História Save me From My Nightmares - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Kira Yukimura, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski
Tags Derek Hale, Sterek, Sterek Fic, Stiles Stilinski, Teen Wolf
Visualizações 333
Palavras 1.852
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoal! Parece que já é Domingo.

Nem acredito que estou a postar o último capítulo da fic. Parece que foi ontem que comecei…😭😩 Oh, bem…

Quero agradecer a todos. A cada pessoa que leu, a cada pessoa que favoritou, a cada pessoa que comentou, a toda a gente. Têm sido muito queridos comigo ao longo de toda a fic. Acho que para a minha primeira fic, o feedback tem sido muito bom. Nem sei como vos agradecer. Só vos peço uma coisa, que continuem aí para futuras coisas que escreva. 😍🙏💖

Depois disto onde o meu coração aqueceu, espero que gostem do capítulo e espero não ter desiludido mesmo no último. Há novidades lá em baixo! 😉
Desculpem qualquer erro e até às notas finais.

Capítulo 18 - Epilogue


“Derek… Oh Meu Deus… Nem sei que dizer. Quero dizer tanta coisa mas não consigo dizer nada por isso vou falar do tempo. Alguém uma vez perguntou «Quanto tempo dura o que é eterno?» e responderam-lhe «Às vezes, apenas um segundo». E eu fiquei a pensar 'Se cada segundo é algo eterno, quantos «eternos» já tivemos?’ e cheguei a uma conclusão, cheguei à conclusão de que ambos já despendemos de muitos segundos em prol do outro, já despendemos de bocadinhos da nossa eternidade um com o outro e eu estou-te tão agradecido por cada eternidade que me deste, mesmo aquela que só dura um segundo. Porque foi com segundos que me ajudaste a ultrapassar os meus pesadelos, foi com segundos que quase te perdi após o meu acidente e foi com segundos que me apaixonei por ti.

Eu não te posso prometer que serei perfeito, que cada momento que estiveres ao meu lado vai ser melhor que o anterior e muito menos te posso prometer que não haverá sofrimento mas posso-te prometer que quero passar o meu segundo de eternidade contigo e espero que queiras passar o teu comigo. Eu amo-te agora e durante todo o meu segundo.”

Uma lágrima escapou-lhe do olho ao rever estas palavras molhando o papel que as continha. Derek estava sentado na sua beira da sua cama com as mãos trémulas ao relembrar o momento em que primeiro ouviu aquelas palavras. O seu coração pulava de amor.

- Derek! Traz já o teu lindo rabo aqui e ajuda-me com as crianças. Nem penses que vou pô-las na cama sozinho. Tu também assinaste o papel de adoção! – A voz de Stiles fez-se ouvir interrompendo a leitura que Hale fazia dos votos de casamento proferidos pelo humano. Ele tinha guardado durante aquele tempo todo o rascunho que o mais novo tinha usado. Já há mais de 6 anos que se tinham casado e ele fazia questão de preservar aquele papel. Sorriu com as palavras e com a forma de ser do marido e levantou-se deixando o papel na mesinha de cabeceira e indo de encontro a Stiles.

Durante o resto do secundário, o mais novo ainda sofreu com os seus pesadelos, ora devido à morte da mãe ora devido à dos amigos. Mas com o tempo, Derek foi capaz de ajudá-lo a ultrapassar essa dor que tanto o atormentava. Por outro lado, Stilinski foi aos poucos consertando cada bocadinho do lobo livrando-o do sofrimento que o perseguia há muito tempo. Foi com persistência, dedicação, muitas horas de sono perdidas e acima de tudo com o amor que sentiam um pelo outro que derrubaram todos os obstáculos que encontraram durante o processo de “cura” de ambos.

