História Say "I love you" (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Jikook, Romance, Yaoi
Exibições 27
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello people sz

Bem, essa é minha primeira Fic, espero que gostem.
Vou postar todo sábado (considerem esse capítulo como o desse sábado) e tentarei nunca ficar em falta com vcs. Vamos torcer pra que eu não tenha uma bloqueio tão cedo, pq não sou uma pessoa muito criativa ;--;
Mal cheguei e já tô toda dramática, não liguem, na verdade se acostumem, ok? ASJSJSMSJSK

Bem, desculpem pelos erros e aceito críticas construtivas.
Boa leitura sz

Capítulo 1 - *One*


Fanfic / Fanfiction Say "I love you" (Jikook) - Capítulo 1 - *One*

            >>Pov. Jimin<<

Bem, sei que é bem clichê essas apresentações, mas acho que vocês gostariam de saber um pouco sobre mim, certo?

Meu nome é Park Jimin, tenho 22 anos (na Coréia, no dia em que nascemos, já nascemos com 1 ano de idade) e sou filho de uma dançarina bastante conhecida. Minhas condições financeiras são bem altas, mas não é porque tenho dinheiro que significa que sou uma pessoa completamente feliz e não tenho problemas.

Minha mãe é uma pessoa bastante ignorante e exige muito de mim. Pelos motivos de ela ser uma dançarina incrível e famosa, ela quer que eu me torne uma cópia masculina dela. Ela não se interessa em saber o que gosto de fazer, apesar de que amo dançar, eu realmente sempre quis me tornar um cantor, mas ela dizia que eu não teria futuro. Ela se torna um projeto de monstro comigo quando erro algum passo na dança, as vezes acaba por me dar uns tapas e diz que não presto pra nada, diz que tenho que me desempenhar mais na dança e parar de ocupar minha cabeça com "coisas inúteis". Mas apesar de tudo isso, eu a amo!

Sou líder do pavilhão número 1, ao todo são 3 pavilhões e cada um contém um líder. Como fiz pra ser um líder? Bem, eu tive que fazer um teste, no qual eu peguei três músicas quaisquer e criei uma dança para cada uma delas... sim, tinha que ser uma dança feita somente por mim.

E como já deu pra perceber eu acabei conseguindo e virei líder do pavilhão n.1. Imaginem como foi minha mãe me pressionando e criticando o tempo inteiro, e isso porque tive 4 semanas para criar essas 3 danças.

Ser líder não é nada fácil, mas eu tento mostrar aos meus "alunos" que não sou melhor que nenhum deles por ter conseguido estar aqui, mostro que sou igual a todos e gosto de ser tratado como um amigo qualquer.

Hoje o dia será corrido, pois um novo aluno está se transferindo pra cá. É bem difícil conseguir entrar aqui, você passa por 6 testes e tem que se sair muito bem em todos... não é atoa que a Athos Dance é a melhor academia de dança da Coréia do Sul. Voltando... esse novo aluno se chama Jeon JungKook e parece que tem 20 anos. Ele ficará no meu pavilhão, então terei que mostrar todos os lugares daqui pra ele e o ensinar as regras e passar os horários no qual meu pavilhão pratica. Sinceramente, espero que esse Jeon seja uma pessoa agradável, não gosto que fique climas chatos nos lugares que convivo.

Agora estou indo a sala do diretor da academia, ele vai me passar alguns dados do Jeon e o horário que ele chegará aqui. Chegando lá eu bato na porta, afinal, não é nada educado sair entrando sem permissão pois talvez ele possa estar resolvendo alguns assuntos com outras pessoas. Logo ele falou que eu poderia entrar...


HC: Bom dia Jimin!

JM: Bom dia diretor!

HC: Jimin, eu já disse que não precisa dessas formalidades todas, me chame apenas de Heechul. - disse Heechul e eu sorri como pedido de desculpas - Bem, aqui está alguns dados de JungKook, e o número do quarto dele... acredito que você já saiba que Jeon JungKook é o famoso cantor JK, certo? - ele me olhou com uma cara como se fosse algo óbvio.-

JM: Ele o que? - eu realmente não sabia, poxa, fui pego de surpresa- Não senhor Heechul, eu não sabia. Isso não é algo ruim, certo? - perguntei forçando um sorriso.-

HC: Pra ser sincero, meu caro, eu espero que não. - ele também forçou um sorriso. e nessa hora eu desmanchei o meu pra uma cara preocupada.-

JM: Como assim, "espera que não"?

