos de todos presentes.

-Bom... -O padre começou.-Essa era hora que eu dizia que podem se beijar mas claro ja estão fazendo isso ate porque ja estão pensando na noite nupcial imagine lá.... -Gargalhamos novamente.

Nicole pegou as alianças assim que se soltaram e puxou a de Waverly a colocando no seu anelar esquerdo.

-Eu... Nicole Haught, prometo der sua esposa, ser fiel, paciente, carinhosa, compreensiva, agora e ate a hora de minha morte. -Empurrou o anel ate o fim do dedo.

Waverly repetiu deu ato pegando a outra aliança dourada e puxando a mão esquerda de Nicole.

-Eu... Waverly Earp, prometo amar você, cuidar de você, proteger você,  ser fiel a você em qualquer circunstância agora e ate a hora de minha morte. -Finalizou o ato empurrando a aliança em seu dedo.

-Eu te amo.

-Eu também te amo.

-Pelo poder concedido a mim eu vos declaro... -O padre nem terminou de falar e já estavam aos beijos novamente. -Casadas... É, podem se beijar agora mesmo.

Uma cortina a de aplausos foi ouvida por toda a igreja e Nicole e minha irmã logo passaram pelo grande tapete ate a saída da igreja recebendo a tão famosa chuva de arroz.

La fora foi uma chuva de abraços que receberam, pessoas de todos aos arredores de Purgatory apareceram pra parabeniza-las. Eu, Doc e Henry fomos ate lá.

-Bem se diz que a festa pós-casamento é pros convidados e não pros noivos. Vão lá, sabemos que vocês estão doidas pra sair daqui. -Doc falou pra Nicole quando a abraçou. -E cá entre nós, nao é muito conveniente sair em lua de mel no carro da polícia, não é Haught? Coloquei as malas no meu. Peque meu cavalo vermelho. Vai la, Haught.

-Doc, não. Eu não posso aceitar. É o seu carro, você é doido por ele. -Nicole disse.

-Sim. Mas é o meu presente. Eu confio em você. Parabéns pelo casamento, Officer Haught. Muitas felicidades.

-Doc... Obrigada, de verdade, por tudo.

-A sua disposição. -Tocou em seu chapéu.

Puxei Haught pra um abraço antes que mais alguém a abraçasse antes.

-Eu estou muito feliz Haught. -Falei.- De verdade. Bem vinda de verdade a família.

-Obrigada. Antes era de mentira? -Falou enquanto ainda nos abraçávamos.

-Faça minha irmã feliz ou descarrego a Peacemaker na sua cara. -Senti seu corpo ficar rígido.

-Juro solenemente. -Falou.

-Ótimo. -Falei a soltando e sorrimos uma pra outra. -Waverly abraçava Doc e o agradecia emocionada a puxei assim que Doc a soltou antes que alguém fizesse isso antes de mim. -Babygirl, minha irmãzinha. Quando você cresceu tanto? Você já é uma mulher... Casada. -Waverly riu.

-Eu te amo Wynonna. Muito obrigada. Muito, muito obrigada.

-Tia Waves.-Henry nos interrompeu entrando entre nós. Waverly o pegou no colo e ele puxou Nicole pelo pescoço que estava sendo abraçada por uma moça que logo tratou de solta-la. -Eu tenho que dizer parabéns. -Falou para as duas num abraço triplo desajeitado. -E tenho que perguntar; agora que vocês se casaram, quando vao me dar um priminho pra brincar comigo?

Meu filho disse e gargalhamos.

-Hey, Henry. Vamos pensar nisso num futuro próximo. Prometemos. -Nicole respondeu.

Um sorriso enorme surgiu no rosto de meu filho.

-Oba!!! -Gritou apertando o pescoço das duas mulheres um em cada braço. -Eu amo vocês tias. Eu estou muito feliz por vocês.

-Oh meu pequeno. Amamos você também. -Minha irmã respondeu deixando um beijo no rosto de Henry.

-Está na hora de ir. -Doc disse olhando seu relógio.

-Sim. Nos vemos logo.-Nicole falou e Waverly pôs Henry no chão.

