História Save Me - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X
Personagens BamBam, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Joo Heon, JR, Jungkook, Ki Hyun, Mark, Min Hyuk, Rap Monster, Show Nu, Suga, V, Won Ho, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeodan, Bts, Jimin, Kpop, Park Jimin
Exibições 34
Palavras 1.432
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEIII
Boa leitura <3

PS: LEIAM AS NOTAS FINAIS

Capítulo 41 - Operação JTY - Parte VII


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 41 - Operação JTY - Parte VII

~ S/n on ~
     - S/n, meu amor!
     - Oi, Jimin. - Digo desviando o olhar, não quero que perceba meu estado de fraqueza.
     - E-eu fiz algo de errado?
     - Claro que não - Ele suspira aliviado - Por que?
     - Você parece ter chorado, pensei que eu tivesse feito algo de errado... Sabe, eu sou chato demais para ficar com você, que é um anjo, eu sou imaturo demais para te ter em meus braços, acho que eu não sou o suficiente, às vezes me pergunto se você não merece outr... 
     Beijo-o interrompendo sua fala, os lábios carnudos de Jimin são tão macios que parece que estou nas nuvens, seu gosto é doce, porém eu nunca irei enjoar.
     - Você é perfeito, eu que não mereço uma preciosidade como você. - Digo sorrindo de lado.
     - Aish! Isso não é verdade!
     - Tanto faz, Jimin. Eu te amo do mesmo jeito. - Ele sorri com minha declaração, formando seu eye smile.
     - Também te amo!
     Passado alguns longos minutos naquele trânsito horrível de São Paulo, percebo que Jimin estava um tanto nervoso.
     - Vai dá tudo certo, ChimChim! - Beijo sua bochecha gordinha.
     - Será? - Pergunta receoso.
     - Por que não iria? Afinal, eles estão morrendo de saudades sua.
     - Também sinto saudade da minha segunda família. - Sorri.
     - Bom... - Resolvo contar os últimos acontecimentos, ele ainda não sabe de V e Suga. - Aconteceu algumas coisinhas enquanto você estava no hospital.
     - Aish! Diz logo...
     - Hobi quase matou o Suga, Tae tentou se suicidar. - Digo rápido e fecho os olhos com medo de sua reação.
     - É O QUÊ? COMO PÔDE ME CONTAR SÓ AGORA? - Passou as mãos no cabelo em sinal de nervosismo.
     - Eu só sei a história resumida, que eu acabei de te contar, desculpe-me. 
     - JUNG HOSEOK E KIM TAEHYUNG VÃO SE VER COMIGO! - Gritou assustando o taxista, mas logo me desculpei com o mesmo.
     - Calma, Jiminnie!
     - CALMA O CACETE, VOCÊ NÃO ESCUTOU O QUE ACABOU DE DIZER?
     - EU SEI MUITO BEM, MAS PARA DE GRITAR COMIGO, DESGRAÇA! - Odeio quando gritam comigo, geralmente acabo me exaltando também, tipo agora. - Desculpe, mas você me tira do sério.
     - A culpa é minha.
     - Vamos apenas esquecer isso tudo, daqui a pouco chegamos em casa, aí você tira essa história à limpo. - Falo e ele balança a cabeça positivamente.
     Uns quinze minutos depois finalmente chegamos naquela casa enorme, um pouco afastada de tudo. Eu pago o taxista enquanto Jimin bate na porta diversas vezes, vou até e ele e seguro sua mão para lhe passar confiança, mas até eu estou nervosa. A porta abre e revela Jin com cara de raiva mas logo muda para alegria, mais atrás vemos todos os outros 6 garotos em fila, todos com seus lindos sorrisos expostos. Quando vi eu já estava no meio da sala sendo sufocada pelo abraço de Hoseok. 
     - M-m solta - Digo com falta de ar e ele me solta.
     - Desculpa, tava com saudades.
     - Eu também Hobi. - Sorriu com sua cara de empolgação.
    Jimin já tinha abraçado todos, ele lutou muito para não transparecer a raiva que estava sentindo de Hoseok. Eu fui abraçando um por um, primeiro Jin, depois Nam, Yoongi, Hobi de novo, Jungkook, na vez de V, eu não aguentei e comecei a chorar enquanto o abraçava, afinal ele é meu melhor amigo e quase morreu.
     - T-Tae! E-eu senti t-tanta sua falta. Você não faz noção do quanto eu sofri ao saber que você estava em uma cama de hospital desacordado, como eu me senti diante da dúvida se você iria morrer ou não. Eu te amo tanto, nunca mais faça isso comigo. - O encaro e ele também chorava.
     - Me desculpe. - Ele começou a soluçar, apenas o apertei com mais força contra o meu corpo. - Eu te amo, S/n! - Sorrimos e eu limpei as lágrimas que corriam pelo seu rosto e pelo meu.
     - Eu quero falar algo. - Jimin grita fazendo todos se assustarem. - JUNG HOSEOK, VOCÊ SÓ PODE TER MERDA NA CABEÇA. COMO PÔDE TENTAR MATAR O CARA QUE TU AMA? SÓ PODE SER IDIOTA MESMO. 
     - Eu sinto muito. - Ele abaixa a cabeça envergonhado. - Posso contar minha versão da história?
     - É o melhor que pode fazer. - Jimin revira os olhos, dou uns tapas no ombro dele pra ver se aquieta o fogo no rabo. - Ai! 
     - Cala a boca e escuta o que ele têm pra falar. - Digo irritada com a atitude de Jimin.
     - No dia que gravamos a entrevista fomos para um restaurante, lá eu vi Suga beijando Yumi, pra quem não sabe é a ex dele. - Hobi faz cara de nojo e eu rio. - Fiquei muito abalado pois estávamos "juntos" - fez aspas com os dedos. - Então bebi muito e quando voltei acabei batendo em Yoongi, quase o fazendo morrer. A sorte foi que Jin e Kook chegaram a tempo.
      - HOSEOK! VOCÊ SABE MUITO BEM QUE QUANDO BEBE E FICA NERVOSO SÓ FAZ MERDA.
     - Eu sei, mas estava muito abalado para pensar nas consequências. - Ele olha pra Jimin com arrependimento. - No dia seguinte quando acordei, lembrei de tudo o que fiz e fui correndo para o hospital, e fiquei todos os dias com ele até sair daquele inferno. 
     - Menos mal. - Jimin fala debochado.
     - Para. Poxa, ele se arrependeu e como você mesmo disse, ele só faz merda quando bebe. Vocês são melhores amigos, não acabe uma amizade assim. - Sussurro em seu ouvido e ele concorda. 
     - Desculpe, MAS NUNCA MAIS FAÇA ISSO, OK?! - Ele corre e vai abraçar Hobi.
     - Já esclarecemos a história do Suga e do J-Hope, agora é a sua V. - Namjoon o olha sério.
     - Eu não quero mias segredos entre nós, então posso contar tudo? - Tae olha pra mim e para Jungkook como se pedisse permissão, e nós concordamos com a cabeça. - Começou quando S/n chegou, desde nosso debut eu era apaixonado por Jungkook, mas só foi ela chegar e tudo mudou, mas Jimin foi mais rápido, como sempre, primeiro Jeon e depois S/n - Vi de canto de olho que ChimChim abaixou a cabeça envergonhado. - Um ódio crescia dentro de mim, e logo a sede de vingança tomou conta. Armei para que Jimin visse eu beijando S/n e assim terminarem. - Vi o rosto assustado de todos, menos de Kook, que já sabia da história, o mesmo andou até Tae e segurou sua mão para passar segurança. - Mas eu percebi quem realmente amo, essa pessoa se chama Jeon Jungkook. Eu me arrependi de tudo e fui falar com S/n naquele dia da entrevista, ela me perdoou, depois fomos para casa, eu estava decidido falar com Jimin, mas encontramos a casa vazia e uma van preta que estava estacionada na frente de casa, saiu à toda velocidade. - Uma lágrima escorreu pelo olho de Jimin e o abracei, ficamos assim até V continuar. - Um amigo de Nam rastreou o seu celular, então ele e eu fomos até o local e o resgatamos e levamos ao hospital. Depois resolvi contar o que fiz à Kook, mas nós acabamos tendo uma briga feia. - Ele se virou para encarar Jungkookie. - Minha vida não faz sentindo sem você, eu te amo mais que tudo! Por isso fiz aquilo, fiquei com medo de ter que te ver todos os dias e você não me olhar do mesmo jeito, de me encarar com nojo, ou até mesmo me ignorar. Mas graças à Namjoon, eu posso viver ao seu lado pra sempre. - Ele finaliza dando um beijo em Jungkook, eu comecei a aplaudir e gritar que nem louca, foda-se, eles merecem.

