História Say Something - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Luna Valente, Matteo
Tags Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli
Exibições 371
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa tarde então chegamos ao final mas na verdade não
então por isso vou fazer textão só no final mesmo
Obrigada pelos favoritos ( SOMOS MAIS DE 100 UHUUUUUUUUUUUUUUL, MTOOOO FELIZ ), pelos comentários maravilhosos e aos que acompanham que são incríveis também <33

Capítulo 29 - Say Something - Final


Fanfic / Fanfiction Say Something - Capítulo 29 - Say Something - Final

Depois do caloroso abraço, todos foram jantar, se divertiram e conversaram sobre diversas coisas, Ruggero e o pai de Karol cada vez davam mais certo, deixando a mexicana mais feliz.

Depois da janta os pais da morena foram ate a cozinha lavar as vasilhas e o casal Ruggarol estava no sofá trocando pequenos beijos e carinhos, minutos depois os pais de Ka apareceram.

Mãe: Minha filha já lavamos tudo e decidimos sair

Pai: Não acho necessidade, mas já que insiste.

Mãe: Você volta na segunda, acho que merecemos esse tempo – piscou para Karol – estamos indo crianças, não façam nada do que eu não faria – sorriu maliciosa para os mesmo – não voltamos hoje.

Pai: Eu ainda acho melhor... – a mais velha saiu o puxando porta a fora sem deixar o mesmo terminar de falar.

Rugge: Sua mãe é maravilhosa – sorriu malicioso

Karol: Ae? Por quê? – se fez de distendida

Rugge: Por que essa noite é só nossa

Karol: Quem falou?

Rugge: Eu estou falando e você vai estar convencida em minutos

Karol: Eu estou esperando – O italiano não esperou e já tomou a boca da morena com a sua num intenso beijo, ele a deitou no sofá e ficou por cima e passava a mão por todo o seu corpo, ela já entregue retirou a blusa de Ruggero e arranhou suas costas e como não era de ficar para trás, ele tirou o seu vestido revelando seus seios e uma pequena calcinha vermelha, o mesmo sentiu sua boca salivar.

Rugge: Aqui não, no seu quanto – A pequena concordou entrelaçando suas pernas no corpo do namorado, eles foram descalço ate o quarto, ele não demorou e jogou a mesma na cama e abocanhou seus seios recebendo gemidos como resposta.

Karol: hmmmm eu....quero.....mais – ele logo entendeu e se abaixou ate a intimidade da morena e rasgou sua calcinha- outra Rugge? – ele sorriu e passou à língua no clitóris de Karol que gemeu alto, ele adentrou a intimidade da mesma com a língua a levando a loucura, a mesma puxou o cabelo do italiano enterrando mais sua cara na sua vargina.

 Não demorou muito para mexicana gozar e o moreno por sua vez engoliu todo seu mel e beijou a mesma para que sentisse seu próprio gosto, ela o virou e desceu ate o cós da sua calça que abaixou junto com a cueca, seu membro estava igual pedra então a mesma não demorou muito para começar a chupar aquela maravilha na sua frente, fazendo o mais velho revirar os olhos e urrar de prazer, ela não parecia uma menina que perdeu a virgindade há poucos dias atrás, sua boca era maravilhosa e levava o italiano ao céu, ele logo chegou ao seu limite e ela engoliu tudo agora sem dificuldade nenhuma.

Rugge: Você é maravilhosa – a beijou sentindo seu gosto e depois levantou pegando a camisinha pondo em seu membro que com um beijo tinha voltado a ficar duro. Ele deitou por cima de Karol e a encarou enquanto a penetrava, a cada movimento mais seus olhores se aprofundavam e dava mais prazer a ambos vendo o prazer nos olhos um do outro. O ritmo estava  cada vez mais forte fazendo gemerem alto, na verdade alto ate demais,mas àquela hora não importava se alguém ouvisse.

Eles eram um só, sabiam que aquele prazer que ambos sentiam nunca poderiam sentir com outras pessoas que não fosse ambos, pertenciam um ao outro e a ninguém mais.  Depois de um longo tempo chegaram ao limite juntos, ela deitou no seu peito ouvindo seu coração bater.

