História Sândalo... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, The GazettE
Personagens Aoi, Cl, Ruki
Tags 2ne1, Aoi, Lee Chaerin(cl), Ruki, The Gazette
Exibições 6
Palavras 1.232
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura abores 😇

Capítulo 6 - Secrets


Fanfic / Fanfiction Sândalo... - Capítulo 6 - Secrets

*ligação on*

Como está indo?

Bem mãe, bem... - suspiro.

Hoo... essa sua vozinha não me engana. O que aconteceu?

Mãe...

Sim?

O que realmente aconteceu com meus avós? - Fico apreensiva esperando a resposta enquanto mordo a unha.

Não troque de assunto mocinha.

MANHEEEEE!!! - Ouço a voz de meu irmão ao fundo.

Que é abestado? - Não me contenho e solto um riso fraco.

Toalha! Hi Hi... - Já imagino a cara de bunda que ele deve estar fazendo.

Aff... Esse menino cansa a minha beleza. - Ela diz brincando, e eu sorrio do outro lado - Você me espera aí. Quietinha com essa bunda seja lá onde você esteja sentada. - Ouço ela resmungar algumas coisas e voltar ao telefone.

Então...? - Digo meia tímida.

Querida, por acaso... - Ela pausa o que iria dizer.

Sim. Aqueles sonhos voltaram. - Esfrego os dedos na testa.

... - A ruiva não responde, apenas ouço a sua respiração preocupada.

Srta.Freya? - Falo brincalhona.

Querida... preciso desligar.

O que? Desligar? Espera, ainda tenho perguntas. Mãe...? Mãe...? - Ela desliga na minha cara - Hã? Ela desligou na minha cara? Aish! - Frustada bagunço meu cabelo, me jogando na cama branca. - Respirei fundo.

*ligação off*

Hoje estou o dia todo em casa, não sentia vontade de fazer nada, estava frio, e chovendo lá fora. Eu não parava de pensar no sonho, talvez aquela bendita pulseira realmente estava me protegendo, ela não era da sorte, e sim algo que bloqueava alguma coisa ruim que pudesse estar me perseguindo. 

Bem, que bom que a dei ao meu irmão, que ele faça bom proveito dela, antes ele protegido do que sem nada. Olho para a mesinha perto da cama. "Esse livro...? Como ele veio parar aqui?".

*Flashback on*

Acordei super assustada, suada, com a respiração pesada e dificultosa, olhei para o meu lado na cama, mas CL já tinha ido embora, olhei o relógio que marcava exatamente meio dia, passei a mão sobre os meus cabelos os jogando pra tráz, me levantei e fui tomar um banho. Tirando a roupa, eu nem mesmo quis me olhar no espelho, estava com medo de ver que tudo aquilo foi real. Entrei de baixo da água morna, e dei uma breve relaxada, todos os meus músculos pareciam destroçados "Acho que eu estive na guerra e não sei." Respirei fundo, e fechei meus olhos, e a imagem dele me veio a mente. "Droga! Quem é ele? Porque ele me parece ser tão familiar?".Tomei meu banho, e me enrolei na toalha. "Mas que porra..." no espelho embaçado estava escrito... "Foi bom revê-la, princesa." Rapidamente limpei o vidro embaçado, e do nada me deu um ataque de riso, eu parecia uma psicótica, e isso assustava até a mim mesma. Troquei minha roupa, colocando uma calça cinza de moletom saruel, e uma camiseta de manga comprida, preta escrito "Too fast to live too young to die". Já que estava um dia frio e chuvoso do jeito que eu gosto, decidi ficar em casa, e descansar um pouco. Sai do banheiro, e me joguei em cima da cama branca, levantei meu braço e puxei um pouco a manga da camiseta, não sei por que mas estou surpresa, meu pulso estava roxo como se alguém tivesse mordido e sugado minha pele, dei uma olhadinha em meus tornozelos, eles também estavam roxos. Quando eu estava no banho, simplesmente tentava ignorar as outras marcas. "Está acontecendo de novo. Não pode ser." disse pra mim mesma, tentando me conformar com aquilo. "Hmm... o que é isso?" Aquele livro velho, de capa de couro preto estava em cima da mesinha de cabeceira. "Como isso veio parar aqui? Além de sonhos lúcidos, agora eu também faço teletransporte de objetos. Na próxima entro pro X-Man." Brinquei com a situação, pegando aquele estranho livro. "Vamos ver..." Abri em uma página aleatória, comecei a ler as palavras passando bem rápido por cima delas, não lia ordenadamente, até parar em uma parte que me chamou a atenção. "Oh... isso é o que estava escrito naquelas folhas." O livro parecia estar explicando algumas coisas, e era principalmente sobre as palavras em latim que achei naquelas papéis." Ok. Vamos entender." Comecei a ler... 

