História Save Me (Camren G!P) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Austin Mahone, Brandon Flynn, Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren G!p, Lauren Jauregui, Lucy Vives, Megan Fox, Miles Heizer, Normani Kordei, Norminah, Selena Gomez, Shawn Mendes, Vercy, Veronica Iglesias
Visualizações 300
Palavras 2.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EU PRECISO MUITO QUE VOCÊS ESCUTEM ESSA MÚSICA:

Wake Me Up (Boyce Avenue Feat. Jennel Garcia) Cover

MAS SÓ QUANDO EU PEDIR OK?!

Erros arrumo depois, boa leitura.

Capítulo 13 - Vitória e perda.


Quando pequenos, Shawn e Camila era os filhos perfeitos, os pais sempre estavam presente para qualquer coisa que acontecesse na vida dos irmãos.Sl

Shawn sempre vivia com Alejandro, os dois faziam de tudo juntos até mesmo para o trabalho Shawn ia com o pai e todo fim de semana iam para o Central Park jogar futebol, mas o que realmente Shawn gostava era de tocar e cantar e às vezes Alejandro o ensinava tocar violão.

Camila e Sinu não eram apenas mãe e filha e sim eram como melhores amigas do colegial, Camila contava tudo para Sinu e isso incluía suas paixões daquele tempo. Sinu sabia que Camila não gostava de meninos e sim de meninas. Camila só ficou com alguns por ficar, também, naquele tempo ela não sabia o que queria, mas ela não negaria que amou um.

Os dois lembravam de momentos únicos, momento que realmente ficariam para sempre em suas memórias, mesmo que os pais não liguem para ele como era antes de tudo. Alejandro e Sinu foram duas pessoas importantes na vida dos irmãos, claro, eles são os pais deles e isso não seria diferente.

Quando Shawn viu pela primeira vez Sinu bater em Camila ele só pensou em uma única coisa: Proteger a irmã.

Foi o que ele fez, correu para cima de Sinu e a empurrou para longe de Camila, gritou com todo seus pulmões.

- Nunca encoste um dedo na minha irmã!

Sinu se assustou com aquilo, ela ficou com medo claro.

Ela nunca tinha visto o filho tão zangado daquele jeito, mas se pôs séria e segurou o garoto pelo braço mandando ele não se meter se não sobraria apenas para ele, mas Shawn não ficou com medo e continuou na frente de Sinu para que não batesse na irmã e foi nesse dia que Camila teve sua segunda recaída, Sinu levantou a mão para acertar Shawn e Camila com toda sua força levantou e segurou Sinu pelo braço.

- Eu juro que te mato se encostar um dedo no meu irmão.

Camila sim conseguiu fazer Sinu ficar com tanto medo que se afastou dos dois. Camila exalava superioridade, raiva e além de tudo, seus olhos transbordavam de tanto ódio que ela sentia naquele momento, e Sinu sabia muito bem o que era aquilo, afinal, ela também passava por isso.

- Sinto que não está bem. - Camila voltou a realidade assim que ouviu a voz de Lauren.

Lauren vem estado tão presente com Camila, que a menor está se sentindo melhor a cada dia e vem sentindo medo daquilo não durar.

- Bom...- Olhou através do reflexo do espelho para Lauren. - Só estava pensando. - Lauren a abraçou por trás colocando o queixo apoiado no ombro direito de Camila.

- Quer dividir. - Camila negou.

- Desculpe...

- Tudo bem. - Lauren sorriu. - Eu sei que hoje não é um bom momento, afinal você vai para o tribunal. - Suspirou. - Mas eu quero que saiba que estarei com você sempre que precisar, a todo momento tá bem?! - Sussurrou d plantou um beijo na bochecha de Camila que fechou os olhos suspirando.

- Ok...- Se virou para Lauren que sorriu. - Obrigada por está aqui.

- Sempre estarei aqui. - Lauren segurou o rosto de Camila e selos os lábios.

- Se a mamãe Demi ver, ela te mata fantasma. - As duas viraram para Shawn que estava na porta com Megan.

Megan vem se saindo bem com sua nova fase de amizade com Camila, aliás, Shawn e Megan tiveram um quase beijo pois é, quase mesmo já que Lauren apareceu com Camila na porta do ginásio e tiveram um ataque de ciúmes entre irmãos.

Camila ameaçou afogar Megan na piscina se tentasse fazer algo com o irmão e Lauren ameaçou tirar o "meio centímetro" de Shawn.

Depois quando Selena apareceu ela conseguiu conter a discussão que os quatro estavam tendo no meio do ginásio, Demi colocou Shawn e Camila de castigo e isso indicava que ficariam sem celular, vídeo game, sem carros e sem sair com os amigos. Lauren e Megan levaram uma baita bronca de Selena e Candece que ameaçou dar uma suspensão se acontece novamente.

