História Sangue Fervente - VKook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Bts, Vkook, Yaoi
Exibições 15
Palavras 1.559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Dúvida


- Bem, a cama do Yoongi é a do lado da janela e essa é a minha - falou apontando

- Certo...

Jungkook se sentou na cama e começou a tirar seu tênis usando apenas os pés.

- Ah... - suspirou - 

- Você fica sempre acordado até essa hora na biblioteca?

- Sim, a maioria das vezes

- Por que? Q-quer dizer, desculpe estar me intrometendo... 

- Ha ha tudo bem - sorriu - Bom, eu faço muitas coisas por lá - cruzou as pernas em cima da cama - É onde eu fico pensando, onde organizo as coisas, onde estudo etc... é tipo um cantinho de relaxamento para mim - sorriu -

- Então você relaxa a maioria do tempo? - brincou - Você passa tanto tempo lá... deve ser importante as coisas que faz

- Nem tanto, poucas coisas são. De mais importante que faço lá é para programar algum evento aqui na faculdade. São poucos eventos, então sim, relaxo bastante para um representante de classe ha ha 

- Ha ha! Entendi - sorriu -

Eles se encararam por um instante com um silêncio durante 10 segundos. 

- Acho melhor irmos dormir, já está tarde - comentou Jungkook

- T-tem razão.

Jungkook se deitou virado para Tae, e logo adormeceu. Assim que Tae se deitou, pôde sentir o perfume de Jungkook no travesseiro. Era um cheiro muito bom. Ele se virou para porta, ficando de costas para Jungkook e se sentiu um pouco envergonhado do nada. Logo após, fechou os olhos e adormeceu também. 

***

No dia seguinte...

Tae foi o primeiro a acordar. Olhou o relógio em cima da gaveta e eram 5:50. Faltava só 10 minutos para o horário normal deles acordarem. Tae bufou, deve ter acordado por estar um pouco desconfortável com a situação ainda. Ele estava mais frustrado ainda por sentir essas coisas que ele estava sentindo. Era estranho e diferente... toda vez que conversa com Jungkook, sente isso, e o pior é que, como isso é possível sendo que ele acabou de conhecer Jungkook? 

Tae olhou o garoto deitado na cama. O olhou dos pés ao rosto, e realmente, Jungkook era muito, muito bonito mesmo e dormindo parecia tão fofo... ele não conseguia parar de olha-lo.

- Ah - bufou - O que está havendo comigo? - falou baixo - 

Tae acabou deduzindo que estava se sentindo atraído por Jungkook e que por ele, não dava para evitar. Mas isso ficará guardado apenas para ele, pois não sabe o que acontecer. Olhou o relógio de novo e viu que deu 6:00 e o relógio não tocou. 

- Não é só no meu quarto que não funciona...

Tae se levantou para acordar o garoto tão bonito deitado na cama. 

- Você tem cara de que esconde algo a mais... - falou baixo -

- Tenho? 

- Ah! - Tae corou na hora, se afastando de Jungkook - S-sim... quer dizer, não! eu... AH! - conforme foi andando para trás, caiu na cama -

- Ha ha! O que você tem?

- N-nada, eu...

- Você é engraçado assim, logo pela manhã - sorriu - O que estava fazendo? 

- E-eu só ia te acordar... por que o relógio n-não despertou...

- O relógio? Eu marco para ele despertar às 6:15... no caso, agora

O relógio tocou.

- A-ah ta...

- Você é gentil, obrigado pela preocupação - sorriu mais ainda - 

- Ha... ha... - Tae não sabia onde esconder a cara - 

- Eu acho atraente essa gentileza toda - se levantou da cama para se arrumar - 

Tae ficou se perguntando se ele disse mesmo "atraente"... ele ficou um tempo encarando Jungkook, vendo se ele diria mais alguma coisa ou se ouviu mais alguma coisa.

- Você devia se aprontar também, não vai se atrasar igual ontem - Jungkook começou à tirar a camisa - Acho que hoje o Yoongi não vai para a aula -

Tae estava apenas observando Jungkook se trocar na sua frente. Assim que Jungkook tirou a camisa, Tae não conseguia desviar o olhar daquelas costas... daqueles braços... daquele abs... daquele corpo em geral. Tae nem estava ouvindo o que Jungkook dizia.

- É até melhor que o Yoongi não vá hoje, vai que ele passa mal, né?

Jungkook fez silêncio aguardando pela resposta de Tae.

- Tae? - se virou para o Tae - Você está bem? - Jungkook dizia abotoando a outra camisa em seu corpo - 

- E-estou sim. Estou bem! Quer dizer... - suspirou - Eu vou lá no meu quarto ver como eles estão e também vou pegar minha mochila... vou ver se Jimin precisa de ajuda... enfim, estou indo! Adeus!

