História Sangue e chocolate - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 20
Palavras 1.799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2 : - Tradições


Não voltei para a loja , nem fui me embelezar como tia Mary queria . 

Apenas fiquei pela rua .

Entreguei os bombons a senhora Helga e fui até o bosque fica sentada olhando as árvores . 

Entrei pelo bosque escuro , e comecei a me dirigir até a floresta , conhecia aquela região com a palma de minhas patas , não havia como me perder . Continuei andando até perceber que não estava sozinha . 

- Perdida na floresta chapeuzinho ? , Não te avisaram que tem um lobo mau nessa floresta ? 

- Nossa como você é engraçado Renier - disse mostrando os dentes 

- Ah priminha você precisa ter mais senso de humor 

-  Eu até tenho , mais com você é impossível - retruquei 

- Querida prima esta pronta para essa noite ? - disse vindo em minha direção .

- Renier eu não irei essa noite 

- impossível prima estou responsável por te levar 

- eu não vou participar dessa tradição de merda - disse alterando a minha voz 


'MAIS RESPEITO POR NOSSAS TRADIÇÕES !!! "

Aquela voz ... , Sim era ele , era Dimitri 

No mesmo instante Renier se ajoelhou e fez o sinal de referência ao líder .

Continuei em pé a encara-lo .

Dimitri era branco como a neve , cabelos negros compridos , olhos azuis como o céu . Era bonito . Atraía os olhares das mulheres por onde passava .

Mais de nada adiantava  beleza  pois ele era um monstro .

Ele foi chegando mais perto de mim , continuava encarando ele . Até que recebo um soco no rosto .

- Merda !! - gritei 

- Já te disse , tenha mais respeito por suas tradições - disse 

- Você é um monstro , eu te odeio - gritei 

Dimitri segurou meu rosto apenas com uma das mãos e disse olhando em meus olhos :  - hoje a noite você será minha , você vai aprender a ter respeito por bem ou por mau . Não me queira me ver com raiva lobinha. 

Dimitri me largou e continuou a falar : 

- Renier , quero a Lucinda na Clareira as 19:30 . Sem atrasos por favor . Você sabe como eu odeio atrasos . 

- sim senhor - ele respondeu 

Continuei sentada no chão sem saber o que fazer . Dimitri deu as últimas orientações a Renier e sumiu na floresta .

- Vamos Luci , eu preciso te levar pra casa . 

-  Renier por favor me deixe fugir , venha comigo , você sabe que temos uma chance de viver uma vida normal . Eu , você é nossa tia Mary - disse entre lágrimas

- Deixe de ser uma idiota !!! - gritou . Você sabe Dimitri nos caçaria , nos acharia e nos mataria lentamente . Está na hora de você começar a respeitar nossa alcatéia ou seu fim será muito feio . 

Não respondi mais nada , apenas acenti e segui ele até nossa casa . 


// Quebra de tempo//

Era uma noite muito fria , estava em meu quarto . Havia vestido a roupa que Dimitri havia mandando para a sua " escolhida" . Era um vestido preto sem mangas , com duas fendas enormes que mostravam totalmente minhas pernas . Deixei meu cabelo solto e fiz uma maquiagem preta bem pesada , finalizei com um batom vinho .

De repente ouvi batidas na porta : 

- Já esta pronta Lucinda ? , Não quero perder a caçada .

- Estou Renier - disse abrindo a porta do quarto. 

- Uau você está uma gata - disse

Continuei séria , passei por ele e comecei a descer as escadas . 

Tia Mary estava na sala ja esperando . Usava uma calça preta e uma blusa branca , seu cabelo estava preso e ela usava um colar que simbolizava que ela era uma descartada pelo Alfa .

Minha tia nunca gostou de falar sobre como era ser companheira do Alfa . Ela amava o Dimitri , mais ele só a via como uma dama de companhia . Tia Mary só consegui da a Dimitri apenas um filho , no qual nasceu morto . Foi rejeitada logo após isso , humilhada na frente de todos . Meu primo Renier foi adotado assim como eu . Seus pais foram mortos por traição ao Alfa e minha tia implorou pela sua vida . Renier desde então tem grande respeito pela tradição de nossos ancestrais . Tia Mary cuidava de nós como seus filhos , e doía muito  ver todos os dias a sua tristeza . 

- Está tão linda Luci , uma verdadeira Alfa , seus pais ficariam orgulhosos - disse emocionada

- Obrigada tia  - disse sem jeito

- Vamos ? Não queremos chegar atrasados - disse Renier

Fomos calados no carro até a beira do bosque , a partir dali teríamos que ir andando até a Clareira .ela ficava muito escondida . 

Quando chegamos , vimos que o restante da alcatéia ja estava lá . Uma fogueira estava acesa bem no meio do lugar . O altar de pedra estava totalmente iluminado. E la em cima sentados em seus tronos estavam Dimitri e sua esposa . Pelo menos por enquanto ela ainda era . 

- Até que enfim chegaram - disse Marcos . Marcos era o primeiro conselheiro do Alfa , um belo de um puxa saco isso sim . 

