História Save Me - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Anjo, Anjos, Bangtan Boys, Bts, Drama, Jimin, Park Jimin, Romance, Universo Alternativo
Visualizações 25
Palavras 1.341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEI COMO PROMETIDO!! AEEEE!

E só um último aviso: segurem os forninhos de vocês porque trago O PRIMEIRO HOT da história!
Boa leitura, angels 🔥

Capítulo 16 - Completamente sua


Fanfic / Fanfiction Save Me - Capítulo 16 - Completamente sua

Eun's POV 


 Ele me deitou calmamente em minha cama, abrindo sua camisa branca de botão logo em seguida. E pela primeira vez eu tive a visão do peitoral de Jimin. 

Nossa, era lindo. 

 Jimin foi tirando a camisa enquanto mantinha seus olhos em mim. O corpo dele era perfeito. Os músculos que não eram enormes, mas eram perfeitamente bem definidos. Eu podia sentir cada gominho de sua barriga sarada só de olhar para ela.  Ele se inclinou na minha direção, e deitou sobre mim, me beijando novamente com um beijo apaixonado e cheio de desejo. 

Eu estava ficando maluca! 

Passei meus dedos por seus ombros, descendo por seus braços e depois para suas costas. Abri um pouco minhas pernas para que Jimin se encaixasse ali. Ele beijava meu pescoço, fazendo uma pequena trilha até meu colo. Jimin segurou na barra da minha blusa e a puxou para cima. Me deixando apena de sutiã. Um sutiã fofinho do pikachu que eu usava. 

 - Uau. Que sexy. - ele riu divertido me fazendo corar. 

Senti minha bochecha esquentar violentamente. Bati em seu ombro rindo também. Como podia ser tão sensual e bobo ao mesmo tempo? Ele trocou nossas posições me fazendo sentar em seu quadril. Se ajeitou um pouco em minha cama se sentando e apoiando as costas na cabeceira. Levei minhas mãos até sua nuca, onde puxei ele mais para perto o beijando. Senti suas mãos descerem de minha cintura e apertarem minha bunda com força por baixo do short, me fazendo arfar no beijo. Afastei nossos rostos e com as minhas mãos abri meu sutiã. Jimin não tirava os olhos dos meus, mas após eu jogar a peça íntima no chão, seus olhos desceram para meus seios imediatamente, e o vi abrir de leve a boca e soltar uma respiração ofegante. Ele aproximou seu rosto de meu pescoço, beijou minha clavícula , e foi descendo até seus lábios encontrarem meus seios nus. Com uma das mãos ele os acariciou, e eu podia sentir seu membro excitado embaixo de mim. 

 - Você é incrível, pequena. - ele sussurrou em meu ouvido com aquela voz rouca maravilhosa. 

Senti o arrepio percorrer todo o meu corpo como uma carga elétrica. 

 - E eu sou sua. E quero que seja meu. - respondi corada e totalmente entregue a aquele homem. 

 - Eu já sou. Sempre fui. - ele me olhava com intensidade. Totalmente sereno e calmo. - A diferença é que agora seremos um só. 

 E sem que eu pudesse pensar, ele trocou novamente nossas posições, me pondo deitada, e puxando minha calça com rapidez. Logo me vi somente de calcinha. Jimin se levantou e se livrou de sua calça também. DEUS, que visão era aquela?! Eu o queria tanto que meu peito doía! Ele segurou uma de minhas pernas e a levantou, beijando com carinho meus pés. E foi subindo, até se encontrar em minhas coxas, dando mordidinhas na parte interna. Apertei os lençóis com a sensação. Mordia meus lábios inferiores descontroladamente. Eu não sabia se era capaz de aguentar muito mais. 

 - Eu quero que você sinta tudo que eu posso te proporcionar. Eu te amo tanto... - ele disse e beijou minha barriga com carinho enquanto segurava meu quadril. Uma de suas mãos segurou a lateral de minha calcinha e a puxou lentamente para baixo. Feito isso, ele voltou sua atenção para minha intimidade, onde passou o polegar me fazendo soltar um gemido baixo com o contato. 

 - Jimin... eu te amo. - disse manhosa com todas as forças que tinha. 

 Imediatamente ele apertou minha intimidade com a mão, fazendo movimentos calmos que me levaram a loucura! Quando movi minha cabeça para olhar para ele, sinto sua língua tocar meu ponto de prazer. Não me contive e soltei um gemido. Eu arfava demais! Levei minhas mãos até seus cabelos, onde agarrei e puxei com cuidado, fazendo pressão para baixo afim de mais proximidade. Se é que isso era possível. 

 Estava quase chegando em meu ápice com a língua de Jimin, quando ele parou e subiu para minha boca, onde me beijou com força, agora sem conter sua vontade. Desci as minhas mãos dessa vez e toquei seu membro por cima da cueca mesmo, a puxando totalmente para fora em seguida. Agora estávamos os dois completamente nus. Jimin se ajoelhou na cama enquanto eu enfiava a mão na gaveta do criado mudo, e voltava com uma camisinha em mãos. 

