História Sarah Mikaelson -A Filha do Híbrido Original - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Allison Argent, Camille O'Connell, Damon Salvatore, Davina Claire, Derek Hale, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Isaac Lahey, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Liam Dunbar, Lydia Martin, Marcellus "Marcel" Gerard, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Scott McCall, Stefan Salvatore
Visualizações 88
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem por não ter postado no domingo, mais só tive tempo de terminar hoje.
Espero que gostem do capitulo!
Leiam as notas finais!

Capítulo 32 - Eu vou embora de New Orleans


POV. KLAUS

 

Quem a Sarah pensa que é para me desafiar na frente de todo mundo?

Acabamos de chegar em casa. O meu Dylan esta de volta em casa! Eu estava pensando em fazer uma grande festa para comemorar a volta do meu filho, mais ele disse que prefere um momento apenas com a família. Ele esta com medo que como os outros possam reagir, mais como eu imaginava todos ficaram felizes com a sua volta, todos menos a Sarah...

- Elijah, a Sarah esta em casa? – Pergunto e meu irmão volta a atenção para mim.

- Esta. Mais... o que aconteceu lá? A Sarah voltou muito irritada e parecia estar com uma cara de ressaca.

- Sabe como é irmão, Sarah e suas birras... Vou subir para conversar com ela. E Dylan. Fale para Cecilia, nossa empregada o que você ira querer para o jantar.

- Tudo bem papai!

Por que a Sarah tem que ser tão difícil assim? Tudo bem o Dylan errou, mais todos erram! E se eu consegui perdoar ele, não entendo por que a raiva dela. E o que ela falou na casa dos Salvatore...

- Sarah! – Falo batendo na porta. E ninguém responde, então descido entrar. – Não me ouviu chamando? – Falo entrando e vendo ela deitada na cama.

- Claro que ouvi, eu não sou surda! Só não estou com vontade de conversar!

- Olha aqui, eu entendo que você ainda esteja chateada com o seu irmão! Mais isso  não te da o direito de me tratar com quiser e essa sua birra acaba aqui! – Falo desabotoando o cinto e ela revira os olhos.

- Me poupe Klaus. Você não vai me machucar!

- Isso é o que vamos ver! – Falo a virando de bruços, mais quando vou dar a primeira cintada ela se vira e o cinto bate com força contra o braço dela.

- Eu disse que NÃO! – Ela fala e me joga contra a parede. Me levanto e vou até ela e agarro o seu braço, lhe dando mais duas cintadas.

- Me larga Klaus! – Ela grita novamente e se solta do meu braço, mais acaba escorregando e bate a cabeça na cabeceira da cama.

- Sarah! – Falo a levantando e vejo que o rosto dela esta coberto de sangue. – Desculpa filha eu não queria que isso...

- Sai daqui, me deixa em paz! – Ela fala, me empurrando e levanta com dificuldade.

- Tá bom, eu saio. Mais você precisa limpar essa ferida e eu quero você no jantar em 2 horas.

- Não finja que se importa! – Ela fala entrando no banheiro. Saio do quarto.

 

POV. SARAH

 

Entro no banheiro e olho no espelho, vejo que meu rosto esta todo ensanguentado, lavo o meu rosto e ponho um curativo no lugar do corte. Quando volto a olhar no espelho percebo a marca vermelha no meu braço. Se isso não curar logo, vai ficar roxo...

Cara, por que a minha relação com o Klaus tem que ser assim? Por que ele nunca fica do meu lado quando eu estou no meio de uma crise como essa? Estou começando a achar que voltar para New Orleans foi um erro...

O Dylan já esta de volta. O Arthur esta me odiando. O Klaus esta com raiva de mim. Acho que vou voltar para minha casa em New York, assim a Isa pode ficar mais perto do Matthew. E posso pedir para o Derek e os amigos dele se mudarem para lá também. Por que eu estou pensando isso? O Klaus nunca me deixaria ir embora de New Orleans agora que ele tem os quatro filhos juntos.

 

- Que bom que você veio jantar conosco! – O meu pai fala, quando entro na sala de jantar.

- Só deixando claro que estou aqui contra a minha vontade! – Falo.

- Klaus! Você fez isso com ela? – O Kol pergunta vendo o curativo e a marca roxa no meu braço levanta da cadeira irritado e preocupado ao mesmo tempo e vem me abraçar.

- Nem comece Kol, você sabe que ela mereceu! – Ele fala sem dar muita importância.

- Por que você bateu na Sarah? – O Dylan pergunta.

- Pode ir se acostumando irmãozinho, esse é o novo método do Klaus. Ou você obedece ou você apanha! Não é mesmo paizinho?

- Sarah...

- Sarah nada! Olha eu já estou cansada, eu sei que vocês acham que eu sou uma garota mimada ou uma louca que briga por qualquer bobagem e talvez eu posso ser. Que sabe não é mesmo? Mais depois que eu voltei para New Orleans a minha vida virou um verdadeiro inferno. A única coisa boa que eu ganhei depois de ter voltado foi a minha filha. E eu estou cansada!

- Sarah, você não vai ir embora! – O Klaus fala.

- Vou sim Klaus! Eu não posso mais pensar apenas em mim mesma. Agora eu sou mãe. Eu tenho uma filha! E eu estou tentando aprender a ser mãe, afinal de contas eu não tive uma. Eu não sou mais uma criança Klaus então eu posso muito bem decidir sozinha o que é melhor para mim. E eu não quero que a minha filha cresça no meio de uma família complicada como é a nossa...

- Você tem vergonha da nossa família? Olha aqui Sarah, tudo o que nós fazemos é pelo bem de vocês! – O Klaus grita.

- Não é isso Klaus... Eu não preciso que você fique me protegendo o tempo todo, eu já posso me cuidar sozinha.

- Sarah, a Isabella é minha neta e eu não vou deixar que você leve ela para longe para que ela seja criada longe da nossa família.

- Desculpe Elijah, mais a filha é minha e eu descido o que é melhor para ela. – Falo e estalo os dedos e todos na cozinha desmaiam. Pego o meu celular e ligo para o Derek.

 

Ligação On

 

DEREK: Oi Amor

SARAH: Oi Amor, eu estou saindo de New Orleans.

DEREK: Como assim? O que você esta falando Sarah?

SARAH: Eu vou embora de New Orleans. Eu acho que vou voltar para New York, eu tenho uma casa lá. Eu quero que você se mude para lá com os outros.

DEREK: Você quer que eu me mude para lá? Calma Sarah, precisamos pensar antes de qualquer coisa.

SARAH: Tá bom, eu vou tirar uns dias para mim pensar e depois vou buscar a Isabella e então conversamos. Tchau.

 

Ligação Off

 

Vou tirar uns dias para pensar e talvez me divertir um pouco também. Estou pensando em... Lebannon, Kansas. É isso!

 

Continua...


Notas Finais


Oi gente... Bom, eu e a ~LexiCaffrey conversamos e como vocês gostaram tando do spin-off que fizemos na festa da Sarah e do Arthur, nós resolvemos fazer outro!
Então o próximo capitulo terá novamente o spin-off entre "Sarah Mikaelson -A Filha do Híbrido Original" e "Construindo uma família" <3
E então, gostaram da novidade?
Comentem o que acharam do capitulo.
Se não estiverem gostando de alguma coisa podem falar.
Beijos e Abraços e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...