Após Stiles acabar o secundário os dois ainda namoraram mais dois anos antes de o lobo decidir fazer-lhe o pedido de casamento. Foi um momento lindo. Era a passagem de ano e tinham ido a New York para a celebrar. Apenas os dois, tinha sido uma “escapadela romântica” que aparentemente para Stiles, tinha sido um plano de última hora. O mais novo queria estar no meio da multidão da Times Square a ver a grande bola de cristal descer mas por insistência de Derek conseguiram ir para o top do Empire State Building. A contagem decrescente começou enquanto os dois admiravam o céu escuro acima de si e as luzes da cidade. E quando finalmente chegaram ao zero na contagem, o mais novo inclinou-se para trocar o mítico beijo da meia-noite mas foi surpreendido quando em vez de receber o seu beijo viu o namorado ajoelhar-se à sua frente com o fogo-de-artifício como fundo. Naquele momento o seu coração parou e viu o homem abrir uma pequena caixinha de veludo preta revelando um anel. Prontamente respondeu que sim. Apesar de o mais novo ter aceitado, o ex-alfa teve muito medo. Sabia que era amado pelo humano mas temia que por ainda ser novo lhe dissesse que não. Um ano depois do casamento, onde ambos decidiram manter os seus apelidos, e de terem uma vida estável nos seus empregos decidiram adotar duas crianças. Adotaram um rapaz e uma rapariga que ainda eram bebés de 6 meses. Ambos eram filhos de lobisomens que tinham sido mortos por caçadores por isso as crianças também eram lobisomens. A menina era a Sidney com os seus grandes olhos azuis claros, cabelos lisos e pretos e lábios rosados. E o menino era o Harry de cabelos lisos e castanhos com um tom castanho claro nos olhos. Os irmãos tinham agora quase 6 anos.

Depois de algum tempo, o casal conseguiu sossegar as crianças e pô-las as dormir. Encaminharam-se para o seu quarto com Hale a puxar o marido pela mão. Chegando à divisão o lobo puxou Stilinski para um beijo apaixonado em resultado do que tinha lido momentos antes. As suas mãos viajavam pelas costas do companheiro e as do mais novo estavam no seu rosto. Separaram-se pela necessidade de ar perdendo-se nos olhos um do outro. Os lábios de Stiles dirigiram-se para o pescoço do ex-alfa enquanto este desapertava calmamente cada botão da camisa do marido acabando por lha tirar. A camisola que o lobo usava também não durou muito mais tempo no seu corpo acabando jogada no chão como em tantas outras vezes. E voltaram a juntar os lábios em mais um beijo repleto de desejo. Era incrível como passados tantos anos, cada vez que se beijavam parecia a primeira vez. Cada toque, cada carícia era como se estivessem a descobrir-se pela primeira vez.

Stiles, como estava de costas para a cama, começou lentamente a andar para trás sem nunca abandonar o contacto entre os lábios de ambos puxando o marido consigo até ficar deitado na cama com Derek por cima. O beijo foi-se aprofundando tornando-se mais urgente como se necessitassem do toque um do outro. Hale provocava puxando levemente o seu lábio.

O ex-alfa saiu da cama para mais facilmente puder tirar as suas calças vendo o mais novo fazer o mesmo. O humano sentou-se na cama apoiando as costas na cabeceira com o marido sentado no seu colo com uma perna de cada lado da sua cintura. As suas mãos foram automaticamente para a cintura do homem à sua frente e as do lobo foram para o seu pescoço. Antes de ser puxado para outro beijo reparou no pedaço de papel em cima da mesa de cabeceira e logo o reconheceu. E como podia não reconhecer!? Tinha sido escrito por ele, era algo que lhe relembrava um dos melhores momentos da sua vida e escrevê-lo tinha sido um desafio porque o sentimento era tão grande que lhe parecia impossível pôr em palavras.

- Tu ainda o tens? O rascunho dos meus votos, quero eu dizer. Ainda o tens? Porquê?

-Claro que tenho. Eu adorei cada palavra. E mantenho-o sempre comigo porque marca o início. – Fez uma pausa e viu aquele brilho na cor de âmbar que tanto gostava. – Às vezes pego nele, releio e pergunto-me se passado todo este tempo ainda sentes o mesmo, se a chama não se apagou.

- Se fosse agora não mudaria uma única palavra do que escrevi. Não podia estar mais feliz com o segundo de eternidade que me tens dado. Eu amo-te Derek Hale.

- Eu amo-te Stiles Stilinski. – E novamente uniram-se num beijo.

