História Save Me - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Gay, Jihyo, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Taehyung, Twice, Vhope, Yaoi
Exibições 113
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Nine


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 9 - Nine

Jungkook foi embora após almoçar na casa de Jimin, junto com Taehyung.

    O resto da tarde se resumiu em Jimin ajudando Taehyung a terminar de arrumar as últimas coisas restantes em seu quarto.

   Jimin não conhecia Taehyung muito bem, mas já o considerava um grande amigo. Taehyung era animado, e dizia coisas que fazia Jimin rir. E o ruivo gostava disso.

  Enquanto a mãe de Jimin não chegava do hospital, Taehyung resolveu contar a Jimin sobre suas aventuras na América enquanto tomava o delicioso chá de erva cidreira.

   O moreno tinha feito cada coisa maluca, que Jimin mal conseguia acreditar.

- Eu sinceramente acho que os americanos tem medo de mim. - Falou Taehyung rindo.

- Depois disso tudo que me contou hyung, eu também teria. - Respondeu Jimin também rindo.

  Taehyung sorriu fraco. Ele precisava perguntar. Queria saber sobre aquilo desde que havia chegado e encontrado Jimin e Jungkook juntos.

- Jimin, como foi que conheceu o Jungkook? - Perguntou. Era o jeito mas rápido de chegar onde queria.

- Hm.. - Jimin pareceu pensar. - Teve um dia, que choveu bastante aqui em Seoul..E nesse mesmo dia, meu pai teve uma complicação, e foi para o hospital..Eu sai da escola desesperado, em meio a chuva, e acabei caindo e batendo a cabeça ficando desacordado. Quando acordei, estava na cama do Jungkook-hyung.

- Então ele te ajudou? - Perguntou Taehyung e Jimin assentiu com a cabeça.

- O hyung cuidou de mim até o dia seguinte, que foi quando minha mãe foi me buscar. - Continuou o ruivo.

- Por que foi atrás do Jungkook, depois disso? - Perguntou Taehyung enquanto bebericava seu chá.

- Minha omma mandou um bolo para ele em agradecimento. - Falou Jimin dando de ombros. - Por acaso isso é um interrogatório?

- Não..Ou quase. - Respondeu Taehyung rindo. - Quero entender algumas coisas, então apenas me responda.

- Como quiser, policial. - Brincou Jimin fazendo uma careta.

- Por que depois do bolo, voltou até a casa do Jeon?

- Hm..Por que eu achei o hyung legal. - Falou dando de ombros. - E também por que eu tenho algumas curiosidades em relação a ele.

- Que tipo de curiosidades?

- Bem, não conheço ele muito bem. Mas tenho certeza que ele sofreu com algo, que fez ele se fechar para o mundo. - Falou Jimin tomando um pouco de seu chá. - Tenho curiosidade sobre o que aconteceu com ele.

- Ah sim, eu imagino o que seja..Mas não vou te contar! - Falou Taehyung e Jimin fez um bico. - É só por esse motivo que está se aproximando do Jungkook?

- Quero salvar ele.

- O que? - Indagou Taehyung arregalando os olhos confuso.

- Quero salvar o Jungkook-hyung. - Disse Jimin fitando um ponto qualquer. - Quero salvar ele desse mundo qual ele se trancou.

   Jimin sorriu fraco, enquanto brincava com suas mãos.

- O hyung, parece comigo. - Disse o ruivo. - Ele sofreu muito com algo, e se trancou da sociedade. Mas a nossa diferença, é que ele pode sair dessa..Eu não, e sabe por que? Por que meus problemas ainda não acabaram, e sim estão começando.

   Taehyung arregalou os olhos perplexo. Jimin era mesmo um adolescente de 17 anos?

- Por que diz isso?

- Por que eu sei que meu pai vai morrer Taehyung. Eu não sou idiota. Sei que quando isso acontecer, eu vou regredir. Vou ficar mas trancado do que já estou. - Ele riu soprado. - Mas o Jungkook..Eu tenho certeza de que o pior para ele já passou, e que ele só precisa se erguer novamente. E eu estou disposto a ajudar ele a fazer isso, de qualquer maneira.

- Jimin isso é.. - Taehyung não sabia exatamente o que responder. Apenas respirou fundo e pensou bem nas palavras que iria dizer. - Você é oficialmente à pessoas mas profunda que eu já conheci..E quero que conte comigo. Para qualquer coisa mesmo! Até se tiver que esconder um corpo, conte comigo!

- Obrigada, hyung. - Respondeu Jimin sorrindo fraco.

Mas Jimin, por que quer fazer tudo isso pelo Jungkook?

- Eu..eu não sei. Sinto dentro de mim que devo. É mas forte que eu sabe? É como se não conseguisse ficar longe..

   Taehyung colocou a mão no queixo pensando bem nas palavras do Park. E depois, suspirou fundo fechando os punhos.

- Jeon Jungkook seu pedófilo.. - Sussurrou Taehyung.

- Hm? O que disse hyung? - Perguntou Jimin confuso.

- Nada! Só queimei a língua com o chá.. - Disse Taehyung dando de ombros.

- Engraçado, por que o seu chá já está tão frio quanto o coração do Jungkook-hyung. - Falou Jimin rindo.

- Sabia que se ele ouvir isso, ele te mata? - Disse Taehyung sorrindo afiado.

Eu não ligo. - Falou dando de ombros. - A última coisa que eu tenho, é medo dele.

   Taehyung sorriu novamente. E pensou: "É óbvio que não tem medo dele. Seu coração não permite tão ousadia, caro Jimin.."

◇◆◇

  A dona Park ligou avisando que iria dormir no hospital, para ficar junto do marido.

   Taehyung estava jogado na sua cama, encarando o teto. Ele tinha muito o que fazer no dia seguinte. Na verdade, teria muito o que fazer durante esse tempo em Seul.

   O objetivo era ajudar seu melhor amigo a sair da grande confusão de sua própria mente e coração.

   Mas o Kim tinha certeza de que não ia precisar fazer muito, até porque, também tinha certeza de que Jimin iria conseguir o que queria. Ele só precisava dar um empurrãozinho.

   Taehyung suspirou se sentando na cama, pegando seu celular, e procurando entre os contato um número em especial.

   Ao encontrar, suspirou novamente ligando para o número até ouvir a voz calma atender e então o Kim sorriu fraco:

Alô? Quem é? - Perguntou a pessoa do outro lado da linha.

- Kim Taehyung. Voltei para a Coréia, meu caro amigo. - Falou o moreno suspirando.

- Sério!? Que demais! Mas tenho certeza de que não me ligou para apenas isso.. - Respondeu a pessoa.

- Tem razão, não foi apenas para isso..Está na hora de pagar aquele favor que me deve, Seokjin..

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...