História Saviors - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Exibições 18
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hi acharam que eu não iria postar hoje né
Pois é também achei mas como sou bem legal
Hoje o cap está cheio de emoções Hahahaha
Tá não tá tanto mas tudo bem né
Desculpa por algum erro

Capítulo 6 - Sixth


Fanfic / Fanfiction Saviors - Capítulo 6 - Sixth

              P.O.V Lucy


Já fazia uma semana que a Jade havia chegado, todas as noites ela dizia que a gente iria embora pela manhã, mas sempre eu conseguia arrumar uma desculpa pra não irmos e não sei como ela nunca reclamava, acho que ela está gostando de ficar aqui, hoje eu levantei cedo e fui até a torre de vigia, eu fiquei olhando as nuvens e o céu azul, hoje estava um dia lindo, até estranho estar tudo tão calmo.

- oi- escutei a voz de Carl.

- oi- eu disse sorrindo, nesses últimos dias eu e Carl estávamos mais próximos, e eu meio que gostava disso.

- por que acordou tão cedo? - ele disse sentando do meu lado.

- eu só queria aproveitar o dia, provavelmente a Jade vai querer ir embora hoje então- eu disse olhando pra ele.

- por que vocês não ficam?- ele disse olhando pra frente.

- é que tem tanta coisa envolvida que é meio difícil explicar- eu disse e ele riu.

- que foi?- eu disse passando a mão no rosto.

- nada - ele disse pegando uma mecha do meu cabelo e colocando atrás da minha orelha, me fazendo sorrir- eu gosto quando você sorri.

- sério - eu disse e ele assentiu.

- sabe o que o seu sorriso me lembra?- ele disse sorrindo.

- dentes?- eu disse tentando disfarçar o meu nervosismo.

- droga- ele disse levantado.

- droga o meu sorrindo te lembra droga?- eu disse e me levantei também, e vi que era apenas um Walker, que ele matou com facilidade- nossa que habilidade- eu disse rindo.

- ja são anos de treinos- ele disse com a arma perto do rosto.

- claro- eu disse rindo e ele também riu

- me dá abraço de despedida - eu disse o abraçando e ele retribuiu com certo receio, eu estava com a cabeça encostada no peito dele, e podia ouvir os batimentos acelerados dele- tá nervosos porque?- eu disse e senti acelerar ainda mais.

- não tô nervoso- ele disse e eu me desfiz do abraço olhando pra ele, percebendo que as bochechas dele estavam vermelhas - que foi tem alguma coisa na minha cara- ele disse passando a mão pelo rosto.

- não, apenas essas bochechas de pimentão - eu disse mordendo o lábio inferior.

- e que o sol está muito forte - ele disse se aproximando de mim.

- você quer me beijar não é - eu disse me aproximando dele também- ou estou mentindo- eu disse tão perto que sentia a respiração decordenada dele.

- Lucy- ele disse com centímetros de distância de mim.

- Carl- Rick gritou.

- eu preciso ir- ele disse novamente se distanciando de mim.

- ele pode esperar- eu disse e puxei ele pela camisa, finalmente beijando ele, eu esperava aquele beijo tanto quanto ele, apenas paramos por ouvir o Rick subindo as escadas

- Carl- Rick disse entrando na torre- desculpa- ele disse ao ver eu e Carl tão próximos.

- tudo bem- eu disse dando uns tapinhas no ombro do Carl- vai lá que eles estão te esperando- eu disse mordendo o canto do lábio inferior.


             P.O.V. Jade


Eu estava na frente da casa do Rick brincando com a Judith quando o portão abriu e quem entrou não foi uma pessoa que eu queria ver.

- vamos querida é hora da gente entrar- eu disse e entrei com ela.

- eles chegaram né- Carl disse ao me ver entrar.

- sim- eu disse sentando no sofá com ela.

- você não tem medo que eles descubram que você está aqui- ele disse sentando do meu lado.

- sinceramente eu não tenho medo deles- eu disse e fiquei ali brincando com a Judith.

Já fazia tempo que eu estava ali ouvindo as risadas da Judith, quando ouvi meu pai começar a gritar meu nome e em seguida o da Lucy.

- vocês podem dizer as duas que o pai delas sabe que elas estão aqui e que a irmanzinha delas aguentou bastante a gente teve que quebrar um braço dela pra ela começar a falar - quando escutei aquilo imediatamente passei Judith pros braços do Carl e sai- olha quem apareceu- ele disse quando me viu.

- o que significa isso negan- eu disse e ele riu.

- por que o mal humor- ele disse irônico como sempre- quer ver uma coisa engraçada - ele disse e fez sinal pra um dos capangas dele, que logo apareceu com a Megan toda machucada.

- Megan- eu disse a corri até ela- o que esse babaca fez com você.

- levem ela de volta- ele disse e um cara pegou ela pelo braço.

- não- eu disse segurando ela e eu cara veio por trás de mim e me segurou- me solta idiota- eu disse e dando uma cotovelada no rosto dele, e quando fui dar um soco no rosto do que puxava Megan sem nenhuma delicadeza, meu pai me impediu

- você está muito revoltada- ele disse segurando meu pulso- se você continuar assim eu vou ter que te dar um lição- ele disse sério.

- tenta me bater - eu disse olhando pros olhos dele, e por um momento eu consegui perceber que ele não estava feliz me ameaçando.

- vamos embora - ele disse soltando a minha mão e todos os idiotas dele entraram nos carros que eles haviam chegado.

Vi aquela cena, meu pai que tentou sempre me proteger mostrando o lado escuro dele que infelizmente eu já conhecia, me segurei para não chorar na frente de todos, e derrepente Lucy apareceu na minha frente.

- o que aconteceu com a Megan- Lucy disse me olhando assustada.

- eu te falei que gente precisava voltar- eu disse quase gritando.

- pera aí vocês são filhas do Negan?- alguém que eu nem vi quem era perguntou.

- nossa fez a descoberta do ano- eu disse séria.

- ei se acalma aí - Daryl disse.

- me acalma?- eu disse rindo- sabe aquela menina toda machucada, ela é minha irmã, e sabe o cara que machucou ela, é meu pai- eu disse senti um lágrima deslizar sobre o meu rosto- e agora eu tenho que decidir o que eu tenho que fazer pra salvar a vida da Megan o mais rápido possível por que se não aquele idiota é capaz de matar ela, ou matar alguém daqui por minha culpa - eu disse sentado no chão e colocando as mãos no rosto.

- calma - Perrie disse colocando a mão no meu ombro- a gente vai dar um jeito.

- não, existe dois jeitos e os dois tem a mesma coisa no final- eu disse secando as lágrimas do meu rosto e levantado- ou seja acaba em morte, de um dos lados alguém vai ter que morrer- eu disse e fui até Rick e chamei ele pra conversar.



- tá bom a gente tem um plano então- eu disse dando os escrevendo mais algumas coisas no mapa.

- agora só falta a gente se preparar- ele disse e eu assenti.


Notas Finais


Uuuuuuuuu meuuu deeuuus do céu me segura
Gente coitada da Megan
E Carl e Lucy esses safados
E a Jade tadinha como sofre essa menina
Enfim
kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...