História Satoshi e Serena, história de amor melhor do que crepúsculo - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Alain, Alexa, Ash Ketchum, Bertha, Bianca, Bill, Blue, Bonnie, Brendan, Brianna, Brock, Cameron, Caroline, Celebi, Charizard, Cheren, Cilan, Clemont, Concordia, Crystal (Misao), Curtis (Tetsu), Cynthia, Daisy, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Diantha, Drew, Eevee, Erika, Fantina, Fennekin, Gardevoir, Gary Carvalho, Georgia, Giovanni, Grace (mãe de Serena), Gray, Grey, Harley, Harrison, Hilbert, Iris, James, Janine, Jenny, Jessie, Kenny, Khoury, Koga, Korrina, Kris, Lance, Lawrence III, Leaf (Green), Lorelei, Lt. Surge, Lucario, Lucas, Lyra, Max, May, Meowth, Mew, Mewtwo, Misty, Morana (Drago), Morrison, Nando, Nate, Norman, Oshawott, Paul, Personagens Originais, Pidgey, Pikachu, Professor Birch, Professor Carvalho, Professor Elm, Professor Sycamore, Professora Juniper, Red, Riolu, Ritchie, Sabrina (Natsume), Sapphire Birch, Sawyer, Serena, Shauna, Skyla, Super Nerd, Taylor, Tierno, Tobias, Tracey Sketchit, Trevor, Tyson, Ursula, Wally, Zoey
Tags Amor, Amourshipping, Ash, Crepusculo, Filho, Kalos, Melhor, Pokémon, Que, Romance, Satoru, Satoshi, Serena
Exibições 197
Palavras 2.549
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Segue ai o capítulo 11

Tenham uma boa leitura e espero que gostem

Se realmente gostar comente falando o que achou, e favorite para acompanhar os próximos capítulos o/

Capítulo 11 - Voltando para casa... A culpa do Satoshi


Fanfic / Fanfiction Satoshi e Serena, história de amor melhor do que crepúsculo - Capítulo 11 - Voltando para casa... A culpa do Satoshi

Já no centro pokémon falei para o Satoshi sobre a aparição da Akemi. Falei então para irmos almoçar e depois ir direto para minha casa... Lá ela não iria perturbar... Comemos e pegamos um táxi...

Demos o endereço para o motorista e ele logo foi nos levando

Motorista- Eu conheço vocês... Você é a garotinha que ganhou a chave e você é o garoto com o Greninja diferente não é?

Serena- Sim...

Satoshi- Você lembra de mim?

Motorista- Claro, eu vi vocês dois se beijando na TV. Mas não sabia que vocês estavam namorando

Eu fiquei vermelha e falei

Serena- N-Não estamos...

Satoshi- Não?

Serena- C-Como assim Satoshi?

Satoshi- Não sei, se todo mundo diz isso deve ser verdade não é? Só não sei o que namorados fazem

Motorista- (Risos) Você deve ser muito ingênuo rapaz, com uma moça tão bonita do seu lado e não sabe nem como é um namoro?

Satoshi- Na verdade não... Como é?

Motorista- Bom é-

Serena- Não fala... Ele vai descobrir... E Satoshi, não estamos... N-Namo-rando...

Eu fiquei super vermelha dizendo isso e desviei o olhar para a janela do carro. O motorista percebeu e disse...

Motorista- Entendi... Mas garoto, eu sou de Alola... Eu lembro de você por lá. O que aconteceu?

Satoshi- Eu sai de lá antes da liga... Eu tive alguns problemas... Eu não gosto de falar disso...

Motorista- Foi por causa do acidente com as Ultra Beasts?

Satoshi- Não quero falar sobre isso...

Motorista- Tudo bem... Desculpa

Eu olhei pro Satoshi e vi no olhar dele que algo tinha acontecido... Eu nem notei que ele estava tão mal assim por dentro... Eu não sabia o que era... Mas iria descobrir...

Fiquei conversando com o motorista um bom tempo, o Satoshi falou muito pouco. Ele olhava pela janela do carro enquanto Pikachu dormia no seu colo... Depois de 1 hora e meia de viagem chegamos na minha casa. O Satoshi pagou o motorista e ainda deu uma boa gorjeta, o motorista então nos deu o telefone dele e disse que qualquer emergência de viagem, era só ligar que ele ajudava... Eu e o Satoshi entramos no jardim e fomos recepcionados pelo Rhyhorn e o Fletchinder... Entramos e encontramos a minha mãe

Serena- Mãe, cheguei

Grace- Mas já?

Serena- A gente decidiu vir cedo por causa de alguns problemas...

