História Sangue de Hades - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Apollo, Austin Lake, Caronte, Dionísio, Hades, Jason Grace, Júniper, Kayla Knowles, Nico di Angelo, Perséfone, Prometeu, Quíron, Will Solace
Tags Solangelo, Wico
Exibições 105
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Luta
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Começo a ser Julgado, porem amo meu juiz, não sei o que fazer. Estou feliz. Isso é normal.

Capítulo 5 - Will



Voltei a mesa de Apolo meus irmãos ficaram me olhando, Austin sorriu _E ai como vocês estão!
Kayla questionou empolgada _O que a Deusa disse, Nico estava sorrindo pra você!
Brian disse animado _O que você vai fazer agora
_Primeiro estou em julgamento, agora vou pegar as coisas e tratar dos ferimentos dele - disse sorrindo
E sai correndo, antes dei uma olhada para a mesa de Afrodite.
Ao chegar na porta do chalé 13 olhei para o zumbi guarda e anunciei que era o médico, Jean abriu a porta e me apontou, Nico deitado na cama, notei que ele tirara a camisa, está estava com sangue nas costas, uma cadeira já estava colocada próxima a cama, me segurei em tocar seu cabelo. Notei que Jean sumira, e Nico se mexeu e me olhou.
_Jean pode ir descansar - Nico disse meio sonolento, sentou na cama.
Notei o cordão com meu anel. Nico notou e tirou a corrente e jogou na mesinha ao lado da cama, meio sem jeito.
Comecei a trocar os curativos e resolvi quebrar o gelo dizendo _O que uma pessoa, que está em julgamento, pode fazer? - estava com medo da resposta.
Nico levantou o olhar e perguntou _O que você, quer fazer?
Na minha cabeça veio várias respostas porem só saiu uma _Você, todo! - Disse com medo.
_Você quer me fazer! - Nico sorriu sarcástico
_Não, eu quero você, só quero saber o que posso... - tá certo eu estava suplicando.
Ele tocou no meu rosto e me beijou, foram beijos suaves, nos abraçamos ele beijou meu pescoço, até eu tocar nas costas dele e ele gritar.
_Desculpa, am... vou cuidar disso. - Sorri pra ele.
Começamos a conversar tentando entender o que houve.
_A muito tempo os filhos de Afrodite tem um ritual de fazer você se apaixonar por eles e quebrar seu coração, porem o tesouro é você ficar apaixonado por ele, e ele não ligar, o rio Lete faria você esquecer de tudo, sem memória, só gota apagaria mais que uma década, confesso que eu quis fazer isso várias vezes, mais magia seria diferente, nevoa, porem sei usar a nevoa como ninguém, eu não seria enganado, será que eu fui enganado? Porem aonde está o anel? - Nico falava em quanto eu suturava os pontos nas costas outra vez.
_Ok! Porem você não me disse quem foi? Quero o nome! - Falei sem paciência.
_Will, te conheço, assim que falar um nome, você irá pegar suas flechas e acertar uma na cabeça dele - falou pacientemente sorrindo.
_Então! Senhor Genioso, eu sou o cara da ira! Você acha que não sei jogar, me fazer de idiota! - Falei isso fazendo Nico recuar na cama, beijando ele, abraçando, bagunçando seu cabelo. Ele correspondia o que era muito bom. Ficamos abraçados por um longo tempo, somente nos beijando.
Jean reapareceu e informou que tinha havia alguém na porta. Me afastei, porem Nico solicitou um momento.
_Will, você confia em mim? Disse sorrindo
_Claro, mais...  _ falei confuso
_Fique escondido no quarto da Henzel _ falou sério.
_É ele que está na porta? _ falei bravo.
Nico me beijou e apontou o outro quarto, foi até a porta sorrindo e sem camisa, abriu a porta.
_Olá! Lenon? Né! - Falou Nico
_Que, legal você lembra meu nome, Nico, você está bem... não consegui falar com você antes. - Disse o filho de Afrodite.
Era minha impressão ou Nico estava sendo extremamente amável com ele.
A voz do cara estava estranha, até eu fiquei enamorado, ei, espera um pouco, ele estava dando em cima do meu namorado, este detalhe me tirou do transe. 
 


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...