- Cala a boca. - Camila se olhou novamente no espelho.

- Você tá linda. - Shawn parou ao lado da irmã e sorriu. Camila vestia um vestido prrto e soltinho, estava com uma sapatilha também preta e uma leve maquiagem. - Mas, vai pra um enterro?

- Com certeza. - riram. - Também está lindo. - Shawn vestia uma calça jeans preta e uma blusa cinza e sua bota. - Tá muito apertada essa calça.

- Eu amo realçar minha bunda.- Gargalharam os quatro juntos.

- Vejo que estão felizes. - Demi entrou no quarto.

- Bom, hoje se Deus quiser vamos nós livrar de duas roxa no nosso caminho. - Camila pegou o celular e entregou a Lauren que guardou no bolso.

- Não fale assim...- Camila franziu o cenho para Shawn. - Vamos tirar dois iceberg do nosso caminho. - Camila não aguento e gargalhou alto.

- Cheguem de brincadeira, todos para o carro. - Demi riu empurrando todos para fora. - Selena deve está louca esperando.

[...]

- Amor fique calma. - Demi segurou a mão de Selena assim que saíram do carro.

- Não tem como, eu estou morrendo de nervoso. - Suspirou.

- Vai dá tudo certo, vamos tê-los para sempre. - Selena sorriu e apertou a mão de Demi, olhou para frente onde estavam indo os quatro, riu assim que Shawn tentou segurar a mão de Megan mas Lauren e Camila puxaram seus irmão para longe, Camila segurou a mão de Shawn que bufou.

- Eles fazem um belo casal. - Demi comentou. - Shawn e Megan.

- Eu ainda irei ameaça Megan. - Selena resmungou e Demi riu.

- Deixa pra outra hora, vem.

Hoje seria a luta pela custódia dos irmãos, Selena e Demi estão tão nervosa que eram capaz de desmaiar, Demi estava planejando fazer algo antes de entrar na sala e seu coração estava na boca.

- Que horas pretende fazer? - Demi se assustou com Camila atrás dela é quase caí. Camila riu segurando sua mãe. - Calma.

- Quer me matar, capeta. - Demi suspirou e puxou Camila para um quanto.

- Vou falar pra mamãe Sel. - Resmungou e Demi sorriu, ela estava rezando aos céus para ter os dois como filhos.

- Aí você fica sem ver a fantasminha. - Camila bufou. - Então, eu quero fazer isso agora mas tô com medo.

- Medo de que? Para de ser frouxa e vai logo. - Empurrou Demi até Selena que sorriu para as duas. - Vai.

- Não.

- O que tá acontecendo aqui? - Perguntou rindo.

- Eu juro que se não fazer logo eu vou falar sobre a revista da Playboy que estava vendo com Shawn. - Camila sussurrou para sua mãe que arregalou os olhos e puxou a caixinha e abriu para Selena.

- Selena...

- Sim. - Não deixou nem Demi terminar fazendo os quatro rirem.

- V-Você aceitou?

- Sim meu amor. - Demi virou para os quatro ainda com os olhos arregalados.

- Ela aceitou. - Riram mais ainda. - Ela aceitou! - Exclamou e puxou Shawn e Camila para um abraço e logo fez o mesmo com Megan e Lauren. Se virou para Selena e a puxou para um beijo. - Obrigada, eu te amo.

- Eu quem agradeço e eu também te amo. - Demi colocou a aliança no dedo de Selena, quase deixou cair por está tremendo mas colocou.

- Prometo de fazer feliz, quer dizer, eu já faço né. - Gargalharam.

- Estão prontos? - Cooper perguntou aos quatros.

- Sim. - Shawn e Camila entrelaçaram os dedos.

- Sim. - Selena suspirou e entrelaçou os dedos aos de Demi.

- Então, vamos lá.

[...]

O juíz sentou na cadeira e logo depois todos sentaram também, Alejandro e Sinu estavam sentados de um lado da sala com seu advogado, Selena e Demi do outro. Camila e Shawn estavam sentados juntos com Megan e Lauren logo atrás de Selena e Demi.

- Agradeço que tenham comparecido e espero que tenhamos um processo de custódia rápido e que quem ganhar cuide bem deles e sejam bons pais ou mães. - Pegou alguns papéis. - Senhor Cooper, pode começar...

- Senhor, me perdoe interromper...- Alejandro ficou em pé e Sinu também, o advogado ficou sem entender.

- Senhor Cabello, iremos começar...

- Por favor, tenho que falar algo antes de tudo isso. - O juíz suspirou e assentiu.

