História Save-me please (Taehyung) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taehyung, Você
Visualizações 183
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Disposição


Fanfic / Fanfiction Save-me please (Taehyung) - Capítulo 33 - Disposição

Empurrei ele ate a parede, fazendo suas costas baterem.Estou disposta a mudar e vai ser assim que irei conseguir, vou passar a dominar a situação.

Agarrei seus cabelos enquanto deixava que minha língua explorasse a sua, contato excitante ao meu ver.

- Uau..C-continua a-assim _ Sussurrou em meio as mordidas que eu distribuía em sua boca.

- Continuarei sim _ Colei mais nossos corpos tornando os apenas um, desci meus beijos pela sua pele quente e cheguei ao seu pescoço o lugar que eu adorava marcar.

Judiei de sua pele enquanto sentia ele apertar minha bunda em objetivo de roçar nossos sexos..

Em meio a todos aqueles movimentos rápidos, suas mãos que antes deliciava em minha bunda, rapidamente subiu para meus seios, era ágil o jeito que ele adentrava minha blusa para brincar com eles.

Agora suas duas mãos apoiaram sobre minha blusa onde ele desceu desabotoando cada botão rapidamente. Por mais que nossos pulmões pediam por ar, insistíamos em manter aquele beijo selvagem que nos arrancavam arfares. 

Assim que Taehyung terminou de retirar minha blusa, agarrei minha perna em sua cintura com sua ajuda, nem mesmo me atrevi a abrir os olhos para saber onde íamos.

Ainda grudada nele, minhas costas se encontraram com o colchão maciço, aquelas mãos macias dele deslizaram por minha cintura indo de encontro com minha calça, a qual ele começou uma guerra com os botões para conseguir a retirar.

Infelizmente encerramos nosso beijo, ele me olhou mais uma vez e sorriu malicioso, desceu ate minha calça e finalmente a retirou. Levantei rápido e o joguei em cima da cama ficando por cima. 

Dei um jeito de começar a retirar sua blusa que me incomodava nesse momento. Retirei sua blusa tendo a visão daquele seu maravilhoso abdómen que eu amo deixar marcado.

- Quer me marcar né? Pois bem eu adoro ficar sem camisa _ Fez uma carinha fofa. - O que meus amigos vão pensar?

- Que você tem uma mulher que sabe perfeitamente te satisfazer _ Sorrimos ao mesmo tempo com malícia, enfim abaixei meu rosto começando a brincar com sua pele.

Entre mordidas e chupoes, podia se ouvir ele arfar, e para brincar mais comecei a me mexer em cima de seu membro que não demorou em despertar . 

- V-você s-se tornou uma m-ma menina _ Gemeu em meio as minhas brincadeiras, não irei parar tão cedo de maltratar esse abdómen com minha boca .

Assim que vi o quão duro ele estava, voltei a o olhar vendo as maravilhosas marcas que eu havia criado.

- Amor _ Fez uma voz manhosa - Tá doendo .

- Onde dói ? _ Ele segurou minha mão, e a deslizou pelo seu corpo ate chegar em seu membro onde eu fiz favor de sentar.

- Me ajuda?

- Hm. Primeiro se divirta com meu corpo ele e ...seu _ Me joguei na cama vendo ele sorrir.

Calmamente ele tocou meus lábios, mais era bem diferente de suas mãos que aos poucos descia por meu seio onde ele pressionava com força, assim que adentrou minha calcinha, não evitei em gemer aquela área estava sensível e me incomodava por estar tão sedenta assim por sexo.

Ele sorriu maldoso antes de começar ali movimentos circulares, eram lentos mais fortes, era a mais impura judiação.

- Awn v-vai m-mais rápido tae._Vi ele sorrir e negar com meu timbre manhoso .

- Quero te torturar _ Enquanto eu gemia selares gélidos foram depositados em meu seio e logo em seguida em meu pescoço, onde sei que sem dúvida ele gosta de marcar, pois ali distribuiu várias mordidas e sucções 

O calor que isso me causava era torturante e prazeroso, queria acabar com isso logo, não conseguiria esperar.

- V-vamos t-tae Awn. _ Me contorcia na cama e mecha meus quadris a procura de mais.- N-não consigo mais esperar ... S-se alivia dentro de mim _ Delirava de prazer .

- Porra garota desse jeito você não me da escolhas _ Tirou as mãos de dentro de mim deixando assim apenas o calor, retirei o resto de suas vestis vendo seu membro implorando por uma boa foda. 

Deitei ele na cama e subi em cima peguei seu membro e coloquei dentro de minha vagina lentamente, doía ainda e apenas a segunda vez que eu faço sexo e Taehyung parece super dotado, então fica difícil pra mim.

Morde forte os labios, fechei meus olhos aguentando novamente aquela sensação de ser rasgada, doía mais era prazeroso .

Assim que o sentir completamente dentro de mim, fiquei por mais alguns segundos imóvel.

- Ainda não se acostumou? _ Segurou minha cintura vendo eu negar - Vamos fazer mais vezes quem sabe você acostuma _ Neguei rindo .

Suspirei e comecei a me mover, ia pra frente e pra trás calmamente se não fosse pelo meu desejo iria gemer de dor, mais e tão bom me sentir sendo penetrada calmamente.

Meus movimentos se tornaram mais rápidos assim que Taehyung segurou minha cintura, ele fez com que suas estocadas fossem mais rápidas. Ele tomou definitivamente o controle, eu sentia como se ele fosse rasgar meu útero, e isso era extremamente bom.

Foi tão rápida a hora que ele me jogou na cama que nem eu mesma percebi, adentrou com mais força minha intimidade .

Agora me dei conta de que havia parado em um quarto, o qual estava preenchido de gemidos.

Não deixei que passasse a oportunidade de selar nossos labios, um beijo que abafou o gemido de ambos, mais não os impediu. Meu corpo se movimentava a medida de suas investidas violentas.

Cravei minhas unhas em suas costas enquanto mordiscava seu pescoço da mesma forma que ele fazia com meus ombros.


             [*°*°*°*°]


Já não tínhamos mais força começamos umas 10:35 e já são mais de 6:20, nos abraçamos totalmente ofegantes e procurando nossas forças que haviam sumido.

- Éssa s-sua ideia d-de morarmos juntos n-não e meio precipitada? _Olho para o mesmo que fitava o teto.

- Não...As pessoas la fora so nos fazem mal..Nada mais justo de que vivermos juntos _ Sorri e o apertei mais no abraço.

- Tem razão _ Beijo ele - Esse é o nosso quarto? _ Observo a beleza dele enquanto ouvia ele rir.

- Nosso quarto e la em cima s/n _ Aportou pra cima.

- Qual o tamanho dessa casa?

- Não muito grande _ Começou a brincar com uma mecha de meu cabelo.

- Tá bom ... Eu deveria te encher de beijos._ Começo a beijar sua bochecha.

- Você poderia beijar outra coisa _ brincou malicioso.

- Não mesmo tae _Nego com a cabeça.

- tá bom .._ Suspirou- Então minha boca pode.

- Ela sim _ Dou um monte de beijos em sua boca antes de inicializar mais um beijo .


Notas Finais


Ignore os erros. Pois EU irei corrigir depois .
Bjss 💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...