História Save-me please (Taehyung) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taehyung, Você
Visualizações 60
Palavras 855
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Porque


Fanfic / Fanfiction Save-me please (Taehyung) - Capítulo 4 - Porque

Porque eu simplesmente não Faso isso? E so um passo s/n vai ser rápido não vai doer, ninguém vai se importar mesmo..E so um passo ao caminho do alivio eterno um simples adeus a essa superfície terrestre onde habita seres desprezíveis como Kim Taehyung, mas porque algo me impede de fazer isso? Porque um sino esta badalando em minha cabeça em sinal de não?

Essa não e uma das primeiras vezes que falho em alguma tentativa, eu falhei na tentativa de pular do terraço da escola assim como desisti de me cortar e de ser feliz.

Afinal me cortar vai so me fazer sentir dor todos os dias, e também vai me matar lentamente ..Mas eu não quero morrer lentamente eu quero partir logo ir em Bora o mais rápido possível .

Mas infelizmente a vida nos faz pequenos, e pequenos o suficiente para não ter coragem de acaba com ela, essa droga de vida que esse meu corpo carrega. Eu não amo a mim mesma vou um dia amar alguém? As pessoas que amei se foram e me deixaram sozinha com aquele monstro..Acham que o que ele me faz e apenas xingamentos? Não ..eu ainda irei passar por muita coisa e vocês vão ver o que ele faz.

Eu sinto saudades de alguém, sinto saudades de seu toque de seu sorriso todas as manhas que eu acordava, e desesperada eu rezo para que minha morte chegue logo para que eu encontre com ela onde quer que ela esteja .

Minha mãe um anjo que eu não dei valor, que eu decepcionei magoei e desrespeitei e graças a minha ignorância agora cinto falta dela ...

Me aconchego no chão em cima do terraço e pego meu cigarro acendo e dou um trago.

O porque que eu fumo..Bem eu sei que isso ataca os pulmões e ainda mais com uma pessoa que sofre de asma isso sim seria um modo mais rápido de morrer. Por isso cada tragada eu provoco um ataque em mim quando puxo o ar intoxicante o levando para os meus fracos pulmões que agora devem gritar por um socorro ...

   Pov's Taehyung:

Será que eu exagerei? Será que não medi os meus atos como de todas as vezes? Eu deveria pensar ..e se fosse eu no lugar dela? Como eu me sentiria se alguém fizesse isso comigo ...Eu não sou tão ruim ao ponto de ser um estorvo na vida de alguém .Mas pensando bem foi o que eu me tornei para essa menina ...

Percebo o quanto as pessoas na sala riam do ocorrido, eles zombavam e cuspiam palavras imundas que aquela garota não deu motivo algum para ser chamada disso. De certa forma eu me revoltei, meu coração se desparou e foi como se um vendaval fosse criado em minha cabeça .

Bati com força a minha mão na mesa sentindo uma ardência na mesma, todos se assustaram e olharam para mim confusos com o que acabei de fazer.

- Inúteis _ Falo com nojo e saiu da sala.

Porque fiz isso? Sendo que sou eu um desses inúteis..E se ela tiver problemas mais graves que os meus?

Isso mesmo eu não aparento ser um garoto depressivo, mais na verdade eu uso apenas uma mascara para esconder das pessoas o que realmente sou....

Um sorriso quadrado em minha fasçe esconde as lágrimas que já derramei,  um psicólogo no final de semana um remédio pro nervosismo, e tudo o que eu guardo nessa vida, eu tenho amigos e eles me dão força para continuar, assim como o resto que sobrou de minha família.

Eu queria que fosse tudo um sonho mais não é ...Um choro acompanhado de torces foi o que ouvi quando cheguei atrás da escola..Estranhei quando percebi que os mesmos vinha de cima do terraço. 

Subo uma escada que tinha la e com cuidado me aproximo, e vejo ela sentada com seu cigarro de sempre, e chorando desesperadamente.

Me encostei e fiquei vendo o quanto ela chorava, ela parecia comigo quando eu estava sofrendo, quando eu não tinha ninguém para me acolher e não tinha ninguém para me abraçar...Talvez seja o que ela esteja precisando de um abraço .


    Pov's s/n on: 

Eu não estava entendendo o que estava acontecendo, quem foi a pessoa que me abraçou..Ou melhor quem e a pessoa que me abraça?E Esse cheiro viciante que me alucinava?  De alguma fôrma o mundo perdeu a gravidade que nos mantinha no chão,... de quem que era esses braços que me apertavam com necessidade? 

Meus olhos vão para pessoa que me abraçava...E o que veio em minha mente foi Porque..Porque ele esta me abraçando? Porque seus olhos estão fechados? 

O meu espanto foi tanto que levou meu cigarro ao chão e inevitavelmente acabaram minhas lágrimas ...Eu não sabia o que fazer o que falar e nem o que pensar...

Talvez fosse um pedido de desculpas? Mas ele não teria motivos de me pedir isso já que ele é um dos seres que causa meu sofrimento...Mas seu abraço me consolava, meu coração batia forte com seu ato inesperado...Onde que eu me perdi? 

Porque ele esta me abraçando depois de ter me humilhado como sempre..Será que ele não quer ser um dos motivos que eu quero partir? 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...