História Save Me - Imagine Jungkook - Imagine Jimin (JiKook) - Capítulo 96


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Yoonseok
Visualizações 238
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa meus lindos amados cremosos Fofitus
Olha quem está aqui
A autora dessa fic amada na qual eu estou planejando futuras tretas
Boa leitura meus Fofitus amados

Capítulo 96 - Bon appétit…


Fanfic / Fanfiction Save Me - Imagine Jungkook - Imagine Jimin (JiKook) - Capítulo 96 - Bon appétit…

As bocas se juntam automaticamente quando estão sozinhos no quarto, ou em qualquer lugar em que ambos fiquem tranquilos e sem companhia a mais que não sejam dos dois corpos ferventes e cheios de anseio pelo precioso toque íntimo do outro.

Tudo o que precisam nesse momento é de um toque íntimo. O melhor possível. Envolvendo seus corpos se chocando e suas bocas gemendo alto. Não há sensação melhor a não ser àquela de saber que é amado pela pessoa que ama. Esta é, sem dúvida, a melhor sensação possível. Sexo é incrível. Mas o sexo com quem ama é melhor. É perfeito. E eles tem isso… compartilham um amor, e dentro desse amor, há vários modos de expressar seu carinho pelo outro, um deles é dando prazer ao outro.

O mais novo estava em cima da cama, seu belo corpo à mostra. O mais velho admirava cada detalhe possível e sua boca saliva em cada minúscula parte daquele corpo suado após uma bela de uma oral que fôra dada pelo mais velho.

_ Você vai ficar parado aí, é? - o mais novo falou ao ver que Jimin estava parado a sua frente sem qualquer reação a não ser "babar". Jungkook que estava deitado, se virou de costas e empinou a bunda pro seu hyung. Virou a cabeça pra trás e encarou Jimin, sorriu ao ver o pênis rígido do mais velho e os olhos de Jimin que não paravam de encarar sua bunda. - Minnie. - Jimin olhou pra Jungkook que estava com um sorriso sapeca. - Eu sou seu…

Um sorriso se fez no rosto fofo (mesmo em tal situação, Jimin não deixa de ser fofo, uma fofura sexy).

_ Minnie… - os olhos de Jungkook eram de um negro absurdamente lindo, Jimin poderia ver seu reflexo de longe, Jungkook estava provocante ao extremo.

_ Kookie… - Jimin fala se aproximando e apertando levemente a nádega direita de Jungkook que sorriu com o ato.

_ Minnie… Eu sou todo seu… Bon appétit…

Foi o suficiente para que Jimin não perdesse tempo e penetrasse o mais novo sem cerimônia, na verdade, cerimônia era a última coisa que o mais novo queria naquele momento. Jiminnie sabia ser duro e impiedoso quando queria, machucava, rasgava e perfurava Jungkook sem sequer se importar com a dor do mais novo.

Dor. Quem se importa com dor? Todas as investidas de Jimin estavam absurdamente deliciosas. Jimin é delicioso, ao extremo, em escala galática. Jimin é, sem qualquer sinal de dúvida, o melhor amante, no sentido de cama. Ele é bom em qualquer coisa que faça na cama, não importa se é ativo ou passivo, seu desempenho é sempre fantástico.

Uma série de espasmos invadiam e percorriam os corpos de ambos, as bocas em formato de O. Os gemidos sempre saíam arrastados, as vozes estavam faltando a todo momento por culpa dos vários suspiros, ofegos e gemidos que sempre diziam "Kookie" ou "Minnie". Uma dupla perfeita. Não há nada como Jungkook e Jimin. Nada como Jimin e Jungkook. Nada como JiKook. Perfeitos juntos. Feitos um para o outro. O encontro deles não foi coincidência. Os anjos do amor fizeram este encontro e se organizaram minuciosamente para que o romance nascesse e crescesse dentro de seus corações. Se estavam juntos, estava perfeito. O mundo poderia acabar agora, e daí? Tiveram os melhores dias de suas vidas juntos, seja o que for que tiver que vir, que venha, estão juntos. E nada mudará isso.