Grace- Já almoçaram?

Serena- Sim, a gente só não deu comida para os pokémon... Será que posso fazer alguns Poké Puffs?

Grace- Deixa que eu faço, eu já to com a massa pronta na geladeira. Fiquem a vontade... E Satoshi não repara a bagunça, é que eu tava viajando e quando cheguei deu preguiça de arrumar

Satoshi- Tá tudo bem, e nem tem bagunça aqui comparado ao meu quarto...

Grace- (Risos) Serena, suas coisas estão lá no seu quarto

Serena- Ok... Satoshi vem comigo... Quero te mostrar uma coisa...

Satoshi- Ta bom

Grace- Ei, os dois sozinhos no quarto? Deixem a porta aberta viu

Serena- Mãe...

Grace- É brincadeira, podem fazer o que quiser... O que quiser não, nada de bagunça viu

Serena- Tchau

Eu subi as escadas e Satoshi veio logo atrás, abri a porta do meu quarto e vi as malas ao lado da cama. Eu abri uma das malas e procurei por algo que eu tinha guardado... Foi quando eu achei a caixinha... Era uma caixa pequena para média, o Alain que me entregou e disse para eu entregar ao Satoshi porque pertencia a ele... Eu tinha me esquecido disso... Aquilo estava comigo a uns 2 anos e não tive a chance de entregar. Eu tirei a caixa da mala e botei ela na cama. Subi na cama e o Satoshi sentou nela também...

Serena- Isso aqui é seu...

Satoshi- É um presente?

Ele pegou a caixa

Serena- Na verdade não... Não é meu... O Alain foi até Hoenn dois anos atrás e me entregou. Disse que não encontrou você e que era para eu te entregar isso... Ele disse que é algo que te pertence

Satoshi- Me pertence?

Serena- Sim, eu nunca abri para ver o que era... Até porque eu tinha esquecido. Mas lembrei hoje disso e decidi te entregar já que você tá aqui

Ele abriu a caixa e dentro tinha uma carta e outra caixa preta. Ele abriu a carta e começou a ler em voz alta

"Satoshi, isso que te entrego é algo que encontrei. Não considere isso um presente, porque isto estava destinado a você desde que batalhamos na final da conferência de Kalos. Espero que aprenda a usar isso, pois estou ancioso para ver como isso funciona em suas mãos... Espero te ver logo, ou não... Mas quando nos encontrarmos de novo vamos ter uma nova batalha, e você vai ter que usar isso."

Ele então abriu a caixa e tinha uma Key Stone e uma mega stone

Satoshi- Isso é... Uma key stone e uma mega stone (nota do autor: A Serena acabou de pensar isso mister obvious)

Serena- Mas porque ele te deu isso?

Satoshi- Não sei... Nem sei de qual pokémon é essa mega stone...

Foi quando lembrei do estudo do professor Sycamore. Peguei meu computador e fui no site dele e procurei por mega stones... E acabei encontrando

Serena- Me da ai a mega stone

Ele me entregou... Eu fui olhando as fotos e achei uma igual...

Serena- Aqui... O nome dessa é Charizardite Y...

Satoshi- Y?

Serena- Sim, a azul que é a que o Alain tem é a Charizardite X

Satoshi- Entendi...

Serena- O Trevor tem uma também... Lembra que ele usou na liga? Contra o próprio Alain

Satoshi- Lembro... Será que ele me ajuda a usar?

Serena- Eu posso perguntar... Mas só se você me contar o que houve em Alola, para você ficar daquele jeito no taxi...

Ele me olhou rápido e desviou o olhar, nesse momento minha mãe gritou lá de baixo

Grace- Serena, me ajuda aqui com os Poké Puffs

Eu falei

Serena- Já vou...

Eu olhei para o Satoshi e falei

Serena- É bom você me contar depois... Você não é mais uma criança, e nem tá sozinho por aqui...

Eu levantei e fui ajudar minha mãe, mas antes eu dei uma espiada no quarto e vi o Satoshi sentado olhando para o nada... Pikachu subiu na cama e falou alguma coisa para ele. Eu desci e deixei os dois lá...

Cheguei na cozinha e minha mãe falou

Grace- Me ajuda a fazer a massa dos... O que foi?

Serena- O Satoshi tá estranho... Ele parece triste...

Grace- Não notei isso

Serena- Ele fica quando alguém pergunta sobre Alola, uma região que ele visitou... Ele não fala sobre isso e não sei o que fazer...

