História Save Me (Long-Imagine JungKook) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drogas, Gangues, Imagine, Jungkook, Você
Exibições 148
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi!! *Foge das pedras*

Sei que demorei! E peço perdão!!

Estava com bloqueio, não conseguia mais escrever para SM (Save Me :v) Então, eu decidi não me pressionar, por quê, se não, o capítulo ficaria uma bosta, e não queria isso pra vocês ^^ - sim, bloqueio de novo.

E eu DE NOVO, estou em semana de provas. POIS É!

MAS ESSA MERDA TÁ ACABANDO! AMÉM.

Eu vi meu sobrinho *-* AHAHAHAHAHA TÃO FOFO QUERO PRA MIM!!

Bom... Já falei demais!

Espero que vocês gostem :3

Até as notas finais ^^

Capítulo 17 - Why Are You Doing This?!


Fanfic / Fanfiction Save Me (Long-Imagine JungKook) - Capítulo 17 - Why Are You Doing This?!

Pov __________ On

Acordei em algo macio. Olhei em volta do cômodo e percebi que estava em um quarto. Mas, eu não estava na casa de JungKook... Não conhecia aquele quarto.

Meu corpo parecia pesado. Sentia-me assim, e não sabia o por quê.

Levantei-me com dificuldade e gemendo de dor enquanto fazia esforço para me levantar. Olhei em volta novamente. O quarto não era feio, apesar de que, eu estava um pouco nervosa do que viria a seguir.

Ouvi alguns passos vindos do corredor do lado de fora do quarto.

De repente, senti meu corpo gelar e o medo tomar conta da minha pessoa. Rapidamente, voltei para a cama e me deitei na posição que estava antes. Fechei os olhos para que a pessoa soubesse que estava dormindo e não o contrário.

Ouvi a porta ser fechada. Acredito que a pessoa entrou no quarto.

Engraçado...

Aquele perfume... 

Eu conheço aquele perfume.

- Abra os olhos. Sei que não está acordada. - Aquela voz... Não é possível...

Abri os olhos e me sentei na cama encarando a pessoa pasma.

Era...

Era...

- Olá, __________ . Quanto tempo, não?

- T-Taehyung...? - Perguntei incrédula e ele sorriu cínico.

Não acredito...

Mas por que?

Por que ele estava fazendo isso comigo?! Ele não tem motivos!

- Sim, eu mesmo. - Novamente, sorriu de forma cínica. - Surpresa?

- Um pouco. Agora, me responda: Por que caralhos está fazendo isso?!

Ele riu e se aproximou mas, me levantei da cama rapidamente e caminhei para trás tentando me afastar dele. Conforme ia me afastando, ele vinha atrás de mim até, que, senti minhas costas baterem em algo e, percebi que era a parede. Taehyung se aproximou e me prensou na parede deixando seu braço a cima da minha cabeça.

- Ora, __________ , eu estou fazendo isso porque simplesmente sinto sua falta! Sinto falta da minha princesa comigo! - Seu rosto foi se aproximando do meu e virei o mesmo.

- Mas eu não senti sua falta! Você mentiu pra mim! O tempo todo mentiu! Me disse que conheceu esses meninos no colégio, sendo que os conheceu da rua e juntos, fizeram uma gangue! Porra, Taehyung! Agora entendi o por que de quando estávamos juntos você vivia dizendo para mim apenas me cuidar! Era por causa aquela gangue do JungKook, não é?! - Falei de modo sério.

Taehyung não parava de me olhar incrédulo. Eu havia descoberto tudo, tudo, por causa de JungKook!

Ele me disse, e era a hora de Taehyung saber também que havia tomado conhecimento do caralho todo. Olhei novamente para o meu ex e arregalei os olhos.

Um flash veio em minha mente.

Flashback On

Observava a paisagem mais uma vez do quarto. Estava na época de outono, estava tudo bonito, principalmente as árvores que continham as folhas quase caindo.

Olhei para a rua e vi JungKook ali. Sorri de canto. Ele era tão amorzinho, estava me tratando com tanto carinho, nem parecia o mesmo de antes do qual tratava-me mal e quase me estuprou uma vez.

Abracei minhas pernas e deitei minha cabeça nos meus joelhos ainda olhando ele. JungKook percebeu que o encarava e olhou em direção à janela. Ele sorriu de canto e sorri junto.