Uma. Duas. Três. Quarto penetradas sem sinal de pudor ou de delicadeza. Os olhos reviravam. A bunda já havia se melado com pré-gozo. E estava toda melada com o vai e vem de Jimin dentro de si. Estava muito mais gostoso a partir do momento que o mais velho resolveu masturbar Jungkook na mesma proporção em que o estocava. Já havia a mão marcada na pele branca do lado esquerdo da bunda de de Jungkook. As mãos do mais novo se dividiam entre a cabeceira da cama e a colcha de cama que estava completamente amassada por causa dos apertos de Jungkook contra ela, em busca de abafar e extravasar seu delírio.

"Minnie"

Um gemido sôfrego. Jungkook não estava mais à beira da loucura. Já havia conquistado seu status de louco assim que seu coração resolveu se entregar ao seu hyung. Estava completamente louco. Louco por Jimin.

Este, que não estava atrás. Jimin poderia dizer abertamente o quanto Jungkook tira sua sanidade com um simples sorriso. Sentia sua mão molhar-se com o orgasmo do namorado. A sensação avassaladora fez com que Jungkook contraísse os músculos anais, o aperto inesperado enquanto o pênis estava entrando de novo fez com que a glande fosse deliciosamente apertada e isso foi demais para a mente turva de Jimin que desmanchou alí.

Caíram juntos. Praticamente no mesmo momento. Estavam exaustos. As respirações estavam ferozes. As costelas apertadas. Não disseram nada, nem poderiam. Não havia fôlego suficiente para que palavras fossem ditas. Jungkook deitou-se de barriga pra cima, a bunda estava dolorida, mas isso era sua última preocupação. O que realmente o preocupava era que Jimin tinha sentido prazer. O mais velho deitou-se alí, e ancorou sua cabeça no peito de Jungkook.

O "Eu te amo" tão clichê não foi dispensado. Esta frase tão amada na vida dos amantes foi dita, não apenas com palavras. Com gestos. O amor ali não é dúvida. Estava mais que evidente. E juntos, adormeceram, com sorrisos bobos nos rostos rubros e suados.


(...)


Acordou com uma sensação maravilhosa. Muitos, mais muitos arrepios passeavam pelo seu corpo. Gemeu imediatamente após uma onda repentina de prazer o atingiu. Os olhos tentavam se manter acordados, tentativas fracassadas até que finalmente os abriu e olhou para baixo. Viu a visão extremamente linda e erótica de Jimin lambendo o pênis do mais novo como um grande e gostoso pirulito o fez gemer mais alto.

_ Bom dia…

Jimin fala mordendo o lábio inferior (ele sabe exatamente como seduzir). A boca de Jimin se posicionou na lateral esquerda do pênis, os lábios carnudos fizeram movimentos de sucção, subindo até a glande. Ao chegar na glande ele fez círculos com a língua enquanto encarava Jungkook que mordia severamente o lábio inferior sorrindo o tempo todo. A mão direita de Jimin segurou o pênis e masturbou enquanto a língua passeava pelos arredores. Lambeu seus órgãos menores fazendo-o gemer mais alto. Jimin resolveu ser mais ousado, levou dois de seus dedos da mão esquerda até a boca de Jungkook que os chupou. Os dedos estavam melados de saliva e Jimin aproveitou pra dar mais prazer ao mais novo. Enfiou esses dois dedos na cavidade de Jungkook que soltou um gemido longo com a atitude. Os dedos iam e voltavam rápidos, a língua lambia sem pudor enquanto a mão bombeiava com cada vez mais força.

Jungkook chegou ao seu ápice.

Jimin sorriu satisfeito ao ver que Jungkook continuava com a boca aberta para auxiliar na respiração ofegante.

_ Kookie… - Jimin estava mais safado que o normal.

_ Hm? - Jungkook não poderia falar algo a mais. Estava concentrado em tentar respirar direito.

_ Eu quero de novo… - Jungkook estava amando essa perversão do namorado.

_ Você me quer?... - Jimin confirmou com a cabeça enquanto mordia o lábio. - Bon appétit…


Notas Finais


Bjinhos Fofitus amados
Desfrutem do love, porque daqui a pouco vem outra bomba


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...