- Tirem os sapatos , vocês sabem que estão em solo sagrado - disse 

- Vamos Luci , vamos nos sentar , Dimitri vai começar.a cerimônia - diase tia Mary

- Sejam bem vindos meus irmãos e irmãs . Estamos aqui reunidos em mais uma lua cheia para mostrar o quanto nossa raça é poderosa . Mostrar o quanto nossa raça é superior . Vamos mostrar hoje aqui quem é que manda . - Disse Dimitri

 Nesse momento vejo duas pessoas amarradas sendo puxadas até o meio da clareira . Era um homem é uma mulher , ambos estavam assustados . A mulher chorava descontroladamente enquanto o homem perguntava o que estava acontecendo .

-Vejam meus irmãos , a escória do mundo , a raça humana ! - gritou Dimiti

-Morte aos humanos !! - gritaram ao fundo 

- Tia o que está acontecendo ? O que vão fazer com essas pessoas ?  Porque elas estão aqui ? - disse sem entender 

- Chega de tantas perguntas Lucinda por favor.

- Tia eu exijo uma explicação - retruquei 

- Querida prima é o seguinte , vou ser bem direto com você . Esta vendo os humanos ? Vamos solta -los , eles vão correr pra floresta. depois de darmos um tempo a eles vamos caça-los , vamos mata-los e vamos come-los . Assim como nossos antepassados faziam . - disse Renier

- Tia me diz que isso é mentira - disse assustada 

- Quieta !! - ela gritou 

-QUE COMECE OS JOGOS !! - gritou Dimitri

A loba alfa foi até os prisioneiros , primeiro ao homem , se ajoelhou em sua frente , beijou levemente sua boca deu um pequeno corte em seu braço , fazendo com que seu sangue começasse a escorrer . Os lobos reunidos começaram a se agitar . O cheiro doce do sangue fazia nosso lado selvagem aparecer . Ela cortou as cordas soltando o homem é disse : - Corra !!. Depois fez a mesma coisa com a mulher . Os dois fugiram e entraram pelo meio da floresta . 

Dimitri orgulhoso pelo feito de sua companheira gritou : - Sigam seus instintos meus irmãos ,Cacém como nossos ancestrais faziam . 

Ele mesmo foi o primeiro a se transformar , pulou e de repente explodiu . Em seu lugar um grande lobo cinza apareceu e começou a correr pela mata . 

Um a um todos foram fazendo o mesmo . Vários lobos enormes correndo floresta a dentro atrás de sua caça. 

Fiquei para trás sozinha , estava com medo , estava assustada . 

O que éramos ? Éramos monstros , éramos aberrações . 

Pensei em fugir , mais sábia que fariam algo a tia Mary . 

Comecei a ouvir gritos , acharam a pobre mulher . Não podia deixar que a fizessem mal a ela . Corri o mais rápido que pude , deixei que meus instintos me guiassem . Dei um salto e de repente estava com minhas quatro patas no chão .

Meu pelo era branco , meus olhos ficavam azuis . De repente comecei a ouvir as vozes em minha cabeça . 

- Onde você estava ? - disse Marcos

- está atrasada - reclamou Tia Mary 

- Loba idiota - ouvi alguém reclamar 

- eu estava assustada - disse

- Vamos Dimitri precisa de você - disse Marcos 

Logo ele estava ao meu lado correndo . 

Chegamos ao local e a cena era horrenda . O corpo do homem já estava totalmente destroçado . E a mulher estava encurralada , sangrando e gritando .

- Lucinda , querida Lucinda - disse Dimitri vindo em minha direção - tão linda quando se transforma 

- Obrigada - foi só o que consegui dizer

- Você precisa passar pelo ritual de alfa , precisa matar sua primeira presa - disse 

- O que ??????? - disse surpresa - está louco ? Eu nunca farei isso 

- Quer morrer no lugar dela ?- disse me derrubando no chão . Ou prefere isso ? 

De repentKla atacou tia Mary , suas mordidas faziam ela gritar . 

- Pare por favor - gritei - nao a machuque

Estava com medo , meu coração estava acelerado , estava desesperada . O medo de morrer , o medo dele fazer algo contra a minha família , fez com que eu aceitasse a derrota . Levantei e fui até a mulher . Ela estava muito ferida , estava com medo . Me deu muita pena dela . Apenas pensei : - "Desculpa" e abocanhei seu pescoço e apertei , causando sua morte instantâneamente . Tentei pelo menos não prolongar o seu sofrimento . Meu pelo banco estava agora vermelho . Que ódio tinha de mim mesma . 

Peguei o corpo sem vida é joguei aos pés de Dimitri . 

Todos uivavam e  foram terminar meu trabalho .

- estou orgulhosa de você - disse tia Mary

- estou com nojo de mim mesma , não sinto orgulho em ser um monstro - disse me afastando dela 

Depois que a carnificina estava completa Dimitri anunciou :

- Hoje nossa Lucinda foi iniciada como uma loba alfa 

Uivos foram dados em sinal de respeito 

- Logo será minha nova escolhida , dando a nossa alcatéia uma linhagem de alfas poderosos . - disse se gabando 


Que nojo que eu tinha deles , que nojo que eu de Dimitri , que nojo que eu tinha de mim mesma . Eu tinha que fazer algo para mudar aquilo , eu não aguentava mais . Eu tinha que  Fugir .





Notas Finais


Estava um pouco inspirada e escrevi o segundo capítulo hoje de madrugada . Espero que gostem , por favor a opinião de vocês é essencial pra que eu continue ou não a Fic . Ajudem a divulgar . Estou pensando em fazer um grupo no whatsapp para discutirmos sobre a fic o que acham ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...