História Say Love - Becstin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Becky G
Personagens Austin Mahone, Becky G
Tags Drama, Romance
Exibições 51
Palavras 313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Rebbeca

 

Sim é claro que eu estava nervosa, ele havia acabado de me tocar e eu senti um arrepio na espinha.

A mãe de Austin deu início ao jantar e depois meus pais começaram com assuntos da empresa novamente...

— Filho leve Rebbeca para conhecer o jardim. —A mãe dele sugeriu.

—Não... Eu prefiro ficar aqui. —Disse terminando de tomar o suco que restava em meu copo.

— Filha vocês precisam se conhecer melhor. —Minha mãe disse.

Austin deu uma olhada desagradável de incomodado e se levantou do seu lugar.

 —Vamos... Eu tenho algo para você. —Ele disse e pareceu sorrir forçado.

—Tudo bem. —Murmurei me levantando.

Caminhei na frente de Austin e ele acompanhava meus passos. Parei no meio do jardim e ele parou do meu lado.

— É muito bonito o jardim da sua mansão. —Comentei sem olha-ló.

—Em breve iremos conhecer o jardim da "nossa" mansão. —Ele disse e eu o olhei rapidamente.

— Não... Desde quando minha mãe disse sobre esse casamento, ela me disse que iríamos morar em um apartamento. —Disse e ele riu negando.

— Nunca Rebbeca! Como eu iria levar meus amigos para lá? Você tem suas amigas também não é? Como iríamos fazer festas...

— Não iremos ficar fazendo festinhas. —Interrompi ele.

 —Serei o homem da casa. —Ele disse firme. —Minhas regras. —Completou e riu de lado.

Ficamos em silêncio.
Austin caminhou até o lado de fora da mansão e eu o acompanhei. Ele foi em direção a um carro que deveria ser dele e pegou um arranjo de flores. Caminhou até mim e me entregou.

— É para você. —Ele disse ao me entregar.

—Obrigada.

 —Mas eu não gosto de você, muito menos queria me casar. —Ele disse passando por mim.

— Eu também não gosto de você e muito menos queria esse casamento. —Digo e ele para de caminhar.

—Somos noivos que não se amam. —Ele diz risonho.

"Um completo idiota"

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...