História Savage (Long-Imagine Kim Taehyung- BTS) - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~APieceOfCake

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Assassinato, Bangtan Boys, Bts, Namjin, Romance
Visualizações 272
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Survival, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - I need your love


Fanfic / Fanfiction Savage (Long-Imagine Kim Taehyung- BTS) - Capítulo 14 - I need your love

S/n POV's 

XxX-Kookie Oppa?- Veio em direção da mesa-Quem é essa?-Disse com um tom de nojo

JK: MiCha eu já te disse várias vezes-Se levantou ficando a frente da tal Micha-Eu não sou seu Oppa!

MC:Não faça assim Oppa,sabe que sou a única que pode te dar prazer-Disse com um tom provocativo e parecia querer ser sexy, mas...é...não conseguiu.

JK: MiCha saia daqui, não está vendo que atrapalha nosso jantar?

MC:Pede para essa vadia sair, ela que está sobrando!-Ai eu juro que eu vou matar essa vagabunda,aish.

JK:A única vadia aqui é você!-pegou o dinheiro de sua carteira e pois sobre a mesa- Vamos S/n-disse e entrelaçou nossos dedos,corei-Como pode ser tão fofa e tão sexy ao mesmo tempo?-Disse em forma de sussurro

Saímos do restaurante é fomos em direção ao carro, ligou a música e estava tocando Stay, e me lembrei de Tae que estava sozinho em casa,não falamos nada a viagem inteira mas Kookie passava suas mãos em minha coxa desnuda, andou mais um pouco e logo chegamos em casa, dei um selinho demorado e me despedi, fui em direção a casa, abri a porta e Taehyung não estava deitado mais, entrei em desespero, comecei a procurar no primeiro andar, não estava lá, subi as escadas e comecei a ouvir gemidos, não pode ser! Por favor, já derramava lágrimas que já limpei de imediato, me aproximei de seu quarto e abri a porta vagarosamente, Tae estava em cima de uma garota, ela gemia seu nome como uma cadela, ele sorria e estocava forte, ela virou a cabeça e me viu e soltou um pequeno sorriso, Taehyung fez o mesmo e me viu arregalou os olhos mais não parou de estoca-la sorrio e lá estava eu, meu cabelo bagunçado e borrando toda a maquiagem por causa do choro fechei a porta com força e quase prendi o dedo,comecei a chorar, ele não se importa com meus sentimentos? Eu sei, vc transei com Jeon mais Foda-se né? Não estamos juntos nem nada, mais continua me doendo, no fundo de meu coração, saio em disparada ao meu quarto e vou ao banheiro, os gemidos da vadia eram altos e se bobear até a China escuta, tomei um banho bem quente de demorado, lavei meus cabelos, todos os meus problemas pareciam cessar no momento que a água quente me tocava,mas quando saía a tristeza e a dor voltavam a tona, eu chorei,chorei até que escutei os gemidos da vadia cessar e depois de algum tempo um barulho de porta fechando,devia ser da porta principal, não tenho para onde ir, não sei onde estou então vou continuar morando aqui, saio do banho e começo a secar meu cabelo, arrumo em um coque desajeitado,coloco um conjuntos de lingerie vermelha e visto a blusa que roubei de MinSeok,estava com fome pois aquela vagabunda, vulgo MiCha, fez nós irmos embora sem ter comido quase nada, chequei o corredor e não tinha ninguém,todas as luzes estavam apagadas menos a da cozinha, desço rápido e não tinha ninguém lá, resolvo preparar um lanche, pego tomates e começo a cortar e xablau me cortei o sangue escorria e gritei estava doendo muito, era um corte profundo, com lágrimas nos olhos,corro até o banheiro mais próximos e pego a toalha, fico pressionando até o sangue parar,mais não foi isso que aconteceu,passei por cima de meu orgulho.

-T-Taehyungieeee por favoor me ajude-Gritei alto e com um tom de dor, o machucado ainda estava saindo sangue,droga! Escuto alguém descer as escadas.

Taehyung POV's

Acordei e fui procurar S/n, mais a mesma não estava lá, vi um bilhete encima da mesa que dizia:

"Eu acho que já sei quem ganhará este jogo!- JK" meu punho se fechou e amassei o bilhete, ela estava com ele! Vou até a meu telefone e ligo para Jihyun vir em casa,depois de alguns minutos ela apareceu com um vestido todo colado no corpo, minha vingança, ataquei seus lábios e a levei ao meu quarto, despia e beijava era realmente uma cadelinha sem dono, joguei-a na cama com brutalidade e começamos a transar, ela era boa mais não tanto como a S/n, Taehyung pare de pensar nela! Logo percebi que A garota que estava sob mim olhou para o lado e sorriu, um sorriso vencedor, sem parar de escola segui seu olhar e vi S/n, sua maquiagem estava borrada é seu cabelo um pouco bagunçado, sua bolsa estava caída no chão e nos olhava com lágrimas nos olhos, minha única vontade era sair de cima de Jihyun e abraça-la, dizendo que a amo e que me perdoe, mais não meu orgulho foi maior, continuei estocando a menor e escutei a porta se fechar com força e grunhidos do lado de fora, continuei estocando Jihyun que se remexia de prazer, depois de ambos chegarem ao ápice ela foi embora, subi as escadas depressa fechei minha porta, depois de alguns segundos escutei a porta de S/n abrindo, ela deve ter ido a cozinha, alguns minutos se passaram e escutei um objeto de metal caindo no chão é um grito um pouco baixo, fiquei preocupado mais não me movi, se passaram segundos e escutei a voz de S/n.

-T-Taehyungieeee me ajuda p-por favoor-Sua voz transmitia dor,desci as escadas igual o flash e deparei com uma S/n com a roupa branca manchada de sangue os olhos marejados é uma toalha em seu braço ao seus pés havia uma pequena poça de sangue e um caminho até a cozinha, entrei em desespero,peguei o braço da menor e apertei com força, ela gemeu,mais não um gemido de dor e sim de outra coisa (moon face) senti uma fisgada em meu membro, a levei a meu sofá e peguei o kit de primeiros socorros, limpei o sangue que já havia parado de sair, senti seu olhar acompanhando tudo o que fazia,coloquei um curativo e me levantei ficando próximo ao seu rosto, ela me olhava com lágrimas e não me contive, a beijei, eu precisava dela, a deitei no sofá sem parar de beija-la, senti o gosto de lágrimas entre o beijo, percebi que eu e ela estavamos chorando, a abracei com toda minha força passando por cima de todo meu orgulho e lhe disse:

-S/n me perdoe-minha voz saía falha e com tom choroso-Eu te amo tanto pequena,e-eu preciso de seu amor, por favor diga que me ama como eu te amo!

S/n:Você não faz ideia de quanto eu te amo Tae!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...