Grace- Se ele não fala não deve ser tão grave

Serena- Mãe o Satoshi é teimoso... Se ele tiver com febre de 40 graus ele fala que tá bem... Eu quero ajudar ele de algum jeito

Grace- Vai ver ele conheceu outra garota e ta confuso

Serena- MÃE...

Grace- É verdade Ue... Ele é lerdinho mas ele também tem sentimentos... E o amor pode ser um deles...

Aquilo me preocupou muito... Se fosse mesmo outra garota, o que eu faria? Se ele gostasse dela de verdade? Fiquei avuada pensando essas coisas quando minha mãe falou

Grace- Serena? Você sabe que foi brincadeira né?

Serena- Mas e se for verdade?

Grace- Filha... Se fosse outra garota ele não estaria nem aqui... Deve ser só uma fase...

Serena- Tomara... Mesmo assim quero ajudar ele de algum jeito...

Eu fui então ajudar minha mãe com tudo que ela precisava. Chamei o Satoshi e nos demos a comida para os pokémon. Ficamos na sala vendo TV... Um filme de ação passava onde vários pokémon's lutadores levantavam grandes pedras. Satoshi ficou sentado no chão assistindo com Pikachu e acabaram dormindo. Eu e minha mãe fomos então fazer o jantar...

Ficamos lá preparando tudo e conversando...

Grace- O que você pensa em fazer?

Serena- Como assim?

Grace- Para o Satoshi falar o que tem...

Serena- Não sei... Eu disse para ele me dizer o que aconteceu... Talvez uma hora ele venha me dizer.

Grace- Será que foi algo grave?

Serena- Se foi eu vou saber... Ele me contando ou não...

Grace- Como?

Serena- Tenho o número do professor Carvalho... Mas antes quero falar com uma pessoa que me intrigou um pouco

Grace- Quem?

Serena- Depois eu digo... Vou usar o Poké Phone... Você cuida de tudo por enquanto?

Grace- Você é a intrusa aqui

Eu subi para o meu quarto e tranquei a porta. Fui ao Poké Phone e liguei para a tal Iris... Ela logo atendeu

Iris- Olá... Quem é você?

Serena- Você é a Iris?

Iris- Sou eu sim...

Serena- Eu sou a Serena, sou amiga do Satoshi

Iris- Então você é a famosa Serena... Você é bem bonita mesmo...

Serena- Obrigada... Você sabe quem eu sou?

Iris- Claro, o Satoshi me falou sobre você

Serena- O Satoshi?

Iris- Sim... Mas como conseguiu meu número?

Serena- A Senhora Delia me passou... Eu queria falar com você

Iris- Porque, o Satoshi fez alguma coisa?

Serena- Não sei... Mas ele anda um pouco estranho, até triste.

Iris- O Satoshi triste?

Serena- É... Ele disse que queria juntar todos os amigos que viajaram com ele... Decidi realizar isso em Kanto e queria saber se você pode ir...

Iris- Claro que posso, mas quando vai ser?

Serena- Daqui a 18 dias mais ou menos, não tenho tudo certo porque não sei se todo mundo vai poder ir... E também queria ajuda sua para chamar os amigos dele de Unova... Se não me engano você viajou com ele não é?

Iris- Sim... Pode deixar, eu vou e levo todo mundo. Mas me diz... Vocês já estão namorando ou ele continua lerdo?

Eu fiquei vermelha e falei

Serena- A-Agora eu tenho que ir... Tchau

Eu desliguei antes que ela falasse qualquer coisa. Eu então peguei meu computador e procurei o número do professor Carvalho... Eu acabei encontrando outra coisa... Uma propaganda de viagem para Alola... Eu fui curiosa e apertei na propaganda... Lá apareceu fotos de Alola e de pokémon's que eu nunca vi... Eu então pesquisei "acidente em Alola"... Foi quando tive uma surpresa...

Uma das notícias diziam " Ultra Beasts ataca escola do Professor Kukui. Um de seus alunos despertou o ódio de um deles o tentando capturar e a Beast se descontrolou... A Beast foi controlada e o garoto saiu de Alola"

Eu tentei saber mais sobre isso mas não consegui... Até achar uma foto do Satoshi em Alola com uma coruja pequena... E ao lado dele uma garota loira muito bonita... Nesse momento o Satoshi bateu na porta

Satoshi- Serena... Sua mãe está te chamando

Eu fechei o computador e falei

Serena- Já vou...

Satoshi- Porque trancou a porta?

Serena- Eu to trocando de roupa

Satoshi- Ok

Ele saiu descendo as escadas... Fiquei bem pensativa com aquilo... Invés de ter alguma noção de tudo, eu fiquei mais confusa. Abri a porta do quarto e desci as escadas... Vi o Satoshi sentado no sofá e falei...

