História Save The World @ Next Generetions - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chomaru Akimichi, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Mitsuki, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Temari
Tags Boruto, Drama, Naruto, Romance, Sarada, Shikadaixmayumi
Visualizações 21
Palavras 1.341
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tentem ignorar a cicatriz no olho dela,queria uma personagem parecida com o pai,então so achei essa foto me desculpem por favor ;-;

Capítulo 1 - De volta ao lar...


Fanfic / Fanfiction Save The World @ Next Generetions - Capítulo 1 - De volta ao lar...

 


Nos andávamos em silêncio,nem sequer ouvia sua respiração,eu apenas escutava o canto dos pássaros e o bater das folhas uma nas outras,realmente eu não queria andar mais,só que o Sa-chan não parecia nada cansado,nem suado.E o calor parecia estar pior a cada dia.

- Sa-chan,não acha que seria bom darmos uma pausa - perguntei esperançosa,ele me olhou de canto de olho e suspirou.

- Nos demos uma parada um dia atrás,deixe de moleza Mayumi,se não esse treinamento não terá adiantado de nada.E meu nome e Sasuke,não quero nenhum outro apelido - dei língua pra ele e me calei,andei mais rápido pra ficar longe daquele homem que não era um ser humano.

Depois de um tempo,olhei para trás e Sasuke continuava a encarar a estrada sem nem piscar,olhei para o lugar aonde deveria existir um braço e senti remorso por ser assim com ele.

- Mestre,perdão pela falta de obediência,sabe que herdei o gênio forte da minha mãe - falei diminuindo o passo para ficar ao seu lado,Sasuke me olhou e deu a sua" tentativa de sorriso".

- Não só da sua mãe como o daquele velho, não precisa se desculpar.Vem vamos almoçar e descansar por um tempo,estamos quase lá,só mais duas ou três horas de caminhada - meu queixo caiu,mas não reclamei já que poderíamos comer um pouco.

Sentamos em baixo de uma árvore grande e ambos pegaram suas marmitas feitas com carinho pela idosa da última vila na qual passamos.

- eh,Mestre - chamei sua atenção enfiando arroz na minha boca - poderia fazer uma pergunta?

- Depende,vai ser ou não perda de tempo? - perguntou ainda olhando para a sua comida.

- Não sei,depende do ponto de vista - respondi,Sasuke mesmo contrariado,assente e volta a comer - o senhor sente falta do Hokage-Sama? Quero dizer,meu pai vivia contando que vocês brigavam muito,mas também sentiam grande admiração um pelo outro e de que o senhor sempre fazia de tudo para ser melhor do que ele,mas ambos não conseguiram superar um ao outro,então...imagino que do ódio nasceu o amor certo?vocês viraram melhores amigos né? - perguntei ansiosa,sempre me contavam a história deles,mas nunca perguntei de nenhum dos dois.

- Olha...pra uma pirralha você pergunta demais sabia? - eu sorri e vi uma cor rosada pairar entre sua bochecha pálida - esse negócio de admiração e etc,acho muito forçado,por favor não quero você espalhando isso por aí,se não vão ficar enchendo a minha paciência e a do Naruto com esse negócio de amizade e amor - falou erguendo seu olhar pra mim - só quero que entenda uma coisa,o Naruto sempre foi meu melhor amigo,a única pessoa mais próxima de mim era ele,então mesmo depois do "ódio",nossa amizade continuou a mesma - esclareceu e dessa vez,uma única vez,Sasuke sorriu ao lembrar dos tempos de criança - o Naruto realmente é meu amigo só que não sinto tanta falta dele,sempre fomos distantes,sempre com objetivos diferentes,o Sol e a Lua,esses dois não podem ficar juntos certo? - assenti ainda sorrindo - e a mesma coisa com o Naruto e eu.

- Entendo,obrigada Mestre,o senhor mudou minha perspectiva - me inclinei e voltei a comer,mas sentia que ele ainda me encarava - sei que sou bonita,mas o senhor não acha que é muito velho pra mim não? 

- Perspectiva de que? - perguntou e senti uma centelha de curiosidade na fala.Há Sasuke Uchiha também tem esses sentimentos.

- Bom,de que uma amizade pode surgir do nada e outras não,e também de que não precisamos ser cercados de amigos,contanto que tenhamos verdadeiros irmãos pra nos ajudar - comentei enquanto ele ouvia com atenção - eu sempre reclamava por ficar sozinha em Konoha,aquele lugar não era para todos,muito menos para uma deslocada como eu - ri sozinha,mas logo meu sorriso morreu ao lembrar do tempo de infância,naquela época eu e os demais tínhamos 11 anos,eu e o Boruto passávamos pela mesma situação,por sermos bons no que fazíamos todos achavam que a gente se aproveitava da fama dos nossos pais,o Boruto sempre foi carismático e engraçado,superou isso mais rápido que eu.Mas infelizmente não tive essa sorte.

