História Save Me - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Anjo, Anjos, Bangtan Boys, Bts, Drama, Jimin, Park Jimin, Romance, Universo Alternativo
Visualizações 40
Palavras 1.370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi pessoas!
Okay, não me matem. Hauaahhaua
Eu tenho uma desculpa ótima pra toda a demora do cap...
Eu tive uma semana corrida.
Beeeem corrida!
Sai pra alguns lugares, tive que resolver algumas coisas, e tive um momento de processar todas as ideias que eu estava tendo para a fic, e organiza-las pra não me perder aqui. Hauahauah
E pronto. Ideias em ordem, e lá vai mais um cap!!
Tenho certeza que vocês vão gostar. Eu amei escrever 💗
E em breve vocês vão ver que a história tomara um rumo mais misterioso e sinistro. Aguardem 💗
Boa leitura e leiam as notas finais quando acabarem! Tem uma pergunta que eu gostaria que vocês respondessem lá embaixo!

Capítulo 12 - Eu estarei te observando


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 12 - Eu estarei te observando

Uma pequena fresta de luz batia em meu rosto. Abri meus olhos com dificuldade, fazendo uma careta por conta da luz que me incomodava. Sentei devagar na cama olhando ao redor e me lembrando do dia anterior. 

 - Que loucura. - pensei comigo mesma. 

 Levantei pondo os pés no chão gelado e dando um pulinho por conta disso. Calcei minhas pantufas de gatinho e segui rumo ao banheiro, onde fiz minha higiene matinal. Ainda meio sonolenta caminhei até a cozinha onde tive um vislumbre maravilhoso de Jimin de frente Para o balcão, fazendo o café da manhã. 

 - Bom dia! - ele disse sorrindo ao me ver apoiada no batente da porta. 

 - Bom dia Jimin. - eu respondi corando me lembrando do que quase tínhamos feito de madrugada. Ele veio até mim e beijou minha testa. 

 - Dormiu bem? - perguntou com aquele sorriso maravilhoso e fofo, e passando as mãos em minhas bochechas. 

 - Quem não dormiria com um anjo do lado? - dei de ombros fazendo Ele dar uma risada. 

 - Vem, fiz o café. Você deve estar com fome. 

 Me sentei no banco alto de frente para o balcão, e ele me serviu uma caneca de chocolate quente, com pães de queijo. 

 - Hummm, iguarias brasileiras. Que anjo mais culto. - brinquei enquanto mordiscar um pãozinho. 

 - Eu tento. - ele disse dando um sorriso sapeca. 

 - Jimin... Quero saber o que isso aqui faz. - Eu agora dizia sobre o colar em meu pescoço. 

 - Todos da sua família tem um. Mas não são todos iguais. - ele começou explicando - São fonte de muito poder. Mas só são usados em casos extremos... Como no seu. 

 - O que eu faço com ele? É só apertar que ele fala comigo? - perguntei irônica e ele riu negando com a cabeça. 

- Você não é mole hein?! - disse vindo em minha direção. Jimin pegou a medalhinha no meu pescoço e a olhou por uns segundos. Alguns segundos que já duravam minutos. 

 - Er... Alôu? - sacudi minha mão na frente de seus olhos o dispersando de um transe ao que parecia. 

 - Hum... - ele agora olhava em meus olhos - Você precisa se esforçar. Só assim poderá conhecer Metatron. 

 - Co-conhecer? - gaguejei de nervoso. 

 - Sim, ue. Achou que nunca veria seu próprio pai? 

 - Jimin... Eu não sei se consigo fazer isso. Quer dizer... Eu cresci sem um pai. Não é como se eu fosse chegar lá, sair abraçando ele e marcando um churrasco em Família. - franzi o cenho e Jimin riu novamente. 

Devia ser engraçado pra ele, mas pra mim era assustador ainda. 

 - Termina de comer. Quero te mostrar uma coisa. - ele disse se sentando ao meu lado no balcão. 

 - Me mostrar o que? - peguei minha caneca de chocolate e comecei a toma-lo. 

 - Algo que talvez te ajude no processo. 


 (...) 


 Assim que terminei meu café da manhã, fui até meu quarto e troquei de roupa. Tirei meu pijama quentinho e vesti uma calça de couro preta e umas botas também pretas, uma blusa de manga comprida branca, e uma jaqueta jeans escura. Meus cabelos claros estavam soltos. Olhei no espelho, gostando do que vi, e assim fui até a sala onde Jimin assistia ao Cartoon Network. 

 - Eu não sei o que pensar sobre isso. - eu disse me sentando ao seu lado no sofá. 

 - Sobre o que? 

 - Sobre um anjo sentado no meu sofá assistindo Hora de Aventura. 

Rimos juntos da situação, e Jimin pegou em minha mão me arrastando porta afora. 

 - O que estamos fazendo aqui exatamente ? - perguntei assim que chegamos ao telhado do meu prédio. 

 - De antemão te peço para que não grite, ou se assuste. Por mais que eu ache que você já esteja familiarizada com isso. - ele deu um sorriso de canto e uma piscadinha em seguida. 

 - Okay, mas... O que você vai fazer? Agora vice está me assustando. 