Tae nem deu a chance de Jungkook responder, ele simplesmente disse tudo aquilo e saiu rapidamente daquele bendito quarto. 

***

- O-o que está acontecendo?! - pensava- E-eu realmente estou gostando dele desse jeito? E-eu... não é possível! Eu não sou gay mas... aquele corpo... eu não conseguia desviar o olhar... o que aconteceu comigo?! - foi indo em direção ao seu quarto -

Tae finalmente chegou em seu quarto, era como um suspiro de alívio. Tae pegou sua chave quarto e abriu a porta, então, entrou logo em seguida. Viu Yoongi dormindo em sua cama e Jimin amarrando o tênis.

- Oh, Tae. Tudo bem? Conseguiu acha-lo ontem?

- S-sim...

- Você está bem? Está vermelho...

- Estou ótimo! - respondeu rapidamente - Como ele está? - apontou para o Yoongi - 

- Se recuperando... acho que ele nunca mais faz isso, mas também odeia que duvidem dele.

- Aham... enfim, eu vim buscar minha mochila.

Tae pegou sua mochila e foi diretamente para a sala de aula para ficar um tempo sozinho pensando na vida e pensando sobre o que havia acontecido. 

***

- Ah... hoje o dia vai ser longo... - se sentou em sua carteira - O que há de errado comigo? Agora eu vou ficar assim toda vez que eu o ver? Como cheguei à esse ponto? - relembrou de Jungkook trocando a camisa, revelando aquele corpo forte - Ah, lembrei. 

- Tae?

- J-Jungkook?!

- Você está bem mesmo?

- Estou! - falou rapidamente evitando olhar para Jungkook -

- Tem certeza? - se aproximou de Tae -

- S-sim... - olhou para Jungkook - Eu... estou... ótimo... - ficou como Jungkook estava -

Jungkook estava desarrumado, porém, sexy. Ele não abotoou todos os botões, deixou pelo menos dois abertos, colocou a gravata de qualquer jeito e seu cabelo estava meio bagunçado, estava estiloso. 

- E-eu vou ficar bem! É bom não ficar muito perto, sabe? Só por precaução... é... olha como você está! Não precisava vir atrás de mim, terminasse de se arrumar!

- Se preocupando de novo comigo?Você é fofo! Eu estou bem - sorriu - As pessoas devem começar a aceitar que representantes de classe também tem seus jeitos. O meu por exemplo, é não ligar para isso, e é exatamente assim que eu me visto quando estou fora de responsabilidades... você não gosta?

- G-gosto! C-claro! Quer dizer... é assim que você se veste quando "está fora de responsabilidades"?

- Sim oras... eu também sou ser humano. Para falar a verdade eu prefiro andar por aí assim... os outros falam de mim como se eu fosse todo certinho, sabe? Mas cá entre nós - Jungkook se sentou na cadeira ao lado - Eu também sou homem se é que me entende.

Tae o olhou surpreso com o que havia dito. Ele realmente se surpreendeu com o que saiu da boca daquele rapaz  que à pouco parecia tão fofo dormindo. 

- Entende, né? Admita, você tem seus momentos no banheiro também, não?

Na medida que as coisas saíam da boca de Jungkook, Tae ficava cada vez mais surpreso. 

- S-sim, entendo... 

Jungkook o olhou com uma cara maliciosa e antes que pudesse falar mais alguma coisa, o sinal bateu e os alunos começaram à entrar na sala. 

Na media em que os alunos entravam na sala, todos, sem exceção, mas todos estavam olhando Jungkook diferente, como se estivessem surpreendidos que ele não estava com aquele visual certinho. Os alunos que o via, pareciam muito chocados como se tivessem escutado o que ele havia dito agora pouco. 

- Bom dia classe! - disse o professor

O professor começou a passar a matéria normalmente, e Tae estava completamente desconcentrado. Ele ficava olhando Jungkook diferente agora. Ele não olhava com nojo ou desgosto, e sim, com sabor de quero mais. Tae realmente havia gosta dessa atitude do rapaz que antes parecia um santo. 

Tae começou à imaginar tanto as coisas, que acabou sem querer imaginando como seria Jungkook em seu "momento" no banheiro... parecia errado pensar isso, mas Tae não conseguia evitar. Assim que imaginou a cena, logou imaginou a voz dele por cima... realmente dava um certo prazer pensar nisso. 

Assim que voltou de seus pensamentos, sentiu que "alguém" ali em baixo estava meio levantado. Tae pegou sua mochila e levantou a mão.

- Sim, Kim Taehyung?

- E-eu posso ir no banheiro? Não estou me sentindo bem - falou corado em quanto a sala toda o olhava - 

- Claro.

Tae colocou sua mochila para frente para tentar cobrir e saiu rapidamente da sala de aula, foi correndo em direção ao banheiro. Ele preferiu ir ao banheiro do seu próprio quarto. 

 

(continua)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...