- O que eles estão fazendo? - Shawn sussurrou para Camila que apenas deu de ombros.

- Prossiga senhor Cabello. - Alejandro foi até a frente seguido da mulher.

(Play na música!)

- Isso que irei dizer não é um jogo para ter nossos filhos com nosco. - Entrelaçou os dedos a de sua esposa. - Noite passada fui até o quarto do meu filho, e ali havia uma cômoda, abrir e vir uma caixa de sapato. - sorriu. - Lá dentro estava vários desenhos e partituras, ao fundo havia uma bolinha de papel e então eu peguei e abrir o papel, me sentei no chão e comecei a ler. - Encarou Shawn que já estava com lágrimas em seus olhos. Alejandro puxou do bolso um papel, desdobrou e começou a ler. - Papai, bom não sei se devo chamá-lo assim, só queria que soubesse que eu amo você assim como amo minha mãe. Tivemos momentos únicos, que fico feliz de ter vividos e te agradecer por isso, mas está tarde para voltar atrás e pedir que mude, eu sinto muito por passar por tudo isso, Camila e eu estamos indo embora e talvez vocês só vejam isso depois de anos ou meses, não sei, espero que fiquem bem e Camila também deseja isso. Amamos vocês apesar de tudo, a parte de Camila está no quarto dela, encima da cômoda, eu amo vocês, assinado Shawn.

Sinu pegou outro papel e suspirou olhando para Camila que assim como Shawn estava chorando.

- Eu realmente não sinto que devo chamá-los de pai e mãe, estou tão machucada, mas eu amo tanto vocês e se um dia verem isso espero que saibam que me perderam assim como Shawn. Não queria ter que passar por isso, doi ter que partir mas é tão maravilhoso saber que terei mães me esperando em casa para assistir um filme ou ir ao shopping. Mãe, eu conheci uma pessoa, ela é maravilhosa, linda e me faz bem e sinto que com ela eu posso ter uma família e uma vida normal. - Voltou a encarar Camila. - Espero que se orgulhe um dia de mim, eu te amo e amo você papai, assinado, Camila. - Limpou as lágrimas. - Eu estou orgulhosa, orgulhosa pela mulher que está se tornando, orgulhosa por ter pessoas que demonstram amor, por cuidar de seu irmão e por encontrar a pessoa certa. Eu amo vocês dois.

- E é por amarmos vocês que daremos o que realmente vocês merecem. Uma família. - Alejandro se virou para o Juíz. - Estamos dando a guarda dos dois a Selena, não precisam brigar pela guarda, saberemos que nossos filhos estaram sendo bem cuidados e terão amor.

- Então, Senhor e senhora cabello, estão dispostos abrir mão dos seus filhos?

- Se eles estão felizes. Sim. - Sinu se pronunciou.

- Então...- O juíz levantou. - Senhorita Gomez, você acaba de ganhar a guarda dos irmãos Cabello.

Alejandro e Sinu caminharam a frente dos filhos, Alejandro tocou o ombro de Shawn e Sinu o de Camila.

- Espero que um dia vocês nós perdoem. - Então caminharam para fora do tribunal, Alejandro abriu a porta para Sinu que entrou e logo o marido tomou conta do banco do motorista.

- Está pronto pra isso?

- Eu estou como você e estou satisfeito em saber que nossos filhos ficaram bem e serão amados. - entrelaçou os dedos aos da esposa. - Eu te amo.

- Eu também te amo.

Alejandro acelerou o carro, cada vez acelerava mais até o carro entrar na contra mão batendo em um caminhão e capotar várias e várias vezes.

Camila e Shawn correram para fora do tribunal para ter pelo menos um abraço dos pais antes de seguirem suas vidas mas tudo que viram foi o carro capotando aquela avenida.

- Não! - Camila gritou mais não pode correr até lá, Shawn a segurou e fechou os olhos.

Ele pode ver os corpos voarem de dentro do carro, caindo no asfalto da avenida agora, sem vida.

Quando tudo parou, Camila se desvencilhou de Shawn e correu entre os carros, seu irmão logo foi atrás mas parou assim que viu o corpo do pai na calçada.

- Pai! - Gritou e correu até ele, se ajoelhou e começou a chorar. - Não, não, não. Volta pai, volta porfavor!

Camila correu até sua mãe que estava no meio da rua, o sangue escorrida pela cabeça de Sinu, Camila segurou o rosto da mulher e chorou.

- Mamãe, porfavor...- Encostou a testa na de Sinu. Camila sabia que não teria mais volta ali, ela sabia que perdeu seu pai e sua mãe. - Eu perdou você... Eu perdou por tudo...mas volta. Porfavor mamãe!


Notas Finais


E aí, o que acharam?
É o último capítulo de hoje.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...