Jimin não me respondeu, apenas pegou minha mão e sussurrou "não se preocupe, ninguém poderá nos ver", e antes que eu pudesse se quer reagir ao seu comentário, duas asas enormes, brancas e extremamente felpudas se abriram magicamente em suas costas. Arregalei meus olhos dando um leve pulinho pra trás com o susto, e sendo puxada novamente pra frente pelas mãos de Jimin. 

 - Essa é a minha verdadeira forma. E em breve será a sua, se tudo der certo. - ele sorria ternamente. 

 - Minha? Eu vou ganhar isso aí também? - meus olhos ainda estavam perceptivelmente arregalados. 

 Jimin confirmou com um aceno de cabeça antes de me segurar pela cintura. 

 - Promete não gritar no meu ouvido? - ele perguntou olhando nos meus olhos. 

 - O que? Por que? - perguntei nervosa. Ainda tinha mais? 

 E então ele deu impulso no chão, e sem que eu pudesse protestar, me soltar, ou fazer qualquer coisa, nós já estávamos há metros do telhado. 

 ESTÁVAMOS VOANDO! 

Soltei um gritinho abafado ao enfiar a cabeça no peito de Jimin, sentindo o mesmo tremer ao soltar uma risada. 

 - JIMIN!! EU VOU TE MATAR! AAAAAAHHHHHHH! 

 - Não tenha medo, Eun. Olhe nos meus olhos. 

 - TÁ louco? Eu tenho medo de altura! Eu vou te MATAR, Eu juro que vou! - eu agora apertava meus braços em volta do seu pescoço -  Isso não está acontecendo! DESCE, DESCE! 

 - Eu nunca deixaria você cair. Vamos... Olhe em volta. Não é todo dia que você pode voar. 

 Bem devagar, fui levemente abrindo os olhos e virando meu rosto pro lado. Ainda sem desencostar a cabeça de seu peito. Eu podia sentir o vento bater em nós com força. Sentia também o bater de suas asas há apenas alguns centímetros das minhas mãos. 

 - Cara... Eu não consigo!! -  voltei a fechar os olhos e enfiar mais ainda a cabeça no peito de Jimin. Mais um pouco e eu poderia jurar que atravessaria seu corpo. 

 - Okay, olhe para mim. Olhe bem nos meus olhos. 

 E assim fiz. Levantei o rosto o encarando. Ele sorriu de leve aprovando meu ato "super corajoso". 

 - Muito bom. Agora olhe em volta. Não vai se arrepender. Prometo. 

 O sol brilhava lá no alto, deviam ser umas 10 da manhã. Lentamente fui girando meu rosto e então pude ver aos poucos, a cidade linda abaixo de nós. Seul inteira. Não só Seul, a Coréia inteira. Era incrível! Jimin estava certo. Aquilo era realmente maravilhoso! 

 - Uau! Jimin, é lindo! Nossa! - eu disse agora com a coragem brotando do além me fazendo até virar de leve o corpo em seus braços. 

 - Sempre sonhei com o dia que te mostraria isso. 

 Olhei para ele novamente, ele tinha aquele sorriso que eu tanto amava. Colei nossos lábios devagar e com calma, levando minhas mãos até sua nuca, enquanto ele me segurava com força em segurança. 

 - Obrigada. - Eu disse ao separar nossas bocas. - Você é incrível. Eu me sinto muito sortuda por tê-lo ao meu lado. Ainda é difícil de acreditar... 

 - Eu sei que sim. Mas é real. Sempre foi. 

 Ele colou nossas testas, fechou os olhos e começou a cantar próximo aos meus lábios...


 Every breath you take 

(cada suspiro que você der) 

 Every move you make 

(cada movimento que você fizer) 

Every Bond you break 

(cada laço que você quebrar) 

Every step you take  

(cada passo que você der) 

 I'll be watching you... 

(eu estarei te observando) 

OH can't you see? 

(oh, você não enxerga?) 

You belong to me 

(você pertence a mim) 

How my poor heart aches 

(como o meu pobre coração sofre)  

With every step you take... 

(com cada passo que você dá) 


Senti meus olhos marejarem e as lágrimas escorreram pelo meu rosto enquanto eu ouvia Jimin cantando. Era lindo. Tudo. Ele. A música... Eu realmente me sentia sortuda por estar ali. 

 Talvez não fosse tão assustador como eu imaginava. Talvez tudo isso tenha sido um enorme presente da vida para mim. 

Apoiei novamente minha cabeça em. Seu peito ouvindo agora as batidas de seu coração. Eu o amava. Era um fato. Ele estaria comigo. Olhando por mim. 

 Jimin sempre estaria comigo. 


Para sempre. 


Notas Finais


Aaaaaaaahhhhh eu tô apaixonada por esses dois. Alguém me segura 💗😭

Vocês estão gostando? Deixem comentários para que eu saiba.
O número de comentários caiu, e eu realmente preciso saber da opinião de vocês! Deixem a unnie feliz! 😣


Então, sobre a pergunta.
Vocês viram nosso Chim com o cabelo maravilhosamente Pink essa semana??? Eu tô no chão!!
Ele de cabelo rosa me mata. É minha morteeeee!
Qual a cor de cabelo do Jimin que vocês mais gostam?

Deixem nos coments aí embaixo!
Amanhã se tudo der certo tem mais cap! Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...