(Coloquem Say Something)

Karol: Não sei sobre o futuro, mas de uma coisa eu tenho certeza, não importa o que aconteça meu lugar sempre vai ser aqui, nos seus braços com a cabeça deitada no seu peito ouvindo seu coração bater depois de uma noite de amor – Ele sorriu e a morena deixou duas lagrimas solitárias cair.

Rugge: E o meu é aqui com vocês nos meus braços, sentindo o cheiro do seu cabelo bagunçado depois de uma noite de amor que só você pode me dar – o moreno beijou o topo da cabeça de sua namorada.

Ruggero levantou e vestiu sua cueca e Karol olhou sem entender, ele foi ate o canto do quarto e pegou o vilão, a pequena ainda não entendia, mas pegou a blusa do namorado e a vestiu.

Karol: O que esta fazendo? – O moreno voltou ate a cama e sentou, e com a mão conduziu sua namorada para sentar na sua frente.

Rugge: Sabe sempre tinha uma musica que ficava tocando o tempo todo, aonde eu ia, ela mexia comigo, mas nunca entendia o porquê e eu me lembrava de você – ele sorriu – ai depois que a dançamos e você deixou aquele vídeo antes de ir, eu entendi que aquela era uma das nossas musicas e que eu tinha que dizer algo e não te deixar ir nunca da minha vida – a baixinha continha lagrimas nos olhos e seu namorado começou a tocar a musica

Ele cantava enquanto a encarava

Say something I'm giving up on you
I'll be the one if you want me to
Anywhere I would've followed you
Say something I'm giving up on you

Mesmo com lagrimas escorrendo pela face, ela começou a acompanhar

And I
Am feeling so small
It was over my head
I know nothing at all

And I
Will stumble and fall
I'm still learning to love
Just starting to crawl

Ele deixou lagrimas descerem pelo seu rosto e ela deu sorriso mais belo

Say something I'm giving up on you
I'm sorry that I couldn't get to you
Anywhere I would've followed you
Say something I'm giving up on you

And I
Will swallow my pride
You're the one that I love
And I'm saying goodbye

Say something I'm giving up on you
And I'm sorry that I couldn't get to you
And anywhere I would've followed you
Say something I'm giving up on you

Eles terminaram a musica em lagrimas, o moreno colocou o violão ao seu lado e deram um beijo calmo, mas com muito amor, nem o gosto das lagrimas salgadas poderiam estragar o momento maravilhoso que os dois estavam passando. O beijo foi interrompido pela falta de ar.

Rugge: Eu nunca vou te deixar ir, eu sempre vou dizer que te amo e lutar com o que precisar para continuar ao seu lado.

Karol: Eu nunca mais vou esconder meus sentimentos, eu sempre vou dizer algo para que você saiba que eu te amo como nunca vou amar alguém.

E mais uma vez naquela noite eles se entregaram um ao outro, no final da madrugada eles já estavam exaustos e de conchinha adormeceram, mas antes disseram um ao outro.

Rugge: Eu te amo minha pequena como nunca cheguei a imaginar

Karol: Eu também te amo meu italiano, mas do que um dia cheguei a amar alguém.

Eles entrelaçaram as mãos e a pequena fresta que a cortina não tampava da janela fez a lua brilhar no anel de Karol.

( NOTAS FINAIS ) Por favor leiam 


Notas Finais


Acho que esse final não ficou la grandes coisas mas como ja comentei antes, vai ter epilogo, e então vou fazer um final incrivel, eu prometo! Vocês não entenderam o final mas no epilogo tenho certeza que vão ( a parte do anel). Eu só vou fazer a segunda temporada se vocês quiserem mas vão precisar ler a ultima parte do epilogo para entender como vai ser. Então obrigada por tudo e como falei na notas do autor eu vou fazer textão de agradecimento só no final do final mesmo.
Beijoooooos
Se puderem comentem, favoritem e continuem acompanhando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...