História Sans x Frisk-Meu idiota babá! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Sans X Frisk
Exibições 160
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Me perdoa?


Nadadora P.O.V

-É o que Sans...

Sans com um movimento rápido tranca a porta e puxa Frisk fazendo-o ficar em seu colo. Quando Frisk iria dar um tapa na cara de Sans, o mesmo se aproveita disso e prende o braço do menor e começa a beijar intensamente seu pescoço. 

-S-sans ha p...pa.... PARA!-O maior olha com um sorriso pervertido e inverte a posição-Sans mas que demônios deu em você?!

O maior não diz nada e enfia sua cabeça por baixo da blusa do menor e começa a lamber e a chupar toda a área. Frisk tentava com todas as forças afastá-lo, mas tendo apenas 13 anos contra um garoto com 18 anos fica difícil. Sans retira sua cabeça e olha Frisk se debatendo para sair.

-Ah Frisk... porque você não me chama de chave e deixa eu entrar na sua fechadura?

-É o-o-que?! Se quer me VIOLAR?! SOCORRO PEDÓFILO QUER...-Ele é calado com um beijo desesperado e intenso. Quando mais ele tentava se afastar, mas a língua de Sans percorria sua boca. Frisk não sabia o que senti agora, se sentia nojo ou se desfrutava daquela situação. Quando eles se separam Sans se aproxima do ouvido de Frisk e diz:

-Parece que você está desfrutando tanto como eu! Hehe...-Depois dessa risada o menor começa a "ralar" perto do membro do menor. Frisk já estava se deixando levar pelas carícias, lambidas e chupões quando avista Flowey com a cara de tipo "Tá PORRA! Frisk SERÁ violado!" Neste momento ele volta a si e da um forte tapa na cara de Sans e corre para o seu quarto junto com Flowey. Sans se da conta no que estava tentando fazer e logo uma pergunta aparece em sua mente "Eu estou gostando do pirralho...?". Já no quarto ao lado  um loiro estava tentando de maneira desesperada fazer com que o moreno parasse de chorar, afinal não era comum ele chorar, ele sempre foi um garoto forte em todas as ocasiões. 

"Frisk! Calma! Olha...eh.... isso significa que ele gosta de você!"

-P-pedófilos e-estupram.... v-violam... a-ambos os...s-sexos F-F-Flowey....-Fala entre soluços. 

"Oh Frisk..."

-E-eu não v-vou T-ter c-coragem d-de s-sair d-do quarto... AQUELE MONSTRO! TOMARA QUE ELE ARDA NO INFERNO!!!

O maior escuta o grito de Frisk e enfia a cara no travesseiro e começa a chorar.

"O que foi que eu fiz?"
*
*
*
*
No dia seguinte....
*
*
*

O albino estava fazendo o melhor café da manhã para se redimir com o moreno. Na bandeja tinha ovos, bacon, bolo, café, casadinhos e torradas. Ele não era um bom cozinheiro, mas fez tudo com o maior cuidado e delicadeza. 

"Knock Knock"

Sem resposta...

"Knock Knock"

-Quem....quem....é...?-Ao ouvir a voz rouca e quebrada fez o coração de Sans despedaçar. Apenas ouvindo esse tom de voz já fez a vontade de voltar a chorar, mas o momento era delicado demais para ele chorar.

-Me...

-Me quem...?

-Me desculpa por ontem...?

Sem resposta...

-E-eu fiz seu café... posso entrar?

Ele escuta passos e ganha esperanças, mas ele rapidamente as perde quando escuta um barulho de chave trancando a porta e logo em seguida uma risada repleta de dor e tristeza.

-Eu não vou ligar para a polícia, Sans... quando minha mãe chegar, vou falar tudo para minha ela... para que você sinta a dor que eu senti, de ser assassinado pela pessoa que você ama!

Ouvir isso foi como um tiro, tanto que ele deixou cair a bandeja. Ele cai de joelhos e começa a chorar descontroladamente gritando o nome do moreno...

"Frisk... perdoa ele... por esse choros está na cara que ele se arrepender! Ele apenas beijou seu corpo e..."

-É exatamente isso Flowey!

-Flowey...?-Sussurra Sans

-Você tem noção do que é ser tocado?! Tem noção no que é ter alguém tocando no SEU corpo?! Te marcando como se você fosse dele! EU PERDI A DROGA DO MEU BVL COM UM CARA DE 18 ANOS! 18 ANOS! Eu me sinto sujo Flowey... sujo... ele pode até não ter tocado nas minhas partes íntimas... mas se tivesse? Se você não tivesse aparecido e me despertado? Ele teria me tocado, certo? Teria "aumentando o nível", não é?

"...."

-Vou tomar isso como um sim!

