História SANGUE RUIM- verdades nunca reveladas - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Diversos, Lendas, Mitologia Grega, O Hobbit, O Senhor Dos Aneis, Percy Jackson
Visualizações 1
Palavras 680
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Me desculpem pelos erros, FOFINHOS ❤❤

Capítulo 5 - O QUE VOCÊ FEZ?


NARRADOR: ARWEN

Eu observava o céu acompanhado das estrelas que iluminava o mar, uma ótima vista. As harpas tocavam uma doce música e o vento parecia dançar no ar. Os olhos dela, são tao azuis, até que se encontram com os meus, seus olhos grandes e meigos, me peguei pensando " Como poderiam odiar um bebê? É um anjo" meu coração transborda de tristeza.

Mas eu estou aqui. Vou protege- lá até que minhas forças se esgotem, enfrentarei os deuses se possível. Dela eu não desisto nunca.

Elrond: Ela sabe disso- fala Elrond que acaba dando um leve susto em mim

- Pai!!- disse se virando para ele

Erd: Você é forte e seu espírito guerreiro, Arwen, não tenha medo do amanhã, creio que nada vai tira- lá de ti, você é determinada e corajosa, ela foi um presente de Caos pra você, não temas- acalma o coração dela

- Nunca vou me perdoá se algo de ruim acontecer com ela...Querida Aurora, roubou todo o meu coração e não terá um dia em que eu não me orgulhe de você, e que eu não a ame mais que agora- fala Arwen, que sela um beijo na bochecha dá menor.

Nada no mundo poderia quebrar o amor de Arwen, que acabou formando um laço entre elas.

(...)

6 anos depois

O sol brilhava com intensidade no céu, havia flores, borboletas e zumbidos de abelha, já chegou a primavera, estava um clima agradável, e eu estava sentada no gramado do campinho de Valfenda, observando Aurora brincar. Nós em Valfenda chamamos ela de Aurora como se fosse uma nova identidade, Renesmee significa renascer, renascer é aurora que significa amanhecer ou renascença, não há diferença. Ela colhe flores e vem correndo em minha direção.

Aurora: pra você,mãezinha- disse com um sorriso no rosto

- muito obrigado, são lindas- agradece sorrindo- Porque não pega aquela ali?- aponto para as tulipas que vejo na minha frente

Ela é tão doce, ficar perto dela é querer ama- lá, mas com muito cuidado, Aurora já começou a liberar seus poderes, CURA, foi o primeiro, uma vez ela caiu e ralou o joelho quando fui ver já tinha se regenerado, fiquei assustada com isso, ela já está começando a ficar forte.

NARRADOR: Aurora

Eu estava correndo pelo campinho sem me preocupar com nada,estava com meu gatinho Phillies nos braços, observava os pássaros cantando, os esquilos nas árvores, e as flores lindas de onde eu estava, adoro cheiro de madeira molhada, e de mel fresco.

Sem eu perceber já tinha me afastado do campinho, e continuei correndo, até ser surpreendida por um lobo. Eu parei, enquanto ele se aproximava.

- Fica longe de mim, por favor, fica longe de mim- eu suplicava para que ele fosse embora, e apertava o gatinho nos meus braços tentando proteger o pequeno- Por que não vai embora- tentei mais uma vez, e na mesma hora ele avança

???- Cuidado- gritou, quando vi já estava no chão, e alguém em pé, o lobo havia ido embora. Me levantei e percebi que sua mão tampava a outra.

- Está sangrando- disse vendo sua mão escorrendo sangue, tentei me aproximar mais ele se afasta- deixe- me te ajudar- disse, e ele acaba sedendo. Depositei minhas mãos sobre seu ferimento e quando percebi já estava fazendo o que me proibiram de fazer, o curei sem mais e sem menos.

???- O que você fez? Nossa que incrível- disse alegre olhando a mão

- Eu não deveria ter feito isso, meu irmão briga toda vez que eu uso- disse triste

Elijah: Foi incrível, foi muito legal o que você fez- sorrir- eu sou Elijah, qual seu nome?

- Aurora- disse timidamente

Elijah: Você é a irmã do rei, Prazer Aurora- apertamos as mãos

Arw: AURORA?- ouso alguem me chamar me viro e mamãe vem correndo em minha direção- eu fiquei preocupada, você está bem?que aconteceu? Me diga o que aconteceu?- diz desesperada

Elijah: Ela me curou, veja- mostra a mão cicatrizada pra ela

Arw: Ah não, Aurora sabe que não poderia fazer isso, o que Erold irá pensar, minha querida, mostrou seus poderes a ele

- Mamãe, apareceu um lobo, e ele feriu Elijah, eu não pude fazer nada e...

Arw: Tá bom, Tá bom, vamos pra casa

Continua..................


Notas Finais


Boa leitura 🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...