- Antes de partimos,Kakashi me contou pelo que você passava,mas antes seu sentimentos eram mais abertos,agora você é uma adolescente,bem diferente das que eu já vi,você não é mimada e chata como as outras - corei pelo elogio e engoli de vez toda minha comida.

- Vamos indo,temos muito oque andar,até chegar em casa - falei me levantando,Sasuke riu abafado e terminou de comer.

- Realmente,logo vamos chegar - finalizou guardando as coisas.


M&S


Depois de muito tempo caminhando,avistei a entrada da Vila de Konoha é sério,meus pés choraram de alegria.

- Mayumi venha aqui - chamou Sasuke já passando dos portões,ele se abaixou até ficar na minha altura e com o único braço que lhe restou segurou um lado do meu rosto - vou ser sincero com você,quando Kakashi me pediu para treina-la,não fiquei animado porque achei que você era fraca,que era indisciplinada e muitas outras coisas.Mas eu estava errado sobre você,ele me pediu para treinar a força que você tem,que está muito além dos conhecimentos dele,eu sei que você agora,está pronta e madura para a vida,sei que vai orgulhar a Kyumi,o Kakashi e a mim - sorri muito muito animada e quase o abracei só que daí eu lembrei que era o Sasuke - agora vá e conquiste seu espaço no mundo.

- Sim senhor,com todo prazer - falei e olhei para frente aonde se encontravam os rostos dos grandes Hokages - espere o meu rosto ali naquelas pedras,meu mestre - me inclinei em agradecimento e comecei a correr,o máximo que pude,logo a imagem de Sasuke sumiu da minha vista,e mais feliz do que nunca,saltei por entre as casas e pulei o mais alto possível e soltei um grito de felicidade,eu estava em casa,na minha vila com meus amigos e meus pais.

- Certo...que nervosismo - parei em frente a minha antiga casa e puxei para baixo minha "mascara" preta,percebi que nada havia mudado,tudo continuava lá...intacto - com licença?

Entrei e percebi que não havia ninguém,olhei ao redor e realmente,não havia mudado nada.Sorri comigo mesma e subi as escadas indo até o meu antigo quarto,adentrei o cômodo e me senti estranha,o meu quarto havia mudado de cor,minha cama estava maior,tinha duas janelas ao invés de uma,prateleiras com livros de escola e de outros gêneros,tudo como eu gostava agora,pensava que estaria tudo cor de rosa ainda.Mas não,meu quarto era a única coisa que havia mudado igual a mim.

- Pare de reclamar o Nanadaime não se importará com isso - ouvi uma voz grossa e senti nostalgia,deixei minha mochila cair pelo meu ombro até o chão,depois sai do meu quarto e devagar andei até o pé da escada e sorri ao ouvir a voz da Kyumi.

- Quero só ver você amanhã,correndo de um lado para o outro tentando arrumar a bagunça do dia anterior - estavam discutindo deu pra perceber - querido amanhã quero que você...- as palavras morreram em sua boca,seus olhos encontraram os meus e eu sorri nervosa.

- Oi mãe...- murmurei e desci dois degraus quase chegando nela,mas Kakashi foi mais rápido.

- Queria oque? - ele olhou pra mim e não fez nada,apenas ficou parado,nem mesmo uma expressão de surpresa passou pelo seu rosto.

- Mayumi...? - minha mãe subiu um degrau perto o bastante para tocar meu rosto,com suas mãos segurou minhas bochechas e uma lágrima solitária caiu dos seus olhos - minha filha...você voltou,Mayumi você voltou,meu amor meu bebê - ela me abraçou e eu correspondi fechando os olhos,tive que fazer carinho nas suas costas porque ela não parava de chorar.

Olhei para o meu pai e ele me encarava,sorri discretamente e ergui minha mão até ele que a pegou com rapidez,incapaz de me controlar naquele momento,lágrimas caíram dos meus olhos quando meu pai se chocou contra nós quase nos quebrando em um abraço apertado.

Quando meu pai me enviou para o treinamento com Sousuke,quase morri de raiva dele e disse que jamais o perdoaria,só que o vendo ali,depois de tudo oque eu passei.Entendi que era para o meu bem.


"Sou Mayumi Hatake,e assim como meu pai serei a melhor Hokage de todos os tempos" eu assim dizia quando eu fantasiava meu futuro.


Notas Finais


Espero que gostem' -'
Aceito críticas,tanto faz se ruins ou boas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...