História Say Something - Broken ( Nemi ) - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~CoringaHarley

Postado
Categorias Demi Lovato, Nick Jonas
Personagens Demi Lovato, Nick Jonas, Personagens Originais
Tags Demi Lovato, Jonato, Nemi, Nick Jonas
Exibições 82
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi oi gente
demoramos um pouco mas está aq mais um pra vcs
boa leitura

Capítulo 24 - Uma chance de ser melhor


Fanfic / Fanfiction Say Something - Broken ( Nemi ) - Capítulo 24 - Uma chance de ser melhor

 

Você é mais forte do que imagina - Demi Lovato

 

Nick...

Fico na sala esperando, eles querem chamar a polícia , alguns parentes de Demi estão aqui, então um entra pela porta, a irmã dela.

Então um entra pela porta acompanhado pela irmã de Demi.

-Nicholas esse é o meu namorado.- Ela nos apresenta.

Quando e levanto não acredito no que eu vejo.

- Joe...- Ela termina. Eu o olho, com os olhos arregalados e minha respiração fica descompassada.

Acredito que ele também, eu me levanto e ele aperta minha mão, mas não do jeito normal de se apertar, acredito que ele apertou mais do que o necessário, primeiramente aparentou felicidade, depois raiva, mas ele não me acusa, não grita, ele simplesmente me trata como um estranho.O resto saiu, digamos, normal. Os polícias enrolando como sempre, a família de Demi desesperada, e eu quieto, só observando, aflito.

Quando sinto uma mão no meu ombro...

E eu suspiro, sabendo quem era...

Eu me viro e ele me olha, ele olha pra escada e depois pra mim, entendi o recado.

Eu me levanto e subimos as escadas, e eu tenho medo do que ele vai me dizer.

Ele parou e eu parei na frente dele, nervoso.

- Mano!- O som não foi de felicidade, não foi de emoção, foi de desprezo, de raiva, de se sentir enganado.

- Joe eu...- Antes de terminar ele soca meu rosto, eu coloco a mão no rosto pra massagear o lado ferido, ele quase me derrubou no chão.

- Você sumiu por anos, eu achei... Achei que estivesse perdido, as não, está muito bem pelo o que vi.- Eu vejo as lágrimas em seus olhos.

- Precisa me bater? - Pergunto ainda massageando onde ele tinha batido.

- Você tem ideia de quanto tempo eu passei te procurando, a mamãe sofreu tanto, e eu achei que você ficaria até o ultimo momento, mas você fugiu, fugiu como um covarde, nós sentimos a sua falta Nick, o papai foi embora depois de você, Frankie ainda chama por você ele grita o seu nome todos os dias em seus sonhos, mas você não esteve lá, você nunca esteve lá...

- Você não me entende... - Sussurro o olhando.

- EU NÃO TE ENTENDO... SEMPRE EU!- Ele diz e vejo as lágrimas chegarem ao seu pescoço e vejo seus olhos brilharem.

- Desculpa, mano!- Digo chorando.

- Não vem com essa de ´´ Mano ´´.

- Jo... - O chamo pelo o apelido de infância. - Eu... Eu tive que fugir, eu sou o problema! - Exclamo. - Eu... Vocês... Vocês iam se sair melhor sem mim.

- Não, não iriamos! A gente precisou de você Nick... A gente precisou...- Ele diz limpando o rosto.- E o que você está fazendo aqui.

- E...eu... - Suspiro. - Eu salvei a Demi e... Fui até a casa dela procura-la pois viramos amigos... - Digo o olhando. - Chegando lá, sua mãe percebeu que Demi tinha sido sequestrada de novo, me eu trouxe ela pra cá...

Ele me olha sem dizer nada...

- Pretende voltar?- Ele pergunta...- Pra casa...

- Onde está o seu pai agora? - Pergunto, me fazendo de desentendido.

- Ele sumiu a muitos anos, um tempo depois de você desaparecer...

- Eu fugi à 7 anos... - Sussurro. - Não sei se vocês vão me querer de volta...

- E..eu não me importo... - Digo baixo. - Só quero vê-los... Ver o Frankie depois de sete anos... E o Kevin, ver se ele mudou alguma coisa...

- Nick, talvez eles não te aceitem...- Ele responde. Eu respiro fundo e tentando tomar coragem. Ele começa a descer as escadas.

- Quero ver meus irmãos. - Falo baixo. 

Corro atrás de Joe e o puxo, antes de terminar de descer as escadas.

- Quero ver meus irmãos. - Digo baixo, puxando seu braço.

-... Você não esteve presente quando precisamos, não precisa estar agora... E eu vou guardar nosso segredo!- Ele diz descendo as escadas.

- Mas... - Sussurro. - Você perguntou se eu vou voltar...-Eu respiro fundo e tentando tomar coragem.
 Falo e termino de descer as escadas, voltando onde estava sentado.

Sinto que ele me queria falar mais alguma coisa, porém, eu não quero ouvir, e eu conheço o Joe, ele não contará pra ninguém o que nós somos, nós sempre guardamos o segredo um do outro.

 

Demi...

 

Eu estava no chão frio novamente, tudo que ele faz me lembra o Nick, como ele me tratava, só que duas vezes pior.

- Socorro!- Digo baixo mesmo sabendo que ninguém vai ouvir.Sinto às lágrimas invadirem meus olhos...

Me escolho, abraçando minhas pernas e começo a chorar. Como eu queria que Nick estivesse aqui...

- Então, amor, como dormiu?- Ele diz vindo com uma bandeja.Eu não respondo, e me afasto um pouco, ainda encolhida.

- Oh, não faça isso, querida, vamos, coma!- ele diz colocando a bandeja no chão- Cadê o Nicholas?... - Minha voz sai fraca, e eu pergunto sem pensar, e sem olha-lo.

- Ele nunca te achará, pode ter certeza.- ele responde indo até a porta.

- Onde estamos?- Pergunto.

- Ora, querida, só quis matar a saudade dos velhos tempos, literalmente..- Ele ri saindo do quarto e trancando a porta.

- Filho da puta... - Murmuro com raiva.

Ainda bem que el não ouve.
 


Notas Finais


Se prestarem atenção na dica vocês descobrem onde a Demi está trancada...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...