     - Já pode pode parar com o micão, né?! - Tae diz como se eu tivesse o fazendo passar vergonha, apenas mostrei meu dedo do meio. - Aish, grossa! - Fala dramaticamente. - Ah! Vem cá! - Ele me abraça com força. - TE AMO, MINHA PEQUENA! 

     - TAMBÉM TE AMO, MEU TAETAE! - Apertei suas bochechas e o mesmo fez cara de reprovação, arrancando risadas minha.

     - AGORA SÓ QUER SABER DELA NÉ?! E O SEU MELHOR AMIGO AQUI? ESQUECEU? TUDO BEM, EU SUPERO. MAS DEPOIS NÃO VEM CORRENDO, TÁ KIM TAEHYUNG?! - Jimin começa a dar um escândalo.

     - VEM CÁ, MINNIE! - Jimin logo abre um sorriso e pula encima de V. Senhor, que garoto dramático.


Notas Finais


Primeiramente, quero me desculpar pela demora nas postagens dos capítulos, não só esse, mas como vários outros.
Segundamente, vou explicar melhor o por que de tanta demora. Semana passada eu tive provas, e foi uma correria, depois eu estava triste demais pra fazer alguma coisa, sério, tipo bastante. Mas finalmente consegui terminar, e bom... acho que esse é o maior capítulo que já fiz dessa fanfic.
Era apenas isso, obrigada por me esperarem, EU TE AMO VOCÊS! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...