História Say Love - Becstin - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Becky G
Personagens Austin Mahone, Becky G
Tags Drama, Romance
Exibições 41
Palavras 321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Rebbeca

Havia sido irritantes até as mensagens. Bloqueei o ecrã do celular e o coloquei o mesmo na escrivaninha do lado da minha cama. 
Fitei o teto por alguns minutos e fechei os olhos respirando fundo tentando afastar de minha mente o olhar de esmeralda de Austin. 
Só o dono daquele olhar me fazia sentir choques pelo corpo todo quando eu estava próxima dele.

 

[...]

 

Acordei com a luz do sol em meu rosto e coloquei o travesseiro em meu rosto tentando tapar os raios de sol que incomodavam.

—Odeio quando esqueço de fechar as cortinas. —Murmurei para mim mesma.

Levantei relutante e fui para o banheiro.

 

....

 

—Bom dia. —Digo entrando na cozinha.

 —Bom dia senhorita Gomez. —Merlin diz.

—Meus pais?

—Saíram, já tem meia hora. 

— Nossa tão cedo. —Penso alto.

—Pois é, mas você não terá compromissos hoje e ficará trancada naquele quarto cantarolando. —Merlin diz me olhando sorridente.

—Aquele quarto é meu melhor amigo. —Digo suspirando.

— Você precisa fazer amizades...

—O meu quarto já é um grande amigo.

— Não por muito tempo. —Merlin diz me lembrando.

 —Vou fazer de tudo para voltar pra casa. —Digo e Merlin nega com a cabeça.

 —Talvez não... Talvez você queira esse casamento pro resto da vida. —Merlin diz e eu a olho incrédula.

—Nunca Merlin! Vira essa boca pra lá doida. —Digo e ela rir.

 —Eu aguardo outra resposta no futuro. —Ela diz e eu reviro os olhos.

Merlin é a governanta dá casa há 20 anos... Dois anos antes de eu nascer ela já trabalhava para os meus pais. Então ela é como uma segunda mãe e uma grande amiga para mim.

Termino meu café da manhã, assisto um pouco de televisão e subo para o meu quarto. Me trancando como Merlin disse.

Olho para os papéis colocado no painel que tem na parede do meu  quarto e leio as canções que costumo escrever, quando estou triste, feliz, amorosa, delicada, horrível...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...