"Sanguinem- Sangue, fonte de vida e alimento. Angelus- Anjo, ser celestial, servos e guerreiros fiéis de Deus. Vitae- Vida, algo que vive, que respira. Cecidit- Caído, cair, decaído, traídor. Anima- Alma, pura. Tudo isso podem ter vários significados, mas nesse contexto, sobre o que estamos falando, isso siginifica... Sangue e alma: Fonte de alimento d e alma pura. Anjo e caído: Um anjo caiu, assim se tornando impuro. Vitae: Uma vida em específico, a vida da escolhida.

A escolhida descende de sangue puro, e alma limpa, de uma antiga bruxa. A escolhida será o sacrifício do mais antigo e, poderoso vampiro existente. Esse ser era uns dos anjos mais fiéis á Deus, mas um dia contrariando seus mandamentos e leis, ele foi banido do céu como castigo. Destinado a cair na terra, foi condenado a vagar eternamente ao lado dos humanos, assim vendo todos que ama, envelhecerem e morrerem.

Na terra nasceria uma pequena, cujo seu sangue mais doce que um Sândalo, seria a fonte de sua cura, ou pelo menos, a fonte de muito mais poder e vida a esse ser. Descendente da poderosa Bruxa Freya... "Chega... Isso é de mais." Fechei o livro o colocando de volta em cima da mesinha. Sorri exasperada, e confundida com o que estava lendo.

Alguns fragmentos de memórias que eu não sabia da onde vinham, simplesmente começaram a passar em meus olhos, nesse momento me lembrei do que a vidente tinha me falado quando, me deu aquela pulseira...

Menina... - A velha se apróxima rápido - Você tem um sangue muito perigoso. - A mulher me encara, pegando em meu braço.

Como assim? - Falo sorrindo.

Oh... - Ela faz uma pausa - Você descende de uma poderosa e antiga família minha querida. - A vidente dá um largo sorriso amarelo.

Hum? - Confundida.

Seu sangue, ele é muito especial. Mas... tome cuidado, por que existe algo atrás desse do poder que obtêm seu sangue. - Ela não falava nada com nada.

Eu... Eu não estou entendendo minha senhora.

Aqui! - Ela tira uma pulseira trançada do bolso de sua saia e a coloca em meu pulso - Nunca a tire. Entendeu? Isso será a sua pulseira da sorte.

Sim. O-obrigada. - Ainda segurando o meu pulso, a velha me puxa pra bem perto de seu rosto.

Breve, você descobrirá o seu verdadeiro caminho, descente de Freya. - Ela diz isso bem em meu ouvido, e suas palavras ficam ecoando em minha cabeça.

Lembrar disso me deu uma súbita dor de cabeça, que acabou me vindo de repente. Então, me deitei massageando minha testa e acabei dormindo.

*flashback off*

Depois que tirei esse cochilo, logo que acordei liguei para minha mãe, mesmo sabendo que a mesma iria fugir da conversa. Acabei lembrando que quando era pequena, eu sempre pegava minha mãe conversando umas coisas com meus avós, mas quando eu me apróximava eles sempre desconversavam. Uma vez quando pequena, achei alguns livros estranhos que minha mãe escondia, mas levei uma surra por pegar-los. "Espera... esse livro."

Olhei rapidamente para ele, e me lembrei que era o mesmo livro que minha mãe escondia a 7 chaves.

"Ainda vou descobrir do que se trata tudo isso."


Notas Finais


Queria postar logo o cap 6 que acabou saindo essa merda aí ¯\_(ツ)_/¯ Estava ansiosa pra escrever então, o que foi vindo na cbç, eu fui escrevendo. Espero que gostem. E... a estória tá tipo, de tráz pra frente sabe? rs Bem, é isso. Espero que vcs entendam rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...