"Eh... Frisk... Você sabe que não falou comigo pela mente, não é?"

-Estou pouco me lixando! Era para ele ESCUTAR mesmo! 

-FRISK ME PERDOA POR FAVOR! EU ME ARREPENDO! JOGA NA CARA DO QUANTO FUI IDIOTA ONTEM! MAS EU JURO! EU JURO QUE NÃO QUERIA! EU NÃO SEI O QUE DEU EM MIM ONTEM! EU... EU NÃO QUERO PERDER VOCÊ PORQUE DEPOIS DO MEU IRMÃO VOCÊ É A MELHOR COISA QUE JÁ ME ACONTECEU! ME PERDOA! ME PERDOA FRISK!

"Ele tem um irmão?" Foi o que passou pela mente de Frisk. "Você é a melhor coisa que já me aconteceu" isso foi uma declaração?" Frisk não sabia o que pensar naquele momento, mas seu coração o guiou para o caminho certo. Ele abriu a porta lentamente dando de cara com o chão repleto de comida e um adolescente com as mãos no rosto chorando muito. Tudo o que Frisk fez foi abraçá-lo. Ele levantou o rosto de Sans e colou o rosto dele no seu.

-Eu te perdoou Sans...

-Frisk... me desculpa também por isso?

-Pelo que-

Ele foi interrompido por um beijo calmo, um beijo sem luxuria, apenas inocente, um beijo repleto de amor. Frisk retribuiu esse beijo.... 

"Mano... ESSA é a cena yaoi mais linda que já vi!"

É Flowey e essa não será a última! 
*
*
*
*

Se passaram cinco dias desde o ocorrido, eles continuavam se beijando e dando celinhos(menos em público claro) e eles apenas diziam que era um "beijo de amigos" mas eles não sabiam que desde aquele dia a famosa semente do amor havia sido plantada em seus corações, quero dizer, Sans sabia que ele estava perdidamente apaixonado pelo seu moleque, tanto que seu amigo Alex estava dando todo o apoio. Mas e Frisk? Frisk estava confuso em relação aos seus sentimentos. 

*Megalovania*

-Oi Alex...

-Oi Sans! Me ligou?

-Como eu te contei estou apaixonado pelo meu Kiddo. A única coisa que me preocupa é ele... eu não tenho problema com esses homofóbicos de merda, porque o importante é minha felicidade e nem ligo para os policiais porque eu posso namorar com ele escondido. Mas e ele... se ele me rejeitar? 

-Olha... eu não acho que ele vai te rejeitar pois vocês se beijam de boas... que tal você ir no parque de diversões com ele e lançar seu charme e suas cantadas e no fim se declarar naquele banquinho ao por do sol?

-Alex... eu não sei o que faria sem você! Já vou comprar os ingressos! Valeu amigo!

-Disponha!

Um tempo depois

-O JAPA!

-QUE É COMIC SANS?!

-VAMOS PARA O PARQUE AMANHÃ!

-FODA-SE!

-P-PORQUE!

-BRINCADEIRA BEBÊ CHORÃO! QUE HORAS?

-AS 14:00! MAS PORQUE ESTAMOS GRITANDO?!

-POR QUE EU ESTOU NO BANHO!

-QUER QUE EU VÁ AÍ TE "MOLHAR"?!?

-TOMA NO CU!

-JÁ ESTOU SUBINDO AS ESCADAS~

-JÁ TRANQUEI A PORTA!

-MALDITO ;-;

-IDIOTA! HEHE!

-SEU IDIOTA!

-OK OK! MEU IDIOTA BABÁ! 

-ABRE A PORTA POR FAVOR?

-NUNCA!

-MAS VOCÊ DISSE QUE EU SOU SEU!

-MEU FILHO, SE FODA!

-POSSO ME FODER COM SEU NOME?!

-NÃO!

-ENTÃO POSSO TE FODER?

-SANS QUANDO EU SAIR DAQUI... EU VOU ENFIAR A PORRA DA MANGUERINHA NO TEU CU ATÉ SAIR ÁGUA PELA BOCA!

-A SUA MANGUEIRA? SERÁ UM PRAZER!

-SANS!

-TÁ PAREI!

 

 

 

 

 


-Abre a porta por favor?

-Eu VOU abrir a porta do seu CU!

-Eh frisk...

-Que foi?

-A porta tá aberta, né?

-Não

-Vou abrir para ter certeza!

NHECK

-SANS! SEU PUTO!

-Hehe... olá mentiroso~


Notas Finais


Esse foi mais capítulo! Por que não postei ontem? Porque como todos sabem férias é sinônimo de ajudar sua mãe não casa.... mas espero que tenham gostado! Muita zuckulencia ira rolar no próximo cap 7w7


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...