História Say Something - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~blessed1

Exibições 14
Palavras 646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey sweets , essa é a minha primeira fanfiction e espero que gostem , estou escrevendo com minha irmã.

OBS: sei que tá um pouco escroto , digamos isso, mas vai melhorar com o decorrer da história, e os fatos irão fazer sentidos!

Capítulo 1 - Used to It


Fanfic / Fanfiction Say Something - Capítulo 1 - Used to It

15/04/12, For Andrew:

 Não é você, desculpa está lendo isso.

"- Hey querida, sou eu e eu só queria te ligar e falar isso:

Eu te amo, muito, muito, muito

Sempre procurei fazer, você saber que é minha princesa

E você merece todo o amor do mundo

Você é amor da minha vida"

                                                                                                                ...

 " Eu ainda estou aqui, perdida em mil versões irreais de mim." - Suspirei fundo e senti uma lágrima quente descer em meu queixo-

 Quando a onda bateu e arrastou-me.

Onde você estava? Eu não acredito, eu não acredito que você partiu em paz e me deixou em pedaços.

     Estou de joelhos agora

Estou tão cheia desse mesmo velho amor, essa merda me deixa... em pedaços. "

 

 

P.O.V' s Taylor 26/02/14

Adorava a risada de Romee, ela simplesmente me faz bem a qualquer hora, sou sua inseparável.- Parei de rir e fitei o candelabro que iluminava o quarto, perdi em meus pensamentos quando senti algo me atingir e me fazer grunhir de raiva.

 A gente estava meia hora decifrando sua cara de bobona, mas, isso não importa. Hoje nós três vamos desencanar desse quarto.No mesmo momento arregalei meus olhos, e Carly já entendendo me cortou quando iria protestar. - Você vai com a gente e vai se divertir, ficar bêbada, qual é Taylor? - diz Carly

É, realmente eu estava precisando sair e procurar algo diferente ao invés de fazer as mesmas coisas dia a dia. Que baseava-se em: faculdade, casa, trabalho. Tá isso não seria uma má ideia. Olhei para elas e conclui:

- Tudo bem, eu vou - Revirei os olhos quando vi as mesmas dando pulinhos e saindo  do quarto para o closet e o revirando. Deitei bruços e bufei- Sim, isso seria entediante. Subi meu olhar e encontrei as mesmas revoltadas e Carly iniciou:

- Anda levanta! Precisamos urgente de algo incrível para aterrorizar os olhares de todos hoje. - Levanto e calço apenas uma havaiana comum. - e não ouse falar um a sequer - diz ela.

Soltei apenas um olhar de: ''sério mesmo Carly?'' enquanto ela me olhava com um sorriso brincalhão no rosto.

Já estava completamente exausta só de ver aquelas sacolas e mais sacolas na minha frente, estávamos a duas horas no shopping. Decidi parar um pouco e comer algo, fazer aquilo de barriga vazia era deprimente. Me despedi das garotas e fui esperançosa em busca de um Mc Donald's. Assim que encontrei agradeci mentalmente, já que estava consideravelmente tarde e eu me encontrar ainda sob aquele rebanho de hienas loucas por compras vulgo Carly e Romee.

- Com licença, será que poderia anotar meu pedido? - Perguntei gentilmente a moça.

Estava sentada saboreando aquela gordura em forma de sanduíche, em meu mundo chamado Lua, como de costume. Então como fumaça surge em um incêndio, um moreno alto de cabelos escuros surge em minha frente. - Me assustei, mas logo me recompus. Encarei o mesmo , por assustadores segundos até ele quebrar o silêncio:

 - Olá, sou Rickie, e antes que me pergunte, não, eu não sou um psicopata. Só achei que que por algum motivo qualquer deveria te convidar para sairmos. - Eu o olhei sem graça e dei uma risada fraca ao parar e ver a situação em que me encontrava.

- Interessante sua proposta, mas hoje não seria um bom dia.- Mesmo ele parecendo convincente eu não aceitaria o pedido de um estranho. A tela do meu celular brilhou e vi um sms da Romiee:

'' Onde você está?, Estamos saindo, nos encontre no estacionamento. Xx R.'' - respondi apenas com um ''Ok", me levantei e encarei o desconhecido, digo, Rickie?

- A conversa está ótima, mas, tenho que ir. Não esperei sua resposta saí dali rápido, desci para o estacionamento e soltei um suspiro aliviado, não gosto de estacionamentos, sou meio tonta para achar a saída, parece até um labirinto.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...