História Save me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Blackpink, Bts, Depressão, Drama, Gay, Hentai, Heterossexual, Homossexual, Jikook, Namjin, Psicopata, Tortura, Twice, Vhope, Vkook
Visualizações 80
Palavras 1.392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Mistério, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro capítulo e é meu primeiro livro, não sei se escrevo bem e se a história esta boa, mas espero que gostem. Boa leitura :)

Capítulo 1 - Recomeço


Fanfic / Fanfiction Save me - Capítulo 1 - Recomeço

Pov Hoseok

Anos já haviam se passado, mas as lembranças ainda ficaram. Após o sequestro e morte do suposto mensageiro anônimo, eu, Jimin e o Jin, não nos falamos mais, a última vez foi quando contamos a polícia onde achávamos que o tal sequestrador nos levou.

Nunca vou esquecer o que ele fez, ainda tenho pesadelos, acho que todos eles ainda tem, o medo quando uma mensagem chegar em meu celular, eu olhar e esta escrito algum segredo meu ou ameaças contra mim e minha família. Doi muito, mas não posso fazer nada além de tentar ignorar, ja fiz mais que isso, mas acho que o destino não quis...

Agora é uma nova fase em minha vida, vou para universidade. Sempre fui estudioso, mas nunca gostei da escola, meu pai é  uma pessoa muito rigorosa e principalmente porque tenho uma irmã, mas ela é mais velha, por ela ser menina,  meus pais são mais rigorosos com ela, e se eu fizer algo errado, haveria comparação e toda aquela baboseira.

Nunca fui de ter muitos amigos, só o Jin e o Jimin. Eles também não eram muito populares, mas enfim, espero que na Universidade seja diferente, com pessoas maduras e menos idiotas do que as da escola. 

A universidade era interna, eu ja havia arrumando minhas malas, tomei café e meus pais me deixaram na porta da universidade, pedi para minha irmã me ajudar com algumas caixas. Sai do carro e peguei minhas coisas e comecei a caminhar com minha irmã ao meu lado

-Você vai amar isso aqui, é melhor que a escola - Fala ela sorridente e olhando ao redor

-Você fala isso porque foi popular nos dois - respondo enquanto olho ao redor

-Aish como você é chato - fala ela em um tom de brincadeira

Ao chegarmos ao prédio da universidade, deixo minha irmã esperando fora da sala enquanto falo com o diretor em sua sala

-Então, você é o Jung Hoseok se não me engano?  - fala ele sentado em sua cadeira grande por trás da mesa que havia em sua sala

-Sim senhor - sorri simpático ja sentado na cadeira em sua frente

-Sou o diretor, me chame de Sr.Yang. Bom, essa é a chave do seu quarto - fala ele, me dando a chave - Um folheto com regras e horários estarão em sua escrivaninha e também se encontrarão em alguns quadros de aviso pelos corredores... Acho que é só isso, alguma pergunta?  - conclui ele

-Não Sr. Yang 

-Ótimo, pode sair - sorri

Me levanto para ir embora mas o olho e pergunto antes de sair 

- Quem é meu colega de quarto? 

O diretor olha em seu computador logo me olha

-Min Yoongi - me responde

-Ok - me curvo e ele se levanta fazendo o mesmo, logo saio dali

Pego minhas coisas e vou com minha irmã ate meu quarto, após deixar todas as caixas no cômodo, volto ao carro e me despeço da minha família

-Não me decepcione - fala meu pai após me dar um abraço

Vejo carro ir e logo volto a olhar o imenso campus da universidade

-Que seja um ótimo recomeço - falo a mim mesmo e  vou até meu quarto

Começo a arrumar minhas coisas


Pov Narrador


Jin e Jimin fazem o mesmo percurso do Hoseok, eles também tinha o mesmo sentimento, ainda sentiam medo, aflição, e o temor a cada mensagem que recebiam. Pesadelos?  Era oque mais tinham, o inferno que eles sofreram na mão do mensageiro nunca foi revelado, palavra não podiam descrever a dor que sentiram, mas as perguntas que nunca parou de rodear a cabeça deles é: Por que ele fez isso? Por que com eles? Por que tanta maldade?. São muitos questionamos sem respostas

Pov Jimin


Aqui estou eu, na universidade. Nunca pensei estar aqui sem o Jin e o Hobi. O Jin dizia que éramos como uma família, eu o filho, porque sou o mais inocente e que precisa de cuidado,  ele a mãe pois cuidava de mim e do Hobi, não deixava nos meter em encrenca, ele cozinhava como uma mãe. E o Hoseok era o filho meio pai, tomava a decisão certa, sua palavra era a última, mas também era como um filho mais velho, me ajudava nos exercícios da escola, bagaceiro como uma criança, nós realmente éramos. É triste falar isso no passado, "éramos" "era"... dói, mas a escolha não foi nossa. 

