História Sasuke Uchiha - Amizade e Amor. - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Amizade, Naruhina, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 108
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoas
Me desculpem pela demora, é que eu estou bastante ocupada com a faculdade, e como é meu ultimo período eu fiquei muito ocupada mesmo, então me perdoem ok ..

Aquiiii está mais um cap para vcs e eu espero que gostem :)
agora que estou mais livre eu vou escrever regularmente.

Eu ainda estou adaptando o novo modo de escrita.
A foto que eu botei não é o Sasuke como podem notar, mais é bem parecido com ele até na personalidade. se quiserem saber sobre ele me perguntem nos comentários okay ..
Mil beijos para vcs e até o próximo..

Capítulo 13 - Ela não sai da minha mente.


Fanfic / Fanfiction Sasuke Uchiha - Amizade e Amor. - Capítulo 13 - Ela não sai da minha mente.

 

Início da ligação.

-Fala Dobe.

-Oi Teme, já faz alguns dias que eu não te irrito, então estou te ligando. -Falou Naruto em um tom divertido.

-Hum... -murmurei

-Como você está e como foi seu primeiro dia na empresa?

-Dobe você não tem ideia do que me aconteceu e do que eu vou ter que suportar daqui em diante.

-O que aconteceu? -Perguntou curioso.

-Sua prima Karin está trabalhando na KMS Haruno exatamente no meu setor. -Desabafei

-Não acredito... é sério? -Berrou o Uzumaki.

-Seríssimo... e ela veio me pedir desculpas pelo passado, mandei ela ir embora antes que eu me aborrecesse ainda mais. -Comentei sério.

-Não acredito que ela teve a cara de pau de te pedir desculpas depois do que aconteceu entre você e ela no passado, ela devia ter ficado na dela. -Comentou o Uzumaki levemente irritado com a atitude da prima.

-As desculpas dela para mim não valem de nada agora, e também por que eu não quero nada com ela jamais, eu não sinto mais nada por ela e a única pessoa que me importo no momento é a Sakura.

-Ei você não se importa comigo? -Fingiu voz de choro.

-Claro que me importo, eu estava falando no quesito da minha vida amorosa, Dobe. -Falei divertido.

-Eu entendi seu Baka, como estão indo as coisas com a Sakura?

-Estão bem, nós almoçamos juntos hoje e eu pedi que ela falasse com os pais dela para que eu possa pedir ela em namoro adequadamente.

-Mais já? Caramba você realmente gosta dela, não é?

-Gosto Dobe, mais do que eu quero admitir, eu não sei o que está havendo comigo, eu nunca falo sobre os meus sentimentos, você sabe muito disso, porém, com ela eu não sinto nenhuma vontade de esconde-los.

-Era isso que eu queria a muito tempo, queria que você vivesse e começasse a amar outra pessoa, que esquecesse do passado e abrisse seus olhos para o futuro. Você é meu melhor amigo e eu quero te ver sempre feliz e se é a Sakura que te proporciona isso, não vejo problema em ser tão rápido, contanto que você não se magoe para mim está ótimo. -Falou sério. (Caramba o Dobe pareceu até poeta agora hahaha).

-Naruto, francamente você já pensou em se tornar poeta? -Falei em tom brincalhão.

-Não enche. Teme! Você entendeu o que eu disse? -Bradou irritado.

-Eu entendi seu baka, eu sei que foi rápido, mas é que eu não quero que ninguém se aproxime dela, quero ser oficialmente o namorado dela então eu tenho que conversar com o senhor Haruno.

-Isso me faz lembrar de quando fui pedir a Hinata em namoro para o senhor Hiashi, quase enfartei de tão nervoso. -Comentou o Uzumaki.

-É eu lembro, eu ri muito da sua cara de baka morrendo de medo, o Tio Hiashi não é tão assustador assim.

-Fale por você... Sasuke quando o Itachi volta? -Perguntou curioso.

-Ele volta no sábado, eu vou busca-lo no aeroporto.

-Posso ir com você? -Perguntou animado.

-Claro, vem dormir aqui em casa na sexta à noite e pela manhã vamos ao aeroporto.

-Por mim tudo bem, a Hina e a Sakura vão para outra cidade, e já que vou ficar sozinho não tem problema eu ficar aí. (O que?)

-O que elas vão fazer em outra cidade? Por que? E com quem? -Indaguei sério.

-Calma senhor possesivo, elas vão para assistir uma palestra e só voltam no sábado à tarde, vão com a turma delas de administração. Eu sei muito bem que a Hina é o seu xodó e a Sakura em breve sua namorada oficialmente, mas não precisa ficar tão nervoso.

-Não estou sendo possessivo. -Falei emburrado. (Mentira, eu estou sim.)

-Está sim, mesmo que não admita.

-Está bom, olha eu tenho que dormir tenho trabalho amanhã cedo.

-Tudo bem, até sexta.

-Até. -Falei já desligando o celular.

