História Save Me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Auto-mutilação, Brigas, Colegial, Depressão, Inimigos, Melhores Amigos
Exibições 69
Palavras 1.390
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Você está me seguindo?


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 3 - Você está me seguindo?

" Querido, me puxe para mais perto no vando de trás de seu Rover, que eu sei que você não tem como bancar. Vou morder a sua tatuagem do ombro. Tire aqueles lençóis do colchão que você roubou de seu colega de quarto em Boulder, nunca vamos envelhecer " - The Chainsmokers feat. Halsey, Closer.

P.O.V. Katherine Marie Satterlee

Desperto de meu sono assim que o barulho do despertador soa, ecoando por cada canto daquele quarto. Suspiro e estico minha mão ao criado mudo, o alcançando e desligando o mesmo. Passo minhas mãos pelos olhos, andando até a janela. Abro as cortinas e em seguida o vidro, sentindo o brisa fresca contra meu rosto. 

Olhei para frente me deparando com a janela da casa ao lado aberta, assim como o louro sem camisa, vagando por seu quarto. Okay, Hemmings está de parabéns. Balancei a cabeça e desviei meu olhar, em seguida tratando de virar as costas antes que ele pudesse me olhar e notar minha presença. Virei minhas costas mas escutei sua voz enjoada soar atrás de mim, me fazendo soltar um suspiro e me voltar novamente a ele.

- Bom dia, Satterlee.- Ele se encostou no para peito da janela, passando seu olhar sobre meu corpo, coberto apenas por uma regata e um shortinho de pijama. 

- O que você quer, Hemmings?- Ele riu fraco, mordendo o piercing que havia em se lábio, sem tirar o olhar imundo de mim, mas agora, parando em meus olhos.

- Só saber como minha amiga está... Alias, você fica muito gostosa com esse pijama... Parabéns.- Reviro meus olhos. Eu juro que se ele estivesse aqui, eu daria um tapa em seu rosto.

- Não sou sua amiga, e nunca vou ser. Por favor, deixe de ser nojento, garoto.- Ele ri e arqueia a sobrancelha.

- Kath, Kath... Você ainda vai gostar de mim.- Rio alto e um tanto exageradamente.

Me aproximo do parapeito da minha janela, me encostando no mesmo e ficando perto o suficiente dele para ver o quão azuis e profundos seus olhos eram.

- Nem nos seus sonhos, Hemmings.- Falei lentamente. 

Pude notar seu olhar descer lentamente aos meus lábios, me fazendo revirar os olhos e me afastar dali. 

- Veremos... Até mais tarde, Satterlee.- Revirei meus olhos e apenas ignorei essa última fala.

Pego minha toalha e ando até o banheiro da minha casa, o vendo vazio. Adentro o mesmo e deixo a toalha pendurada no ganchinho. Entro no box assim que termino de me despir por completo, iniciando um banho calmo e quente. [...] Cerca de quinze minutos depois, saio do banho, puxando a toalha e cobrindo meu corpo. Me seco ali mesmo no banheiro, vestindo minha lingerie preta. Aproveito para secar meu cabelo. 

Olho meu reflexo pálido no espelho, balançando minha cabeça para o que via. Termino minhas higienes matinais e volto ao quarto. Ando até o closet e adentro o local, procurando algo para vestir. Acabo optando por uma calça preta simples, uma camiseta cinza de mangas compridas e meus all stars vermelhos, cheios de escritas que eu havia feito com uma caneta preta.

Assim que termino de me arrumar, pego minha mochela, a botando pendurada em apenas um dos meus ombros. Desço as escadas, já não encontrando ninguém. Eles provavelmente já saíram. Ando até o balcão e pego apenas uma maçã. Saio de casa comendo, enquanto me dirigia a casa ao lado, batendo na porta e esperando, em alguns segundos vendo Ash sair por ela. 

- Bom dia, Little Bear.- Sorrio e eu o abracei, sentindo o mesmo me apertar levemente.

- Bom dia.

Andamos até o carro, adentrando o mesmo e logo ele da partida, parando em frente a casa de Haylee, que ficava exatamente na frente da minha. Ele buzina freneticamente algumas vezes, vendo a loura sair pela porta sorrindo, logo entrando na porta de trás.

- Oi gente.- Ela diz animada, depositando um beijo na bochecha de cada um.

- Oi. Está animada, o que te deu?- Ela solta uma risada.

- Nada de mais, só... Estou.

Ashton deu partida no carro, seguindo ruma a nossa escola. Em cerca de uns vinte minutos, talvez mais, ele estaciona. Saímos do carro e caminhamos para dentro da escola, andando pelo campus, chegando ao nosso destino, uma mesa em baixo de uma árvore. Sento sob a mesma, acompanhada de Haylee, já Ash senta no banquinho que havia ali na frente. 