Serena- Satoshi... Posso falar com você um minuto?

Ele se virou e me olhou falando

Satoshi- Claro...

Serena- Vamos lá fora

Satoshi- Mas e sua mãe?

Serena- Ela pode esperar um pouco...

Eu avisei minha mãe e sai, o Satoshi veio com o Pikachu logo depois. Eu fui andando um pouco e parei esperando ele... Ele logo chegou perto e falei

Serena- Você vai me contar o que houve em Alola ou não?

Satoshi- Serena...

Serena- Eu sei sobre o acidente com o Ultra Beast ou seja lá o que seja isso... Você vai me contar o que aconteceu?

Satoshi- Eu não gosto de falar disso...

Serena- Porque não?

Satoshi- Porque... Porque... Eu não gosto

Serena- Satoshi...

Satoshi- Olha... Só o que posso dizer é que eu estraguei tudo

Serena- Porquê?

Satoshi- Eu queria resolver um problema e piorei tudo... Fui irresponsável e quero me tornar mais maduro... Eu só não sei como fazer isso... Estou bem confuso com tudo...

Serena- Você não vai me dizer o que fez?

Satoshi- Eu posso contar... Mas não gosto de lembrar disso...

Serena- Se você não contar para ninguém nunca vamos poder ajudar...

Ele me olhou e falou

Satoshi- Eu ouvi você conversando com a sua mãe...

Serena- O que você ouviu?

Satoshi- Que você quer me ajudar de algum jeito... Seja o que for que eu tenha...

Serena- Sim, eu falei isso...

Satoshi- Eu vou te contar... Eu estava estudando com o professor Kukui em Alola... Eu passei algum tempo lá até aparecer essas Ultra Beast... Elas começaram a atacar por toda Alola... Eu peguei meus pokémon com o professor Carvalho e derrotei todas elas... Mas eu fiz algo que não devia... Joguei uma pokébola em um deles.Eu Fiz isso porque senti que devia... Mas não foi algo certo... Eu o capturei e quando o liberei da pokébola ele começou a atacar tudo que via pela frente... Inclusive os meus amigos... Eles não se machucaram porque o pessoal da Aether controlou ele, mas... Eu fui culpado de tudo... De herói me tornei vilão... Eu sai de lá e me isolei... Não tive coragem de encarar eles novamente... Foi isso...

Eu fiquei meio em choque com aquilo... Ele nunca tinha feito algo assim. Ele era um pouco impulsivo, mas não ao ponto de fazer algo de errado mesmo sem saber... Eu então falei...

Serena- Então é isso? Achei que você tinha aprendido...

Ele não entendeu e falou

Satoshi- Aprendido o que?

Serena- Aprendido que se você erra uma vez o certo é pedir desculpas, e não fugir com o rabo entre as pernas... Acho que você se esqueceu de quando perdeu para o Shota, e depois para o Wulfric...

Satoshi- Eu não me esqueci...

Serena- Não é o que parece... Foi um erro Satoshi... Um erro... Quantas vezes você já errou? Todo mundo erra, isso não é novidade... Se o seu erro foi muito grave você não devia fugir...

Satoshi- Eu sei... Mas naquele dia eu não sei o que deu em mim... Eu fiz tudo certo, acabei com todas as Ultra Beast's... Mas por um erro... Por um erro eu botei tudo a perder...

Serena- Olha, eu não sei como isso aconteceu... Mas eu vi na internet que tudo acabou bem. Você foi o herói...

Satoshi- Não... Eu fui egoísta... Eu queria capturar um deles porque eu gostei de batalhar com eles... Eu não pensei em ninguém apenas em mim mesmo...

Serena- Não... Você não é assim... Você sempre que faz uma captura é para ter um novo amigo... A culpa não foi sua se aquela coisa perdeu o controle

Satoshi- Foi sim... Foi tudo minha culpa...

Eu dei um passo a frente e dei um tapa na cara dele... Ele botou a mão no rosto e me olhou... Eu então disse

Serena- Você não é o Satoshi que eu conheci...

Eu virei de costas para ele e fui entrando em casa... O Pikachu que estava no ombro dele desceu e entrou comigo... Ele ficou do lado de fora andando olhando pro chão e se sentou em uma pedra... Eu subi para o meu quarto e lá me tranquei de novo... Não sabia o que fazer depois de ter dado aquele tapa nele... Foi quando eu recebi uma ligação...


Notas Finais


Espero que tenham gostado

Se realmente gostou comente falando o que achou, e favorite para acompanhar os próximos capítulos.

Próximos capítulos em breve o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...