De repente, escutei um carro vindo e olhei para o mesmo que vinha na direção do meu sequestrador e arregalei os olhos. JungKook rapidamente se jogou pro lado e o carro passou em alta velocidade.

Saí do quarto correndo e desci as escadas apressadamente, pouco me fodendo de caísse. Saí da casa - sem um calçado ou meia - e corri até a pessoa do qual estava começando a criar certos sentimentos.

Me doeu ver ele assim.

Doeu mesmo.

JungKook estava deitado no chão gemendo de dor. Fazia dias que ele não comia ou bebia sangue tanto meu, quanto das bolsas que estavam na geladeira. Seu rosto estava mais pálido que o normal e isso preocupava-me cada vez mais.

Não gostava de vê-lo assim.

Eu odiava.

- J-JungKook... - O chamei de forma baixa e algumas lágrimas caíam dos meus olhos.

- Eu estou bem, __________ ... - Ele se sentou no chão e não me contive, o abracei. O abracei em lágrimas. Não estava nem aí se alguém nos visse. Apenas queria estar ao lado dele, queria o abraçar, o beijar... Cuidar dele como se fosse um recém-nascido que precisava da mãe pois era totalmente independente...

Mas me sinto impotente, sinto que não posso o ajudar.

- Vamos entrar... E-Eu vou cuidar de você... - Sussurrei apenas pra ele que assentiu. O ajudei a se levantar e caminhamos pra casa.

Flashback Off

Era... O cara que havia quase atropelado JungKook... Era o Taehyung!

O olhei com ódio. V poderia me amar, poderia fazer o que quisesse comigo, mas eu, EU, não vou deixar que toque no JungKook!

- Foi você... - Meu ódio aparecia em minha voz.

- Eu o que? Fui eu quem roubou os presentes do papai Noel?! - Falou irônico

- Foi você quem tentou atropelar o JungKook! - Falei séria e quase gritando.

De repente, o cômodo ficou silencioso. Não se ouvia mais nada além de minha respiração que encontrava-se pesada. Estava me segurando pra não bater no rosto do idiota que se encontrava na minha frente. As lágrimas já desciam.

- Vai chorar é? - Riu irônico. 

- Eu te amei, Taehyung. - Falei com a voz embargada e sua expressão se fechou. - Eu realmente te amei, amava vir ficar com você. Gostava quando me dava carinho, quando você me beijava... Mas agora, eu apenas me arrependo de você ter me tocado, de você ter me beijado... EU TE ODEIO, TAEHYUNG! - Gritei a última frase bem alto, pouco me fodendo para quem ouvisse.

A expressão de V estava séria. Séria demais. O medo voltou a tomar conta de mim.

Quando vi, sua mão se levantou e assim que pisquei, sua mão se encontrava no meu rosto.

Ele...

Ele me bateu!

Meu rosto havia virado para o lado assim que sua mão havia se encontrado com meu rosto. Sentia minha bochecha arder. As lágrimas já vinham nos meus olhos.

- Isso é pra você aprender! Aprender a não falar essas coisas para mim, __________ ! - V falou bem alto, fazendo meus ouvidos doerem por conta do volume de sua voz.

O olhei com ódio. O ódio que sentia daquele homem era grande; Tão grande que nem cabia em mim.

Enxuguei as lágrimas e desviei o olhar. V segurou meu rosto e me fez o olhar. Sorriu cínico.

- Você vai ficar sem comer. Sem comer por dias! É seu castigo por ter dito aquelas palavras! - Consegui fazê-lo me soltar e me afastei. Ele, segurou meu pulso com força e gemi de dor. - Entendeu, _________ ?

Assenti gemendo de dor, pois, ele havia apertado meu pulso com mais força.

Taehyung me jogou contra a parede com força e caí no chão. Logo depois, a porta foi aberta e ele havia saído dali. Gemi de dor ao sentir minhas costas doerem.

Maldito...

V havia mudado... E pra pior.

Muito pior.

As lágrimas já escorriam pelos meus olhos enquanto continuavam ali, deitada. Sem forças.


Notas Finais


AIN GENTE ;-;

COITADA DA __________ !

O que será que vai acontecer com ela?! Taehyung fará mal à garota? JungKook irá salvá-la?!

*Sem spoiler* ^^

Comentem o que acharam, eu gosto da opinião de vocês :3

Beijos ~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...