Passo meus olhos pelo lugar, sorrindo ao que eles param na morena vindo em nossa direção. Assim que chega, ela sorri nos olhando animadamente.

- Ammy? Você não se mudou para Londres?- Sorri animada.

- Me mudei, mas papai conseguiu transferência para cá novamente.... Claro, depois dos meus dramas.- Rimos todos juntos.

- Eu senti tanta a sua falta.- Disse Haylee, a abraçando de maneira forte.

- Eu também loura... De todos na verdade. Da escola, da nossa rua, dos nossos amigos, até da senhora Harris eu senti... Menos do Ashton, dele não.- Vejo ele revirar os olhos e rir, acompanhado por nós.

- Tando amor assim?- Ele pergunta e ela o abraça de lado.

- Sempre.

- Assim... Não olha agora, mas o Hemmings está olhando para você...- Haylee diz para mim. 

Arqueio minha sobrancelha e olho para trás, vendo o garoto escorado em seu carro, olhando fixamente para mim, ao esmo tempo que conversava com seus amigos, Clifford e Hood. Reviro meus olhos, o vendo soltar uma risada baixa, desviando seu olhar. Volto a olhar para eles, que me olhavam.

- O que eu perdi?- Pergunta Ammy, nos fazendo rir.

- Agora o Hemmings é vizinho da Kath... Parece que ela gostou, não é?- Escutei Ash falar.

- Cala a boca... - Os escutei rir, e acabei me juntando a eles.

Ouvimos o sinal soar, indicando a hora de irmos para a sala de aula, e assim fazemos. Eu tinha minha primeira aula sem nenhum deles. Suspirei e me sentei em um canto, encostando minha cabeça na parede.

- Oi de novo.- Escutei as palavras sendo proferidas da boca do Hemmings, me fazendo revirar meus olhos.- Como você está?

- Sem paciência para você, idiota.- Falo a última palavra mais baixo, o vendo se sentar atrás de mim em seguida. 

A professora adentrou a sala, já começando a passar coisas no quadro, enquanto eu copiava, ouvindo algumas vezes o Hemmings falar comigo, mas apenas ignorava. Ao decorrer do dia, tudo estava normal, e finalmente o intervalo havia chegado. Eu ainda não havia tomado meus ante-depressivos, então decido ir ao bebedor. Pego um dos remédios e boto na boca, bebendo um grande gole para engolir.

Me viro, vendo meu corpo se tombar contra o de alguém. Levanto meu olhar para a pessoa, vendo o sorriso de lado que depositava para mim nos lábios. Hemmings de novo, ótimo.

- Olha... Será o destino?- Ele soltou uma risada, me fazendo revirar os olhos.

- Não. Você está me seguindo, só pode.- Ele ri ainda mais.

- Eu não estou te seguindo... Só vim beber água.- Deu de ombros.

- Eu acho bom mesmo...Agora com licença, eu tenho coisas mais melhores para fazer do que perder meu tempo com você.- Revirei meus olhos, saindo dali em seguida.

Ando de volta para o refeitório, decidindo não comer nada. [...] A aula havia finalmente chegado ao final. Fui para casa, acompanhada de meus amigos. Assim que entro, noto estar completamente sozinha no local. Solto um suspiro baixo e me deito no sofá, ligando em algum desenho, assistindo o mesmo.

 

P.O.V. Haylee Louise Campbell

Olho em meu relógio. Três horas em ponto. Suspiro entediada e ouço meu celular apitar, indicando uma mensagem nova. Estico a mão o pegando e desbloqueando a, abrindo a mensagem que era de um número desconhecido. 

- Olá loirinha.

- Quem é?

Clifford. Xx Clifford

- Como você conseguiu meu número?

- Tenho meus contatos... Enfim... O que acha de sair comigo? Xx Clifford.

- Onde e quando?

- Hoje. Cinema. Xx Clifford.

- Hum... Pode ser... 

- Se quiser podemos chamar os outros Xx Clifford.

- Okay, eu chamo eles. 

-Okay... Até mais tarde, nos encontramos as oito.

Sorrio ao enviar as mensagens, como ele conseguiu meu número? Eu ainda vou descobrir isso. Okay, o único problema agora será convencer meus amigos de irem. Tenho certeza que Ammy topa rápido, Já o resto...

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, sei que não foi muita coisa, mas é que eu queria postar hoje, prometo tentar fazer o próximo melhor... Beijos, eu amo vocês, e não esqueçam de comentar, me inspira muito <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...