 - Aquele estoque de emergência que não sei pra que tenho se nunca usarei. - disse querendo fazer piada mas chorando por dentro. 

 - Agora usará. - ele respondeu soltando um sorriso malicioso enquanto a colocava em seu pênis ereto. Arrepiei com isso. Em seguida ele se posicionou em meio a minhas pernas e brincou colocando apenas a cabecinha e subindo e descendo na minha intimidade. Apertei seu braço com força, a fim de descontar aquele desejo incontrolável de tê-lo dentro de mim. Ele pareceu entender o recado, porque 1 segundo depois ele me penetrou lentamente de uma vez, soltando um gemido rouco ao me ver arquear as costas de prazer. 

 - Nossa, como você é quente. Eu posso sentir cada pedacinho seu, minha pequena. - ele disse olhando nos meus olhos enquanto estocava devagar e até o fim com firmeza. 

 - E como você é perfeito, Jimin. Eu quero você! Eu quero tanto você! - eu quase berrava seu nome enquanto nossos corpos seguiam o ritmo das estocadas de Jimin. 

 Ele aumentou a velocidade e afundou o rosto em meu pescoço enquanto apertava minha cintura com uma das mãos, e com a outra segurava na cabeceira da cama dando apoio e mantendo nossos corpos no lugar. Cravei minhas unhas em suas costas quando senti meu orgasmo chegando. Abri meus olhos fitando o teto e soltando um gemido abafado conforme aquela onda de prazer me consumia. Jimin me olhou por um momento dando um sorriso tão lindo. Seus olhinhos se tornaram dois tracinhos, e ele estava incrivelmente lindo! Mais do que eu achava ser possível. Alguns fios de seu cabelo preto estavam colados na testa por conta do suor, e suas bochechas estavam coradas. Era maravilhoso o ver assim. 

 - Deita aqui. - dei batidinhas ao meu lado na cama, e ele me obedeceu, saindo de dentro de mim e se deitando. Sentei em seu quadril novamente, rebolando lentamente enquanto passava minhas mãos em seu peito. Desci para sua barriga, onde arranhei com leveza ali. Jimin fechou os olhos se arrepiando por completo e eu sorri ao notar a reação que causava nele. Me encaixei e sentei em seu membro que ainda estava mais duro do que pedra. Fiz movimentos lentos, subindo e descendo em toda a extensão. Fechei meus olhos e ouvi ao fundo sua respiração pesada e seus arfares. Aumentei a velocidade e os arfares se transformaram em gemidos graves. Eu poderia gozar novamente só de ouvi-lo ali. Senti suas mãos apertarem minhas coxas e percebi com êxito e satisfação que ele havia chegado ao seu ápice também enquanto gemia rouco. 

Inclinei meu corpo em sua direção e beijei seus lábios antes que pudesse falar algo. O beijei como nunca havia beijado. Eu estava feliz. Era uma sensação Inexplicável de paz, e prazer. Eu estava completa. 

 Suas mãos seguraram meu rosto nos dois lados e senti uma lágrima escorrer de meus olhos e pingar em suas bochechas. 

 - Você é linda. - ele passou o polegar nas maçãs do meu rosto secando o caminho que a lágrima fizera. 

 Ri feliz e sequei seu rosto também. 

 - Agora sou completamente sua. De corpo e alma. - disse por fim. 


 Não sei se havia como alguém amar tanto outra pessoa. Mas em tão pouco tempo, do jeitinho dele, Jimin havia entrado em minha vida para ficar. Eu o amava, isso era uma certeza maior do que a minha própria vida. E agora eu me sentia na obrigação de recuperar meus poderes, por que por alguma razão desconhecida por mim mesma, eu tinha a sensação de que se não fizesse isso, o perderia para sempre.   


Notas Finais


SOBREVIVERAM? SOCORRO
Eu tô amando demais esses, dois, cara! O amor deles além de quente agora, é tão puro e angelical!
Espero ter conseguido passar isso no capítulo. E espero de verdade que vocês tenham gostado! Foi meu segundo hot, então ainda tô meio insegura. Comentem por favor o que acharam! Ajudem a unnie de vocês aqui!! XD

E mais uma indicação!!! AAAAAHH

da minha autora favorita linda que eu amooo @dayanedutra

Eu apresento pra vocês, "It's ok, that's love"
https://spiritfanfics.com/historia/its-ok-thats-love-9111755

AAAAAAH eu amo essa história! Com nosso golden maknae maravilha, Jeon JungKook!! 💗
Sério gente, não tem como não amar essa fic! Ela é perfeita do início ao fim!!! Corram lá e leiam que vocês vão amar! Certeza!!
---

E foi isso, angels! Obrigada por acompanharem até aqui e sempre comentarem e darem tanto amor a "Save Me"!
Eu amo vocês de verdade 💗 até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...