História Saranghae, oppa. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung
Exibições 51
Palavras 1.348
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAARR!!! Me desculpem pela demora ;-; espero que gostem do novo capítulo <3

Capítulo 7 - Ramen


Fanfic / Fanfiction Saranghae, oppa. - Capítulo 7 - Ramen

~Seul / 12:15 pm ~

Entramos no restaurante de mãos dadas, logo Jungkook é reconhecido com sorrisos alegres e comentários em voz baixa. Porém os "sorrisos alegres" se vão, quando percebem que a sua mão segura a minha. Automaticamente fico incomodada e abaixo minha cabeça, ele nota meu incômodo, entrelaça nossos dedos e leva minha mão aos seus lábios dando pequenos beijinhos, oque me faz dar um sorriso fazendo Jeon olhar pra mim e piscar de um jeito completamente fofo. Estou loucamente apaixonada por ele.

Sentamos em uma mesa que fica perto da janela, fico admirando a vista enquanto ele olha o cardápio. 

???: - Oooh! Jungkookie-oppa!! - escuto uma voz melosa e fina gritando o nome do meu namorado. A atenção de todo o restaurante se volta para nós e para uma mulher que vem correndo igual uma gazela enquanto acena para Jungkook. Ela é alta, tem os cabelos castanhos, e um decote que MEU DEUS... Como é possível alguem sair de casa daquele jeito? Kookie olha para ela e acena com a cabeça, sorri e vira sua atenção de volta para mim, como se estivesse evitando aquele ser humano praticamente semi nu. Porém o seu "desprezo" não basta e ela continua vindo em nossa direção. Chega até nós e coloca as duas mãos na mesa se jogando para a frente, deixando a mostra todo o decote e claramente se insinuando para o meu homem.

Pensamento {on}

Eu vou dar na cara dela. Saia daí se não quiser morrer queridinha.

Pensamento {off}

Jungkook esta claramente envergonhado com toda a cena que ela criou.

???: - aaah, Jungkook... - ela diz quase gemendo. - estava morrendo de saudades de você. À quanto tempo a gente não se vê?- ela diz enquanto se joga mais ainda em cima dele, será que eu sou invisível? Só pode.

Jungkook: - é muito bom vê-la Ji woo - Jeon Jungkook um homem de classe que não sai da pose, independente da situação. Fico feliz com o jeito frio que ele a trata e dou um sorriso por trás do cardápio, a mesma vê a minha reação e imediatamente afasta a mesa e se senta no colo de Jungkook.

Ji Woo: - eu quero você Jungkookie - oppa... Seja meu, só meu.

Jungkook: - Oque e-está fazendo??? - ele pergunta espantado com tudo que estava acontecendo. Escuto o restaurante inteiro fazendo aquele típico "oooooh!" eu apenas me levanto silenciosamente, coloco meu guardanapo na mesa e saio andando até a porta com toda classe. Eu sei que a culpa não é dele mas se eu ficasse lá iria quebra a cara dela no chão. Estou faminta, estressada e na TPM. Começo a chorar, as lágrimas começam a rolar no meu rosto e eu não posso fazer nada para parar isso. Comecei a namorar o Kookie a um dia e já passei por uma situação dessas. Fico olhando os carros passarem quando sinto um abraço vindo por trás de mim e beijos molhados no meu pescoço e bochecha. São de Jungkook. Seus braços na minha cintura e mãos na minha barriga. Ele enterra o rosto no meu pescoço e eu sinto a sua respiração quente contra a minha pele. Fico assim por mais uns segundos e me viro para beija-lo. 

Jungkook: -me desculpa. - ele sussurra entre o nosso beijo.

- não tem pra que se desculpar, eu deveria ter ficado lá e avançado nela... - ele ri do meu comentário e me puxa para mais perto, suas mãos descem até o final das minhas costas, deixando nosso beijo mais quente.

- hmm... E-estamos n-no meio da r-rua. - eu digo enquanto coloco a mão na sua nuca.

Jungkook: -que merda, é mesmo.- ele diz enquanto se afasta de mim e me dá um selinho. Depois pega a minha mão e sai andando silencioso, virando o rosto para os lados como se estivesse procurando alguma coisa. Até ele que ele para e olha para um restaurante de ramen e me puxa até lá. É um lugar pequeno e aquecido. Tem um cheiro ótimo de comida caseira e carne de porco. Sentamos em um balcão e pedimos duas tigelas do mais completo ramen do local, estamos esfomeados. Minhas mãos estão em cima do balcão, Kookie aproxima a sua mão e segura a minha. 

