História Save Me! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 11
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 10 - Relembrar


Fanfic / Fanfiction Save Me! - Capítulo 10 - Relembrar

 [Jackson On]

Descendo aquela escada senti meu coração se apertar pelo o que acabei de ouvir Sun Hee dizer.

Por um momento pensei que talvez ainda restasse um pouco daquele sentimento que tinha por mim junto a ela, como fui idiota!

Claro que não sobrou nada, porém ainda podia a reconquistar aliás estava viva graças a mim, o que a fiz foi um mal muito grande mas as situações me obrigaram a agir daquela maneira.

[Flashback On]

Eu era um mercenário sem emoções ou sentimentos, roubava e matava por dinheiro. No dia em que recebi a proposta de um serviço um pouco demorado mas com um bom pagamento e uma rápida morte no final, foi algo no qual nem pensei duas vezes em aceitar.

Pai de Sun Hee era o sr Walter, aquele desgraçado acabou criando uma dívida imensa com os gângster de seul, seu vício em jogos foi o causador disso.

Quando me contou tudo sobre Sun Hee guardei para mim apenas o essencial. Sabia do que ela gostava, da sua maneira de agir e de seus planos para o futuro e até mesmo qual cor era sua favorita, por um tempo senti inveja daquela garota por ter recebido uma herança daquelas de sua tia, que cuidou dela por anos, pelo o que sabia também sua mãe não a via com medo de sr Walter que a mesma ao pedir a separação quase morreu, o pai de Sun Hee era um homem vingativo!

O tempo passou e eu conheci Sun Hee me tornei seu amigo e em pouco tempo éramos inseparáveis, o prazo máximo que tinha para concluir o serviço era de 5 meses porém me apaixonei por ela e começamos a nos envolver esse fato para seu pai foi uma boa notícia, ele disse para mim que assim seria mais fácil de acabar com ela.

Ultrapassei o tempo para executar meu trabalho e as coisas foram se complicando, sr Walte começou a cobrar por resultados do meu trabalho e eu o enganava dizendo que ainda não havia tido a oportunidade de matá-la, em um dia qualquer fui a casa do sr Walte de madrugada para conversarmos, pro meu azar Sun Hee ouviu o que não devia e então soube de tudo e a farsa acabou descobriu que o seu pai a queria morta e que o encarregado de por fim em sua vida era eu.

Nesse dia a vimos escutando nossa conversa e eu me senti destruído, chorando ela se trancou no quarto e eu fui mandado embora dali por seu pai que estava furioso.

E aquele estúpido tentou a matar envenenada, colocou veneno em seu café da manhã.

Eu não imaginava que ele faria algo desse tipo a ela, Sun Hee ficou alguns dias internada contratou seguranças para protegê-la de seu pai e de mim, durante isso eu convenci seu pai a deixar eu acabar com o serviço para qual fui contratado, claro tudo aquilo era uma mentira meus planos eram salvá-la e leva ela dali comigo.

Mas quando menos imaginei ela fugiu, após isso ocorrer passei meses a procurando ainda sobre o comando de seu pai segui inúmeras pistas falsas deixadas por ela, e agora a recuperei e nada e nem niguém a tirará de mim novamente.

[Flashback Off]

Meus olhos estavam cheios de lagrimas ao lembrar de tudo aquilo, eu encarava o chão na tentativa de não chorar.

Peguei meu celular e observei uma foto.

Jackson: Min Yoongi.

Digo a mim mesmo, me levanto e ando de um lado para o outro.

Jackson : Se considere morto ordinário.

[Quebra de tempo]

Voltei ao quarto de Sun Hee e a mesma ainda estava acordada e assustada.

Me sento em uma cadeira de frente para ela.

Jackson: Seu pai não abandora a ideia de te matar enquanto estiver vivo, estou aqui para te livrar desse destino.

Ela da uma gargalhada que me deixa furioso.

Sun Hee: Me poupe.

Jackson: Te darei 1 semana para resolver tudo aqui em Daejeon, depois disso querendo ou não você irá embora comigo dessa cidade, desse país.

Sun Hee: Não irei a lugar nenhum com você.

Jackson: A não ser que queira ver seu querido Yoongi morrer você irá sim.

A expressão dela muda e parece querer chorar

Sun Hee : O que fez com ele?

Jackson: Por enquanto nada isso dependerá de você.

O abandone e acabe com tudo que vocês dois possam ter juntos.

Sun Hee: Você não seria capaz de fazer nada com ele.

Jackson: Não duvide de mim.

Seguro seu rosto com força e encosto meus lábios no dela, ela se debate e me sinto humilhado por isso. Então seguro seu rosto com mais força.

Jackson : Escute aqui, se quiser que aquele idiota continue vivo vai fazer o que eu mandar, você é minha e de mais ninguém.

Me Afasto e desamarro uma de suas mãos. Me viro e vou em direção a porta olho pra trás e a observo.

Jackson : Apenas 1 semana Sun Hee.

[Jackson Off]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...