História Save Me - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Gravidez Masculina, Jikook, Jimin!seme, Jimin!top, Jiminativo, Jungkook!uke, Jungkook/passivo, Jungkookbottom!, Kookmin, Mpreg, Namjin, Teste, Vhope
Visualizações 242
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CAPÍTULO NÃO BETADO

Capítulo 13 - A verdade


- ele vai ficar bem? - pude  ouvir uma voz conhecida perguntar.

- vamos fazer o possível. Espere aqui de fora, por favor - outra pessoa falou aparentemente um alfa pelo cheiro forte que exalava.

Podia ver algumas luzes e ouvir um som de alguma coisas sendo arrastada pelo chão ecoando por uma espécie de corredor.

Olhei para o lado e vi o médico que eu tinha visto a tempos atrás, quando appa me levou à clínica.

Apaguei de vez.









Acordei com um som de algo caindo. Abri os olhos e senti muita luz clara em minhas retinas. Me sentei repentinamente e senti uma tontura.

Levei minha mão até minha cabeça e percebi que tinha um agulha nela. Olhei para o caninho e vi que tava ligado a uma bolsa de soro.

Olhei em volta e vi Jimin sentado em uma poltrona.

Onde eu estou? O que ta acontecendo?

Então me lembrei. Antes de apagar pela primeira vez, eu tava falando com o Jimin até que comecei a sentir muito dor... meu bebê, ai meu deus.

Levei minhas mãos até minha barriga. Ta tudo bem?

- Jimin... - chamei. Eu preciso saber se ta tudo bem, o que ta acontecendo. - Jimin... acorda, Jimin...

Ele se remexeu no móvel e abriu os olhos aos poucos. Quando me viu acordado se levantou e veio até mim.

- kook, você está bem? Sente alguma coisa - perguntou preocupado. Neguei.

- não sinto nada. O que aconteceu?  - perguntei com medo da resposta. E se tiver acontecido com meu bebê...? Droga, agora o jimin deve saber...

- Você sabia, não sabia? - silêncio  - por que não me contou? - perguntou. Ele realmente sabe. Abaixei a cabeça.

- faz mesmo diferença? 

- claro que faz jungkook, você podia ter me contado. Eu não te julgaria.




PONTO DE VISÃO DO JIMIN


***TEMPOS ANTES***

Depois que o jungkook parou de falar comigo pelo telefone, eu disse pro hoseok que precisava ir e que ensaiavamos depois.

Posso jurar ter ouvido meu kook gemendo e gritando de dor ao falar comigo. O que tava acontecendo com o meu menino?

Fui o mais rápido que consegui pra casa. Peguei um taxi e mesmo assim ainda demorei uns 20 minutos pra chegar lá.

Tive que subir de escada até meu apartamento porque o elevador não chegou a tempo. 

- jungkook? - entrei já chamando pelo seu nome e acabei por encontrar seu  corpo no chão ao lado do telefone.

Peguei ele no colo e peguei outro taxi indo pro hospital mais próximo.

Logo os médicos o atenderam e me mandaram ficar esperando .

E eu fiquei, por alguns minutos que mais pareciam horas. Até que um médico veio até mim. Me levantei e ele me levou pra um corredor vazio.

- como ele ta? - perguntei apreensivo.

- seu ômega e o filhote estão bem - falou.

- graças a deus...

- mas eu vi as marcas. Os alfas de hoje em dia pararam um pouco se tratar seus ômegas com violência, você deve tomar maiz cuidado da próxima...

- pera, o que? Do que você ta falando?... - perguntei confuso. Ele ta mesmo achando que eu bato no jungkook que nem os alfas nojentos faziam antigamente com os ômegas ( e os donos dos ômegas comprados  em leilões iligais). - espera,  espera... FILHOTE?

- Você não sabia que seu ômega espera un filhote? Isso explica a agressão...

- eu não bato no meu ômega... e ele não é meu ômega - ainda. Completei mentalmente.

- ah... eu devo ter me enganado, queira me desculpar - falou. Eu tava começando a ficar com raiva desse alfa idiota que diz ser médico.

- Você pode me explicar o que ta acontecendo? - perguntei massageando as têmporas. - eu posso ir ver ele?

- o paciente aparentemente não tem se alimentado direito e nem tomado as vitaminas certa que o ajudarão a  seguir com gravidez de forma saudável - explicou. - como ... você disse que não bate, hm... nele, hm... e que ele também não é seu ômega, provavelmente também não sabe das marcas que ele tem no corpo

- dessa parte eu sei - comentei ainda tentandi entender o que ele tinha dito tempos antes. Meu menino ta grávido? Do kwanjong?

- então sabe também o motivo delas. Enfim, receber esse tipir de agressão logo ko começo de gravidez não é algo muito... recomendado, já que o feto ainda não ta bem formado. Com isso pode ocorrer un aborto espontâneo.

Engoli em seco,  é muita coisa pra mim processar! Meu bebê vai ter um bebê... e o appa não vai ser eu.


Notas Finais


O primeiro cap foi betado, ta lindo d+, obg @McAriel 😭❤

Aqui na fanfic é UNIVERSO ALTERNATIVO, é bem difícil q algo aqui seja mesmo igual a nossa realidade, então se tiver informações "erradas" sobre gravidez aqui se lembrem q nd faz msm mt sentido, alfinal aqui até homens engravidam kk

Espero q tenham gostado... achei esse capítulo meio fraquinho ;-; sempre deixo uma "bomba" em um cap e no outro parece n ta mt interessante, foi mal gente

De qualquer forma, até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...