Jungkook: - Queria que fosse um almoço especial. - ele diz fazendo bico.

- eu já falei pra você o quanto eu prefiro ramen do que comida francesa?? - eu digo abrindo bem os olhos e mordendo o lábio inferior. 

Jungkook: -é tão facil te agradar babygirl... -  esse "babygirl" me arrepiou da cabeça aos pés - no karaokê você ficou feliz só com um carinho que eu fiz em você.- ele completa.

- qualquer coisinha que você faça é especial... Daddy.- digo essa última palavra olhando para Jungkook, minhas bochechas estão vermelhas e as de Jungkook estão piores que as minhas. 

- Você é tão lindo... - acabei falando meu pensamento em voz alta. Só vejo que Jungkook está ficando cada vez mais vermelho.

Jungkook: - você é tão linda. - ele diz enquanto aperta bem os olhos e coloca as mãos no rosto de forma fofa. 

- se continuar fofo desse jeito eu vou acabar te apertando, seu lindo! - eu digo enquanto passo a mão direita no seu cabelo. Fazendo ele tirar as mãos do rosto e me dar um beijo surpresa. Que eu logo retribuo. Nosso pedido chega e nos comemos rapidamente.

Jungkook: - caramba! Eu estava com uma fome! - Ele diz passando a mão na barriga. Eu concordo com a cabeça. Kookie paga e saímos andando pelas ruas de mãos dadas. Paramos em uma banca e compramos mangás, Jungkook compra o volume de "One Punch Man" que faltava na coleção dele e sai feliz como uma criança enquanto rasga o plástico e abre o mangá, cheirando as páginas em seguida. 

 - você tem a mesma mania que eu, a de cheirar livros e mangás novos. - eu digo rindo, ele olha pra mim todo feliz.

Jungkook: - quer conhecer o meu apartamento? - ele diz olhando para mim, que imediatamente coro, ele percebe que acabei maliciando o seu convite. - os outros meninos também moram lá, fica tranquila. - ele completa.

-  Oppa... Eu sei que você não faria nada comigo se eu não concordasse primeiro. - digo lhe beijando em seguida. 

*QUEBRA DE TEMPO* 

Estamos subindo para o apartamento de Jungkook, ele divide com todos os meninos do BTS, então lá deve ser bem grande. O elevador para no trigésimo andar. Só tem uma porta no corredor, é o único apartamento. Ele abre a porta e eu vejo que o lugar é maior do que eu pensava, estou fazendo uma cara de surpresa. Kookie vai até o sofá e chama para que eu sente com ele, enquanto bate na sua perna. 

Pensamento {on}

Ele quer que eu sente no colo dele? 

Pera...

ELE QUER QUE EU SENTE NO COLO DELE?

MEU DEUS DO CÉU BERG

Pensamento {off}

Vou até ele sento no seu colo, olho para Jungkook e ele tinha virado um tomate de tão vermelho. 

Pensamento {on}

MEU DEUS NÃO ERA NO COLO.

ELE VAI PENSAR QUE EU QUERO OUTRAS "COISAS" 

OU QUE EU SOU UMA TARADA 

Pensamento {off}

Eu encaro o chão.

Jungkook: - e-era p-pra s-sentar no sofá- ele diz envergonhado. 

Eu já ia levantando do seu colo quando sinto as mãos de Jungkook segurando minha cintura.

Jungkook: - mas eu não disse que era pra sair. - ele diz enquanto morde os lábios e me encara, logo em seguida me beija ferozmente. Ele me joga no sofá, Jeon esta por cima de mim e estamos nos beijando, abro dois botões da sua camisa e passo umas das mãos por seu peito. Acabo soltando um gemido sem querer, que faz ele sorrir cheio de malícia. Porém escuto passos e risadas no corredor e me lembro que não temos vizinhos. Então só podiam ser os meninos. 

- Oppa? Os meninos estão chegando... - ele se levanta fecha os dois botões da camisa e se senta educadamente no sofá, eu passo os dedos pelos meus cabelos curtos, na esperança de arruma - los. Logo a porta abre e os meninos entram e falam comigo.


Notas Finais


OPAAAA 🌚🌚🌚 TUDOBOM?
fiquem com esse capítulo maravelhoso 🌚🌚
Até amanhã pessoal :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...