HC: Sabe, JungKook é conhecido por seu temperamento forte e por ser mimado e arrogante. Teremos que ter paciência com ele... - ele olha pro lado pensativo.- Eu acredito que você consiga lidar com ele. - disse ele sorrindo.-

JM: Mas... - ele me olhou sério. - Tudo bem, eu irei tentar. - me de dei por vencido.-

HC: Obrigado Jimin, eu acredito em você! - mas eu não.-


Bem, não tenho escolha mesmo o que custa tentar, não é? A quem estou querendo enganar afinal? Eu estou com um certo medo de como será isso. Ai GDeus, me ajude! Segui ao pavilhão n.1, eu já estava atrasado.

Cheguei lá e todos já me esperavam, algumas meninas como sempre ficaram se atirando pra cima de mim, mas não tenho interesse em nenhuma garota daqui... ou melhor, só uma, Lisa. Alguns alunos ficaram também me enchendo de perguntas sobre Jeon, mas eu sempre respondia não saber nada sobre o mesmo.

A aula pratica chegou ao fim, já era por volta das 14:30 da tarde e Mark veio correndo até mim.


MK: Hey Jimin, Heechul mandou você ir para o portão, disse que JungKook já chegou e ele mandou você ir recebê - lo. - então é agora?!-

JK: Ooh Mark, obrigado! Já estou indo pra lá. - sorri para o mesmo que retribuiu.-

MK: Tudo bem Jimin. Até depois então?!

JM: Até!


Peguei os papéis com os dados de JungKook e fui em direção ao portão, e quando cheguei lá tinham vários dançarinos amontoados em volta de algo, e imaginei que esse algo era Jeon JungKook, afinal, um cantor famoso em uma academia de dança... já era de se imaginar essa muvuca toda.

Cheguei perto e pedi pra que se afastassem, pois eu precisava passar e chegar até JungKook. Quando finalmente consegui, JungKook estava conversando e rindo com algumas meninas que estavam passando a mão por seus braços, eu fiquei chocado com como um garoto pode ser tão mulherengo, mas precisava fazer meu "trabalho" alí.

Chamei por ele, mas ele não ouviu (ou fingiu né), então cheguei ao seu lado e cutuquei seu braço.


JK: O que foi, garoto? - Falou ele ríspido e frio sem me olhar.-

JM: Desculpe atrapalhar, mas eu sou o líder do pavilhão n.1 e sou eu quem irei orientá - lo e te dar as aulas. - disse de uma forma doce e educada.-

JK: Ooh, mas eu perguntei algo? Eu não ligo pra o que você é ou deixa de ser. Se vê que está atrapalhando então se retire! - disse grosso.-

JM: Estou apenas fazendo minha parte, então agradeço se colaborar um pouco. Não quero que fique um clima ruim entre nós dois, então por favor, eu peço pra que venha comigo. - disse eu já me alterando um pouco mas tentando continuar soando de uma forma doce educada.-

JK: Você é surdo ou o que? Apenas saia daqui. - nessa hora ele olhou pra mim com um olhar de raiva.-


O certo seria eu, como o molenga que sou, sentir medo do olhar que ele me lançou, mas o estranho foi que não senti medo e nem me senti confrontado. Eu senti algo estranho, eu não consegui desviar meu olhar do seu e me perdi naquela imensidão de seus olhos, meu coração acelerou e senti minhas bochechas esquentarem. Eram sentimentos que eu jamais havia tido.

O que eu estou sentindo, afinal? Será que eu estou tendo um começo de infarto?


Notas Finais


Obrigado por terem lido até aqui, de verdade!
Até o próximo cap... se gostarem me digam, se tiverem críticas construtivas me digam tbm.

Bju da Jods sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...