-Tchau gente.

-Tchau.

-Boa viagem.

-Tomem cuidado.

Nos abraçamos todos rapidamente e logo elas rumaram ao carro de Doc estacionado na frente da igreja.

Minha irmã está feliz, eu estou feliz.

 

P.O.V Nicole

Corri de mãos dadas com Waverly enquanto a mesma segurava seu vestido e ainda ouvíamos gritou e aplausos. Entramos no carro entre risadas e logo dei partida buzinando  para todos. Não demorou muitos minutos pra estarmos fora da cidade. A estrada em minha frente, os dedos de Waverly estavam entrelaçados os meus enquanto eu dirigia com a mão esquerda. Minha cabeça estava a mil. Passei os olhos no meu anelar esquerdo sob o volante e lá estava a prova de que eu não estava sonhando. A aliança dourava brilhava refletindo a luz do sol se pondo que adentrava pelo vidro do carro.

-Eu estou louca ou acabamos de nos casar? -Perguntei a Waverly que estava quieta ate então.

-Se for loucura, ficamos loucas juntas. -Respondeu.

-Que sintonia. -Falei e rimos.

-Pra onde esta me levando, minha esposa?

-Pra nossa lua de mel. Ainda é segredo o lugar. -Falei concentrada na estrada. -É um hotel não a poucos quilômetros de Purgatory, você vai gostar.

-Você está me levando pra passarmos nossa lua de mel no Red Cherry Hotel? -Minha esposa perguntou com o olhar brilhante e a olhei incrédula.

-Waverly Earp, você estraga qualquer surpresa. -Falei fingindo estar emburrada. Ela gargalhou.

-Eu moro aqui desde que me entendi por gente. Amor, isso deve ter sido tão caro.

-Presente de casamento.. -Falei e ela me encarou atenta. -Jeremy.

-Awn Jerm...

Menos de meia hora de estrada depois chegamos ao Red Cherry Hotel. Era uma espécie de Hotel -fazenda situado em cima de uma pequena colina, com uma piscina, muito verde e áreas de lazer. Muito diferente do que estamos acostumados em Purgatory.

-Boa tarde. -Falei para a recepcionista do hotel puxando nossas malas.

-Boa tarde. -Ela respondeu educadamente e prestou a atenção em nossas roupas. -Vocês são... -Olhou pra tela do seu computador. -Waverly e Nicole Haught?

-Sim. Somos.

-Tem uma reserva especial pra vocês. -Disse sorrindo.  -Meus parabéns pelo casamento.

-Obrigada. -Falamos sorrindo.

-Por aqui. -Nos guiou.-Humphry vai guia-las até a suíte. -Falou e um rapaz alto e usando um uniforme surgiu nos cumprimentando.

-Senhoras... -Falou pegando nossas malas.

-Obrigada. -Agradecemos e o seguimos pelo elevador.

O rapaz nos deixou numa suíte enorme com uma enorme vista dos campos verdes ao redor.

-Bom... Parabéns pelo casamento senhoras. A reserva pedia muito champanhe na banheira e ali está. Nosso cardápio está ali na mesa ao lado do telefone qualquer coisa que precisarem é só discar o 1 e me chamar, senhoras.

-Obrigada, Humphry. -Respondi. Waverly parecia maravilhada demais com o quarto pra ter ouvido algo que ele disse. Nem eu ouvi.

-Passar bem senhoras. Com licença. -Falou se retirando.

Bati a porta e abraçei minha esposa por trás deixando um beijo casto em seu pescoço.

-Pronta pra aproveitar nosso presente? -Perguntei e ela se virou pra mim abraçando meus ombros.

-E que presente. -Falou. -Mais do que pronta, Officer Haught.

Sorri pra ela e a beijei.

-Eu te amo, Waverly Earp Haught.

-Eu também te amo, minha esposa.


Notas Finais


Ate qualquer hora.
Qualquer coisa... @SkinnyDreams0
Twitter.
Bjs...
Ate a próxima.
Link do trailer da fic: https://www.youtube.com/watch?v=Qqrs25HiTNs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...