Vim de táxi pois minha mãe é muito ocupada, meu pai nos deixou por causa do meu transtorno após o sequestro, eu acordava gritando de madrugada, eles gastaram muito dinheiro com psicólogos. Meu  pai ja estava cansando então quis me colocar em um colégio interno mas minha mãe não permitiu, foi ai que ele se revoltou e foi embora, e agora minha omma trabalha em dobro para nos sustentar. Mas agora cresci e decidi vim para cá, essa universidade, por meio de uma bolsa de estudos. Minha mãe não gostou, mas seria menos gastos para ela. 

Eu ja havia falado com o Sr. Yang, ele me deu a chave e agora estou arrumando minhas coisas no quarto, meu colega de quarto era bem bagaceiro, ele já estudava lá, percebi pelo estado do quarto, ele não conseguiria fazer isso tudo em um dia. O nome dele era Kim Taehyung, ainda não havia o visto e nem tinha fotos no quarto, então só o que me faltava era esperada.

Após arrumar tudo, vou tomar banho, pego algumas roupas e ponho na cama, entro no banheiro e começo a tomar um banho demorado. Por fim, saio do box e ponho um toalha na cintura, escovo os dentes e logo saio, mas ao sair, me deparo com um garoto em frente da minha cama, cheirando a camisa que eu tinha escolhido para vestir após o banho. Ele finalmente olha para mim

-Quem é você? - fala me olhando de cima a baixo

-P-Park Jimin - gaguejo um pouco

Ele me olha de cima a baixo e sorri malicioso, logo estranho sua ação

-Sou Kim Taehyung - se aproxima- isso vai ser divertido

Fico confuso mas logo percebo que estou só de toalha, desvio dele e pego minha roupa na cama e a camisa da sua mão, depois entro no banheiro e me troco


Pov Jin

Ainda dói, não só os machucados que o mensageiro anônimo deixou, mas a saudade do Hobi e do Jimin. As vezesda ssaudade dos nosso tempo junto, mas acho que olhar eles novamente vai me trazer lembranças da noite do sequestro, os gritos do Jimin, o  as lágrimas de desespero do Hoseok. Ninguém merece oque passamos, mas acabou, é isso que tenho que me concentrar, ele morreu, não vai ter volta, acabou... eu acho. 

Termino de arrumar minhas coisas e saio do quarto, vou andando pelos corredores para conhecer o lugar,ate que passo por uma sala e nela havia pias e instrumento de cozinha, um sorriso crescer em meu rosto. Olho ao redor para ver se alguém olhava em minha direção, após conferir, entro na sala e me aproximo das coisas. 

Aquilo me trouxe lembranças, a última vez que cozinhei, foi para Hobi e Jimin, foi brigadeiro, mas ainda conta, eles diziam que o meu era o melhor. 

-Sabia que não pode ficar aqui?

Escuto uma voz grossa que me tira dos meus pensamentos

-O que? - falo confuso e olho na direção ds voz

Era um garoto alto e moreno, ele tinha uma pirulito entre seus lábios, que ele mexia com a língua. 

-Vi você entrar aqui, para um novato, você é bem desobediente - fala o moreno encostado na porta

-M-me d-desculpa, e-eu não sabia - me curvo em um pedido de desculpa

Escuto ele rir e logo me levanto

-Como você se chama?  -fala ele e desencosta da porta

-SeokJin - respondo e engulo seco

-Hm... - ele faz um expressão pensativo- Vou te chamar de Jin

Confirmo com a cabeça meio nervoso, o por que eu também não sei

-acho que ja vou - começo a andar até a outra porta no fim da sala mas paro ao escutar ele falar

-Te vejo no quarto, Jin

-Ahm? - frazo a testa, confuso 

Ele ri e vira para ir embora mas dessa vez eu o interrompo falando

-Não falou seu nome... - o olho, mas logo fito o chão pois seu olhar me intimidava

-Namjoon ou pode me chamar de  Deddy, você que sabe- ele sorri malicioso e sai 

Fico sem reação e saio dali, vejo ele de costas enquanto anda, logo, começo a andar para o lado oposto ao de Namjoon tentando não pensar no que ele disse.







Notas Finais


Se chegaram até aqui, é porque gostaram (espero). O capítulo foi pequeno pois ainda vai ter muitos acontecimentos na história, mas os próximos serão maiores. Desculpem algum erro e obrigado pela atenção ♡
Obs: não tenho certeza se vou continuar escrevendo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...