Fim da ligação

Eu me levantei no sofá e rumei para o meu quarto, peguei uma toalha e fui para o banheiro. Coloquei a cabeça debaixo do chuveiro e deixei a água morna cair sobre a minha cabeça, e enquanto a água escorria queria que meus pensamentos fossem levados por ela, era ela que estava a pensar, na mulher de cabelos róseos e olhos verdes, pode parecer muito precipitado da minha parte querer namorar com ela e eu já sei que faz pouco tempo que nos conhecemos, mais eu quero conhece-la mais ainda, sair juntos, viajar juntos e muito mais coisas divertidas. E não quero que a família dela se preocupe com ela quando ela estiver comigo, vou fazer de tudo para que ela seja feliz  junto a mim.

Fechei meus olhos e lembrei do nosso primeiro beijo, eu realmente não consegui controlar meus movimentos quando notei já estava com meus lábios selados nos dela, ela não negou, nem me afastou, ela assim como eu está deixando rolar, imprudentemente lembrei dela com aquele biquíni vermelho, eu que pirei naquela hora, (Me desculpe a palavra Sakura) -Ela estava gostosa pra caralho, nem pisquei enquanto ela descia as escadas em minha direção. Me senti quente, abri os olhos e a água ainda escorria pelo meu corpo, quando olhei para baixo e avistei meu membro que estava pra lá de rígido, não acredito que com apenas alguns pensamentos eu fiquei desse jeito, (Você ai deve tá pensando “Sasuke pervertido”, mais fazer o que? Eu sou homem e não transo a sei lá quanto tempo, (Ai você me pergunta “Sasuke o que você vai fazer? “, Eu? Eu vou completar o serviço logicamente).

Eu diminui o fluxo da água do chuveiro e desci uma das minhas mãos até o meu membro que eu já estava sentindo pulsar, não conseguia controlar meus pensamentos que me levam a pensar na Sakura na minha cama, gemendo e pedindo por mais. Eu me toquei pensando somente nela, ela é a dona dos meus pensamentos, lembrava da sua voz calma, do seu cheiro de cereja, seu jeito meigo tudo isso e muitas coisas nela são atraentes para mim, cheguei ao meu apse ao lembrar do beijo quente de hoje à tarde, estava ofegante e com as bochechas coradas, cada arfada eu gemia o nome dela. Terminei meu banho, peguei a toalha e caminhei até o meu quarto enxugando meu cabelo, fui até o guarda roupa peguei uma boxer branca e vesti, caminhei até a minha cama me jogando nela me cobrindo em seguida e adormecendo.

Acordei no dia seguinte com alguém tocando insistentemente a campainha, caminhei até a porta a contragosto e irritado por me acordarem tão cedo, eu só iria para a empresa as 09:00 horas hoje e estão batendo na minha porta as 07:00 da manhã, (mais que merda), abri a porta dando de cara com quem eu menos esperava ver agora de manhã.

-Bom dia Sasuke! -Disse uma certa garota de cabelos róseos.

-Não merece um bom dia, não ainda. Você está andando muito com a Hina e pegando os costumes dela de me acordar quando eu não quero. -Falei debochado.

-Me desculpe por ter te acordado. -Ela disse e em seguida corou totalmente.

-Não precisa pedir desculpas, Bom Dia. Por que você está tão vermelha? -Perguntei confuso.

-É…é que...você está somente de boxer -Falou gaguejando e apontando para a mim.

Foi aí que dei por mim que estava apenas de boxer e ainda mais branca para piorar a minha situação, corei na hora.

-Me desculpe Sakura, esqueci totalmente eu vou lá para dentro colocar uma roupa adequada, pode entrar. -Falei já me virando.

-Sem problema e bela bunda kkkk – Falou a Haruno entre risadas. (Já posso morrer autora, Sakura pagando de santinha mais na verdade ela quer meu corpo nu).

-Para com isso, está me deixando sem jeito. -Falei totalmente sem graça.

-Qual é o problema em eu elogiar sua bunda? Ela é tão linda que eu estou com vontade de dar umas palmadas, a visão do paraíso ela apertadinha nessa boxer branca, para de passear e vai colocar uma roupa. -Disse com um sorriso claramente malicioso.

-Nossa! Quero saber o que você fez com a Sakura quietinha e coradinha? -Questionei intrigado.

-Está aqui dentro. -Falou apontando para ela mesma. -Eu tenho meus momentos, seja eles ousados ou não.

-Entendi. -Falei indo para o quarto.

Tomei banho e me vesti para ir para o trabalho. Saí do quarto pronto peguei minha mochila, meu celular, carteira, chaves e chamei a Sakura para tomar café em uma cafeteria perto da empresa.


Notas Finais


já leram lindos e lindasss

Espero que tenham gostado.
Deixem seus coments e seus recadinhos que eu amo ver ...

bjs e até o proximoooo..

Meu Facebook para quem quiser entrar em contato comigoooo
https://www.facebook.com/profile.php?id=100014550335388


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...