História Say you wan't let go - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Taekook, Universo Alternativo, Vkook
Visualizações 51
Palavras 786
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olááá! Quanto tempo não escrevo, meu Deus!

Vai ter um fluffy a essa hora? Sim!
Um fluffy fofo até demais, mas ok.
Perdoe se tiver algum erro, essas horas a minha vista me trai.

Curtam meu TaeKook e Boa Leitura ❤

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Say you wan't let go - Capítulo 1 - Único

Estou tão apaixonado por você 

e eu espero que saiba disso

Querido, seu amor é mais valioso que ouro

Quero ficar com você até envelhecermos

só diga que não vai me deixar 



 Taehyung não se recordava ao certo quando tornou-se completamente apaixonado e viciado por cada detalhe que Jeongguk possuía. Quando percebeu, já estava completamente entrege ao moreno de órbes tão escuras e intensas como a noite sem lua. 

 Se á algum tempo atrás dissessem para ele que amor a primeira vista existia, Taehyung só iria rir e discordar. Sempre teve sua vida completamente planejada e organizada. Iria se formar, cursar a faculdade de medicina que tanto queria, arrumar um bom emprego e ser bem sucedido. Um relacionamento não estava em sua lista de prioridades, pelo menos não tão cedo. Mas tudo aquilo mudou, quando seu olhar foi de encontro  a Jeongguk. 

 Pode parecer loucura, ou coisa de um clichê adolescente, mas quando o moreno sorriu pra ele, uma combustão se formou em seu interior. As famosas borboletas no estômago batiam suas asas em sincronia, e o seco em sua garganta logo se fez presente. Ele estava perdidamente apaixonado por ele. E ao decorrer do tempo, essa certeza só aumentou. 

 Aquilo tudo poderia ser somente uma paixão das diversas que iria encontrar ao longo de sua juventude, mas ele definitivamente não estava ligando se aquilo passaria rápido, ele só queria se entregar cada vez mais naquele sentimento desconhecido, porém, tão bom.

 Jeongguk mostrava as cores da vida para Taehyung. Mostrava como simples coisas do dia a dia, poderia ser o motivo de um sorriso de orelha a orelha. 


 Um típico estudante de artes, Taehyung pensava. 


 Mas de fato, os pequenos momentos ao lado do moreno, fazia o mais velho enxergar que tudo aquilo fazia sentido. 

 Taehyung era sim um bobo apaixonado, mas todo aquele sentimento era correspondido em dobro pelo mais novo. Jeongguk fazia questão de passar horas observando Taehyung brincando como uma criança no parque. De ver seus olhos cor de avelã se contrairem formando uma meia lua enquanto sorria. Aquele sorriso, capaz de deixar o moreno sem ar. As páginas de seu sketbook são todas preenchidas por traços formando o sorriso de seu hyung, e quando Tae perguntou o motivo, ele simplesmente respondeu que amava desenha-lo. 

 Mas sem dúvida, o que mais amava no tempo que passava com Taehyung, era quando deitavam-se no gramado do grande campo ao lado de sua casa, e observavam as constelação formadas por pequenos pontinhos brilhantes no céu. Taehyung era fascinado pelo universo, e sem dúvida, Jungkook acabou se apaixonando também. 


 — Está vendo aquela ali? – Tae apontava o dedo para um Y formado pelas estrelas — é a constelação de Escorpião. Sempre acho ela de primeira – sorri orgulhoso 

 — Quem nomeia as constelações? Isso não parece nem de longe com um Escorpião – Jeongguk franzia o cenho 

 — Talvez no ponto de vista de alguém isso se pareça com um – ele ria. 

 — Ele claramente nunca viu um escorpião 

 — Você já viu? 

 — Não... 

 — Então como diz que aquilo não se parece com um? – dessa vez Taehyung ria mais. 


 Jeongguk apenas deu de ombros e continuou olhando para o céu. Mas por algum motivo, voltou seu olhar para o hyung e fixou em seus olhos que refletiam a noite estrelada. Ele não era do tipo que falava o que sentia, na verdade, toda a sua personalidade e gostos iam contra isso, mas ele guardava tudo para si. É claro que já falou incontáveis vezes que amava Taehyung, mas ainda sentia pouco. Não queria que ele fosse embora. Não se imaginava sem ele. Era tudo o que ele tinha. Taehyung era seu universo, ele podia habitar ali sem se preocupar em dar boas impressões porque sabia que poderia ser quem realmente era. Ele o amava por completo. 


 — Fica comigo pra sempre? – Junggkok perguntou ainda olhando nos olhos do mais velho 

 — Você já sabe a resposta, Kook. Por que pergunta? – Tae se virou encarando o moreno 

 — Eu tenho medo de perder você. É tão clichê falar isso, mas você faz parte de mim, Tae... – Ele disse quase que como uma criança perdida – Só me diga que nunca vai me deixar. 


 Tae sorriu. 


 — Eu nunca vou te deixar, Jeongguk. Nunca vou te deixar porque eu sou completamente apaixonado por você. 


 Jeongguk sorriu. Ouvir essas palavras fez com que puxasse o rosto de Taehyung, selando seus lábios pequenos no do hyung. Não demorou para que eles iniciassem um beijo calmo e carinhoso. 

 Os dois sabiam que aquelas palavras eram somente palavras, mas acreditavam naquele sentimento tão forte que ligava as duas almas. 

E as estrelas viam tudo aquilo.


 Eu vou amar você até meus pulmões pararem

 Isso é uma promessa. 


 

 


Notas Finais


Tô na bad, desculpa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...