O ex-alfa desceu os lábios para o pescoço do companheiro dando pequenos beijos e mordidas arrancando-lhe suspiros. Foi descendo por todo o seu peito e barriga, beijando cada sinal que marcava a sua pele. Não era a primeira vez que o fazia mas sempre que o fazia era como se não conhecesse cada detalhe daquele corpo. Chegou à sua cueca e beijou o membro do mais novo por cima do tecido sentindo-o estremecer. Voltou a fazer o mesmo para obter a mesma reação. Para o aliviar da pressão que sentia naquela zona como resultado da excitação do momento, retirou-lhe a peça de roupa. O lobo voltou a beijá-lo nos lábios e rapidamente voltou a descer direcionando a sua atenção para o pénis do humano. Depositou beijos em toda a sua extensão terminando com um na glande para logo começar a chupá-lo. Stiles continuava sentado da mesma forma com a cabeça a pender para trás e de olhos fechados desfrutando das sensações que lhe eram proporcionadas. Derek já conhecia muito bem o corpo do marido pelo que sabia exatamente o que fazer para proporcionar mais prazer ao seu amado.

Parou o tratamento e retirou a única peça de roupa que ainda usava voltando a sentar-se no colo de Stilinski tendo os seus lábios tomados pelos do companheiro. O beijo ia-se aprofundado enquanto Hale posicionava o membro do mais novo na sua entrada e num movimento sentia-se ser totalmente preenchido. O humano não pôde evitar gemer profundamente entre o beijo ao sentir o interior do homem. Derek começou com movimentos lentos devido à dor que sentia. Stiles beijou-o com mais vontade para o distrair da dor enquanto passava a mão pelo pénis do mais velho e rapidamente a dor foi substituída por prazer fazendo o ex-alfa movimentar-se rapidamente enlouquecendo ambos de prazer. O lobo tinha a mãos apoiadas nos ombros do amado e este tinha-as na sua cintura auxiliando os movimentos.

O humano observava a expressão de Derek. Amava fixar o olhar nos seus lábios ligeiramente abertos que deixavam escapar gemidos e que sussurravam o seu nome denunciando o mais novo como o autor do seu prazer. Ele sempre adorou puder ver o rosto do marido enquanto faziam amor.

Stiles quando reparou no cansaço de Hale decidiu inverter as posições e logo já estava deitado por cima do ex-alfa entre as suas pernas movimentando-se dentro dele. Stilinski beijava o pescoço do homem deixando-lhe marcas, e como ele adorava aquelas marcas na pele do marido que rapidamente desapareciam pela sua capacidade curativa permitindo-lhe fazer aquilo vezes sem conta. Derek envolveu as pernas à volta da cintura do humano fazendo força com os pés indicando-lhe para ir mais fundo, indicação que foi obedecida resultando num movimento certeiro à próstata do lobo fazendo-o gritar de prazer o nome do companheiro ao seu ouvido.

Stiles, à semelhança de Hale, sentia que já não conseguia aguentar mais, o prazer aumentava a cada movimento tornando-se impossível prolongar. Assim, intensificou os movimentos levando ambos ao ápice. Ainda com as respirações aceleradas, o mais novo deitou-se com a cabeça no peito do marido sentindo-o envolve-lo com os seus braços para que adormecessem como em tantas outras noites no conforto um do outro.

Como a relação deles fora irónica. Pensar que o casal que agora dormia agarrado todas a noites amando-se mais a cada dia que passava e com duas crianças eram os mesmos de há 13 anos atrás quando se conheceram e odiaram. Pensar que as duas pessoas mais destruídas e em maior sofrimento iriam ajudar-se mutuamente e colar cada bocadinho partido e que fora esse mesmo sofrimento que os uniu, que revelou um amor por baixo daquela capa. De facto, era irónico mas a vida é feita de ironias e eles não podiam estar mais felizes com a ironia que a vida lhes tinha dado.


Notas Finais


E então!? Como foi este último capítulo? Gostaram? Não gostaram? Comentem! Deixem a vossa opinião sobre o capítulo, sobre a fic em geral, umas palavras de “despedida” ( que não é bem despedida porque quero voltar para outras coisas), o que me quiserem dizer, digam!

As novidades é que daqui a uma semana vou postar uma oneshot Sterek e espero lá por vocês!

Entretanto, tenho em mente uma ideia para uma fic longa Sterek mas ainda estou a pensar como tudo se vai processar (na qual vou incluir uma ideia que me foi sugerida, obrigado pela ideia). Se quiserem podem ir deixando as vossas ideias do que sempre quiseram ler e eu tentarei fazer o meu melhor (não prometo que seja muito rápida, ahah).
Bem… nem acredito que me estou a despedir desta fic…😪 mas não me posso alongar. Obrigado a todos mais uma vez.💖

Vemo-nos para a semana para uma oneshot! 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...